História Amor correspondido - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Adrian Harris, Allison Argent, Cora Hale, Decaulion, Derek Hale, Laura Hale, Liam Dunbar, Lydia Martin, Melissa McCall, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski, Talia Hale, Theo Raeken
Tags Sterek
Exibições 158
Palavras 3.802
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O autor da fic (Jonas/Crush), está muito nervoso sobre esse capitulo. Ele tem medo do capitulo não estar bom, então seria bom dizerem o que acharam! Mas apenas a verdade! E ele agradeceu MUITO dos comentários anteriores e dos favoritos! Ele está muito contente e essa fic ainda tem muito para dar

Capítulo 2 - Apresentações


—Stiles? Isso não é aquilo que você está a pensar amor -respondeu Theo saltando da cama e vestindo sua roupa.    

—Não é? Espera nós dois já conversamos -falou Stiles suspirando- e você -apontou para o outro homem dentro do quarto- você saia daqui! JÁ!!  

O homem nervoso só com o seu box vestido saiu do apartamento com a roupa na mão.   

—Agora nós. -falou Stiles.    

—Sim Stiles agora nós. O que você vai fazer ahm? Fala. Quero ver. -disse Theo rindo do garoto.    

—Eu sinto repulsa de você Theo. Se queria cavalgar em cima de alguém, então cavalgava em cima de um gosto, alguém melhor que eu, mas não. Você sequer sabe quem era aquele homem? -perguntou Stiles.    

—Não.    

—Então deixa eu explicar. AQUELE HOMEM É MEU PROFESSOR! AQUELE HOMEM É PROFESSOR HARRIS, O HOMEM QUE MAIS ME ODEIA NA FACULDADE. -falou Stiles com as lágrimas teimosas que decidiam se mostrar. 

Mesmo não amando Theo, Stiles sentia-se magoado. 

—Eu sinto repulsa Theo. Você não vale nada!  

Theo agarou em Stiles pelo braço, o encostou na parede e apertou a cara de Stiles dizendo 

—E o que você vai fazer Stiles? Me fala! VAI TERMINAR COMIGO? AHM? -Stiles não disse nada- não você não vai, e você sabe porquê? Porque se terminar comigo, eu vou despedir seu pai, e você pode ir até na China, mas eu vou passar uma recomendação tão má, que ele nem lá vai arranjar outro emprego. Stiles se você terminar comigo, seu pai vai voltar denovo para aquela vida depressiva e horrivel que ele tinha, por isso você não vai fazer nada. Para quê fazer isso se ninguém ficará feliz com essa decisão? E se você não me dá sexo, eu tenho de procurar em outro sitio. -falou Theo roçando seus lábios nas bochechas de Stiles.  

(...)  

Sentado na cama com uma mala, Stiles chorava e pensava que se terminasse seu noivado, seu pai voltaria na depressão e dessa vez muito pior. Ele não poderia fazer isso, então ele tinha de ter uma vida triste para ver seu pai sorrir.    

—O que é essa mala? -perguntou Theo encostado na porta.    

—São minhas roupas. -respondeu Stiles suspirando e olhando para Theo- hoje é a noite que vamos celebrar nossa formatura, por isso eu vou me preparar na casa de Scott e vou dormir lá. Não quero que você venha comigo, eu preciso de uma noite sózinho, só uma noite. -falou Stiles se levantando e ficando de costas para theo.  

Theo chegou por tráz de Stiles e o abraçando, e pousando o rosto em cima do ombro de Stiles.    

—Eu entendo amor. Se divirta e aproveite seu último dia com seus amigos, porque amanhã eu, você, Scott e Liam viajamos logo depois da formatura. -falou Theo dando um beijo no pescoço de Stiles, mas logo mudou seu romantismo e apertou a cintura de Stiles com força- mas se eu sei que você se envolveu com alguém…   

—Theo você está me magoando…   

—Você não sabe o que eu vou fazer se você me trair Stiles, eu mato esse homem, porque você é so meu entende? Só MEU! -falou Theo gritando na do "Meu" mas ainda apertando a cintura de Stiles.   

—THEO! VOCÊ ESTÁ ME MAGOANDO! -gritou Stiles.- se lembra da outra surra que você me deu? Eu ainda tou negro, e isso foi a 1 mê atrás, então pára, não encosta em mim! -falou Stiles saindo do quarto em direcção a porta de entrada.    

