História Amor anormal - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Gêmeos, Incesto
Exibições 25
Palavras 714
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Yaoi
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


ei ei mais um cap. espero que gostem

Capítulo 2 - Descobertos


Fanfic / Fanfiction Amor anormal - Capítulo 2 - Descobertos

P.O.V DEVERSON

Deverson: p-pai?

Eu paralízo ao ver meu pai parado a porta,Daniel se levanta a sai correndo para o quarto dele.

Deverson: pai...e-eu posso explicar...

Eu puxei minha cueca e minha bermuda que estão no chão e me visto rapidamente,tentando pensar numa explicação.

Marco: Deverson...eu já suspeitava

Meu pai disse com uma calma que me tranquilizou um pouco,porém eu ainda estava com medo,não por mim e sim por dani já que ele é casado.

Deverson : desde quando?- eu não quero perder Dani,ele é tudo pra mim.

Marco: desde muito cedo eu percebi que o relacionamento de vocês não era normal,que amor que demonstravam um pelo outro nâo era de irmãos e sim um amor anormal...

Deverson: você está dizendo que eu e meu irmão somos anormais?- eu tinha um tom de magoa e raiva na voz.

Marco: NÃO,meu filho claro que não ~suspiro~ eu só quis dizer que vocês eram diferentes,não os estou julgando!

Deverson: ok me desculpe pai,só...esquece o que você viu- eu pensei um pouco- ou ouviu.

Marco: vocês não podem continuar com isso!

Deverson: O QUE? EU NÃO VOU DEIXAR O DANI!- agora sim eu me alterei,como ele pode dizer isso?

Marco: filho,ele é casado e você namora.

Deverson: não importa! eu vou terminar com ela e dani vai pedir o divorcio- nada vai fazer eu me afastar dele.

Marco: filho...- ele tentou falar mas eu não queria mais ouvir.

Deverson: vai embora,eu não quero mais conversar.

Marco: eu...

Deverson: VAI EMBORA!- ele apenas assentiu e foi embora,mas não antes de murmurar um "me perdoe"

Eu me dirigi até o quarto e vi Daniel chorando,aquilo me partia o coração! me aproximei da cama e o chamei:

Deverson: Daniel? calma anjo,por favor não chora!

Daniel: o que n-nós vamos fazer Deverson? ele nos viu,e se tivermos que nos afastarmos?

Deverson: ei isso não vai acontecer,me escuta...- eu contei para ele toda a conversa que tive com nosso pai.

Daniel: Deverson você enlouqueceu?

Deverson: Dani, eu SOU louco...louco por você, e não vou deixar nada nos separar.

Daniel: eu...estou c-com medo Deverson- ele me olhou com os olhos marejados,não suporto vê-lo assim.

Deverson: não se preocupe baby.

O beijei de um jeito calmo mas isso não durou,pois logo eu estava encima dele na cama,minha língua explorava cada canto de sua boca em um beijo intenso e cheio de desejo.

Daniel: n-não é o momento c-certo pra isso...-dani falou parando o nosso beijo,ele estava ofegante.

Deverson: sempre vai ser o momento certo pra eu foder com força essa sua bunda gostosa- dei um sorriso safado e dani corou.
 

Voltei a beija-lo,eu dava leves mordidas em seu labio inferior,ele arfava durante o beijo me deixando excitado.
Me afastei um pouco quando o ar fez falta,seus lábios estavam vermelhos e seu rosto corado! não demorei para atacar o pescoço de dani: beijava,mordia e dava chupões  fazendo dani se arrepiar e em frações de segundos ambos já estávamos sem roupas.
Comecei a masturbar dani enquanto maltratava seus mamilos,quando ambos já estavam rígidos e vermelhinhos fui distribuindo beijos pelo seu abdômen e descendo até seu membro que já estava duro e implorando por atenção. Sem cerimônia o abocanhei colocando a maior marte em minha boca e o resto massageando com a mão,comecei a chupar dani lhe arrancando cada vez mais gemidos.

Daniel: anh...deverson...hmm- ele gemia meu nome me levando á loucura- e-eu vou- ele não conseguiu terminhar a frase e gozou em minha boca - desculpe- ele estava ofegante e completamente vermelho.

 eu engoli seu gozo e disse:

Deverson: não se preocupe- sorri safado- você é uma delicia.

Se possível dani ficou ainda mais vermelho! eu sorri e me ergui para beija-lo,em um movimento rapido daniel nos virou na cama ficando em cima de mim.
Ele deu um sorriso safado e mordeu meu pescoço me arrancando um gemido baixo,ele deixou um chupão,me olhou nos olhos e disse:

Daniel: agora EU fico no comando.

XXXXX ENQUANTO ISSO:CEL ON

XX: ELES O QUE?

Marco: se acalma

XX: CALMA O CARALHO,ISSO NÃO VAI FICAR ASSIM!

Marco: o que você vai fazer?

XX: HAHAHA ESPERE E VERÁ.

CEL OFF

XX: Aproveite querido,essa pode ser a sua ultima vez nos braços do seu tão amado irmão haha

e na foto em seu celular a sua vitima

XX: ATÉ LOGO DEVERSON

.....

 

 


Notas Finais


EAI oque tão achando? espero que estejam gostando
quem será essa pessoa? até a proxima brotos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...