História Amor Além De Tudo - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Hetero, Jungkook, Kook, Kpop
Visualizações 2
Palavras 552
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Como disse, tá aí. Desculpem estar curto, mas não tenho muito tempo

Capítulo 3 - Three


Após ter retirado minha meia e meu tênis, restava apenas meu sutiã e minha calcinha. O seu canivete se encontrava do meu lado, largado no chão. Por que eu não o pegava? Porquê suas pernas estavam sobre meus braços, impossibilitando qualquer movimento com os mesmo.

Suas mãos deslizavam sobre meu peito, ele me encostava como se fosse a coisa mais natural do mundo.

- Sua mãe não era tão gostosinha assim... - Sorriu de escárnio. - Hora de começar a brincadeira!

Talvez eu tenha alguns segundos a mais de vida, pois, meu sutiã se abria por trás.

Portanto, o desgraçado pegou o maldito canivete.

...Filho da puta. - Pensei...

Ele segurou meu sutiã e começou a cortar, quando é possível escutar a porta da casa abrir, ou ser arrombada já que o barulho foi alto.

A porta do meu quarto não havia sido fechada no momento em que ele entrara, então, ele se levantou de cima de mim e correu fechar a porta, a trancou.

Agora quem será que entrou em casa? Será que foi a polícia? Isso não importa, o que importa no momento é que não morrerei hoje, pois seja quem for já estava subindo as escadas.

- Você chamou a polícia? - Me olhou com uma cara feia.

- Eu? - Iria negar, mas me recordei da ligação recente e que ainda devia estar acontecendo com Yang. - S-sim... - estremeci.

- Sua puta! - Estava realmente muito alterado. - Venha aqui. - Andou em minha direção e me puxou pelos cabelos para cima e perto de si. Soltou meus cabelos e colocou suas mãos em meu sutiã para estoura-los.

Aproveitei que não estava mais sendo segurada e então chutei suas bolas com toda a força que pude, era para que ele ficasse estirado no chão  me dando tempo suficiente se fugir. E assim aconteceu, ele colocou a mão nas partes chutadas e foi descendo de vagar ao chão, com isto corri para a porta e a abri. Olhei para o final das escadas e ali estava minha salvação, ali estava a polícia. Apontei para o quarto de onde fugi e eles seguiram até lá, apenas um policial ficou para trás, foi aquele que me chamou para perto e me acolheu, cruzei os braços porque meus seios estavam a mostra, já que antes de chutar meu pai ele rasgou meu sutiã.

Agora fora da casa, sentada no banco de trás da viatura, com minhas pernas para fora e meu tronco coberto por uma jaqueta de couro do tal policial que me ajudara a chegar até aqui.

- Q-quem chamou vocês? - Perguntei a ele. - Ele simplesmente me enviou um olhar e depois olhou para outro lugar, tentei acompanhar seu olhar de dentro da viatura e vi um homem que de onde eu estava parecia ser meu vizinho, meu vizinho fofoqueiro.

- Obrigada. - Disse voltando meu olhar ao policial.

- Como disse? - Pergunto ele como se não tivesse entendido.

- Obrigada por me tirar de lá.

- Foi só o meu trabalho. Com licença. - Deu as costas e saiu andando em direção à outro policial.

Meu pai estava sendo retirado de casa, já algemado, suas partes íntimas balançando e sendo guiado a outra viatura logo em frente de onde eu estava. Quando o vi passando me levantei e o encarei e recebi um olhar dele. Um olhar que dizia: Eu vou voltar...


Notas Finais


Acho que domingo sairá outro, ou então segunda de novo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...