—Aquele homem tava olhando para você e eu não controlei.    

—Theo, o homem tava olhando para mim, mas eu não tava olhando para ele. Eu te falei isso naquela noite aqui em casa, mas você tava bebado como sempre e me jogou contra todas paredes, você me deu pontapés em todas as partes do meu corpo. Eu fiquei negro, cheio de dores por DUAS SEMANAS! Como eu esqueço isso? Não esqueço Theo. Porquê você não me bate na cara? Ahm? Tem tanto medo que as pessoas descobram quem você é? -falou Stiles de frente para Theo, chorando e soluçando. 

Theo foi até Stiles e o abraçou.    

—Me desculpa amor, você sabe que eu fico cego de ciúmes. -falou Theo dando um selinho em Stiles.    

—Tá, mas eu ainda estou negro, então reza para que sua familia não note. Agora me deixa ir. Tchau. -falou Stiles saindo do apartamento. 

(...)   

Já eram 09:00pm, Stiles estava no quarto de Scott se preparando, tinha saido do banho e estava indo se vestir.    

—Stiles mexe essa bunda gostosa. Isaac está nos esperando, ele veio de Beacon Hills de propósito com a sua irmã Malia só para a minha formatura. Eles nos encontram na disco. -falou Scott vestindo a sua t-shirt.    

—É hoje que eu vou conhecer Isaac pessoalmente? Que bom! Já não aguentava falar com o namorado do meu amigo pelo facetime. -falou Stiles vestindo sua box branca.    

—É, ele também quer conhecer você. Ah e fala para Theo que eu já não vou com vocês para Beacon Hills, Isaac me leva.    

—Nem acredito que me vai deixar sozinho queixo torto. -falou Stiles fazendo uma careta.    

—STILES! Já falei para não me chamar assim. -falou Scott chateado e Stiles caiu na gargalhada.    

—Desculpa Scott, mas olha agente depois se encontra lá né?    

—Sim, mas não sei quando Stiles. É que o primo do Isaac vai voltar, e vai apresentar o noivo a familia Hale, e então Isaac me quer no jantar para me apresentar a familia dele também. - falou Scott se jogando em cima da cama.    

—Hale? Essa não é a familia da empresa em que Liam recebeu o emprego? -perguntou Stiles sentando na cama.    

—Sim é, eles precisavam de um secretário e Liam aceitou. -falou Scott e Stiles só respondeu um "ah ta"- Isaac me falou que esse tal primo dele é tipo a ovelha branca da familia, todo Mundo o ama, menos Isaac e Malia. Quem sabe você não conhece o gostoso e se casa com ele. -falou Scott rindo do amigo quando o mesmo o olhou com cara de quem o quer matar.    

—Scott, eu fico bem com minha ovelha negra, quer dizer com Theo, não preciso de outra, muito obrigado. -falou Stiles revirando os olhos- mas e falando em Malia, como estão Malia e Kira? Elas não queriam adotar uma criança?    

—Sim sim, elas estão tentando, mas queriam casar primeiro. -falou Scott e Stiles só acentou. 

—Ah Stiles falando em casamento, o pai do Isaac, o Peter, ta noivo. E você sabe quem é a noiva

—Peter? Hm esse nome não me é estranho. Peter quê mesmo?    

—Peter Tate.    

—Espera, O QUÊ? - perguntou Stiles olhando incrédulo para Scott- Lydia me falou que Peter era mais velho que ela, mas NUNCA me disse que ele era assim tão velho que chega a ser pai de Malia e Isaac. -falou Stiles tapando a boca com a mão.    

—É eu sei. Eu também fiquei assim, mas eles fazem um casal lindo, e olha que o "velho" é bem gostoso. -falando Scott rindo e fazendo aspas com os dedos.    

—Ah tá Scott, apaga o fogo vai. -falou Stiles caindo na gargalhada.- vamos?    

—Vamos sim pintinhas.    

—Cala a boca queixo torto. -falou Stiles dando uma tapa na nuca de Scott.  

(...)  

 Stiles e Scott tinham acabado de chegar no parque de estacionamento da discoteca. 

—Stiles olha ali o Isaac. -falou Scott saindo do carro e correndo para abraçar Isaac. 

