História Amor adolescente - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate
Personagens Alícia Alencar, André Alencar, Arthur Torres, Benjamin, Damião da Fonseca, Dóris Jardim, Felipe Vaz, Frederico Pereira, Geraldo Saldanha, Helena Agnes, Isabela Junqueira, Joaquim Vaz, Julia Vaz, Laura Antunes, Lola Alencar, Luiz Jardim, Manuela Agnes, Mateus Jardim, Omar Ferraz, Orlando Junqueira, Otávio Neto, Priscila Meneses, Rebeca Agnes, Regina Junqueira, Sabrina, Safira Meneses, Téo Cavichioli
Tags Majo
Exibições 481
Palavras 2.849
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente hj o capitulo está mais quente... Cheio de amor, carinho, majo e... *********** AGORA:
BOA LEITURA!! *-*

Capítulo 32 - Trabalho de música - prt 2: música, beijo e algo mais?...


Fanfic / Fanfiction Amor adolescente - Capítulo 32 - Trabalho de música - prt 2: música, beijo e algo mais?...

No capitulo anterior

Manu/Isa: ok –então assentimos e subimos

Nesse capitulo

Assim que chegamos no corredor dos quartos, a Isa ficou no da Ju e eu fui em direção ao do Joaquim. Cheguei lá e bati na porta, ouvi um “entra” e entrei e fechei a porta

Manu: é... Oi –ele tava na cama dele mexendo no celular, me aproximei mais dele

Joca: oi, se ta atrasada sabia?! –ele ainda ficava no celular

Manu: ah qual é são só 10 minutinhos, está tão ansioso para me ver que nem 10 minutos consegue esperar? –digo sarcastica

Joca: claro que não, mas... –ele para e fica me olhando

 POV JOAQUIM

Estava esperando a Manu no meu quarto, ela está 10 minutos atrasada!! 10 minutos pode parecer pouco tempo, mas estes 10 minutos perdidos dava pra fazer muita coisa, vai atrasar nosso beij... Quer dizer, nosso trabalho. Fiquei mexendo no celular esperando ela, quando batem na minha porta. Deixei entrar, sabia q era a Manu! Então ela entrou e eu fiquei mexendo no celular sem encará-la, quando eu fui responder a pergunta dela pude ver como ela estava... MDS!! Fiquei paralisado, véi ela tava muito linda e gostosa!! Sério, mano paralisei geral!! Nem consegui responder, fiquei praticamente secando ela. Cara como ela é bonita, e essa roupa deixou ela ainda mais! Ela usava um shorts curto q mostrava bem suas pernas, uma blusa q marcava seus seios mas não vulgar, e um tênis. Seu batom rosa era convidativo para mim... CARA ELA ESTAVA UMA GATA!! Estava preso nesses pensamentos e me segurando para não agarrá-la, quando ela me tira do transe

Manu: Joaquim, ta tudo bem?

Joca: Hã... Ah ta sim, pq? –eu digo já desviando o olhar de seu corpo

Manu: é q vc ficou mudo de repente

Joca: ah, mas não aconteceu nada não

Manu: ta né, se vc diz

Joca: então... é... bem... –eu digo tentando arrumar um assunto, mas nada surge

Manu: seu quarto mudou bastante desde a ultima vez q eu o vi –ela diz o observando

Joca: pse né, mudou mesmo

Manu: está mais maduro –ela caminha pelo quarto

Joca: qual é né, tenho 18 agora

Manu: mas comportamento de 13 kkkk

Joca: sem graça

Manu: q foi?! Mas é vdd

Joca: não tenho comportamento de 13

Manu: tem sim –ela se senta na minha cama

Joca: hey, não te dei autorização de sentar na minha cama –eu digo fingindo estar bravo

Manu: Joaquim, cala a boca –ela revira os olhos

Joca: só não te derrubo pq sou legal

Manu: não, eu acho q é pq vc gostou da minha companhia mesmo

Joca: quer ver? –eu me aproximo dela

Manu: oq vc vai fazer? –ela pergunta com medo

Joca: isso –eu me aproximo dela e começo a fazer coceguinha nela, ela começa a se contorcer nos meus braços... Uau como o sorriso dela é lindo!

