História Amor de Brasa - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor De Brasa, Amor Que Queima
Visualizações 5
Palavras 311
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - O medo de Antônio


Fanfic / Fanfiction Amor de Brasa - Capítulo 5 - O medo de Antônio

-Você vai querer filhos e eu já não quero mais. -Se você me convencer a tê los, mal poderei ver eles rapazes, já terei perdido a minha sanidade ou ter morrido. -Você é uma metamorfose e está saindo agora do casulo, eu não tenho mais tempo para frescuras de mulheres, discussões por nada, ciúmes de seus amigos jovens e cheios de vigor.      -Eu serei o vovô com a novinha, e eu farto, cansado, vagando perdido, estou nessa caminhada e quase em seu fim. -Você é uma jovem, cheia de sonhos, parecia, mas...

-Mas? -Mas eu perderia toda uma vida com você, eu não a veria envelhecer mas chegaria ao seu lado com atenção. -Eu a impediria de ter as aventuras com alguém que lhe fazeria sentir adrenalina, a faria perder as doçuras de um homem jovem com sonhos.

Mara se afasta séria vestindo sua roupa enquanto Antônio continua a olha-la com seus desfechos cercado de motivos. Ela se senta na cama.

-Não se faz isso Antônio, não se começa algo sem intenção de ficar. Seus olhos enchiam se de água enquanto dizia.-Não podemos levar aos meros momentos quando alguém sente algo real. -Isso machuca.

-Então não te assusta o que acabei de dizer? -Mara, não adianta ignorar os fatos. -Você pode ir embora Antônio, você pode.

-Eu não quero. -Mas você deve, é isso que suas palavras dizem, e sabe o que elas são pra mim?

Ele se levanta e senta na beirada da cama. -O que  elas são?

-São medos. -E não me preocupa se seu pique irá diminuir ou se será um velho, eu não me preocuparia se passasse todo o resto de sua vida com você. -Se você fosse esquecer, eu te lembraria, se ficar de cama, te cuidaria, se alguém julgasse, ignoraria, mas se você me olhasse... -A se olhasse com esses mesmos olhos, eu teria a confirmação dos meus melhores instantes nessa vida.    



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...