Stiles saiu do carro e foi andando em passos apressados até Scott, Isaac e Malia. 

—Oi Boa Noite eu sou Stiles. -falou o branco com um aceno. 

—Oh Meu Deus e você é lindo. -falou Malia abraçando Stiles. 

—Malia que é isso? Até parece que nunca me viu. 

—Já vi sim, mas nunca pessoalmente. -falou Malia saindo do abraço que deu em Stiles.- pintinhas. S

tiles olhou para Malia com cara de matador, até que sentiu alguém o abraçar. 

—Stiles é um prazer conhecer você pessoalmente. -falou Isaac abraçando Stiles. 

—Oh Isaac, por favor. Prazer é só na cama entre você e Scott. -falou Stiles fazendo todo o mundo cair na gargalhada. 

 Depois de uns 10 minutos a conversar, eles decidiram então entrar na discoteca. Estava lotada e logo eles avistaram Liam. 

—Liam, oi como você tá? -perguntou Scott abraçando Liam e recebendo um olhar de ciúmes de Isaac que encarou Liam logo de seguida. 

—Oi Liam, esta é Malia e este ciumento é o namorado de Scott, o Isaac. -falou Stiles batendo no braço de Isaac. 

—Olá Liam. - falou Malia. 

—Ah, oi Liam. - falou Isaac e todos começaram a rir do mesmo.- que foi que eu fiz agora? -perguntou Isaac recebendo um selinho de Scott. 

(...) 


Stiles estava sózinho no balcão a meia hora, Liam estava dançando com Malia, e Scott estava dançando com Isaac, quase se comendo no meio da pista. Stiles estava bebendo para tentar esquecer o futuro horrivel que iria ter, até que olhou para um homem que acabára de sentar ao lado dele. 

Um Homem lindo, olhos verdes, moreno, barba por fazer mas ficava lindo assim, um corpo musculado. Jeans azul escura e t-shirt branca que colava no corpo. 

"Que homem gostoso" pensou Stiles sentindo algo apertar na sua boxer.

Ele logo se ajeitou e parou de encarar o homem que ali estava. Quando ia se levantar de sua cadeira para ir no banheiro, o homem se levantou na mesma hora, barrando em Stiles e deixando derramar a sua bebida em cima da t-shirt branca que Stiles vestia. 

—VOCÊ NÃO OLHA POR ONDE ANDA? -perguntou Stiles de boca aberta encarando o homem. 

—Oh Meu Deus, me desculpe, foi sem querer, eu nem o vi. -falou o homem encarando Stiles. 

Logo que encarou Stiles o homem ficou fascinado com o mesmo, aquela boca rosada, aquelas pintinhas, aqueles olhos côr de âmbar. 

—Pelo menos peça desculpa não é mesmo? E você também podia olhar melhor por onde anda. -falou o homem.

—Desculpa? Você é que não olha por onde anda, ainda derrama sua bebida em mim, não pede desculpa e ainda é anti-pático e tem essa cara carrancuda. Me poupe Sr. Encara todo Mundo. -falou Stiles saindo dali indo em direcção ao banheiro. 

O homem ficou espantado e curiouso sobre aquele garoto de pintinhas sexys e decidiu ir atrás dele, ele tinha de conseguir algo do menino. 

Já no banheiro Stiles suspirava sentado no chão e olhando para sua T- Shirt até que ouviu uma voz. 

—Até que não está assim tão mau. -falou o homem olhando o banheiro. 

Tanta gente na discoteca, mas o banheiro vazio. Ele viu ali uma oportunidade para se aproximar do garoto. 

Stiles olhou para ele arrepiado, aquela voz o arrepiava e ele nem sabe porquê. 

—Você tem uma lingua bem afiada, mas e agora? Não fala? -perguntou o homem franzindo as sobrancelhas e se aproximando do garoto. 

—Tá garanhão, o que você quer? Um boquete, um beijo? Não posso desculpa, estou noivo. -falou Stiles revirando os olhos e mostrando o anel. 

Aquele homem não sabia porquê, mas sentiu seu sangue ferver com aquela revelação. 

—Meu nome é Derek, e eu não quero nada disso. Só queria saber como você estava e fico feliz de você ser feliz na vida. -galou Derek. Mesmo não se sentindo feliz, ele falou aquilo. 

