História Amor correspondido - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Adrian Harris, Allison Argent, Cora Hale, Decaulion, Derek Hale, Laura Hale, Liam Dunbar, Lydia Martin, Melissa McCall, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski, Talia Hale, Theo Raeken
Tags Sterek
Exibições 268
Palavras 2.076
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, essa fic é escrita por um amigo (o crush) mais ele tem receio de posta-la então ele pediu para mim, então aqui está ela, espero que gostem

Capítulo 1 - Apanhando


Aos 17 anos Stiles perdeu sua mãe que morreu de câncer , Cláudia, com morte de sua mãe vieram os problemas que abalariam sua vida toda.Seu Pai, o Xerife da cidade de Beacon Hills, perdeu o emprego por beber de manhã à noite. 

Stiles estava na sua faculdade em Nova Yorque, quando foi visitar seu pai, Stiles tomou uma decisão, procurar ajuda para ele. 

Levou seu Pai no Hospital para fazerem exames e descobriram que seu pai estava numa depressão profundo e em negação, pois recusava-se a acreditar que sua amada já não estava consigo. 

 Stiles era um rapaz de 1.70m, cabelo castanho claro, 18 anos, olhos côr âmbar, pele claro, lábios rosados, magro mas com um corpo definido, e o mais lindo, tinha pintinhas espalhadas pela cara o pelo corpo. 

Era desejado por muitas Mulheres e Homens, mas ele era gay, para perda das Mulheres. 

No Hospital, sentado no chão desesperado e chorando, Stiles revivia todos aqueles momentos com sua mãe, a morte da mesma, e a doença de seu pai, quando se deparou com alguém em na sua frente! 

—Oos seusenhor está se sentindo bem? -perguntou um homem com seus 20 anos. Ele era lindo, olhos azuis, cabelo castanho, um corpo bem defenido, em um terno que mostrava o quanto o homem era musculado- meu nome é Theo -ele ouviu aquela voz denovo- Theo Raeken. 

 Theo era um Homem ambicioso, rancoroso e mau. Vestia a máscara de alguém bom, mas só fazia as coisas para seu próprio interesse. 

Theo foi abandonado aos 8 anos e a família Hale acolheu e adoptou Raeken por ele ser amigo de Laura, mas ele decidiu nunca meter Hale no nome, pois mesmo abandonado por seus Pais, ele queria permanecer com algo deles. 

Os Hales eram uma familia podre de rica que morava em Nova York, mas antes tinham morado em Beacon Hills. 

Depois de um acontecimento traumático a um ano atrás, eles decidiram regressar a Beacon Hills, por isso Stiles não conhecia a familia Hale. 

—Porquê tá falando comigo? -ele perguntou num tom arrogante com os seus olhos vermelhos de onde saiam lágrimas a cada segundo intensamente- não perguntei seu nome, então é porque não quero saber, não preciso de ajuda não, agora por favor me deixa sozinho! -disse o menino irritado, mas susurrando, pois já não tinha mais forças. 

 Theo deu um sorriso de lado, ele estava achando tanta graça aquele menino de lingua afiada, mas teve pena do garoto, pois ele chorava tanto. 

Suspirou e se sentou no chão ao lado do menino e disse 

—Eu não me importo se não quer me ouvir ou não quer saber meu nome ou se não quer minha ajuda, mas vou ficar igual, é um perigo alguém tão lindo e vulnerável ficar sózinho nesse hospital. -disse ele sorrindo. 

Stiles olhou para o Homem boquiaberto e respondeu: 

—Não tem medo de sujar o terno não? Os riquinhos sempre são sempre tão limpos. -falou Stiles em um tom sarcástico, Theo apenas sorriu, com o sarcasmo do menino. 

—Eu sou Stiles -Stiles olhou Theo com vergonha, ele achava Theo lindo, um dos sorrisos mais lindos que já vira, mas algo em seus olhos dizia que ele não era alguém bom, mas não se importou. 

—Eu sei - Respondeu Theo num sorriso. 

—E como você sabe isso? -perguntou Stiles franzindo as sobrancelhas. 

—Porque aquela mulher está gritando seu nome a uns 5 minutos -respondeu Theo olhando para uma Mulher ruiva- Stiles Stillinski. 

Stiles olhou para trás e viu Lydia com um sorriso maléfico e perverso em seu rosto, se levantou numa rapidez como um flash e murmurou para si: 

—Oh não -olhou para Theo e disse-- desculpe eu tenho de ir, foi legal conversar com você e obrigado por me ter ajudado em nada. -disse Stiles ajeitando seu casaco

—Espera, está aqui meu número, me liga para tomarmos um café um dia, e eu não vou aceitar um não como resposta. -falou Theo com um sorriso entregando uma folha rasgada com algo escrito nela, era seu número de telefone e seu nome. 

