História Amor adolescente- bibidro - Capítulo 20


Escrita por: ~ e ~Duda

Postado
Categorias Bianca Tatto Marques (BIBI), Gabriel "Gagui" Marques, Italo Matheus, Jean L. "JeanL", Jhennifer "Coelha" Angelina, Pedro "SrPedro" Montanari, Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso
Personagens BIBI Tatto, Gabriel "Gagui" Marques, Italo Matheus, Jean L. "JeanL", Jhennifer "Coelha" Angelina, Pedro "SrPedro" Montanari, Pedro Afonso Rezende Posso, Personagens Originais
Tags Bibidro, Colegial, Comedia, Drama, Escola, Festa, Romance
Visualizações 765
Palavras 3.679
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AVISO: ♂♀🔞
ACHO QUE DEU PRA ENTENDER...
espero que gostem,eu sei que vcs vai gostar,seus danadinhos 😂😱❤

Capítulo 20 - Vamos literalmente acordar esse prédio?


Fanfic / Fanfiction Amor adolescente- bibidro - Capítulo 20 - Vamos literalmente acordar esse prédio?

9:30 a.m~quarto do hotel

 

 

Eu acordo com o barulho do chuveiro ligado,olho pro outro lado da cama e não vejo minha mãe,era ela no banho,me levanto pego meu celular que havia deixado em cima da escrivaninha e vejo o horário....vejo também que tinha uma mensagem do Pedro.

 

Whats on.

 

Pedro-Bibis.ja acordou?~8:40

Pedro-oi??~9:15

Pedro-quando vc acordar vem aqui no meu quarto,to mo solitário!~9:22

 

Bibi-acabei de acordar ksksks,já vou aí!~9:32.

 

Whats off

 

Escuto o barulho do chuveiro desligando e alguém abrindo a porta,minha mãe sai do banheiro com uma toalha no cabelo e outra no corpo e se assusta ao me ver.

 

Kátia-meu Deus menina,não me mata de susto,achei que vc ainda tava dormindo...-Ela diz indo em direção a sua mala.

 

Bibi-mãe eu vou no Pedro tá...ante seu vi escova o dente.

 

Kátia-por que vc precisa necessariamente escovar os dentes pra ir no quarto do Pedro!?-Ela me pergunta levantando a sombrancelha.

 

Bibi-vc quer que eu vá falar com o menino com não hálito?-pergunto indo em direção ao banheiro.

 

Kátia-uhum,sei...-Ela se vira para sua mala-as 10:00 horas a gente tem que ir lá tomar café!

 

Bibi-ta bom!-Digo entrando no banheiro e fechando a porta,o espelho do banheiro estava todo embasado,o hambiente estava quente e as paredes estavam "suando".

 

Assim que termino de escovar os dentes e fazer minhas H.P eu saio do quarto e vou ao quarto ao lado,que era do Pedro.

Ando um pouco pro lado e bato em 3 toques na porta número 322...ele demora alguns segundo,mas logo abre a porta,o mesmo

estava sem camisa ,apenas com uma calça.

 

Pedro-oi gata eae?-Ele diz com voz de gay e nós rimos fraco,ele me deixa passar pela porta e eu entro no quarto,me sento na cama e ele trança a porta.

 

Bibi-eu olho ao redor,vendo tudo organizado e cada coisa em seu lugar-cara,vc é mais organizado que eu...

 

Pedro-sim....-Ele afirma com a cabeça-e eu jogo o travesseiro nele.

 

Bibi-não era pra vc concordar!Era pra vc dizer "claro que não meu amorzinho,vc é muito mais organizada que eu!"-me deito na sua cama.

 

Pedro-amorzinho?-Ele repete o que eu digo,me fazendo uma pergunta.-ta bom...amor.

 

Bibi-daqui 20 minutos a gente tem que descer pra tomar café!-Digo me ajeitando em sua cama.

 

Pedro-aff.Nao quer aproveitar esses 20 minutos!-Ele sorri de canteiro.