—Meu nome é… - falou Stiles suspirando e pensando se diria ou não, mas decidiu dizer, então ele se levantou e falou. - Stiles, meu nome é Stiles. Ah e eu falei que estava noivo, mas nunca falei que estava feliz. 

Stiles falou isso e se meteu em frente ao espelho. Stiles levantou a T-Shirt, para ver a marca roxa que tinha na cintura da briga que teve a 1 mês com Theo. 

ek se aproximou dele, tão perto que Stiles sentiu a respiração do maior em sua nuca, e se arrepiou quando sentiu o abdômen do mesmo em suas costas. Era como se eletrecidade passa-se em suas veias, e Derek sentia o mesmo. 

Derek passou a mão na cintura de Stiles, onde estava aquela marca negra e o garoto das pintas fez uma careta de dôr. 

—Dói? -perguntou Derek encostando sua testa na nuca do branco. 

—Um… um pouco, mas passa. -respondeu Stiles quase sem conseguir respirar. 

—Ele bate em você Stiles? Ahm? Me fala! Porque eu juro que eu meto ele numa cama de hospital em segundos. -falou Derek passando a mão no abdômen de Stiles o encostando mais a si. 

—Derek, não é? - Derek assentou de olhos fechados- então, não. Ele não me bate. -falou Stiles se virando e ficando cara a cara com o homem, e estava tão perto do maior que sentia a respiração do moreno em sua cara. 

Meteu as mãos no peito do maior e disse:

—Eu cai, e se não fosse ele eu tinha morrido. - falou Stiles encostando sua testa na testa do maior. 

—Você o ama? -Stiles suspirou e disse- não iremos falar disso. Estamos sozinhos, vamos aproveitar. Porque essa vai ser a última vez que nos vamos ver- falou Stiles passando a mão no rosto de Derek. 

Derek estava excitado já não aguentava mais. Ele não era um homem nada romântico, nem simpático, mas aquele garoto o aquecia. Então Derek pegou  Stiles e o sentou em cima do lavatório. 

Stiles tremia, não era seu primeiro beijo, mas porque ele se sentia tão nervoso? Mas os toques daquele homem o arrepiavam. 

Até que sentiu os lábios do maior encostarem aos seus, um beijo calmo e quente, mas que arrepiaram o garoto das pintas e também o moreno. 

Eles se afastaram um pouco, mas logo Stiles o beijou denovo, mas desta vez era um beijo desesperado, como se os dois precisa-sem daquilo para viver no momento. 

O maior pediu passagem com sua lingua, que lhe foi dada pelo menor. Aquela dança de mãos bobas, de linguas e saliva, mordidas. Stiles tinha sua mão no peito do maior, e o maior suas mãos na cintura do garoto. 

De repente Derek pegou em Stiles e o levou para uma das cabines do banheiro. Derek se sentou em cima do vaso sanitário, com Stiles no seu colo. Stiles estava nervoso e parou. Stiles era virgem, virgem em tudo mesmo. Nunca tinha feito sexo, nem anal nem oral. 

—Eu sou virgem -falou Stiles escondendo a cara no pescoço do maior. 

—Eu também - falou Derek corado.   

—Ahm? Como assim? Só se fôr virgem na bunda, porque eu não acredito que seja virgem na parte da frente. -falou Stiles apontando para o membro duro do mesmo. 

—Ah -falou Derek corado- eu ja fiz sexo oral, só. Eu tenho 24 anos e sim sou virgem na parte da frente -falou Derek apontando para seu membro com um sorriso timido. 

"Timido? Desde quando Derek era timido? Não pareceu tímido a dois minutos atrás" pensou Stiles

—Sou porque eu espero até a pessoa certo, e essa pessoa nunca chegou. -falou Derek com a testa encostada na testa de Stiles. 

—U-A-U! -falou Stiles incrédulo.- pois, eu sou virgem em tudo mesmo. - falou Stiles sentindo suas bochechas queimando. 

Derek beijou Stiles, um beijo quente e muito erótico. O moreno e o garoto das pintas gemiam sem se importar se alguém entrara naquele banheiro. 

 Derek se arrepiou quando sentiu os lábios do menor em seu pescoço e a mão em seu membro. Stiles começou a tirar o cinto do jeans de Derek, mas Derek o parou agarrando as mãos do menor. 