Manu: J-Joaquim kkkkkkkkkk p-para p-por...kk favor kkk s-sério kkkkkkk

Joca: só se vc dizer  o Joaquim é lindo, maravilhoso e gostoso

Manu: e-esquece kkkkkk não vou... kkkk d-dizer isso kkkkkkkkk

Joca: então tá –começo a fazer mais coceguinha nela, ela ri mais e se contorce de tanto rir

Manu: kkkkk t-ta bom kkkk e-eu digo kkkk

Joca: diz então –diminuo a coceguinha nela

Manu: kkk o Joaquim é lindo, maravilhoso e gostoso, kkk pronto! –ela diz e eu paro

Joca: eu sei!

Manu: idiota!! –ela me da tapas leves –nunca mais faça isso de novo!! –ela me da tapas leves de novo

Joca: mas vc gostou tanto, até riu

Manu: besta

Joca: ta, agora vamos fazer a musica

Manu: vamos fazer aqui?

Joca: não, vamos descer pro jardim, lá é mais calmo e reservado

Manu: ok, então vamos?

Joca: vamos, espera só eu pegar meu violão –eu vou até um lado do quarto, pego e volto –agora vamos

Então descemos as escadas e encontramos minha mãe na sala

Joca: mãe eu e a Manu vamos lá no jardim pra fazer o trabalho

Regina: ta filho fiquem a vontade. E a propósito, Manu quer algo para comer?

Manu: não obrigada tia Regina, já comi antes de vir

Regina: tudo bem, se quiser a cozinha esta liberada

Manu: obrigada de novo

Joca: é... Vamos Manu?

Manu: vamos

Regina: juízo vcs dois em –ela fala e a Manu cora

Joca: mãe!!

Regina: era brincadeira filho –ela dá risada

Joca: vamos logo Manu, antes q a minha mãe te deixe pior do q vc ta –ela cora mais e saímos da sala

Chegamos no jardim (q por sinal é bem grande) e pegamos um lugar mais afastado da casa possível. É um lugar calmo e bem espaçoso, colocamos o violão no chão e nos sentamos na grama

Joca: então, alguma idéia?

Manu: bem... Tem umas aí, mas acho q não são boas o suficiente

Joca: pode falar Manu, se não forem boas nós arrumamos

Manu: acho melhor não...

Joca: vamos fazer assim, eu toco uma melodia e vc ve se encaixa com as suas idéias, certo?

Manu: ok

Então começo a tocar uma melodia suave, olho pra ela e vejo q ela esta insegura, paro de tocar

Joca: q foi Manu, a melodia não bateu com a letra?

Manu: não é isso é q...

Joca: pode falar Manu, estamos só nós dois aqui, ninguém vai ouvir

Manu: to meio insegura

Joca: pq?

Manu: sla, é difícil escrever uma musica, ainda mais de amor. Não sei se a minha idéia vai ficar boa

Joca: tenho certeza q a sua idéia é boa, não fique insegura se eu vou gostar ou não. Pode cantar como eu disse antes, ninguém vai ouvir estamos em um lugar reservado

Manu: -ela suspirou- ta, vou tentar

Então comecei a tocar de novo a mesma melodia, deu uns segundos ela começou

Manu:

Passo na tua rua e
Tropeço bem na frente
Da tua porta

Boba 
Faço juras de amor,
Bem de baixo da
Janela

Se você me olha, 
Faço a louca e
Finjo que não é
Comigo

Mas dentro dos sonhos,
É o herói que
Me salva do perigo

Eu fiquei paralisado, essa letra é ótima e ela canta MARAVILHOSAMENTE BEM!!!!

Manu: então, oq vc achou?

Joca: uou!! Esta letra é fantástica Manu!!!

Manu: sério mesmo q vc gostou?

Joca: claro!! Fazia tanto tempo q eu não te ouvia cantar, até me esqueci como sua voz é bonita –ela sorri de lado envergonhada

Manu: obrigada

Joca: será q vc poderia cantar a segunda e a terceira estrofe de novo?

