História Amor Cego... - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias The 100
Personagens Anya, Bellamy Blake, Clarke Griffin, Costia, Dra. Abigail "Abby" Griffin, Echo, Emori, Indra, Jasper Jordan, John Murphy, Lexa, Lincoln, Marcus Kane, Maya Vie, Octavia Blake, Raven Reyes, Roan
Tags Clexa
Visualizações 146
Palavras 1.105
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, FemmeSlash, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Survival, Suspense, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 18 - O Começo.


O Começo.

Clarke segue para seu quarto. Já Lexa não gostou de saber que Niylah iria dormi com Clarke. Depois de escovar os dentes. Lexa vai se deitar, fica impressionada por descobrir tudo isso, fica triste por ter agido como uma completa estupida. Mas, quando estava começando a pegar no sono, fica com raiva um pouco, ao saber que amanhã de manhã vai se encontrar com Niylah no café da manhã. Ela fica se perguntando se Clarke e Niylah teriam um relacionamento sério.

Quando Lexa acorda, sente como se ela tivesse sido atropelada por um caminhão, ele tivesse voltado e passado de novo em cima dela. Sua cabeça doía muito, ela devagar demora para lembrar que não está, em sua casa ao lembrar dos acontecimentos do outro dia, ela sente um peso maior em cima de seus ombros, ela respira funda e vai tomar um banho para tentar melhorar um pouco.

Clarke já tinha se levantado, como ela tinha previsto Niylah tinha chegado de mau humor, mas, elas conversaram e tudo se resolveu, mas, Niylah não gostou muito da ideia de ter Lexa morando com Clarke, Clarke ria da situação Niylah era bem ciumenta quando queria, elas nunca falaram sobre o relacionamento delas, somente o viva as duas sempre diziam que uma salvou a outra da dor que tinham.

Quando saiu do quarto Clarke sentiu o cheiro de café e bacon, seu estomago roncou, Freya veio a seu encontro Clarke, a mesa se abaixou e fez um carinho na sua companheira inseparável. Niylah sorri ao ver a cena, depois faz um pequeno charme dizendo:

_ Freya tem, mais atenção do que eu. Veja estou fazendo o café da manhã. Essa bola de pulga já roubou duas fatias de bacon.

Clarke ri e diz:

_ Não seja ranzinza de manhã. Segundo eu não estou vendo nada, tem mais Freya não tem pulgas ok. Agora sobre o bacon sobrou algum ou vocês duas comeram tudo, essa sua história de que Freya roubou e só uma desculpa para você dar bacon escondido para ela. Minha mãe já me avisou.

Niylah revira os olhos e diz:

_ Aby já foi mais, leal comigo. Mas, sim tem bacon para todas, até mesmo para a senhorita confusão.

_ Primeiro não revire os olhos para mim mulher, você prometeu que saberia lidar com a situação ok. – diz Clarke.

_ Já disse e vou repetir, para com essa mania de saber o que estamos fazendo e esquisito Clarke, sim eu prometi, mas, ela quase causou um rombo enorme na empresa, se você não tivesse colocado aquele programa junto com Raven, pensa no que teríamos perdido. – responde Niylah.

Lexa estava saindo do quarto também sente o cheiro de café, fica um pouco feliz, mas, essa felicidade acaba quando chega na cozinha encontra Niylah abraçada com Clarke sua cabeça estava escondida no pescoço de Clarke, a mesma tipa acariciava sua costa parecia estar dizendo algo para acalmar ela.

Clarke sente a presença de Lexa olha para ela e diz:

_ Bom diz Lexa.

Lexa fica corada e diz:

_ Bom dia. Eu posso esperar na sala se vocês, estão conversando.

Niylah respira funda e diz saindo do abraço de Clarke e diz um pouco emburrada.

_ Bom dia Senhorita Woods. Venha tomar o café, hoje temos muitas coisas para resolver, Clarke deve ir até a empresa para ver até onde foram os danos, a senhorita deverá ir com ela, pois está sobre a guarda dela.

Lexa fica sem jeito, o modo de Niylah falar dava impressão que ela era uma fugitiva ou já tinha sido condenada pelo erro, então ela diz:

_ Entendo. Eu sinto muito por tudo que estou causando a todas vocês.

Niylah estava prestes a dar uma resposta grossa, mas, olhar para Lexa vê como a jovem advogada estava com um olhar triste, sua postura tinha mudado, não era mais a mesma mulher arrogante e presente de semanas atrás, Niylah respira funda e diz:

_ Eu também sinto Senhorita Woods, mas, infelizmente não podemos voltar ao passado, espero que nosso plano de contingência nos ajude a vencer essa adversidade.

Elas tomar o café da manhã em silencio, somente quebrado por Freya tentado ganhar mais, alguns pedaços de bacon que Niylah fingia derrubar de seu prato.

Depois de muito insistir Lexa conseguiu arrumar a cozinha, com ajuda de Niylah, para que tudo ficasse em ordem para que quando Clarke precisasse usar, estaria tudo no lugar, Lexa ficou surpresa a cozinha de Clarke era toda arrumada, a geladeira tinha etiquetas em Braile para Clarke poder achar tudo, Niylah explicou que raramente ela usa as etiquetas, pois sabe onde está cada coisa.

Depois Lexa vai se trocar também, resolver usar uma roupa um pouco mais, simples quando sai do quarto encontra com Clarke sozinha e diz:

_ Onde está a Niylah?!

_ Ela já foi, como ela sabe que você dirige, deixou o carro com você, agora você e meu chofer vamos.

Lexa fica surpresa e diz:

_ Ok! Mas, ela confia tanto em mim assim?! – pergunta Lexa.

Clarke ri e diz:

_ Na verdade e o contrário, ela espera que você faça algo estupido com bebê dela, assim ela vai ter um motivo para bater em você.

Lexa fica sem ação, nesse momento ela ficou com medo e diz:

_ E qual e o carro dela?!

Ao saírem para garagem, ao ver qual era o carro de Niylah, Lexa fica surpresa e diz:

_ Você não está falando sério?!

Clarke ri e diz:

_ Com certeza ela está. Boa sorte Niylah conhece cada pedacinho desse carro.

Lexa olhava para o carro a sua frente BMW 750 Li Sedan, o valor desse carro era quase o preço de seu último apartamento, ela olha para Clarke, que estava entrando no carro e diz:

_ Será que não podemos ir de taxi!?

Clarke ri e diz:

_ Não. Agora vamos temos muito que resolver na empresa.

Lexa estava dirigindo como uma velha de tão devagar que estava, Clarke então diz:

_ Você sabe que pode passar dos 30quilomentros certo, tenho certeza que algumas bicicletas nos ultrapassaram.

Lexa diz:

_ Não, estou muito bem assim.

Elas chegam na empresa, quando estavam chegando dois homens se aproxima de Lexa e um diz:

_Senhoria Woods somos do Conselho de Advogados dos Estado Unidos da América. Seguindo os conceitos de ordem e disciplina de nossa Ordem. Venho informar que a senhorita teve sua Licença de Advogada caçada até segunda ordem.

Eles entrega um envelope para Lexa, depois vão embora, Lexa não sabia como reagir, ela tinha acabado de perder sua licença, como iria trabalhar agora, o que faria da sua vida.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


até amanha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...