História Amor assassino - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jeff The Killer
Personagens Jeff, Personagens Originais
Exibições 77
Palavras 1.815
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Essa é a continuação do que Jane passou e escondeu da Isabel.

Capítulo 22 - Especial: Jane parte 2


Fanfic / Fanfiction Amor assassino - Capítulo 22 - Especial: Jane parte 2

Jane pov'on

Ja se passaram alguns meses desde que conheci Liu, ele é perfeito em tudo o que faz. já tem uma semana que ele tem ficado um tempo sozinho pesquisando sobre sei lá o que, ele disse que ainda não pode me contar o que é, mas acho que já tenho uma idéia. nesse meio tempo Liu me manteve informada de tudo o que aconteceu com a garota, descobrimos que o que prendia seus poderes agora não pode mais conte-los e por causa disso vez ou outra ela mata alguém mesmo que sem saber disso. Liu disse que era melhor informar Slender de tudo, assim eles não ficariam desnorteados quando descobrissem.

Liu: Jane, ela desapareceu - gelei na hora

-co-como assim de-desapareceu? isso não pode ter acontecido! ela não morreria tão fácil!

Liu: vamos manter a calma, quero que vá até Slender e conte tudo o que sabe, não sei a quanto tempo ela sumiu, mas sinto que ela já está longe.

- Liu, Jeff não deixaria ela sumir! tem algo errado. - chutei tudo o que via pela frente - droga! vamos na casa dela, é mais rápido.

Liu: e falaremos o que? Oi,  sua filha é meio demônio e sumiu de nosso radar, será que podemos saber se ela saiu pra algum lugar? - ri dele e logo ele me acompanhou

- vamos dar um jeito! - puxei e beijei seus lábios - vamos logo, antes que escureça e eles não nos digam nada.

Saímos em direção a casa da garota sem trocar palavras, Liu nunca compartilhou tudo o que sabe sobre ela, só sei o que eu vi, ele diz que não está na hora certa. no caminho encontramos uma garota um tanto estranha e Liu sorriu ao ve-la. na parede de um beco estava escrito com sangue: "não importa o quanto tente sempre acabará sozinho", não sei o que ela é, mas Liu já deve saber, pois andou em direção a ela como se fossem amigos. 

Liu: ora ora ora, se não é a The killer lonely. não esperava que estivesse perto.

Branquela: vejo que sabe quem eu sou! quer se juntar a eles? - ela apontou a katana para os cadáveres que estavam abertos e com as próprias tripas no pescoço - prometo que não vai doer muito, e eu te boto do lado da sua garota!

Liu: grato pela consideração, mas vim aqui para lhe informar de algo, os anjos querem nos destruir e matar quem pode nos proteger. junte-se a nós para protegê-la. - ela olhou de cima a baixo e logo sorriu pulando de alegria?

Branquela: me chamo Yume - olhei eu seus olhos bicolores e ela virou a cabeça pro lado me encarando de volta

- kyaaa!!! - corri a abracei ela - não resisto! fofa de mais.

Liu: sério? - ele me olhava com uma cara como se eu fosse louca - vamos logo, a garota pode estar em perigo.

Seguimos o caminho de forma rápida, só parando quando vi uma tiara com orelhas de neko, coloquei no alto da cabeça de Yume e seguimos rindo das caretas fofas que ela fazia sempre que eu mandava ela fazer uma pose. chegamos em frente a casa da garota e batemos, estava uma gritaria lá dentro.

???: o que querem? - uma mulher rude perguntou com uma cara de ódio 

Liu: a Isabel está? - como ele se mantém calma em frente a essa maluca?

????: viviane, quem é? - ouvi uma voz masculina ao fundo

Viviane: espero que tenha morrido, agora não voltem mais - ela fechou a porta na nossa cara e  logo ouvimos ela gritar - foi engano!

Liu: droga, onde fica a mansão?  - ele pirou

- tá maluco? vão me matar - ele me olhou com aquele olhar que me convence de tudo

Yume: eu tenho que ir na mansão também, não lembro direito o motivo - Liu olhou para ela assustado como se soubesse de algo e logo os guiei floresta a dentro.

Tinha várias árvores quebradas, rochas fora do lugar e principalmente sangue por toda parte. olhei ao redor e vi alguns corpos mutilados, obra de Jeff ou do trio. Yume ficou pulando brincando de o chão é de lava, cada vez que nos aproximávamos,  mais corpos apareciam. chegamos a um lugar onde várias facas podiam ser vistas em vários lugares, Jeff. contra o que eles lutaram? e ainda pior, como chegaram tão perto da mansão. botei a cabeça para funcionar, os homicídios diminuíram, a garota sumiu.

-DROGA! Liu, eles saíram daqui! 

Liu: como assim? aqui não era à mansão do Slender?

Offender: " era, algo destruiu tudo" - era comum ver ele quando Slender estava longe 

- o que aconteceu aqui? pra onde eles foram? 

Offender: "vieram buscar a garota demônio, os bruxos querem o poder dela" - ele sumiu e logo estava com Yume no colo - "eles quase fizeram ela perder os filhos e Slender optou por irem para uma cidade mais afastada, essa garota está clamando por todos os creepys e isso está fazendo mais de nós surgirem e procura-la"

Liu: então já está acontecendo? - o que? eu quero saber!!

Offender:"os preparativos para a guerra, os anjos vem para nos dizimar e os demônios vem dizimar os humanos" - está porra - " a não ser que a filha de Lúcifer opte por salvar os humanos"

Liu: deixa Slender explicar pra todos depois, você vai dar um nó na cabeça delas - ele suspirou e enlaçou minha cintura - vai nos ajudar?

