História Amor bandido - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Les Twins
Personagens Larry Bourgeois, Laurent Bourgeois, Personagens Originais
Tags Amor, As Batidas Perdidas Do Coração, Batidas Perdidas, Brasil, Dança, Larry Bourgeois, Laurent Bourgeois, Paris, Whorkshop
Exibições 40
Palavras 622
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Saga
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, como estão?
Boa leitura

Capítulo 10 - Laurent 10


Estava na casa da Jasy, com a Perrie, já tinha ligado pro Larry, e pelo jeito ele foi  desesperado pro hospital. Era tarde quando Jasy chegou, ela estava péssima, parecia ter chorado muito, enquanto ela tomava banho eu fiz algo pra comer, ela saiu do banheiro com um shortinho verde e uma camiseta branca e uma toalha enrolada no cabelo, seus olhos vermelhos de tanto chorar. Caralho nem assim ela consegue deixar de ser linda. Ela se sentou pra comer enquanto me contava como estava a irmã. Depois ela se sentou no sofá pra dar mama a Perrie e eu me sentei ao lado dela.  A Perrie dormiu, ela colocou ela no berço e voltou.

- Deita aqui, deixa eu cuidar de voce. 

Ela veio e se deitou no meu peito, e colocou uma das pernas sobre a minha. E ali adormecemos.

 

 

Três dias passaram e o Larry não sai daquele hospital, apesar da Jade estar melhorando ele não sai, Jasy precisa ir trabalhar, então ele ficar lá ajuda muito ela, mas ela vai lá todo dia, a Perrie está indo pra escolinha, Jasy queria me ajudar a pagar, mas eu não deixei. Como eu odeio dormir em casa sozinho estou dormindo na casa delas com a Jasy e a Perrie, e como a Jade é um anjo me deixou dormir no quarto dela.  Acordei com um cheiro maravilhoso de comida, sai do quarto, Jasy estava na cozinha, ela usava uma calça justa preta, uma camisa preta e uma sandália de salto fino bege. Caralho cada vez que olho essa mulher me pergunto como ela pode ser tão linda. Ela estava de costas, fui até ela e a abracei, me abaixando um pouco pra que meu rosto ficasse na altura dela, fechando meus olhos pra sentir seu perfume.

- Bom dia. – ela disse.

- Bom dia, posso te falar uma coisa?

- Pode. - ela se virou pra mim.

- Eu disse que iria de vagar, mas vendo você assim, toda linda, ta tão difícil. 

Ela sorriu.

- E a Jessica? Eu vi que ela te ligou varias vezes ontem, até você atender.

- A Jessica é louca, ela piro quando eu troquei ela por você.

- Você trocou ela por mim?

- Troquei, e troco todas do mundo por você Jasy, se eu tiver você, eu não preciso de mais nada.

Olhava no fundo de seus olhos azuis, me aproximei de vagar, tinha medo que ela se afastasse, mas ela não fez. Ela sorriu e me puxou pela nuca me beijando. Aquele beijo, Caralho aquele beijo, o melhor de todos, o mais calmo, o mais molhado, o mais excitante, o mais gostoso, essa mulher, se eu me arrependo de algo na vida, e de ter deixado ela ir embora a dois anos. Ouvi a Perrie chorar e paramos o beijo, ela tinha um sorriso lindo, eu também não conseguia conter o meu. Agora eu sei, essa é a mulher da minha vida. Fui até o quarto peguei a Perrie. Ela parou de chorar. Sai do quarto e fui até a cozinha, Jasy já fazia a mamadeira dela. Quando ficou pronta ela veio até nós e tentou pegar a Perrie, que se agarrou ao meu pescoço.

- Haha perdeu.  – disse rindo.

- Perrie. – Jasy disse colocando a mão na cintura.

- Papa. – o bebe ao meu colo disse, e meu coração quase pulou do peito de felicidade.

Jasy me entregou a mamadeira e eu fiquei andando de um lado pro outro enquanto ela mamava. O relógio deu 8:00 e Jasy precisava ir pro trabalho. Deixei a Perrie no tapete da sala com suas bonecas, fui até o quarto coloquei uma calça jeans e uma camiseta branca. E fui levar ela no trabalho.


Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...