História Amor de ex-assassino - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hunter x Hunter
Tags Hunter X Hunter, Killua
Visualizações 23
Palavras 1.119
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii, espero que gostem ❤️

Capítulo 12 - A verdade do meu passado...


Fanfic / Fanfiction Amor de ex-assassino - Capítulo 12 - A verdade do meu passado...


Capitulo 12
POV Howaito
  
Ambos estavam prontos, prontos para atacar eu estava sentada só a ver o que Tonpa iria fazer, coisa boa não era de certeza, o Prisioneiro preparou se para atacar, ele deu um salto com impulso indo direto para a cara de Tonpa, ele estava quase lá e Tonpa não se mexia.
-Eu desistoooo!!!!!!!-gritou Tonpa. O homem parou nesse mesmo instante na frente de Tonpa.
-O que disseste ?-perguntou.
-Se eu desistir vocês ganham, certo? Então eu desisto.-respondeu Tonpa, eu levantei me num salto. Olhei para Tonpa, eu estava tentando controlar a minha ira, para não brigar ali mesmo, porque era isso que o Gordo cria... Que nos perdêssemos tempo discutindo ...
-Tonpa... Tu mereces esse soco de qualquer jeito, então eu vou te dizer uma coisa, ou morres aí a tentar ao menos ser bom nalguma coisa, ou morres nas minhas mãos, tu podes até ficar acordado a noite toda e alerta mais tu não te vais safar tão fácil ...-Falei. Ele se levantou e saiu da arena... Que ódio !!!!! Ele vai ver só ! 
-Hmm... Mas eu pensei que tu não matavas mais ninguém, princesa Senju ...-aquela voz, aquele nome , não podia ser , quem me chamou assim? Eu olhei para o outro lado suando frio... Uma pessoa tapada foi se aproximando da arena, aparentava ser bastante magra e alta... O Gon veio até mim e me abraçou com força.
-Calma...-disse ele.
-Calma?! Calma?!hahhahaahhaha CALMA?! Eu tentei ter calma enquanto essa... Essa... Essa assassina, matou o meu marido!!!!-gritou uma mulher, arregalei os olhos, eu não a esperava ver aqui, eu não estou com medo, mas surpresa...
-E foi uma pena tu também não teres sido morta também !!-gritei.
-Soltem-me ! É a minha vez!-ela falou , eu olhei para o lado, o Tonpa, o Leorio , o Kurapika e o Killua estavam chocados com a notícia , saberem que eu sou uma assassina, que ódio de mim própria! Ela tirou a capa, eu já sabia quem era , mas não pude deixar de ficar surpresa .- Então? Vens te vingar ? Eu tenho uma história para ti, que tu ainda não deves saber... Vens?-falou ela com deboche.
-Howaito, calma...-disse o Gon-Vai com calma, tu podes assustar os teus amigos e tu não queres isso não é ?
-Amigos?! Hahhahaahhaha... Deixa me rir, tu deves estar mais fraca que nunca!-ela falou.
-Ai sim ? E porquê?-perguntei indo em direção á ponte.
-Amigos...Amizade...Amor... Isso tudo nos enfraquece , é uma pedra no sapato!-falou ela - Amigos...hahah... Tu és uma inútil tal como a tua mãe... Falava de amor, sempre apaixonada... E ficou Fraca!
-Isso é mentira!!!!!!!!!!!!!-gritei.-É mentira...-sussurrei.
-É mentira? Então diz me porquê? Hehe-falou ela.
-Eu, eu, eu, eu, eu matei toda minha "família" paterna, por amor á minha mãe !!! Eu estou aqui, firme e forte, por amor aos meus amigos!!!! E é por amor a tudo o que eu amo que eu vou te....-não consegui acabar a frase , estava nervosa, não matava há anos.
-Matar ?! Hahahahhahaha , quando foi a última vez que mataste ? Há 5 anos atrás ? Quando tinhas 6 anos?  Eu agora podia estar no topo, sendo amada por muitos , sendo  a melhor assassina que existe, mas não...tu mataste o !!! Sua Inútil e vagabunda! Ohh, e já agora eu vou aproveitar e contar te a história toda , a verdadeira história .... Havia  2 raparigas...assassinas, na qual tinham conhecido 2 meninos, as raparigas chamavam se : Layla e Konan... A tua mãe Layla apaixonou se por um rapaz qualquer que eu nem me lembro do nome dele, e eu apaixonei me por teu pai, assim como ele se apaixonou por mim, estava tudo feliz entre nós , mas um dia , o teu pai descobriu o poder ocular de Layla Senju assim matando toda sua família para casar se com ela e ter uma filha com ela , ele queria ter o poder nas mãos , assim me escondendo de Layla... Quando tu nasceste eu te odiei tanto, mas tanto que eu queria te matar, mas teu pai não deixava, por quê? Porque ele queria teus olhos como os teus olhos ainda não tinham despertado, ele quis traumatizar te,assim matando a tua mãe na tua frente quando tu apenas tinhas 3 anos de idade, e sabes de quem foi a ideia de matar a Layla ? Pois... Foi minha, eu senti prazer ao vê la morta sem olhos, o teu pai ficou muito lindo com aqueles olhos...  O teu pai mentiu te dizendo que tinha me conhecido por essa altura , mas não, nós sempre nos amamos ... 3 anos depois , uma garota com os poder ocular no máximo, andava correndo pela mansão procurando o pai, e porque? Porque decidiu se vingar do pai , assim matando o pai á minha frente, eu chorei, implorei, mas tu não fizeste NADA! Chamei os teus avós na qual eles iriam te castigar bastante, mas um tal Zoldyck, entrou na casa, ele soube de tudo ! TUDO , e eu ainda estou para saber como ele soube que Layla foi morta, alguém contou a verdade, a verdade que eu escondi durante 3 anos! E tu sabes quem foi ?-perguntou ela. Eu já estava a chorar no chão de joelhos.
-Fui eu! Eu contei a verdade toda ao Silva! E ele me ajudou a matar a família paterna ! Eu contei , era a única pessoa que eu confiava, ele ! Ele era o melhor amigo da minha mãe ... EU CONTEI TUDO PARA A FAMÍLIA ZOLDYCK! EU ... , E ELE ACOLHEU ME MELHOR QUE NINGUÉM , E QUERES SABER MAIS UMA COISA? EU FIZ LHE UMA PROMESSA... QUE ERA...MATAR TE SEM PONTA DE DÓ!!!!-gritei. Eu levantei me. Do nada eu sinto uma força passar para as minhas mãos e eu conseguia ver essa força, e ao que parece não era só eu ... Porque os outros estavam pasmos a olhar para as minhas mãos ... Uma coisa azul rodeava as minha mãos ... Era como se eu sentisse que alguém estava a fazer aquilo, e estava, eu ouvi uma voz na minha cabeça, a voz dela, da minha mãe . A luz ficou mais intensa, eu corri até ela e cortei a...Sem dó nem piedade , eu olhei para trás e vi duas metades... Aquilo era impossível eu só passei a mão pelo corpo dela, como se estivesse cortando manteiga... Sangue escorria por todos os lados, por sorte eu não me sujei.
-Já não mato faz 5 anos... Sim, isso é verdade... Mas quem disse que eu perdi o jeito?-perguntei com esperança que ela estivesse a ouvir. E assim ganhamos um ponto. Agora estava 1-1.
 


Notas Finais


Gostaram ?? Espero que sim... Nos vemos no próximo capítulo !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...