 

Bibi-simmmm,vamo joga quebra cabeça!-Digo fazendo voz de bebê.

 

Pedro-não aproveitar desse modo...-Ele se deita ao meu lado.

 

Bibi-eu vou aproveitar dormindo isso sim!-eu me viro de costas pra ele,ele né abraça por trás fazendo a famosa conchinha!

 

Pedro-quero dormir mais vezes contigo assim....-Ele diz em meu ouvido.

 

Bibi-é uma pena que eu não possa dormir mais,o fuso horário ta me matando...-Eu me sento na cama.

 

Podia ver pelo espelho que tinha no quarto que Pedro ficava olhando muito pro meu corpo...

 

Bibi-vamo desce já!?-pergunto fazendo o mesmo desviar seu olhar do meu corpo para meu rosto.

 

Pedro-vamo-ele se levanta e coloca uma camisa.

 

Bibi-essa cama é muito macia!-Digo me jogando na cama,mas assim que me jogo minha saia se levanta com o "vento"fazendo aparecer minha calcinha,mas logo em seguida eu abaixo a saia rápido,pedro sorri,me sento quieta na cama.-acho melhor eu ficar quieta...-Digo isso e aí percebo o que tinha acabado de acontecer, sinto um calor subir pelo meu corpo é minha bochechas ficam vermelhas.

 

Pedro-ta com vergonha!?-Ele sorri mais ainda.

 

Bibi-Vamos logo...-Digo andando até a porta,para esconder minha vergonha.

 

Pedro-ei bibi-ele vem até mim-nao precisa ter vergonha de mim tá!-eu olho sério pra ele e saio do quarto e ele vem junto.

 

Nós descemos e minha mas desce após 3 minutos,ficamos em uma mesa qualquer e comemos normalmente,minha mãe adorava perturbar pro Pedro se ele namorava ,ou pretendia namorar alguém, só me fazia passar vergonha....

 

Algumas horas se passaram e minha mãe queria ir em um parque que tinha na cidade que era muito conhecido e famoso...ela amava tirar foto de paisagem então fomos até o parque e ficamos lá atoa enquanto minha mãe tirava foto de tudo quanto é coisa....nós resolvemos ficar ali até dar quase o horário de ir no escritor.

 

Enquanto minha mãe tirava foto de um passarinho na água,sim,na água...eu e Pedro ficamos conversando em um banco do parque que se encontrava de baixo de uma árvore.

 

Pedro-sua mãe sabe?-Ele diz olhando a paisagem enquanto me abraçava de lado.

 

Bibi-do que?-pergunto confusa enquanto brincava com o cabelo dele.

 

Pedro-que a gente tá ficando,porque tipo,seu paí não vai gostar muito da ideia,afinal...porque ele me odeia?-Ele olha pra mim

 

Bibi-Ele não te odeia,apenas não quer que eu namore,digamos assim....pelo o que ocorreu com o Nicolas e tals...-eu deito minha cabeça em seu ombro.

 

Pedro-ah....mudando de assunto...seu aniversário já é semana que vem né!-Eu faço que "sim" com a cabeça.-e o que vc gostaria de ganhar de aniversário!?-

 

Bibi-sei lá,algo inusitado-rio fraco. E volta a olha-lo

 

Pedro-tabom...vc vai ganhar algo inusitado...-Ele sorri safado.eu apenas fingi que nao entendi é olho pra frente vendo minha mãe tirar a foto.

 

Bibi-eu to com medo de dar tudo errado, tipo chegar lá no escritor e travar...sei la!-ele cola sua mão em minha nuca e fica mexendo no meu cabelo.

 

Pedro-relaxa,vc vai ficar de boa...-Ela continua mexendo no meu cabelo, sério aquilo era tão bom

 

Bibi-como tem tanta certeza!?-pergunto observando a paisagem linda que rodeava o local.

 

Pedro-por que eu te conheço...-Ele sela o topo de minha cabeça de um jeito fofo e coloca sua mão que estava em minha nuca na minha perna.

 

 

Quebra tempo....

