História Amor da minha vida ( jeon jungkook) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 25
Palavras 759
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Fantasia, Ficção
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gnt espero que gostem, bjos amo vcs, favoritem e comentem oq querem nos próximos capítulos.

Capítulo 2 - AMIGA SUA LOKA


Fanfic / Fanfiction Amor da minha vida ( jeon jungkook) - Capítulo 2 - AMIGA SUA LOKA

Cami: Pqp!!! S/n!!! Vocês, v-você, co- como assim????? Alguém me explica. PFV. - nossa nunca ouvi ela falar palavrão, gnt ela ta msm louca, oq deu nela? Será que tem algo no meu dente? 

S/n: Oq foi Camila??? - meio preocupada pq ela estava suando gelado.

Cami: C-como assim o-oque foi?? Você não conhece esse garoto??? - apontando a mão pra ele.

S/n: Conheço ele tava no supermercado.... - contei pelo menos três vezes pra ela engolir seco aquela história.

10min depois...

Camila não para de olhar pra ele. Ele é famoso, ( antes disso ela me explicou quem ele era.) nossa que legal mas não vi nada de tão inovador nele, é igual a todos os outros...

Jk: É aqui que vocês ficam não é?

S/n: S... - Camila me interrompeu.

Cami: Sim, clr, você esta certo.

Jk: O-ok - levantou a sobrancelha.

S/n: Posso falar agr Camila? - ela pediu desculpas, sem pronunciar sons. - Muito, mas muito obg Jeon!!

Jk: Que isso, pode me chamar a qualquer hr. E pfv me chame de kookie. - ele deu um sorriso meio malicioso pra mim, eu o retribui com um sorriso tímido e corada.

Cami: Tchau, kookie!! - ela foi mais além deu um abraço bem apertado nele, ele virou os olhos pra mim e eu ri. Ele riu também.

Que sorriso... tum...tum...tum...

Nossa meu coração esta acelerado...

Eu e Camila saimos do carro. Eles já tinham saido. Antes deixei minha bolsa com ela mas parece que ela, esqueceu lá dentro. Que estava, meu celular, documentos, metade da minha maquiagem e não sei pq eu levo, minha carteira, minha chave da casa, legal agora não vou poder entrar e algumas balas de menta, pq sabe como é, nunca se sabe se irá precisar ou não.

S/n: Putz... Minha bolsa, porra Camila sua... - mais uma vez interrompida. Se as pessoas soubessem o quanto odeio isso.

???: Não seria essa aqui? 

Reconheci a voz no mesmo instante, olhei ara atrás e vi ele. Sorrindo...

Tum...tum...tum...

S/n: Obg, mais uma vez - virei os olhos e ri, ele riu e Camila também.

Peguei a bolsa.

Nossa mas ele deixou o carro ir sem ele??

S/n: E o carro? - olhei ao redor e não vi nada. 

Jk: Ah pedi pra eles irem sem mim. Mas tem seguranças vigiando. Ta vendo aquele cara regando as plantas com a mangueira dele. - ele olho pra mim, mas nem olhei pra ele pq estava maliciando, estava rindo sozinha. - Oq foi s/n? - olhou pra mim rindo.

S/n: Ah, nada, lembrei de uns negócios.

Cami: Você quer entrar?? - olhei pra camila e dei de garganta.

S/n: Assim acho que a casa é minha. - nós rimos. 

Entramos preparei a lasanha ...

1h depois...

Que legal que Jeon, quero dizer kookie e Camila estão se dando bem eu acho. Cada cez que olhava pra eles o Jeon estava olhando pra  mim, virando os olhos.

Jk: Nossa o cheirinho está ótimo. - respirou fundo perto do forno.

Depois de alguns min....

S/n: Está na mesa. - falei  por que a Camila estava no banheiro.

Todos se sentaram, coloquei a mesa, pedi a ajuda de Jeon pq a travessa estava muito quente. Queimei meu dedo.

S/n: Aiii - gemi de dor, apertando meu dedo pra ver se passava.

Cami: Mds s/n toma cuidado - se preocupou - vem vou fazer um curativo. 

S/n: Não fica ai e come.

Da última vez que ela fez um curativo em mim, ela mais me machucou que me sarou.

Era difícil, estava sebtada de frente pra TV desligada, Jeon estava comendo e me encarando ao mesmo tempo. 

Jk: Você esta fazendo td errado!! - falou alto pra mim escutar. Os dois riram.

S/n: Ha,ha,ha, vem fazer melhor. 

Ele largou tudo e foi me ajudar. Não é que ele fez direitinho. 

S/n: Como aprendeu a fazer esse tipo de coisa? - perguntei, pq estava um silêncio dos infernos só as batidas dos talheres no prato da Camila. 

Jk: Ah quando era pequeno eu e meus primos brincavamos muito, senpre eu me machucava, pq era o mais novo. Ai aprendi a fazer isso. - tão concentrado que nem olhou pra mim.

Terminamos de comer, eu repeti duas vezes o Jeon 3 e a Camila 5 vezes. 

Jk: Nossa Camila seu poço sem fundo. - todos riem. 

Coloquei um filme de terror, não me lembro o nome.

Que triste a menina perde os pais em um acidente de carro, e vive com freiras, num orfanato nada aconchegante, pensei que não poderia ficar pior mas ficou. A criança tinha 7 anos e conheceu um garoto de 15 anos, que a maltratava, espancava e estrupava... 

Anoiteceu, Jeon foi pra casa e Camila também, pensei que ela iria dormir aqui.

   





           Continua?....



Notas Finais


Me perdoem pelos erros e o tamando do cap. Bjos da Sra bolacha 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...