História Amor Anonimato • Vhope • - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags J-hope, Mensagem, Romance, Taehyung, Vhope
Visualizações 85
Palavras 798
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 31 - Viagem.


Fanfic / Fanfiction Amor Anonimato • Vhope • - Capítulo 31 - Viagem.

– Taehyung..? – Taehyung ouviu uma voz ecoar pelo quarto, na hora o garoto se assustou dando um pequeno pulinho. – O que você está fazendo? 

– Hoseok? – As mãos do garoto tremiam, ele soltou as roupas que segurava em suas mãos trêmulas. – O que está fazendo aqui? 

– Eu fiquei preocupado com você, você estava estranho. 

– Não precisa se preocupar, eu vou ficar bem. – Taehyung dizia as palavras num tom calmo. – Ainda mais agora. 

– Como assim? Por que estás a fazer as malas? 

– É complicado. Só preciso que confie em mim e me deixe fazer em paz. 

– Não antes de você me disser. 

– Você não vai contar para ninguém, né? – Hoseok negou com a cabeça e cruzou os braços olhando para Taehyung. – Meu pai está vivo, na Tailândia. Ele quer me ver. 

– Como você sabe disso? – Hoseok mudou completamente sua postura, o garoto já aparentou estar com raiva, batia os pés rapidamente no chão. 

– Aquele homem de mais cedo me disse. Parecia ser real.

– Eu não vou te deixar ir. 

– Você nunca me apoia. – Taehyung dizia. 

– Eu te apoio, mas as vezes você me surpreende. Você vai confiar em uma pessoa que nunca viu na vida? Taehyung, seu pai está morto! 

– Você não entende, se você tivesse no meu lugar, você entenderia e faria a mesma coisa. 

– Não faria, por que eu penso antes de tomar uma decisão. Você esqueceu que Namjoon foi solto? Ele sumiu faz um tempo, você esqueceu dessa possibilidade, Taehyung? 

Taehyung percebeu que seu parceiro não mudaria de ideia nunca, então o mesmo desistiu. Taehyung sem sucesso se sentou na cama e cruzou seus braços. – Eu só quero seu bem e você sabe disso. –  Hoseok disse as seguintes palavras e se sentou ao lado do garoto e envolveu seus braços em volta da cintura de TaeTae. Os dois se permaneceram ali juntos, trocando carícias e poucas palavras até Taehyung pegar no sono e dormir no colo de seu parceiro.

(...)

Eram exatas 08:20 da manhã, Hoseok acordou com o barulho do celular de Tae que tocava sem parar. Os dois haviam dormido, as malas que estavam sobre a cama, amanheceram sobre o chão. Hoseok atendeu o celular de TaeTae. No visor estava número desconhecido, além do número da pessoa que estava a ligar, estava 17 chamadas perdidas.

– Alô? – O garoto atendeu o celular ainda com a voz sonolenta. 

– Taehyung? 

– Não, aqui é o namorado dele. – Hoseok sentiu-se vitorioso ao dizer essa frase. – Quem é você? 

– Pode passar para Kim Taehyung? 

– Não é possível. 

– É urgente. 

– Ele não vai viajar com você e nem com ninguém. 

– Como sabes dessa história? 

– Eu sou o namorado dele, ele me contou e eu o impedi, pois sei que não és de confiança. 

– Droga. 

O barulho da voz do homem do outro lado da linha não pôde mais ser escutada. Então o mesmo desligou o telefone celular. 

Hoseok se sentiu aliviado por não ter deixado seu amado viajar com aquela pessoa desconhecida. Assim se sentou na cama e pôs suas mãos sobre suas coxas cobertas pelos panos de sua calça. Até perceber que Taehyung estava acordado. Taehyung coçava os olhos ainda meio fechados e bocejava. 

– Tae... –Hoseok o clamou e o Tae se sentou de frente para ele. – Sabe essa mala? 

– O que tem ela? 

– Arrume-as. 

– Pra que? 

– Só faça o que eu te pedi. 

Assim Taehyung fez, começando a arrumar a mala ao pedido de Hoseok. 

Hoseok se decidiu levar o garoto para um lugar melhor, durante um longo tempo. Ele sabia que doeria ficar sem seu garoto por tanto tempo, mas saberia que aquilo faria bem para ele. Aliás, estaria ele e sua mãe. Os dois precisam de tempo juntos, para voltar tudo como antes. Os dois não ficariam sozinhos, ele estará com ela e em vice versa. Hoseok não via problema em bancar a viagem dos dois, o que importava era ver seu menino feliz e livre de qualquer perigo. Enquanto Taehyung organizava sua mala, Hoseok mandou uma mensagem para os garotos e para a mãe do menino, a mãe dele sem pensar duas vezes topou a proposta e foi logo arrumar suas coisas também.

Hoseok observava Tae arrumando as coisas, via a ingenuidade em seu olhar. Via que aquele era o garoto que Deus havia lhe dado para amar e cuidar para sempre. 

Jung Hoseok se aproximou do menino e o abraçou fortemente. Taehyung se assustou mas logo cedeu ao abraço de Hoseok. 

– Prometa que nunca se esquecerá de mim? 

– Do que está falando? 

– Promete, Tae?

– Eu prometo. – Taehyung disse sem jeito, pois ainda não sabia do que se tratava e Hoseok entregou duas passagens de avião para Nova York que estavam guardadas faziam tempo em segredo, que Hoseok usaria para pedir Taehyung em namoro oficial lá, mas ele pensou que essa seria a hora certa e seria melhor para sua segurança.

(...)


Notas Finais


Eu não esqueci da fanfic e nem de vocês, eu juro. Não me matem AAAA 💔.
Links das minhas outras fics que eu tô sempre postando pra vocês não sentirem minha falta. Skakksk brincadeira.
- https://spiritfanfics.com/historia/i-saw-the-love-in-your-eyes-vhope-9419383

- https://spiritfanfics.com/historia/breakdown-vhope-9574066

- https://spiritfanfics.com/historia/tumblr-jikook-9778319 (essa eu escrevo com minha frenon, vão lá tbm :3)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...