 

Já estávamos na casa do escritor ele avia nos recebido educadamente,ele aparentava ter muito dinheiro,pois sua casa e seus móveis era realmente muito chique e concerteza de grande valor.

Ele tinha uma esposa,ele e sua mulher nós receberam de um jeito bem humilde, se você não visse a casa dos mesmo diriam que eles eram "normais".

Sua esposa era muito querida,nos ofereceu vários "petiscos" enquanto eu "interrogava" o escritor,pois eu tinha muitas dúvidas,não só sobre o livro,mas sobre sua carreira.

Ele era um homem alto de cabelos pretos,uma pele branquinha e olhos negros,sua esposa porém totalmente diferente,loira dos olhos azuis e uma pele branca também,eles possuíam um filho de 3 aninhos,ela era um fofo,muito amável...

Sinceramente aquele foi o melhor dia da minha vida, conheçi o homem que se inspirou no meu livro,tive um dia digamos que romântico com o Pedro,por que passamos horas e horas naquele parque,paparicando um ao outro e cheios de beijos e carinhos,eu percebi esse lado do Pedro que nunca havia visto,um lado carinhoso e amoroso.

O escritor havia me dado uma cópia de seu livro com sua assinatura e uma dedicatória...o seu livro que se inspirou no meu,já havia vendido mais de 3 bilhões de cópias em todo o mundo,sim,em todo o MUNDO,haviam várias adaptaçoes e ele disse que planejava fazer um filme,e que se eu pudesse eu seria a atriz principal,melhor notícia de todas,mas ele ainda tinha que organizar bastante coisa, então o mesmo iria me avisar quando pudesse.

 

Assim que eu e Pedro saímos dá casa do escritor fomos para o hotel é pro quarto dele,pois ele estava se sentindo muito solitário e tals,acho que eu vou ter que dormir a princesa(vulgo Pedro) pra ela não se sentir solitária...mas eu sinceramente queria dormir com ele,sei lá,era bom... como se completasse a parte de mim que faltava.

Assim que entramos em seu quarto eu me jogue em sua cama e ele disse que ia tomar banho, então depois que ele entrou no banheiro eu fui até o quarto da minha mãe (nosso) e escovei meu dentes pra né.....

Disse a minha mãe que iria dormir lá esta noite e voltei para o quarto dele,me deitei na cama novamente e fiquei mexendo no meu celular.... enquanto mexia no mesmo dia que está ocorrendo algumas brigas na minha família é aquilo me deixou nervosa pois.....longa história,se eu contar vcs vai ficar mais de 15 dias aqui, mas só saibam que a briga foi grande eu eu estou envolvida.

Fiquei esperando a princesa (vulgo Pedro) tomar banho durante quase meia hora....mas fazer o que né...

Ele saiu do banho com uma calça e sem camisa,com uma toalha pendurada em sua ombro,seus cabelos bagunçados e molhados...

 

Pedro-Bibis.... amanhã eu tenho um ótimo planejamento pra nós....-Ele diz colocando a toalha que estava em seu ombro na bancada .

 

Bibi-pra nós!?-pergunto confusa,pois ele não havia mencionado minha mãe.

 

Pedro-sim,acho que sua mãe vai ter que....nos deixar asos, amanhã.-ele vem até a cama e se deita ao meu lado,eu fico o olhamos tipo"eu não vou fazer nada com vc, AMANHÃ"

 

Pedro-relaxa, não é o que vc tá pensando!nao amanhã-Ele susurra a parte é do "amanhã" e fica olhando por teto.

 

Bibi-e o que eu to pensando!?-Ele me olha na esperança de que eu dissesse algo,mas apenas o olhei e ficou aquele silêncio constrangedor...

 

Pedro-vc sabe muito bem-ele da uma mordida no lábio e vota a olha o teto.

 

MONTANARI, MONTANARI...

 

O meu celular apita,eu vejo o mesmo e era uma mensagem de uma prima que também estava envolvida na briga...

 

Bibi-aff....-Ele me olha .

