História Amor Cruzado - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Exibições 29
Palavras 721
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi miraculers, bem vindos ao terceiro capítulo da minha fanfic. Espero que gostem e boa leitura.

Capítulo 3 - Dúvidas


Fanfic / Fanfiction Amor Cruzado - Capítulo 3 - Dúvidas

-Adrien- 

Eu e My Lady fomos em direção ao akuma e o mesmo nos olhou com deboche.

- Ora se não é Ladybug e Chat Noir. Agora tudo vai ficar mais divertido. Meu nome é Evil Energy. Agora que já me apresentei, vocês mesmos vão me entregar seus miraculous ou vou ter que acabar com vocês primeiro? -disse Evil Energy fazendo uma risada maligna em seguida.

- Já sabemos disso, todos os akumas querem nossos miraculous e até hoje não conseguiram, então por que você seria diferente Evil Energy? -perguntei zoando com ela.

- Eu sou muito mais forte do que os outros! Agora Pare de falar gato idiota e lute!! -ela gritou de raiva.

- Se você quer apanhar não precisa pedir duas vezes. -eu disse e eu e Ladybug fomos pra cima dela.

Nós começamos a lutar e algumas vezes Evil Energy acertava alguém com o poder do seu bastão. Toda vez que uma pessoa era acertada, a mesma levava um choque. Ela tentou nos acertar diversas vezes, porém nunca conseguia. A luta já estava durando à um bom tempo e eu já estava ficando cansado.

- Lucky Charm! -Ladybug disse ao jogar seu ioiô para cima - Uma tesoura? O que é que eu vou fazer com isso?

- Vou distrair o akuma enquanto isso você pensa em um plano. -disse e voltei e voltei a lutar contra Evil Energy.

-Marinete- 

Comecei a olhar ao redor para em algum plano, até que percebi que os poderes não eram do bastão e sim do pequeno raio no topo dele. Então tive uma idéia e chamei o Chat para explicar o plano.

- Chat, onde você acha que está o akuma?

- Com certeza está na pulseira.

- Ótimo, também acho. O plano é o seguinte: vamos levar Evil Energy para perto daquele pequeno reservatório de água e quando eu der o sinal, você usa seu Cataclysm nas barras que seguram o reservatório.

- Certo.

Eu e Chat Noir atraimos o akuma para perto do reservatório, estava lutando contra ela com meu ioiô até que fui mais rápida e usei a tesoura para cortar o raio do bastão dela.

- O que você fez seu inseto nojento?!! -ela gritou de raiva.

- Agora! -disse para Chat.

- Cataclysm! -ele usou seu poder nas barras e o pequeno reservatório caiu deixando água pra todo o lado.

Nós saímos correndo de lá e claro que antes eu arranquei a pulseira de Evil Energy. A mesma ficou muito fraca com tanta água. Eu quebrei a pulseira e purifiquei o akuma.

- Miraculous Ladybug! -disse e joguei a tesoura para cima e logo tudo havia voltado ao normal.

- Zero. -eu e Chat tocamos os punhos como sempre fazemos no final de cada batalha.

Depois a mulher akumatizada explicou que havia sido demitida de seu trabalho em uma rede de energia elétrica. Após a nossa conversa, alguns policiais que estavam ali presentes levaram a mulher para casa.

- Até a próxima My Lady. -Chat disse acenando e logo depois indo embora. Eu sorri e fui para casa pois estava exausta, logo fui dormir.

-Adrien- 

Quando cheguei em casa eu só tinha mais uma patinha. Desfiz minha transformação e dei queijo para o Plagg. Estava pensando em Ladybug e em como ela sempre salva o dia. Ela me lembra a Mari às vezes, não sei porquê, mas lembra. Nossa, estou pensando muito na Marinete.

- Adrien. -Plagg me chamou voando em minha direção.

- O que foi Plagg?

- Você vai ficar com a Marinete agora?

- O quê? Do que você está falando? Nós só somos amigos.

- Sei. Você até se ofereceu para levá-la em casa e ainda deu um beijo na bochecha dela.

- Eu só estava sendo gentil. Ela é linda e fofa...mas não sei se gosto dela desse jeito.

- Você é muito complicado garoto. Só não vai confundir a menina, ela parece gostar de você.

- Ela não gosta de mim Plagg.

- A sua lerdeza me espanta Adrien! -eu revirei os olhos e ele voltou a comer seu queijo.

Será que Plagg estava certo? Será que eu estou tendo uma queda pela Mari? Ultimamente eu tenho pensando muito nela mas não pode ser. Eu já amo My Lady.

Parei de pensar sobre isso e fui dormir, estou cansado.


Notas Finais


Obrigada por lerem e até breve, bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...