—Eu quero tentar Derek. Só isso. Eu quero sentir você em minha boca -falou Stiles olhando para cima. 

Então Derek sorriu e largou as mãos de Stiles. Stiles abaixou as Jeans de Derek junto com a boxer branca do mesmo. Stiles arregalou os olhos, não esperava um tamanho daqueles, olhou para Derek que sorriu mostrando os dentes brancos e lindos. 

Logo Stiles baixou e começou a beijar o abdômen do maior e agarrando o membro do mesmo. Enquanto beijava, mordia e chupava o abdômen e os mamilos do maior, Stiles passava os dedos na glande do moreno, junto com o pré-gozo, fazendo Derek gemer. Stiles gostava daquela imagem de torturar o maior. 

—Stiles chupa logo, eu não aguento. - falou Derek ofegante. 

Stiles começou passando a lingua na glande de Derek para torturar um poco mais o maior, até que decidiu abocanhar de uma vez o membro do moreno, fazendo o mesmo gemer alto. 

Aquilo era um sabor diferente, uma sensação diferente, mas Stiles estava a amar aquele sabor e aquela sensação. Stiles começou com movimentos lentos até que sentiu uma mão em sua nuca então decidiu fazer movimentos mais rápidos. 

Derek estava amando aquela visão, o seu garoto o chupando ali, era um sonho Derek já não aguentava mais aquela exitação. 

—Stiles… Stiles eu vou gozar… -falou Derek. 

O garoto não pareceu ligar e continou em movimentos rápidos e mexendo nas bolas do maior. Sem se conseguir conter mais Derek se desfez dentro da boca do menor que engoliu o seu liquido todo. 

Derek gemeu alto quando se desfez. Stiles se sentou no chão se encostando na porta ofegante, enquanto via Derek também ofegante sentado no vaso sanitário encostado. Até que ouviu Derek falar. 

—Mesmo nunca tendo feito isso você é ótimo. -falou Derek se levantando e vestindo. Stiles então achou que seria a hora de se despedir e quando se virou para abrir a porta da cabine sentiu as mãos de Derek o puxando para se sentar em cima do vaso sanitário. Derek então se ajoelhou e falou.- você pensou mesmo que eu não lhe ia pagar? -falou Derek puxando o jeans de Stiles e a boxer para baixo e falou- minha vez pintinhas. 

—Só não fala isso. -falou Stiles dando um sorriso timido e revirando os olhos. 

 Derek calou Stiles com um beijo quente e prelongado, enquanto isso mexia no membro do pequeno. Era tão bom sentir aquilo e ouvir o menino gemer entre os beijos. 

—Só não me deixe marcas - falou Stiles e Derek assentou sorrindo. 

Derek foi chupando os mamilos do menino das pintas, passando a lingua enquanto o menino gemia, foi descendo pelo abdômen, passando a mão na coxas do garoto. 

—Derek não me tortura dessa maneira. -falou Stiles de olhos fechados. 

Derek tava amando aquela visão, o seu menino suplicar pela boca de Derek. Então sem mais esperas Derek abocanhou o membro do menor, fazendo um vai e vem, lentamente enquanto passava a lingua na glande do menor. Derek estava a gostar daquele sabor. 

—Ahh… Derek -gemeu Stiles enquanto apoiava uma mão na nuca do maior. Derek então começou a fazer movimentos mais rapidos de vai e vem e os gemidos de Stiles ecoavam por aquele banheiro. Aqueles gemidos eram música para os ouvidos de Derek. 

—Derek eu não aguento mais, eu vou gozar -falou o menino se desfazendo dentro da boca de Derek. Derek engoliu o liquido todo de Stiles. 

Os dois estavam ofegantes. Stiles estava se vestindo, e Derek olhava para o garoto. 

—Você é lindo. -falou Derek.

—Você também não é de se deitar fora. -rematou Stiles. 

—Eu gosto de você, tem uma lingua afiada. -disse Derek dando uma gargalhada. 

—É? Olha que eu faço muitas coisas boas com minha lingua. -falou Stiles beijando Derek. 

—Verdade! Muitas mesmo. -falou Derek e os dois riram um para o outro. 

—Já não nos vamos ver mais? 

—Não Derek. Eu estou noivo, e eu não posso fazer mais isso. -falou Stiles com um ar triste. 