 

Pedro-o que?-pergunto confusa enquanto olhava meu rosto.

 

Bibi-teve uma briga na minha família e agora tão me enchendo o saco-me levanto e paro na frente do espelho.

 

Pedro-e vc ta na briga!?-Ele se levanta da cama.

 

Bibi-o que vc acha!?-Eu o olho pelo espelho,e estava meio emburrada por tudo que estava acontecendo.Ele vem em minha direção e para atrás de mim.

 

Pedro-Bibi vc ta muito tensa...-Ele olha entre meu ombro e pescoço,onde havia um leve volume por conta do estresse e da tensão .

 

Bibi-e eu não sei o porquê...-Digo irônica e emergência começa a massagear a mesma área,as vezes ele dava beijinhos e mordidinhas -Eu acho que eu vou ter que voltar,pro quarto-minto,ele dá mais um beijo em meu pescoço.

 

Pedro-eu acho que só vou poder te liberar depois....-Ele fala em meu ouvido deixando um arrepios subir pelo meu corpo.

 

Bibi-depois do que!?-Eu pergunto já sabendo a resposta...bom era o que eu pensava.

 

Pedro-depois da massagem...-Ele pega em minha cintura e me puxa Contra seu corpo.

 

Bibi-e quando ela acaba?-Eu podia ver pelo espelho que ele me comia pelos olhos.

 

Pedro-quando voce quiser...-Ele segura mais forte em minha cintura e eu podia sentir seu corpo quente contra o meu,seus lábios tocavam meu pescoço.

 

Bibi-entao ela não vai acabar nunca...-susurro,mas percebo que ele escutou,pois deu um sorriso malicioso.-nao calma...-Eu saio de sua "armadilha" e fico de frente pra ele.

 

Pedro-que foi!?-Eu continuo olhando fixo pra ele-vc não quer...-Ele olha pro lado, Acho que com vergonha,pois não iríamos fazer nada e tudo aquilo tinha rolado.

 

Bibi-nao é que eu não queira,mas...minha mãe...ela..-Eu não termino de falar e ele me interrompe .

 

Pedro-ela não ouve se estiver dormindo...-Ele olha rápido pra mim,mas logo desvia seu olhar pra cabeceira da cama.

 

Bibi-eu o encaro por 2 segundos-minha mãe disse que ia dormir cedo...e já são 23:45-digo olhando o relógio que havia no quarto.

 

Pedro-e se por acaso... A gente acordar o prédio!?-Ele me olha,por causa do Twitter (N/A:quem leu os caps anteriores vão saber...)

 

Bibi-seria uma ótima ideia...-Ele me olha safado.

 

(Bibi-mas não hoje!-Eu saio dali e o deixo sozinho no quarto...N/A: brincadeira,não sou tão má assim.... huehuehue!Vou fazer isso só porque amo vcs��❤)

 

Ele vem pra cima de mim inciando um beijo,feroz e necessitado ele pega em minha bunda e aperta a mesma..

 

Sinceramente eu estava nervosa,pois eu sabia o que ele queria,e eu não sabia o que fazer, então eu já estava tensa antes,fiquei mais ainda agora.

 

Ele me joga na cama e fica em cima de mim,o mesmo beija meu pescoço e aperta minha coxa,eu por impulso acabado arranhando suas costas.

 

Eu sei que homens gostam de dominar...e eu acho que toda a mulher gosta de dar prazer ao seu parceiro, então como é a primeira vez,eu deixaria ele fazer o que quisesse comigo.

Meu fogo negro estava brilhando e ardendo

Talvez eu não volte esta noite pra "casa"

 

Bibi-vc sabe que pode fazer o que quiser comigo esta noite...mas só essa noite!-susurro em seu ouvido e vejo ele se arrepiar.

 

Pedro-então eu vou aproveitar...-Ele "arranca"(modo de falar) minha camisa,eu juro que ouvi um barulho de algo se rasgando...-nao se preucupa...eu vou ter cuidado, sei que....-Eu não o deixo terminar de falar e beijo o mesmo.

