História Amor Criminal - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Festa, Policial, Romance
Exibições 39
Palavras 1.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Festa, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Boa leitura ^-^

Capítulo 3 - Finalmente Itália...


Fanfic / Fanfiction Amor Criminal - Capítulo 3 - Finalmente Itália...

"Me virei e…"

Pov's Linetta - Itália, 12:50 P.M.

- Não posso crer! Como você mudou! - falei o abraçando. 

- Vai me dizer que quase não me reconheceu, não vai? - disse ele retribuindo o abraço.

- Quem sabe…

Me surpreendi: um Rick todo mudado. Era todo magrelo e fraquinho, com os cabelos pretos e sem barba. Agora está forte, com músculos, com cabelos castanhos e com barba! Putz, mano! Eu continuo tendo o direito de olhar!

- E a Taylor? Cadê a gorda?

- Foi comprar um milk shake pra ela e um capuccino pra mim.

- Como sempre. E como foi lá no Japão? Que que é esse cabelo preto, não eram castanhos? E que roupas são essas que você nunca usou?

- Muitas perguntas brother. Baixa a bola… (N/A: eu colocaria o óculos tug life depois dessa)

- Mals aí… -  ele disse com a mão na nuca. 

- Foi ótimo lá, conseguimos pegar o desgraçado. Ele ainda veio falando que ia se vingar, como todos os outros.

- Você deve estar acostumada.

- Bastante. Eu estou com o cabelo preto porque combina melhor do que o castanho. Eu queria fazer mechas azuis nele. Mas eu ainda vou ver. E eu uso essas roupas desde ano passado. Ajuda da Taylor. Ela já se vestia bem. Mas melhorou. Vamos dizer que está mais "sexy".

- Não precisa exagerar tanto né! 

- Mas precisa mesmo - disse ela se aproximando com dois copos.

- Qual é o meu?- perguntei

Ela me entregou o copo, enquanto ele ficava de boca aberta. 

- Quer um babador, migo? - eu disse rindo. - Nem abraçou ela ainda!

Depois de eu dizer isso, ele me soltou (sim, ainda estávamos abraçados) e a abraçou.

Enquanto colocávamos o papo em dia, ainda me sentia observada. Mas continuei a andar, porque ainda precisávamos pegar as malas na esteira.

Pov's Bryan - Itália, 12:50 P.M.

Fiquei ali esperando quando ouvi, pelo que parecia, duas pessoas gritarem:

- Itáliaaa!!! - gritaram duas meninas

Queria rir, mas minha risada ia sair alta por conta do eco. Meus olhos se fixaram em uma das meninas: olhos azuis, cabelos negros, short jeans curto desfiado na barra, regata branca e casaco azul na cintura. Muito linda, com aparência de uns 20 e poucos anos. Fiquei observando ela o tempo todo: quando a outra menina saiu, um garoto a cutucou, a conversa e quandi sairam. Fiquei "triste" quando ela foi embora. Quando a perdi de vista, avistei um ser de calça jeans preta, camiseta branca com listras verdes, um colete preto e um chapéu: vestido pra matar.

- Fala parceiro - disse Lukas erguendo a mão. 

- Fala, irmão mais novo - falei batendo em sua mão. 

- Vamos logo que o Uber tá lá fora esperando.

- Vamo lá. 

Nos direcionamos ao Uber e seguimos em direção à minha casa.

Pov's Linetta - Itália, 01:30 P.M.

Eu e Taylor pegamos as malas, enquanto Rick pedia um Uber. Ele se virou e disse:

- Já tem um Uber chegando em menos de 2 minutos.

- Então vamos - nós duas dissemos em uníssono

Corremos até o lado de fora, e foi bem na hora que o transporte chegou. Taylor dormiu a viagem toda com o fone no ouvido e eu dormi apoiada no ombro do Rick.

Pov's Bryan - Itália, 01:40 P.M.

Chegamos lá bem rápido em comparação com o tempo normal. Joguei as malas no meu quarto e fui ao meu escritório. Minha empregada, Katie, chegou com um sorriso de orelha a orelha que eu interpretei como um "oi, sou puta, quero dar pra você aqui neesa mesa". Eu também sou irresistível e todos sabem.
 
- Olá, senhor! Como foi a viagem? 

- Boa. - disse me sentando em minha cadeira - Como andam as coisas?

- Acharam quem estava te devendo.

- O que? Onde ele está? - me levantei bruscamente

- Trancado em sua "prisão" particular.

Me direcionei ao meu porão, onde mantenho alguns prisioneiros. Olhei sela por sela até que na oitava, lá estava ele.

- Olha quem temos aqui… - disse ele ameaçador

- Você me deve, miserável! 

- Eu sei um jeito de pagar, sem ser com dinheiro. Eu sei como é a agente que vai tentar captura-lo. Preciso investigar somente… 

Me calei completamente. Se ele estivesse falando a verdade, poderia começar meus joguinhos enganadores…

- Mas temos um acordo então? - estendi minha mão

- Claro que temos - disse ele apertando a mesma. - mas não posso investigar preso…

- Solte ele Katie.

- Mas senhor... Não acha melh…

- CALE-SE E ME OBEDEÇA! Pode se meter em encrencas se continuar negando minhas ordens Katie… Cuidado. 

Ela engoliu seco e o soltou. Ele me pediu equipamentos para ajudá-lo na procura. Deu o que ele precisava e voltei ao escritório, enquanto ele saia a procura da tal agente. Duvido que ela consiga alguma coisa… Acho que vou caminhar um pouco. Me dirigi ao meu quarto, vesti uma calça jeans preta, um tênis All Star verde, uma camiseta branca e uma jaqueta de couro marrom e sai. 

Pov's Linetta - Itália, 01:55 P.M.

O hotel é lindíssimo! Me apaixonei! Taylor disse que sairia essa noite. Não faço a menor idéia de onde ela vá. Ela foi direto pro quarto, enquanto Rick me mostrava o local. Tirei algumas fotos bem legais dos lugares. Quando chegamos ao "quarto", que parecia mais um apartamento, mas tudo bem, Taylor já estava com um vestido azul escuro que ia até o joelho e sem mangas, com um salto preto. 

- Tá diva, miga!

- Eu sei - rimos as duas enquanto Rick guardava a mala no quarto. - Beijinhos no ar pra vocês - disse ela um pouco alto para ele ouvir também. 

- Beijos - falei um pouco alto também, pois me dirigi ao quarto. - Acho que voh nadar um pouco na piscina, depois dou uma caminhada na praia. Você vem?

- No mergulho sim, na caminhada não. 

- Você se troca aí então e eu vou pro banheiro. 

Nos trocamos bem rápido: vesti meu biquíni azul escuro, um short preto pra mergulho e uma regata roxa que ia até em cima do umbigo. Quando saí, ele estava com um short preto e uma regata colada branca, que deixava a nova musculatura dele a mostra. 

- Vamos? - disse ele fazendo um gancho com um braço para eu colocar o meu ali.

- Vamos - disse colocando o braço onde ele queria.


Notas Finais


Obrigada por ler
Se quiser que eu faça alguma melhora ou dar sugestões, comentem aqui em baixo
Thanks gente!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...