—Hm ta! Eu vou pensar Sr. Raeken! - ele falou saindo de perto de Theo com um sorriso. 

Em passos rápidos ele atravessou o corredor para chegar a Lydia que olhava para Theo com um olhar de reprovação. 

—Quem era aquele? 

—O Nome dele é Theo, é tudo o que sei, ah ele é lindo, outra coisa que sei - respondeu Stiles com um sorriso e olhando para a folha. 

Lydia abraça o amigo e só diz: 

—Tenha cuidado Stiles, por favor. 

Stiles achou estranho aquela atitude de Lydia, mas não ligou. 

Lydia era uma garota ruiva, com a mesma idade de Stiles, Lydia e Scott eram seus melhores amigos desde o infantário. 

Lydia tinha olhos verdes lindos, um corpo que fazia o trânsito parar, e se vestia sempre muito linda. 

Stiles encarou a porta do consultório onde seu Pai estava e foi abrindo devagar e viu Dr. Deucalion a sua espera. 

—Por favor Stiles, entre sem vergonha, não vou fazer mal - respondeu o homem com um sorriso no rosto. 

 Quando ia entrando sentiu uma mão em seu ombro, olhou para traz e sorriu. 

—Me desculpe, o trânsito estava horrivel, mas agora estou aqui e não te vou deixar Stiles. 

—Obrihado Scott -ele respondeu abraçando o mesmo. 

Eles entraram os dois e se sentaram em frente a mesa do médico. 

O Dr. Deucalion, disse a Stiles que seu Pai estava em negação, numa depressão profunda, onde pensava que não tinha razão para viver. 

Disse que ele tinha de arranjar um motivo para seu pai viver. 

Stiles estava perdido, pois seu pai tinha perdido o emprego, sua amada e Stiles estava em Nova Iorque, o que ele poderia fazer? 

Dias depois Stiles começou sair com Theo, Stiles contou sua história a Theo e Theo contou algumas coisas de sua vida, mas não tudo. 

Theo ofereçeu um emprego ao pai de Stiles como segurança na sua empresa em Beacon Hills. 

Stiles como agradecimento aceitou ser namorado de Theo quando o mesmo lhe pediu em namoro. 

Theo também tinha uma empresa em Nova Iorque, então eles poderiam se ver sempre. 

2 Anos Depois: 

—Stiles o que são essas manchas nas suas costas? -Scott perguntou. 

Stiles e Scott estavam na mesma faculdade, mas em cursos diferentes. 

Scott estudava biologia e Stiles estudava Contablidade. 

Scott e Stiles tinham agora 20 anos, Scott era um rapaz moreno, olhos castanhos e um queixo torto onde todos zoavam dele, mas o amavam. 

—Ah… -Stiles olhou no espelho do quarto- eu cai no outro dia e me machoquei feio, se Theo não me tivesse apanhado eu acho que tinha morrido. 

Scott olhou para o amigo desconfiado, e nem acreditou, sabia que algo se passava, pois não era a primeira vez que via marcas no corpo do amigo. 

*Flashback on* 

—Theo eu acho que entre nós não está dando, acho melhor terminarmos nosso namoro sabe, eu gosto muito de voçê, mas acho que não suficiente -disse Stiles sentado na cama olhando para seus sapatos. 

—Stiles você me ama e você sabe disso, você só está confuso por causa da faculdade, porque você sabe que não pode terminar comigo -disse Theo de frente do espelho e sorrindo. 

Stiles respirou fundo e acentou, se levantou ia andando até a porta quando ouviu passos atrás de si, olhou para trás e viu uma mão fechada vindo ter com seu rosto. 

Theo deu um murro em Stiles e este bateu com a cabeça na porta mas se levantou logo. 

—VOCÊ NUNCA VAI TERMINAR COMIGO! ESTÁ ME OUVINDO STILES? . -gritou Theo, Stiles apenas concordou e logo foi para a casa de banho chorar. Fora a primeira vez que Theo tinha batido em Stiles. 

Infelizmente a primeira de muitas vezes e eles tinham só 3 meses de namoro. 

 *Flashback off* 

—Stiles? -chamou Scott, mas sem resposta- STILES? 

—Nossa Scott nunca mais faça isso denovo, quer que eu tenha um ataque de coração? -falou Stiles com a mão no peito. 

—Está preparado para o último dia? 

—Sinceramente não, nem sei como dizer adeus. -falou Stiles pensativo- Scott? Tenho de falar uma coisa. 

—Ta bom, tou ouvindo. -falou Scott. 