Manu: ta

Se você me olha, 
Faço a louca e
Finjo que não é
Comigo

Mas dentro dos sonhos,
É o herói que
Me salva do perigo

Joca: como é um dueto, a gente poderia mudar algumas palavras para eu poder cantar junto com vc, q tal?

Manu: boa idéia –ela disse sorrindo

Joca: ta então q tal assim

Se você me olha
Faço pouco e
Finjo que não é
Comigo

 

Mas dentro dos sonhos
Sou o herói que
Te salva do perigo

Manu: nossa ficou demais!! Tinha me esquecido q vc tbm cantava, vc canta muito bem

Joca: vlw

Manu: mas agora vamos terminar a musica

Joca: mais alguma idéia?

Manu: sinceramente... Não

Joca: é, agora é esperar a criatividade vir –eu falo rindo e ela tbm ri

Manu: pse –ficou um tempo com um silencio tedioso

POV MANU

Depois q o Joaquim me encheu de coceguinha, descemos e a tia Regina me fez passar mó vergonha. Chegamos no jardim e ele perguntou se eu tinha alguma idéia e bem... Eu tinha umas sim, eu fiquei pensando nelas de uns dias pra cá, mas achei desnecessário compartilhar com alguém. Eu havia pensado nela em um dia q eu me dei super bem com o Joaquim, então do nada veio uma letra na minha cabeça e comecei a planejá-la. Mas eu acho q o Joaquim não vai gostar então eu acho q não vou mostrar pra ele. Mas o ser insistiu tanto q eu tive q acabar mostrando e acredita q ele gostou? Não sei como, mas ele gostou! Então ele fez umas modificações para ele poder cantar tbm e... Gente como ele canta bem!! Fazia tempo q eu não o via cantar, ele tem a voz muito bonita!! Enfim, terminamos isso e ficamos sem idéias...

Então ficamos em silencio, até q ele começa a tocar o violão para em uma melodia muito legal. Ele toca observando fixamente o violão, então começo a olhar ele tocando... Como ele é lindo cara!! Ele ficou tão fofo tocando, ficou encantador!! Comecei a fita-lo sem ele perceber, comecei a me encantar pela beleza em seu rosto e pela delicadeza em suas mãos no violão, ele ta tão diferente... Então começa a ventar e seus cabelos castanhos são arremessados com o vento, deixando ele mais encantador ainda. Seu perfume acaba invadindo minhas narinas junto ao vento, me trazendo um arrepio ao sentir seu cheiro... Ele para de tocar e fica olhando para o céu, parecia estar pensando tbm. Olho fixamente pra ele e acaba vindo uma letra imediatamente em minha mente enquanto eu o observava...

Manu:

Tenho que arrumar um
Tempo pra te olhar
E só falar de
Nós dois

Você já está percebendo

É só vir comigo
Não deixe pra depois

Então do nada ele começa a cantar tbm

Joca:

Porque eu vou ter
Levar
Basta só acreditar

Nós vamos ter que
Fugir agora
Fugir agora

Ele estende a mão e eu a seguro

Basta me dar as
Mãos
Você tem que confiar

Manu:

Nós vamos ter que
Fugir agora
 

Majo:

Fugir agora...

Manu:

Você vai ter que vir comigo...

 Então olho pra ele e ele olha pra mim, ficamos um dentro do olhar do outro, quando surge um pensamento

Manu:

Na minha cabeça passo
Horas com você ao
Pé do ouvido

Tudo que eu vejo
Pela frente
Faz lembrar que eu
Preciso

Paro e ele me olha bem no fundo dos meus olhos

Joca:

Só criar coragem pra
Ligar e te falar
Tudo que eu sinto

Sei que no final
Dessa canção
Seremos mais que bons
Amigos

Manu:

Tenho que arrumar um
Tempo pra te olhar
E só falar de
Nós dois

Você já está percebendo

É só vir comigo
Não deixe pra depois

Majo:

Porque eu vou te
Levar
Basta só acreditar

Nós vamos ter que
Fugir agora
Fugir agora

Basta me dar as
Mãos
Você tem que confiar

Nós vamos ter que
Fugir agora
Fugir agora

Basta me dar as
Mãos
Você tem que confiar

Nós vamos ter que
Fugir agora
Fugir agora

Basta me dar as
Mãos
Você tem que confiar

Nós vamos ter que
Fugir agora
Fugir agora

Manu:

Você vai ter que vir comigo...