Offender: "não tenho como negar, ela está me chamando também" - Yume dormia nos braços dele - " tenho mais algumas pessoas comigo venham"

Seguimos ele até uma caverna distante e logo vimos mais algumas garotas. Liu apontava para cada uma e falava seus nomes como se as conhecesse a tempos. quando nos aproximamos mais das garotas, uma delas correu e me abraçou como se fossemos grandes amigas, fiquei com um pouco de medo mas logo me acostumei com ela.

Offender: "meninas, esses são Liu e Jane, se apresentem"

Yume: eu primeiro!!! Tenho 18 anos!!! - aja alegría,  so então reparei mais  nela,  cabelos brancos, olhos de cores super diferentes sendo o direito vermelho e o esquerdo azul, seu corpo definido provava sua alta capacidade de luta e sua pele era branca iguais aos seus cabelos - me chamo Yume, sou a The killer lonely!!

???: me chamo Helena Haruka, sou a Shadow Archery, 17 anos - a garota que me abraçava disse. já vi ela em algum lugar..

- não creio!!! vocaloid?? - ela riu e balançou a cabeça me explicando que a personagem foi baseada nela..

???: Maya Rogers, 21, sou a Mamba Negra. - mistério, ela era parda com longos cabelos negros, com certeza causava inveja com seu corpo...

Liu: já conhecem a Jane por ela ser uma killer muito conhecida e eu sou Liu, irmão do Jeff the killer. - ele botou a mão no queixo como se estivesse pensando em algo - falta uma.

- como assim?

Offender: " ela não é uma de nós, apesar da habilidade em cuidar das pessoas sem ter precisado cursar medicina"

- uma humana?? - eles estão malucos mesmo

Offender: " ela é filha de um cirurgião muito conhecido, nas horas livres ela le todos os livros de medicina que ela encontra, possivelmente um gênio em potencial"

- aposto que ela nunca cuidou de ferimentos sérios - bufei, trazer uma humana para nosso "mundo" era perigoso de mais

Liu: o pai dela sabe sobre nós, ele quem ajudou a Nurse Ana. - depois dessa eu me calo, ela era uma ótima enfermeira.

- peguem ela é eu irei falar com Slender. agora me digam onde ele está - Offender me explicou como chegar a mansão em segurança e fui sozinha para la.

Não era um caminho difícil, mas também não era fácil. eu podia sentir a apuração que me chamava com ainda mais intensidade, logo me deparei com uma mansão maior que a anterior. acho que ele se acostumou em ter sempre espaço extra para quando encontrar mais pessoas para sua família. sorri constando que ele não mudava mesmo, continuava confiando em qualquer um que ele encontrasse pela frente.

Abri a porta e logo todos olharam para mim, perguntei por Slender, mas antes de obter a resposta o louco do Eyeless Jack gritou: " a grávida tem TPM!", ouvi alguns dizerem que ela havia tentado matar Slender, que ela quase mata Jeff, dentre outras coisas. entrei em pânico, ela nunca iria me perdoar, comecei a tremer e pensar em como Liu iria ficar ao descobrir minha morte. nem sei quando a pularia começou,  só ouvi Jeff gritar e todos se calaram.

Esperei ele vir me procurar junto de Slender, o que demorou um pouco. mas logo eles quiseram falar comigo sobre a minha volta, eu já sabia que eles haviam descoberto o que eu fiz, mas eu estava arrependida e iria provar. a garota nem deu muita importância para mim, creio que ela não se lembra de mim ou não sabe todo o mal que lhe fiz. respirei fundo e contei a verdade sobre aquele dia, esperei eles tentar me matar, mas nada. eles me olhavam como se esperassem por algo mais, suspirei e resolvi falar sobre Liu.

- Liu está comigo - vi o rosto de Jeff mudar um pouco  - ele me fez perceber que errei e estamos reunindo as últimas creepys que apareceram para lutar contra os anjos.

Jeff: como ficou sabendo disso? como encontrou meu irmão? o que contou a ele? - ele estava com a faca pronta para me matar

- ele salvou minha vida, a senhora que te viu e te salvou é avó da sua noiva e e ela contou a ele tudo. - vi ele relaxar os ombros e uma lágrima solitária escapar.

Slender: "foi meu irmão quem me localizou não é?" - assenti -" é sua última chance,  traga as garotas elas passarão 2 meses aqui e depois irão treinar com Offender"

Assenti e fiz o que é ele mandou. o tempo passou rápido e quando menos esperei estávamos treinando com Offender, isso até recebermos a notícia de que a garota foi atacada e iria morrer. voltamos para para a mansão correndo e assim que a vi, notei um homem ao seu lado que não era Jeff ou seu irmão. ele se apresentou como Lúcifer.  isso significava que era o momento dela escolher se os humanos seriam salvos ou mortos.

Ela deu um ataque de ciumes quando Liu abraçou Jeff, tive vontade de rir da situação, mas o pai dela resolveu falar o que não devia e ele apanhou. não sei o motivo dele não perguntar de imediato se ela salvaria ou condenaria os humanos, mas gostei quando vi Jeff cuidar dela como quem cuida de uma criança. mesmo com a perda de um filho, ambos tinham que ser fortes e seguir em frente, e Jeff era o pilar principal dela, assim como ela era o dele. sorri vendo os dois juntos e resolvi que era hora de convencer Slender e Offender a contarem a ela o que eles ainda não contaram.


Notas Finais


Na capa temos Offender seduzindo vocês ;)
Boa noite galerinha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...