História Amor artificial - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jikook
Exibições 37
Palavras 1.059
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


gnt só queria dizer que se vcs pudessem divulgar a fic eu vou fica feliz p crlh, e tbm que se der por mim eu vou postar um cap por dia, bjjss boa leitura♡

Capítulo 2 - Tentativa falha


~ SEGUNDA FEIRA ~


  Jungkook acordou impaciente, não tinha conseguido dormir, tinha um barulho de batidinhas leves na bancada do quarto ao lado, quarto de Jimin, levanta irritado e vai tomar um banho, coloca uma calça preta de couro justa, um tenis preto, uma camisa branca, e uma touca vermelha, pega o celular e enfia em seu bolso, sai do quarto nao olhando para os lados e tromba com Jimin, fazendo com que o pequeno caia de costas no chao e soltando um gemido de dor, Jungkook como ja estava irritado com o mesmo, apenas passou reto e não olhou para os olhos do menor, que se encontrava no chao assustado.


  Jungkook desceu e se sentou na mesa para o cafe da manha com os pais, logo desceu Jimin com um belo roxo em seu braço, o qual tinha batido no chão durante a queda.


   Jimin se senta ao lado de Jungkook e escuta seu pai se pronunciar.


- Bom dia meninos!... é Jimin, oque aconteceu com seu braço?- Perguntou Kwan analisando o roxo no braço do filho menor.


  Jimin ia se pronunciar quando sentiu uma mão quente por cima de sua coxa esquerda farta, olhou para a mesma e direcionou o olhar para Jungkook o qual lhe encarava como alguem que não queria que contasse o ocorrido.


  Jimin se irritou, quem ele pensa que é para o tratar a vida toda de maneira ruim e quando ele precisava do mesmo, Jungkook simplismente não dava atenção, e agora aparece todo irritado, nem o ajuda a levantar e ainda poe a mão em sua coxa?


  Jimin o olhou com raiva nos olhos e arranhou a mao de Jungkook com suas unhas curtas porem afiadas, fazendo o mesmo retirar imediatamente e fazer uma expressão de dor, Jimin sorrio satisfeito e olhou para o pai que aguardava a resposta do filho.


- Ah appa, eu tropecei quando acordei e bati o braço no armario, só isso, mas estou bem.- Sorrio tentando passar tranquilidade ao pai.


- Ah jiminie, tente prestar mais atenção sim?- Falou Min Ji acariciando os cabelos do menor bagunçando-os um pouco.


- Claro omma.- Acenou positivamente para a mãe que suspirou rindo.


  Jungkook por outro lado observava tudo com raiva, levantou bruscamente da mesa assustando e chamando a atenção dos mesmos ali presentes, saiu andando ate seu quarto, escovou os dentes e desceu, pegou sua mochila que se encontrava na poltrona da sala, estava indo em direção a porta quando ouve a voz de seu pai.


- Jungkook.- Fala o pai, era perceptivel a seriedade na voz.


- Sim?- Pergunta Jungkook e direcionando seu olhar para o pai.


- Espere o Jimin, vocês irão juntos para a escola a partir de hoje.- Fala o pai convicto.


- NÃO!- Grita Jungkook, logo se arrependendo pelos olhares recebidos de sua mae e pai, observa Jimin que o encarava desapontado, Jimin apenas se levantou e pediu licença para os pais para subir para o quarto e escovar seus dentes.


  Logo no pé da escada Jimin se vira para os pais e diz.


- Appa não se preucupe, eu irei sozinho para a escola, não precisa fazer isso com Jungkook, sei que minha presença o incomoda.- O menor se direcionou para a escada e subiu ate seu quarto, deixando um clima nada agradavel, não que seja sua culpa.


   Jimin não ouviu mais nada depois que subiu, nem um misero ruido na casa, escovou os dentes e desceu, todos ainda se encontravam na mesma posição, Min ji tomava seu café, Kwan fuzilava Jungkook, que permanecia com os olhos fixados no chão; deu um selar na testa de sua omma e de seu appa.


- Tchau omma e appa, tenham um bom dia.


   Jimin pegou sua mochila e saiu de casa, andando e chutando as pedrinhas do chão.


  - Jeon Jungkook.- Kwan falou com firmeza.


- O-oi appa.- Falou Jungkook nervoso.


- Porque desde que Jimin chegou aqui você o trata mal e com desprezo? Acha que eu nao percebo?


- É que...- Jungkook realmente não sabia oque responder.


- Não importa, entenda Jungkook que Jimin passou por muita coisa, e não foi nada facil pra ele, ainda mais entrar em uma familia nova, sabe que ele é esforçado e tudo mais, ele nunca fez nenhum mal para você, pra você trata-lo dessa forma.- Falou Min Ji ja impaciente, na cabeça dela não tinha motivos para essa babaquice.


- Entendi...omma ontem ele ficou ate tarde da madrugada batucando na mesa.- Falou o maior cruzando os braços frustado.


- Ele escreve Jungkook, por isso das batidas.- Disse a mãe simplista.


- Escreve? Como assim?- Pergunta o maior confuso.


- Musicas e poemas, ele ja me mostrou algumas musicas, realmente fiquei impressionada, mas agora vai logo pra escola se não vai se atrasar, e espero que você melhore esse comportamento ridiculo com o menino.


  Jungkook apenas assente com a cabeça pensativo e sai de casa, no caminho o mesmo pensa realmente de porque tanto odio com Jimin, o menino realmente nunca lhe fez mal, mas logo veio a lembrança de toda a conversa que teve com os pais na cozinha, inclusive da fala de sua mãe, "Ele escreve Jungkook", ficou curioso, vai dar uma olhadinha no quarto de Jimin depois.


  Jimin assim que chega na escola procura seu amigo Hoseok, avista o mesmo escorado na parede concentrado em algo em seu celular, se aproxima do mesmo e se comprimentam.


- Eai Hoseokão.- Diz Jimin batendo na mão do mesmo.


- Ja disse pra não me chamar de "Hoseokão" viado, e eu to otimo e você?


- Ah eu tava bem, ate ver a cara de desprezo do Jungkook sobre mim, mano como o cara consegue ser tão estupido?- Jimin revira os olhos, que é acompanhado de uma risada fraca de Hoseok.


- O que aconteceu dessa vez?- Perguntou Hoseok se sentando em um banco atras dos dois, Jimin lhe contou tudo oque aconteceu de manhã, e seu amigo escutava tudo com atenção.


- Caralho...- Disse Hoseok pensativo.- Não sei oque te dizer...


- Não diz nada, só me controla pra eu não ir la e estora a cara dele, serio Hope, eu não aguento mais isso, eu nunca fiz nada de ruim pra ele ou pra familia dele,e ele começa a ser ignorante e eu nunca entendi o motivo...- Falou Jimin triste, logo observando Jungkook se aproximar dos dois, Jimin se espanta e puxa o braço de Hoseok pra ir para longe, oque foi obviamente uma tentativa falha.


- Jimin.







~ continua ~


Notas Finais


desculpe qualquer erro e me falem a opinião de vcsss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...