 

Ele beija meu pescoço novamente e depois vai descendo pelo meu colo,ele havia deixado vários chupoes por ali, que deixariam marcas,mas pra mim tanto faz,eu apenas queria tê-lo .Seus beijos descem age meus seios,onde ficam alguns chupoes também.

Me descolo dele e fico em cima do mesmo,podia sentir um volume em sua calça e ele segurava firme em minha pernas enquanto mordia o lábio eu fico colada com seu rosto e...

 

Bibi-Eu sou o que vc deseja!?-susurro enquanto ele tenta tirar meu sutiã.

 

Pedro-muito mais ...-Ele susurra novamente e tira meu sutiã,inverte a posição beija meus seios e vai descendo até o botão do meu shorts(N/A: lembrem-se de que ela trocou de roupa)

 

 

Eu não sei como,mas não tinha ficado com vergonha naquele momento...não sei como, só estavam sentindo um prazer incrível,sem ao menos ter feito nada.

Esse garoto me deixava assim apenas me olhando de um jeito safado ou sorrindo pra mim,eu desejava tê-lo a muito tempo,e quando finalmente chega a hora eu não sei o que fazer...eu não sabia exatamente...

 

Eu tento tirar sua Calaça,desabotoando o botão...ele me ajuda a terminar de tira lá e volta a me beijar...seus beijos estavam minha barriga ele desce mais um pouco e vai tirando meu shorts...

 

Essa era a parte que eu mais temia a vergonha,senti um calor subir no meu corpo,mas ele nem havia percebido pois estava com a atenção no que iríamos fazer.

 

Ele volta a me beijar....

 

Pedro-posso?-o mesmo pergunta durante os beijos e Ele se refere ao que aconteceria lá em baixo(vcs sabem o que é)

 

 

Bibi-pode...-Digo com um certo receio,mas mesmo assim deixei.

 

Ele desceu e tirou minha calcinha de deixando nua,ele abriu um pouco mais minhas pernas e pude sentir sua língua fazendo movimentos em minha intimidade e sinceramente eu estava enlouquecendo de tanto prazer...

Eu segurava o ar que estava em mim,mas quando o soltava um gemido saia de minha boca,mesmo que eu tentasse conter os gemidos não dava,os gemidos foram ficando um pouco mais fortes .

 

Ele para o que estava fazendo e volta a beijar meu pescoço.

 

Eu queria diverti-lo,queria fazer algo também (N/A: aquela carinha.. )

 

Eu inverti a posição e o beijo,vou descendo os beijos pelo seu peitoral,dando alguns chupoes e mordidinhas ,passo minha a mão entre sua intimidade é o o umbigo. Chego onde o volume se encontrava... tiro sua cueca e coloco seu membro ereto em minha boca,fazendo o vai e vem,o que não cabia em minha boca eu segurava com a mão esquerda,porque não viu mentir,era grande...

Tiro um pouco da minha boca e o masturbo...coloco novamente em minha boca eu cehgo na glande e passo a minha língua de leve lá

Pedro-ah -Ele e solta a um gemido baixo e rouco e segura meus cabelos,fazendo um a rabo de cavalo debochado

 

 

Percebo que ele já estava chegando no seu máximo então paro de fazer o que estava fazendo e ele inverte a posição me deixando por baixo...

 

Pedro-vc me deixa louco...-Ele volta a beijar meus seios e penetra dois dedos em minha intimidade,me fazendo soltar um gemido baixo...

 

Ele fica fazendo isso por pouco tempo...ele tira os dedos de lá e..

 

Pedro-eu não trouxe ....-Eu sabia que ele estava se referindo a camisinha...mas se nós fizéssemos sem,não haveria problema e logo logo vcs saberem o por que.

 

Bibi-não tem problema,vai sem..-Eu susurra e logo sinto seu membro penetrando em minha intimidade, sério,eu sentir um dor meio que forte...

 

POV PEDRO

 

Bibi-ahh...-ela havia soltado um gemido de dor,eu sabia disso,pois sua expressão não estava boa,parecia estar com dor ...