—Você sabe que eu vou voltar para Beacon Hills com você e Theo certo? -Scott acentou e então Stiles continou- eu vou voltar para trabalhar lá, para voltar denovo a minha vida, mas não só por isso. 

—Stiles para de enrolar e fala logo o que quer falar -falou Scott já sem paciência. 

—É que eu vou conhecer a familia de Theo, porque ele me pediu em casamento. -falou Stiles mostrando a mão com um anel de noivado com diamantes- e eu aceitei. 

 Scott olho incrédulo para Stiles. 

—Stiles, eu te amo como um irmão e você sabe, então eu te conheço muito bem para saber que você nunca esteve feliz com Theo e nem o ama, porque você aceitou Stiles? -perguntou Scott deixando Stiles nervoso -e nem me venha falar que o ama. 

Stiles andou até a porta e só falou baixinho: 

—É complicado Scott! Só me abraça e me deseje felicidades. 

Scott andou até Stiles lhe dando um abraço e desejando felicidades ao mesmo, mesmo sabendo que Stiles não estava feliz. 

Stiles estava sentado naquela sala pela última vez, sozinho quando chegou um garoto que ele fez amizade logo no primeiro dia. 

—Liam, oi! Contente? É o último dia. 

—É cara eu sei. -disse Liam triste- Liam porque está triste? 

—Sabe você foi como um melhor amigo para mim, e agora nos vamos separar! Eu recebi um emprego longe. 

—O quê? -perguntou Stiles contente por o amigo ter recebido um emprego, mesmo que fosse longe dele. Então o abraçou e falou- estou tão contente Liam, meus parabéns! Sim nós vamos nos separar mas você vai sair daqui, começar denovo, ter um emprego, arranjar um marido lindo. 

Liam fica feliz. 

—Sim você tem razão Stiles -falou Liam deixando uma lágrima cair. Se afastou de Stiles e disse- menos a parte do marido! 

—Ahahahahah Liam, você vai ser feliz com ou sem marido! Onde você falou que era mesmo? -perguntou Stiles se arrumando na cadeira 

—Eu não falei -exclamou Liam rindo- numa cidade pequena na Califórnia, chamada Beacon Hills, para uma empresa de uma familia rica, chamada Hale. 

—O QUÊ? -perguntou Stiles gritando e sorrindo- cara Beacon Hills é minha terra Natal, é para lá que eu me vou mudar Liam! Sabe o que isso quer dizer? 

—Oh Meu Deus! Quer dizer que nós não nos vamos separar! -exclamou Liam sorrindo abraçando Stiles denovo.   

—Silêncio! Eu já cheguei, e nem pensei que por ser o último dia de aulas não vamos ter aula. Vamos sim, então peguem o vosso material -falou o professor Harris entrando dentro da sala. 

—E pronto, chegou o Senhor Chato -falou Liam caindo na gargalhada com Stiles. 

No fim das aulas estavam todos no auditório para finalizar os preparativos para amanhã! Amanhã seria o grande dia, o dia da Formatura.

Todos estavam eufóricos, menos Stiles. Acabar a faculdade significava que em breve se casaria com Theo, e como era virgem tinha que perder a sua virginade com Theo, e isso era algo que Stiles não queria. 

Depois de tudo estar preparado, Stiles voltou então para o apartamento dele e Theo. 

Era um apartamento moderno e lindo, quando chegou tirou os sapatos e pensou que Theo ainda estaria na empresa para organizar as coisas antes de eles partirem. 

O irmão de Theo estava na cidade para o ajudar, mas Stiles não sabia nada da familis de Theo. 

Theo queria que Stiles conhecesse sua familia só no jantar, então mesmo o irmão de Theo estar na cidade à 1 mês eles nunca se conheceram, nem mesmo o nome do mesmo ele sabia. 

Stiles estava agora parado na sala, olhando tudo ficando vazio, ele estava refletindo de tudo o que passou naquela casa, jogos com Scott e Liam, a violência e ciúmes de Theo, ou quando o mesmo chegava a casa bêbado. 

Mas foi interrompido por um gemido vindo do quarto, Stiles não ligou, porque como não dava sexo a Theo, as vezes o mesmo tinha de fazer algo para tirar a fome, mas decidiu ir até ao quarto, porque achava estranho Theo já estar em casa tão cedo. 

Ele andava a passos lentos e os gemidos iam ficando mais fortes, e pareciam gemidos de duas pessoas. 

Em frente a porta Stiles engoliu em seco e decidiu abrir a porta, se arrependendo logo depois. 

—Theo que merda é esta?


Notas Finais


Comentem oque acharam, isso é muito importante para ele :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...