Joca:

Você vai ter que vir comigo...

Manu:

Yeyehee

Joca:

Basta me dar as mãos...

Majo:

Você vai ter que vir comigo...

Depois q acabamos, senti uma especial dentro de mim. Quando cantamos juntos foi um momento mágico!!! Nunca pensaria q eu me sentiria assim perto dele, nunca pensei q poderia ser tão maravilhoso esse momento!! Na hora em que damos as mãos, senti um choque ao tocar a mão dele, mas foi um choque bom!! Minha pulsação ficou acelerada, fiquei nervosa, mas tbm fiquei encantada com aquele momento. Essa letra q veio na minha cabeça quando olhei pra ele, não sei da onde surgiu, só sei q foi extremamente importante!! A musica foi feita de pensamentos imediatos, sem preparação, sem nada!! Será q ele sentiu a mesma coisa q eu senti? Olhei pra ele e via q ele me encarava, olhei nossas mãos ainda entrelaçada uma na outra, senti algo fantástico nesse momento...

POV JOAQUIM

Não sei da onde, não sei pq!!! Essa letra, essa musica, esse momento foi algo único!! Não sei ao exato oq senti, mas sei q eu senti algo especial no momento em que cantamos juntos, na hora em que demos as mãos!! Aquele refrão que surgiu do nada na minha cabeça enquanto pensava, eu olhava para o céu e pensava na Manu... Ela começou a cantar do nada e aquela letra batia exatamente com meu pensamento. Me deixei levar pelo momento e comecei a cantar junto com ela q parecia entender perfeitamente a musica. Cantamos a musica toda sem preparação, sem ensaio e sem planejamento... Foi tudo um improviso, um improviso perfeito!!! Parecíamos estar conectados um no outro, pois sabíamos exatamente oq cantar na hora e oq cada pensamento levava a essa canção... Senti algo forte quando terminamos a musica, encarei a Manu percebia ela com uma leveza, uma tranqüilidade, parecia muito suave naquele momento. Será q ela sentiu a mesma coisa q eu? Eu a fitava e ficava desejando ela pra mim, algo muito forte me atrai a essa garota e eu não sei oq!! Ela me olhou e viu q nossas mãos ainda estavam entrelaçadas... Não sei oq me fez fazer aquilo naquele momento, foi um impulso muito forte dar as mãos pra ela.

Joca: é... Manu

Manu: sobre oq aconteceu aqui agora é... –ela diz meio corada

Joca: acho melhor não falarmos sobre isso agora

Manu: tbm acho

Joca: bem, ainda temos q ajustar a musica, ver qual parte cada um faz e... –ela me corta

Manu: deixa assim, ta perfeito!!! Só vamos mudar uma coisa, no primeiro refrão cantamos juntos como em todos os outros, ok?

Joca: ok –eu sorri e ela retribuiu

Manu: então vamos escrever a letra para não esquecermos dela

Joca: tudo bem, mas acho melhor vc escrever. Sua letra deve ser bem melhor q a minha

Manu: ta né, e o folgado aí vai fazer oq?

Joca: não sei, acho q mexer no celular

Manu: nada disso, vc vai ditar a musica para eu escrever

Joca: aff, sério?

Manu: super sério

Então eu fui cantando enquanto ela escrevia em um caderno q trouxemos. Ela escreveu em qual parte cada um canta e etc. Terminamos e ela disse

Manu: bem, já q terminamos acho q eu vou indo –ela ia se levantar mas eu a seguro –oq foi?

Joca: olha, quero q vc saiba q desde q vc chegou eu to me segurando pra não fazer isso

Manu: isso oq?

