História Amor conjugado no infinitivo - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags 3some, Abo, Bdsm, Daddy Kink, Kookmin, Namjin, Tae Bottom!, Taeyoonseok, Yoonseok Tops!
Visualizações 74
Palavras 1.356
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OI XEROS
JSJSJSJ
Sem nada pra falar mesmo
Lê ai

Capítulo 5 - Capítulo cinco


No outro dia assim que acordei ainda sentia braços firmes segurando minha cintura e pernas entrelaçadas as minhas.

Respirações quentes batiam em minha nuca e em meu rosto, fiquei perdido até abrir os olhos vendo Yoongi dormindo profundamente em minha frente, quem vê ele dormindo até pode pensar que é um anjinho.

Tirei os braços dos dois de minha cintura delicadamente e me esgueirei para fora do colchão vendo Hoseok resmungar e se aconchegar no peito de Yoongi.

Me sentei no sofá suspirando enquanto encarava os dois casais dormindo abraçados, baguncei meus cabelos encostando minha cabeça na parede atrás de mim.

Ficaria na casa de Hoseok durante o final de semana por conta da viajem de meus pais que tinham certeza de que eu colocaria fogo na casa se ficasse duas horas sem supervisão de um adulto.

Peguei minha bolsa procurando pelo meu celular na mesma, o achei logo desbloqueando.

Comecei a jogar um dos inúmeros jogos de simulador de relacionamento que tinha em meu celular, ser solitário é foda.

Estava quase fazendo meu senpai me notar quando escuto uma risada baixa.

-Sério, Tae? Não acredito que joga esses joguinhos de menininhas, esperava mais de você.-Escutei a voz melodiosa de JungKook me fazendo virar para jogar uma almofada em seu rosto.

-Que foi!? Eu sou sozinho na vida, respeita meu simulador de relacionamento, seu coelho maligno. - Rosnei baixinho abraçando meu celular com um bico formado em meus lábios. Ele apenas riu voltando a mexer em seu próprio celular.

Ficamos conversando sobre coisas banais até escutar um resmungo manhoso vendo um pequeno serzinho de cabelos rosas se sentar no colchão coçando os olhos.

-Bom dia. -Jimin disse com a voz um pouco rouca deitando a cabeça na coxa de JungKook que acariciou seus cabelos.

-Nem acordou e já vai dormir? - Ri baixinho negando com a cabeça.

-Estou cansado, Hoseok ronca muito alto. -Bufou afundando o rosto em suas mãozinhas.

-Mentiroso, eu durmo como um anjo. -Hoseok disse com a voz abafada por estar com o rosto enfiado no travesseiro.

-Um anjo com desvio de septo. - Yoongi concluiu se sentando no colchão.

Eu apenas ria escutando eles discutirem voltei a jogar o simulador me concentrando em agradar todos os crush's.

-Menino interaja! Larga esse robozinho de bolso. - Hoseok arrancou meu celular de minhas mãos me fazendo por impulso pular em cima dele tentando pegar meu celular.

-NÃO! NORA-SENPAI FINALMENTE IA ME NOTAR? DEVOLVEEEE.-  Puxei seu braço ainda tentando recuperar meu celular que ele insistia em esconder.

-Nora-senpai? Pra que ele? Você tem as quatro pessoas mais gostosas do mundo bem na sua frente. - Jimin piscou.

Me dei por vencido e me sentei junto deles ainda com uma expressão emburrada tomando conta de meu rosto.

Eles conversavam e eu apenas observava boiando totalmente.

-Também acha Tae? - Escutei Hoseok perguntando me fazendo sair da minha bolha de pensamento.

-Anh? Ah sim claro claro. - Concordei dando um sorriso amarelo.

-Acha que a Zoofilia deve ser legalizada? -JungKook perguntou incrédulo e eu arregalei os olhos.

-O QUE? NÃO NÃO, QUE ISSO? TADINHO DOS BICHINHOS! - Me apressei em responder rápido me embolando com as palavras, logo os percebi rindo e fechei a cara. -Babaca.

-Estávamos perguntando o que você acha de nós te levarmos até o nosso "cantinho".- Jimin fez aspas com as mãos.

-Claro, contanto que eu não encontre nenhum corpo mutilado lá. - Ri baixinho arrumando meus cabelos.

-Não prometo nada. - Yoongi riu levantando junto de Hoseok, me levantei os seguindo para fora da casa.

Andamos por cerca de 6 minutos até parar em frente a um beco relativamente escuro, Yoongi foi na frente tirando uma chave do bolso para abrir uma porta que ficava no canto.

Estava revendo a possibilidade de sair correndo quando fui empurrado por Jimin.

O lugar era realmente bonito por dentro. As paredes tinham cores vivas repletas de frases motivadoras e alguns trechos de músicas , haviam puffs no chão, um sofá e uma pequena geladeira.

-Vocês fizeram isso tudo? - Perguntei os vendo assentir. -Woah, isso é lindo!

