História Amor Bandido - Capítulo 47


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags 1 Temporada, 2 Temporada, 3° Temporada, Asaika, Cauan, Edwin, Romance, Saika, Saika V Fullbust, Sasaika, Storm
Visualizações 40
Palavras 820
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 47 - O folgado e a doida da escola


Fanfic / Fanfiction Amor Bandido - Capítulo 47 - O folgado e a doida da escola

Saika on

Se eles acham que vão me controlar, estão muito enganados! Fui pro chuveiro tomei um banho, me vesti, assim que recebi a mensagem do Ryuki, amarrei os lençóis um no outro e desci pela janela, depois só tive que pular o muro. Subi na moto e fomos pra festa. Eu preciso aliviar a cabeça, meus pais se tornaram tão chatos. Porque eles pegam tanto no meu pé? Eu só queria que eles fossem os mesmo de antes. Sai dos meus pensamentos, Ryuki começou a correr super rápido, esse maldito sabe que eu tenho medo, ele inclinou a moto no cruzamento e o carro que vinha na nossa direção quase bateu na gente, mas conseguiu desviar, quando chegamos na festa eu desci da moto
Saika: qual o seu poblema em? Quer nos matar idiota? -empurrei ele que caiu com a moto, entrei pra festa e já fui pegando uma garrafa vodka e cumprimentando a garela

Saika off

Kazuto on

O dia no serviço hoje foi muito chato. Até agora não consegui me aproximar do Storm. Mas não vou desistir. Deixando isso de lado. Eu fui tomar um banho, me vesti com uma calca preta e blusa social, depois partir pra festa. Não queria vir, mas depois de conhecer aquele idiota do Ryuki, talvez vala a pena, me diverti um pouco. Assim que cheguei no lugar estacionei a moto e entrei na festa, cumprimentei o Roy e fui beber, minutos depois a garota que esbarrou ne mim hoje entrou na festa, ela estava linda, admito!
Kazuto: sabe o nome daquela garota ali?
Roy: a Saika? Melhor não mecher com ela! É namorada do Ryuki! -não demorou muito pro idiota do Ryuki aparecer, ele foi andando até ela que dançava no meio da pista, puxou a mesma pelo braço que encarou ele
Ryuki: tá louca? Tem noção do que você fez?
Saika: me larga! Eu quero dançar! -ela empurrou ele, mas o mesmo apertou o braço dela mais forte
Ryuki: você arranhou a minha moto!
Saika: dane -se -todos olhavam pra eles, ela voltou a dançar e ignorou ele

...


A festa estava chata e eu não conseguia parar de olhar pra Saika. Ryuki percebeu e foi até ela e os dois começaram a se beijar, ele começou a passar a mão pelo corpo dela, mas a mesma o afastou. Mesmo assim ele persistiu e ela saiu fora e veio até o bar

Saika: tsc, olha só se não é o folgado da escola
Kazuto: e você a doida da escola
Saika: tsc, você é muito carrancudo, porque não vem dançar- percebi que ela estava completamente bêbada, ela saiu me puxando e eu fui até o meio da sala com ela e começamos a dançar, mas ela estava passando dos limites
Ryuki: tsc, se afasta da minha namorada- ele puxou ela
Saika: me larga! Não sou sua namorada!
Kazuto: solta ela! -todos nós observavam agora
Ryuki: vou te ensinar a mecher com a mulher dos outros- pensei que ele fosse parti pra cima, mas não, ele chamou o amigo dele
Saika: Para Ryuki! Eu quero ir embora!
Ryuki: só vai embora na hora que eu quiser! -ele apertou mais ainda o braço dela- segurem ele! -os amigos dele me seguraram- já volto pra acabar com você!
Saika: me solta Ryuki! Tá me machucando! - ele saiu arrastando ela, ouvi uma porta batendo, arg! Me soltei dos caras e começamos a brigar, Roy me ajudou, mas eu dei conta de três sozinhos e depois subi as escadas
Roy: ei cara! Não se mete! -ignorei e arrombei a porta
Saika: me larga Ryuki! - ele estava em cima dela sobre a cama a beijando
Kazuto: abusar de uma garota bêbada? Tsc! - antes que ele dissesse algo tirei ele de cima dela e lhe dei vários socos, o mesmo reagiu e me chutou fazendo bater as costas no armário, parti pra cima dele e lhe dei mais um soco, rodei ele pelo braço e o joguei contra o guarda roupa, fazendo ele bater a cabeça, o mesmo levantou furioso e sacou uma arma, chutei a mesma da mão dele, a gente caiu no chão rolando, consegui pegar a arma e dar uma coronhada nele que perdeu a consciência. Me levantei do chão, puxei a garota pelo braço, fazendo ela sair de cima da cama
Saika: me larga! Eu sei me cuidar!
Kazuto: não passa de uma garota mimada- puz ela nos ombros e passei pela aquela multidão, os amigos do miserável, foram da atenção a ele, pus a garota na minha moto e coloquei o capacete nela- sabe onde mora?
Saika: em algum lugar, de lá pra cá
Kazuto: não sabe nem o que tá falando -segurei firme os braços dela na minha cintura e a levei até a minha casa, chegando lá a pus sobre a cama. Olhei pra roupa dela e me perguntei se devia ou não dar um banho nela



Notas Finais


A roupa dela é estilo a da capa. Só que sem as asas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...