 Derek pegou o queixo de Stiles fazendo o menor olhar para si e falou: 

—Eu entendo. Mas você pode fugir comigo, vamos, vamos embora daqui. Deixa ele e vamos ser felizes. 

 Stiles amava aquela ideia, mas não podia. E seu pai? Seu pai seria denovo a vitima, ele perderia o emprego, e iria ficar na depressão denovo, então Stiles mesmo se magoando a si próprio, tinha de magoar Derek e ser infeliz com Theo. 

—Derek, isto foi um boquete, não juras de amor. -falou Stiles encarando os pés. 

—Foi o que isto foi para você? Somente um boquete no banheiro? -Stiles assentou.- você tem razão. -falou Derek. 

Derek estava magoado mas não queria mostrar isso.

—Eu só pensei que você fosse alguém melhor. -falou Derek deixando o banheiro, e mais importante, deixando Stiles. 



Depois de ter passado meia hora a chorar no banheiro Stiles voltou para junto dos amigos. 

—Stiles onde você estava? Estávamos preocupados. -perguntou Scott. 

—Eu fui lá fora. Precisava de ar e depois fui no banheiro. -falou Stiles. 

—Ta bom. 

(...)

Dentro do auditório estavam todos eufóricos menos Stiles. Todos gritavam de alegria e mandavam os chapéus ao ar. Scott foi até Stiles e o abraçou. 

—Aqui vamos nós para uma nova vida. -falou Scott.- preparado? 

 Stiles estava em cima do palco, e olhava para Theo enquanto abraçava Scott. Theo olhava para o noivo sorrindo e batendo palmas. 

—É, nem tão nova assim. - falou Stiles com uma cara triste. 

(…)

—Scott, não se esqueça de me escrever quando chegar, não quero me preocupar. -falou Stiles. 

—Qual é Stiles? Você só vai 2 horas mais tarde. Nos vemos logo depois. -falou Scott saindo do abraço de Stiles. 

Stiles se virou para Malia e Isaac, os abraçou aos dois e disse. 

—Cuidem bem dos meus 2 cachorros. -falou Stiles olhando para Scott e Liam que olharam para ele com cara de quem o vão matar. 

—Sim nós cuidamos, não se preocupa Stiles. -falou Malia sorrindo.- ah e quando estar em Beacon Hills quero conhecer o seu noivo.- falou Malia apertando as bochechas de Stiles. 

—Sim, vamos ter muito tempo para isso. -falou Stiles fazendo uma careta de dôr e massajando as bochechas. 

—Vocês vão amar Theo. -disse Stiles com um sorriso forçado. 

—Theo? -perguntaram Malia e Isaac ao mesmo tempo sorrindo. 

—Sim porquê? -perguntou Liam. 

—Eu acho que ele se vai dar bem com o meu primo. -disse Malia. 

—Nosso primo. -falou Isaac batendo no bebraçoaço de Malia- ele também se chama Theo. 

—Então eu acho que eles se vão amar. -falou Stiles caindo na gargalhada.

—Tá bom, tenho que voltar, amo vocês -falou Stiles entrando no carro e deixando Liam, Scott, Isaac e Malia no aeroporto. 

Stiles não parava de pensar em Derek. Aquele fogo, aquela paixão, aquela boca, aqueles lábios, aquela respiração. 

—O que é que eu fui fazer? - pensou Stiles batendo no volante. 

 (…) NO AEROPORTO: 

—Malia? Isaac? 

—Ah oi Derek, tava vendo que iamos perdendo o avião por sua causa. 

—Priminho não liga para o Isaac, ele só está doido para ser comido dentro do banheiro do avião. -falou Malia abraçando Derek e recebendo um olhar ameaçador de Isaac. Eles foram andando até ao avião. 

No avião Isaac, Malia, Scott e Liam falavam e riam sobre tudo. Derek estava sentado na janela quando sentiu o avião já estava indo descolar e Derek susurrou baixinho para si: 

—Nós vamos nos voltar a ver denovo. -fechou os olhos, respirou pesadoe disse- Até um dia… pintinhas. 

Falou abrindo os olhos e encarando a janela.


Notas Finais


1º Não matem ele por causa desse final
2º Qual a sua teoria sobre o Harris está na cama com o Theo?
3º Oque acharam desse cap? Fale a verdade ok?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...