Logo me sentei ao lado de Jimin cruzando minhas pernas como um índio.

-Sempre matamos aula para ficar aqui. - Hoseok diz antes de se jogar no sofá.

-Que coisa feia. - Dei um tapinha em sua nuca o vendo resmungar.

-Vai me dizer que nunca matou aula? - Yoongi arqueou uma das sobrancelhas me olhando.

-Umas três vezes, mas foi para ver os episódios novos do meu dorama preferido. Descendents of the sun é mais importante que biologia, me poupe. - Bufei fazendo uma careta.

Ficamos conversando sobre coisas aleatórias durante muito tempo durante todo o tempo Yoongi dormia com a cabeça nas coxas de Hoseok.

-Então Tae...- Jungkook começou. -Nos conte mais sobre você.

-Hmmm...Meu nome é Kim Taehyung, eu tenho quase 17 anos, morava em Daegu até 3 dias atrás, sou adotado, minha cor preferida é laranja, eu gosto de doces, faço aniversário em dezembro, sou meio maluco com signos então espero que nenhum de vocês seja meu inferno astral, gosto de dormir e tenho um elefante no meu corpo. - Eles me olharam estranho com a última parte.

Eu ri e apertei a parte perto das minhas duas pintas fazendo o "Elefante" aparecer.

-Ounww que bonitinho. - Jimin apertou minhas bochechas me fazendo rir.

-Tae-ah, desculpe pela pergunta mas você já teve um cio? Seu cheiro é bem doce. - JungKook perguntou fazendo minhas bochechas corarem.

-Ainda não, mas o médico disse que provavelmente acontecerá nesse ano. - Formei um bico em meus lábios. - Deve doer.

-E dói viu, nossa parece que você vai explodir a qualquer momento. - O ômega mais baixo diz suspirando. - Mas é muito bom se você tem um parceiro, passar sozinho ou com remédios é ruim.

Fiz uma careta e logo entramos em outra conversa.

Quando já era tarde da noite JungKook e Jimin foram embora, Hoseok acordou o outro alfa e seguimos nós três.

Andamos até a casa de Yoongi o deixando em frente ao portão, ele e o Hoseok deram um breve selinho e eu acenei.

-Tae, você tem problema em dormir no meu quarto? O quarto de hóspedes esta uma baderna. - O Alfa perguntou enquanto andávamos um ao lado do outro.

-Tudo bem, não tem problema. - Sorri logo entrando na casa junto com ele.

Peguei minha bolsa e ele me guiou até o andar de cima onde havia o banheiro.

Agradeci e fechei a porta começando a me despir.

Entrei no box e abri o chuveiro sentindo a água quente entrar em contato com a minha pele me fazendo suspirar com a satisfação.

Meu banho não demorou nem 10 minutos, vesti o meu pijama e sequei meus cabelos saindo do banheiro.

Segui para o quarto de Hoseok o encontrando jogado na cama todo esparramado.

-Vai tomar banho, porquinho. -Joguei a toalha em cima dele.

Ele resmungou e se arrastou para o banheiro.

Foi aí que eu reparei que a cama dele era de casal.

Yoongi não me mataria né? Ele pode ser baixinho mas é forte pra caralho e me quebra sem usar as mãos.

Engoli em seco e me sentei na cama sentindo minhas mãos soarem.

Alguns minutos depois Hoseok voltou vestindo apenas um shorts e cantando alguma música da Sunmi.

Observei as gotículas de água que caiam sobre seu abdomen e seus ombros mordendo meu lábio inferior, balancei a cabeça tentando afastar os pensamentos.

-Como sono? -Ele perguntou e eu assenti rapidamente pegando meu leão de pelúcia dentro da bolsa. - Sério?

 

Hoseok se deitou de um lado e eu o outro, apagamos as luzes após estarmos cobertos.

-Boa noite, TaeTae.

-Boa noite, HobiHobi.

Me aconcheguei na cama afundando meu rosto no travesseiro, por Hoseok estar bem perto o calor dele me mantinha aquecido.

Estava quase dormindo quando me senti sendo puxado para trás, meu rosto foi virado para o lado e senti lábios se encostando nos meus me fazendo arregalar os olhos.

-Sabe, eu estou querendo fazer isso desde que você beijou eu e o Yoon. - Ele murmurou voltando a me abraçar, eu permaneci imóvel.

Me atropela e me chama de carne moída

Apenas suspirei e fiquei abraçado a minha pelúcia aproveitando do calor corporal que o corpo de Hoseok emanava.

Yoongi nos mataria certamente se soubesse disso, eu estava frito, fodido, lascado, nadando na merda de 7 elefantes.

Me aninhei mais ao corpo do alfa e pude finalmente adentrar no mundo dos sonos, mesmo sabendo que sonharia com Yoongi botando fogo na minha casa fantasiado de Kumamon.


Notas Finais


É isso
Beijos? Pedradas? Hate? Amor? Deixe aí nos comentários
Beijos de batata frita com sorvete
💟🌈🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...