História Amor de colégio! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, Personagens Originais
Tags Amor, Colégio, Escola, Got7, Imagine, Interativa, Jack, Jackson, Jackson Wang, Namoro, Relacionamento, Você, Wang
Visualizações 35
Palavras 1.168
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Essa fanfiction eu tinha escrito no ano de 2015 mas nunca tinha postado sdkjnsd.
Foi um "presente" pra uma amiga :)
Espero que gostem.

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction Amor de colégio! - Capítulo 1 - Capítulo único

Você sentiu uma mão forte te agarrar o braço, te virando bruscamente e pondo seu corpo contra o armário de um dos corredores de seu colégio, sentiu os lábios quentes do garoto - que você sabia bem quem era - em seu pescoço espalhando beijos. Era um local proibido pra se fazer coisas desse gênero e alguém poderia flagrar vocês nesse amasso, mas seu “melhor amigo” não parecia ligar para isso mas sim por aquele momento um tanto quente.

- “SeuNome” você não sabe o quanto te amo e sonhei com isso! - Jackson falou um pouco rouco na sua orelha depois mordendo o lóbulo dela e como resposta para tal ato você se arrepiar e gemer baixinho o excitando.

Ele foi subindo os beijos até sua boca e você concedeu sem menor pudor, as mãos grandes do garoto foi se deliciando a cada parte que passava pelo teu corpo. No colégio que vocês estudam em Busan o uniforme era composto por uma saia um tanto curta para se usar em um local de estudos, o que permitia livre acesso do Jackson a sua intimidade… Mas isso era apenas um bom e maravilhoso sonho.

Você despertou assustada do quente sonho que tinha com o melhor amigo - no qual você esconde tal paixão que foi crescendo a cada vez que o olha fazendo as idiotices de sempre. A professora te olha incrédula após ter batido na sua mesa com o livro que tinha na mão fazendo um grande barulho para te desperta. Nunca em tantos anos alguém ousou dormi no meio da aula dela, aquela mulher era bastante rigorosa e nunca permitiu isso.

- Direto. Para. A. Detenção. - Sorriu e depois complementou. - No final da aula, entendeu bem “Seu Nome”? - Falou a professora muito irritada com a situação

- C-certo. - Você gaguejou e nem tentou protestar sabia bem como funcionava as coisas com aquela professora e bem, todos os alunos tinham medo dessa mulher.

No final das aulas dela - que eram as últimas do dia - você foi a detenção com o acompanhamento da professora. Após ela deixar você dentro da sala logo foi embora. A sala continha poucos alunos dentre eles o Wang que estava na janela ouvindo música com seus fones e de olhos fechados, o carinha que fica de olho em quem está “detido” baba mais que um bebê sonhando que está bebendo o tão gostoso leite materno.

Jackson e você se conheceram na primeira semana de aula e nunca mais se separaram (apenas quando vocês passaram para o segundo ano onde ficaram em salas separadas), o garoto era e é bastante popular entre os estudantes daquele colégio, se não for pela beleza, por fazer um belo espetáculo de dança e canto quando está no stage, ou então por ser um ótimo esgrimista, deve ser por entrar constantemente em encrenca e normalmente te levando junto. Por você e ele estarem quase sempre juntos há boatos entre as garotas do colégio que vocês estão namorando escondido e sempre que eles questionam se isso seria verdade vocês desmentem, e se eles acreditam no que vocês dizem? Sempre fica uma pulguinha atrás da orelha deles sobre isso.

- De novo por aqui Wang? - Você diz tirando o fone de um dos ouvidos dele. Atualmente você descobriu que o amava e desde então acaba ficando um pouco sem graça ou então um pouco nervosa ao ficar perto dele.

- Devo te dizer isso também? Te vi aqui na ultima vez que me mandaram para cá. - Ele da uma risada baixa enquanto puxa uma cadeira perto da dele e pede para tu  se sentar nela.

- Só uma coisa baixinha, não chegue assim de supetão. Isso me assustou um pouco pensei que fosse o boco do senhor babão. - Você olha pro professor que não havia parado de babar e volta a olhar pro Wang que imita o professor e você da uma risada baixa para não acordá-lo.

- Vou tentar não fazer isso da próxima vez, ok?!

- Certo... Hm, preciso falar algo com você depois. - Ele diz ficando um pouco sério mas logo depois da um sorriso um pouco sem jeito.

Alguns minutos se passam por mais que parecessem eternidades, o professor responsável desperta no seu sonho de “beleza” e libera a turma. Você avisa ao jovem esgrimista que iria passar no armário antes de sair (durante a detenção vocês marcaram de ir tomar um sorvete em uma sorveteria próximo ao colégio, por mais que estivesse tarde vocês tinham essa mania de tomar sorvete sempre que se encontravam na sala da detenção), ele se auto comandou a ir junto contigo já que a maioria das luzes do colégio já haviam sido apagadas por conta do horário. Você já estava trancando o armário quando ele te pega pelo braço fazendo você virar ficando de frente a ele e encosta você no armário.

- Então.. Eu sei que o que farei agora talvez possa prejudicar nossa amizade mas… eu não consigo mais me segurar - Ele te olha nos olhos de uma forma que você nunca viu ele fazer.

Ele fica com o corpo bem colado ao teu, você fica sem reação com aquela de “É agora ou nunca meu pai amado...”, ele segura forte sua cintura te deixando imprensada contra o corpo dele e o armário, a outra mão ele deixa próximo ao seu rosto mas apoiada no armário e te beija de uma forma que você nunca tinha pensado como seria. No momento até ficou surpresa pelo ato mas depois cedeu. Jackson te desencostou do armário e foi te guiando até o vestiário que era ali perto, dentre este espaço de tempo foram trocando carícias um tanto que pervertidas como você puxando o cabelo dele, arranhando as costas larga e forte dele por cima do uniforme ou ele fazendo uma tour pelo seu corpo com as mãos, os beijos e chupões no seu pescoço  e clavícula.

Vocês chegam no vestiário logo arrancando sua blusa e ele te deita no banco próximo do espelho, ele tira a própria camisa e joga no chão. Ele foi tirando sua roupa e a dele aos poucos deixando você só tirar a cueca dele, era sua primeira vez e ele sabia disso afinal era o seu maior confidente. Ele estocava e rebolava de uma forma que fazia você enlouquecer de prazer, em momento algum te machucando (tirando os cinco primeiros minutos). Ele sendo tão bom, paciente e carinhoso com você, transmitia amor, a cada toque, a cada gemido, a cada suspiro. Você respondendo aquele sentimento tão significativo que esbanjava amores e você demonstrava isso pra ele nas trocas de olhares, quando gemia o nome dele…. O orgasmo havia chegado junto aos “eu te amo” e aos beijos calmos, ele te olhava fixamente nos olhos assim como você também o olhava e limpou algumas gotas de suor do rosto dele e ele enfim te perguntou:

- Namora comigo, hm? Aceita ser ser minha garota, só minha?


Notas Finais


Gehee ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...