Joca: isso –então pego ela pega nuca e dou um belo de um beijão nela. Ela hesita um pouco no começo, mas depois corresponde. Nos beijávamos calmamente, minhas mãos subiram para seu cabelo e passando por dentro do mesmo a trazendo mais para mim, e a outra em sua cintura. As mãos dela foram para minha nuca aprofundando o beijo. Seu doce beijo sabor de morango é tão bom q eu nem tenho explicação. Nossas línguas bailavam em perfeita sintonia, até q... O beijo foi intensificando cada vez mais, não era mais tão calmo e sim alvoroçado, feroz e cheio de desejo. Eu a beijava com intensidade e ela correspondia do mesmo jeito. Um beijo q começou calmo, agora não estava nem perto disso, estava mais agitado do que antes, era urgente!! Acabamos nos precipitando e devagar eu fui deitando ela na grama comigo por cima, controlei meu peso para não machucá-la. Nunca tinha desejado tanto uma garota como eu desejo a Manu, ela é praticamente perfeita!!! Estávamos nos beijando cada vez mais profundo e com intensidade, mas com tanta intensidade q meu “amiguinho” acordou sabe?! Eu estava tentando controlá-lo naquele momento, mas a Manu não deixava!! Ela ficava me puxando cada vez mais para ela e puxava meus cabelos da nuca, realmente aquilo era muito bom... Senti minha ereção ficar maior e a Manu deu um gemido baixinho ao sentir nossas intimides se chocarem. Eu estava me controlando de vdd para não deixar as coisas passarem dos limites, mas isso estava praticamente impossível! Estávamos ficando sem ar e para recuperarmos deixei ela respirar e desci meus beijos até seu pescoço. Cheguei naquela região e senti ela se arrepiar, cheirei seu pescoço podendo sentir seu maravilhoso perfume, ela se arrepiou mais. Deixei um chupão no mesmo q com certeza vai ficar marca. Voltei minha atenção para sua boca e comecei a beijá-la novamente. Ela por sua vez, tirou suas mãos da minha nuca e desceu até minha barriga e enfiou as mãos por dentro do meu moletom, assim arranhando leve meu abdômen. Eu estava mais exitado do q tudo, estava realmente consciente de onde isso iria levar, mas foda-se!!! Ela desce suas mãos para a barra do meu moletom e com a intenção de tirá-lo. Nos afastamos e eu tiro e jogo em qualquer, logo depois eu tiro minha camisa, ficando apenas com minha calça e meu tênis.Voltamos a nos beijar e fico por cima dela de novo na grama. Ela leva de novo suas mãos para minha barriga e começa a arranhá-la, só q agora mais forte. Dou um gemido baixo durante o beijo. Em um ato de mão boba, coloco minhas mãos em sua coxa, assim alisando ela. Ela respira ofegando durante o beijo e coloca as mãos em meu rosto me puxando mais. Levo minhas mãos para sua blusa, tbm com a intenção de tirá-la.  Tiro até a metade de sua barriga e vou alisando a mesma, mas quando eu ia tirar o resto...

XXXX: MDS!!! OQ ESTÁ ACONTECENDO AQUI?? 


Notas Finais


AVISINHO: Gente eu queria pedir pra vcs passarem na fanfic "Sonhos e Paixões". É uma fic muuuito boa, recomendo vcs lerem, tenho certeza q não iram se arrepender!!! A escritora é a DreamyGirl000, uma ótima escritora q sabe fazer fanfics muito bem!! Por favor deem uma passadinha lá e leiam os capítulos maravilhosos q ela faz!!! (eu mesma sou uma leitora dela e amo muito aquela fic)!!
Oq acharam dessa pegação da Manu e do Joca em? Gostaram? Quem será q é essa pessoa q pegou os dois no flagra, alguma sugestão?Próximo capitulo promete em...Então até lá e BJOS DE FINI!!!

QUARTO DO JOAQUIM:
http://msalx.casa.abril.com.br/2015/12/06/2324/62-todos-os-quartos-de-casa-cor-2015.jpeg?1449453215


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...