Eu deixei uns segundos para ela se acostumar com o tamanho,mas eu não conseguia ficar parado,a necessidade de fazer aquilo me matava,ainda mais com ela,aquele corpo, aquele gemido,ela em si me deixava louco...e vendo ela assim na minha frente....eu precisava daquilo..

 

Ela parecia ter se acostumado, então eu começo as estocadas,ainda devagar para não machuca-la...ela gemia um pouco alto,então pra abafar os gemidos eu tentava beija-la,eu vou indo mais rápido com os movimentos e ela já estava acostumada seus gemidos agora eram de prazer ela mordia o lábio e segurava forte na cama....

Ela me arranjou nas costas fortemente mas eu não me importava se ficariam marcas,apenas estava aproveitando o momento enquanto podia ouvir seus sons..

 

Ela era incrível,pra uma menina virgem,já sabia muita coisa...

Eu ia cada vez mais rápido e seu gemidos eram maiores e um pouco mais altos,não me importava se iríamos acordar esse prédio, eu apenas queria senti-la cada vez mais.... só se ouviam o barulho da cama de batendo contra a parede,os nossos gemidos e nossas respirações ofegantes...

 

Quebra tempo...(N/A: huehuehue eu sei que vcs me odeiam por isso,mas calma,concerteza vai ter mais��❤)

 

[...] Ela estava deitada ao meu lado e arfando rápido, provavelmente estava cansadas e eu também,o lençol que ainda nos cobria deixava nossos corpos mais "refrescados",meu braço estava debaixo de sua cabeça e ela olhava para o teto imaginando alguma coisa....

Já era tarde da noite,mas ainda estávamos lá acordados e provavelmente acordamos o resto da "vizinhança",mas que aquilo foi incrível foi,eu observava cada detalhe de seu rosto...eu não me importava se ela quisesse dormir,eu ficaria a noite toda a olhando,e se ela ficasse acordada eu iria ficar de conchinha com a mesma,conversando até pegarmos no sono...por ela fazia qualquer coisa.

 

Bibi-que foi?-Ela percebe que eu estava olhando pra ela e me encara.

 

Pedro-nada... só tô olhando como vc é incrível-Ela sorri ...

 

Bibi-desculpa se u não fui tão boa assim... é minh...-Eu não a deixo terminar de falar.

 

Pedro-não foi tão boa assim?Vc foi a melhor de todas...a que realmente me deu prazer-eu não estava mentindo,ela realmente foi a única!-e acredite só lhe dar prazer já me satisfaz...

 

Bibi-ela me sela...-te amo tá!?-Ela se deita em meu peitoral...

 

Pedro-eu também te amo...-beijo o topo de sua cabeça.

 

Quebra tempo...

 

8:35~POV PEDRO.quarto do hotel do Pedro.

 

Acordo com umas dores no corpo,mas especificamente nas costas ,e meio cansado pelo o que ocorreu ontem a noite,olho pro lados e não vejo a Bibi, olho a bagunça que estava naquele quarto pelo ocorrido de ontem e acabo dando um sorriso bobo,olhando por teto...a cama estava totalmente bagunçada é o lençol so cobria a abaixo da minha cintura,as roupas de Bibi não estavam mais jogas no chão apenas as minhas e havia um bilhete em cima do travesseiro ao meu lado...

 

Eu pego o bilhete e estava escrito

 

"Você sabe que eu amo a sensação de adrenalina... eu sou uma sociopata mas por vc faço tudo,porque eu te amo só um pouco de mais.... Desculpa pelo o estrago que deixei nas suas costas!

 

~bibi

 

OBS:quando acordar passa no meu quarto, quero te mostrar uma coisa... "

 

 

Eu olho o bilhete e logo chega um notificação no meu celular,me estico para pegar o celular na bancada ao lado e quando finalmente o pego vejo que er aula notificação do Twitter da Bibi

 

Twitter on

 

Eu deixei um bilhete de amor dizendo que vc sabe o quanto eu gosto de adrenalina.....Eu sei que o que faço não é certo

Eu não posso parar o que amo fazer!

