História Amor bandido - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Gray Fullbuster, Juvia Lockser
Tags Fairy Tail, Gruvia, Mistério, Romance
Visualizações 11
Palavras 587
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Harem, Hentai, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Reencontro


Fanfic / Fanfiction Amor bandido - Capítulo 1 - Reencontro

Gray on :

Estava andado pela rua quando avisto a polícia vindo mais sem carro e armas. Elês chegam até mim e me dão um envelope e saem sem dizer nada.

Ao ler o envelope vir um endereço marcado para uma conveção com o chefe pulicial.

No dia marcado me encontro no lugar macarrão e  ele chega já me fuzilando com os olhos.

???- Olá senhor fulbluste.

Gray- O que você quer para estar me atasanando. 

???- Se você capturar essa menina pode ter certeza que terá sua liberdade para sempre sem nigurm li perturbando.

Gray- E o nome dela estar nesse envelope.

???- Claro agora tchau fulbluste.

Ao sair abro o envelope I vejo "Juvia" me assusto como ela pode estar sendo procurada mais já sei onde te procurar loxer .

Gray off :

Juvia on :

Aui estou com outro culpado de ter matado os meus pais morto. Vou tô para casa tomo banho e me deito para descansar. Ao acorda me deparo com uma carta que diz "me encontre hoje as 8:00 horas da noite.

Ao anoitecer estou com outra vítima  não liguei para o que a carta diz,ao matar o infeliz saio pelo teto mais sou derrubada e um homem estar encima de mim.

???- Quanto tempo loxer- Essa voz não pode cer.

Juvia- Como vai fulbluste? como me encontrou? e sai de cima de mim!

Gray- Pelo visto ficou bem desdobramentos nosso último encordoar! 

Não sei o motivo mãos ao olhar para seus olhos meu coração asselera e acabo beijando-o.

Disso do nada estamos nos beijamos e só se afastamos para respirar, quando recuperamos o fôlego começamos a rolar pelo telhado sem descolar nosso beijo.

Eu começo a tirar sua blusa e jogo para qualquer lugar e troco nossas posições dando chupe em seu corpo, após isso tiro sua calça me assustando com sua hereçao ele nos inverte I tira o vestido que estou usando e bate na minha bunda cada vez que tentava nos virar até ele tirar o meu sutiã e começar a módica lo e lamber o direito e massahiando o esquerdo.

Quando elle desenterra de meus seios desce e tira minha calibra. 

Gray- bem molhadinha né meu amor!

E enfia sua língua em minha parte íntima,  depois retira e enfia dois dedos e come ça a mr mastigar já não consigo mais segurar e gemi me levantando e tirando sua mão. Ele me olha surpreso e ue pego em sua cabeça e enfio de frente a minha intimidade.

Juvia- Eu quero que me coma não me masturbé com o dedo e sim com a língua.

Ele entende e faz o meu pedido sem reclamar, começo a gritar e gozo em sua boca mais essa sençassao acaba pois ele nos vira.

Gray- Sua vez de me mastibar.

Entendo e retiro sua cueca e me assusto com o tamanho de seu mentor mais lambo a cabeça e o feio na minha boca o chupándo e módica hoje até ele Goza.

Mas saiu mais fora do que dentro ele troca as posições e me beija.

Gray- Tem certeza.

Juvia- Claro só me coma já disse.

Ao dizer isso ele enfia um pouco de seu mentor para me a custar e os gritos de dor se turma de prazer 

Juvia- Enfia Lugo essa porra e me fode.

Ao falar isso comes amos nossa relação que durou a noite toda ao terminarmos durmo encima dele de cançaso mas ao acordar não o vi me visto e avisto um envelope.

"Fuja não vou prende-lá e niguim irá fazer com amor seu gostozão".

Juvia- Só ele mesmo.

 Saio e vou para longe em um lugar onde nem ele pode me encontrar meu matador de aluguel.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...