 

Twitter off

 

Me levanto faço minhas h.p e me arrumo...chego no quarto da Bibi e a mãe dela abra a porta...

 

Pedro-ah, é Desculpa,a Bibi me chamou eu...-Digo tentando disfarçar o sorriso que ainda estava em meu rosto,lembrando da noite anterior.

 

Kátia-tudo bem,pode entrar Pedro...-Ela dá espaço pra mim entra e eu entro,vejo que Bibi estava deitada na cama mexendo no celular..

 

Kátia-Eu vou ali no banheiro terminar de me arrumar...-Ela sai e vai no banheiro e tranca a porta.

 

Bibi-finalmente bela adormecida (vulgo Pedro)-Ela vem sorrindo até mim e me sela,ela coloca seus braços em sua de meus ombros.

 

Pedro-a culpa não é minha se vc me quebrou ontem a noite...-Digo sorrindo,enquanto entercalo meus olhares em sua boca e rosto.

 

Bibi-bom...eu até afirmaria isso se não fosse....-Ela não termina a frase e vai em direção a sua mala e tira de la sua blusa de ontem a noite rasgada.-ta me devendo uma-ela joga a blusa agora mim.

 

Pedro-desculpa,eu não queria-ela me interrompe

 

Bibi-tudo bem-ela eu fraco-bibi tive a recompensa ontem a noite.Alias dói...

 

Pedro-eu te machuquei muito?-Digo vendo os cupões que estavam em seu corpo...é o roxo que estava em sua perna,eu acho que foi de tanto apertar...mas não foi por querer...

 

Bibi-não,foi só modo de falar...-Eu a interrompo e a levo até um espelho que havia ali.

 

Pedro-não,olha-eu abaixo um pouco sua regata mostrando todos os chupoes que estavam na parte de é cima de seus seios e no colo e mostro o roxo que estava em sua perna.

 

Bibi-tudo bem...vc não me machucou...quem te machucou foi eu..vc já olhou suas costas?-Ela pergunta compreensiva

 

Pedro-não-eu realmente não tinha visto,achei que ela estava brincando no bilhete.

 

Bibi-tira a camisa aí , rápidao...minha mãe ta no banheiro..-Eu tiro a camisa e ela pega o celular e tira foto das minhas costas...-olha..-Ela me entrega o celular e eu vejo que realmente estava bem vermelho e com várias marcas de unhas..

 

Pedro-eu sou mais forte q vc,isso não doeu nada,nem o chupão que vc me deu...-Ela me olha séria.

 

Bibi-mas...-a mãe dela sai do banheiro e eu visto rápido minha blusa.

 

Kátia-bom vamos tomar café?-a diz indo em direção a porta de entrada.

 

Bibi--sim...mae hoje a gente vai andar muito?é que eu to meio cansada...não dormi direito-Ela diz mentindo.e sua mãe vai até a porta de entrada e abra a mesma.

 

Kátia-nao vamos andar muito não,eu sei que eu vc ta cansada...eu ouvi os barulhos ontem a noite,não sei se vcs lembram mas eu estava dormindo no quarto ao lado...-Ela diz sem olhar a pra gente apenas olhando o corredor.

 

Eu e Bibi nos olhamos e ficando sem graça, mano,ela ouviu,fudeu,se o Fábio descobri eu morro... mano...

 

Fica aquela silêncio constrangedor

 

Kátia -relaxa eu não vou contar por seu pai...vamos?-Ela se vir agora gente com um sorriso como se nada tivesse acontecido.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[...]


Notas Finais


De nada ta...eu sei q vcs queriam isso,em galera eu tava pensando em criar um grupo no whatsapp, então deixem seus números de telefone aí,ou melhor me mandem por mensagem aqui,que é mais seguro,aí eu adiciono todos...💙
Beijinho na bunda de vcs,seus lindos disfarçados de bonitos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...