História Amor de Infância - Capítulo 49


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Aquarius, Aries, Bickslow, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Chelia Blendy, Elfman Strauss, Erza Scarlet, Evergreen, Freed Justine, Gajeel Redfox, Gildartz, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Jura Neekis, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Macao Conbolt, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Sting Eucliffe, Virgo, Wendy Marvell, Yukino Aguria
Tags Fairy Tail Nalu Amor Infância
Exibições 157
Palavras 994
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Estou de volta! Espero que gostem e obrigada aos comentários dos capítulos anteriores. Boa Leitura 😘

Capítulo 49 - Capítulo 48


Fanfic / Fanfiction Amor de Infância - Capítulo 49 - Capítulo 48

A Lucy se soltou do Sting assim que viu o rosado entrar no hospital, ela sentia raiva e tristeza achava que ele realmente a amava, mas foi tudo invenção.
-Como a Mavis está? -O Natsu perguntou assim que chegou perto da loira.
-Seu babaca! Cachorro!-A Lucy gritou batendo no peito do Natsu.
-O que houve, Luce?
-O que houve? Você tem coragem de me perguntar isso?! Como você é um...
A Lucy chorava e batia no Natsu que não entendia o que estava acontecendo, as pessoas olhavam a cena e não falavam nada. O rosado segurou as mãos da Lucy e a encarou e a mesma o olhava com raiva pra ele.
-Pode me explicar agora?-O Natsu  falou de novo.
-Você quer que eu explique? Pois bem. Você me traiu e ainda por cima com uma loira oxigenada.
-Do que você está falando, Luce?
-Você e a Jenny.-A Lucy falou baixo.- Você está ficando com ela, você está me traindo.
-Eu não estou te traindo Luce, de onde tirou isso?
-Eu vi!-Ela afirmou.- Vocês se beijando!
-A onde você viu isso?
-Então é verdade. Você está me traindo, eu não acredito nisso Natsu.
-Me responda, Luce! Onde você viu isso!
-Me mandaram uma mensagem com uma foto.
-Uma foto! E você vai acreditar em uma foto.
-Vai me dizer que não era você, beijando aquela oxigenada?
O Natsu não respondeu e virou a cabeça e soltou os braços da Lucy.
-Você... Eu não acredito nisso, Dragneel!
-Deixa eu explicar.
-Eu não quero explicações, você me...
-Eu não te trai!-O Natsu gritou.- Acontece que aquela maluca me pegou desprevenido e me beijou, mas eu a empurrei e falei pra ela não fazer mais aquilo.
A Lucy se silenciou e olhou para o lado, mordia seus lábios seu rosto estava inchado. O Natsu virou de costas e começou a andar em direção da saída.
-Quando você quiser conversar, eu vou estar no meu apartamento.-O Natsu falou saindo.
A Lucy fechou os olhos e serrou os punhos.
-Droga!-A Lucy falou.- Eu sou tão idiota, é claro que ele não faria isso. Mas eu não sabia está tudo tão confuso.
A Angel se levantou e foi até a Lucy e a abraçou, apesar de sempre brigarem elas estavam ali para apoiarem uma a outra.
-Vai ficar tudo bem.- A Angel falou.- Você só precisa conversar com ele.
-Ele não vai me escutar.
-Eu tenho certeza que vai sim.
O médico se aproximou das garotas e a Lucy limpou suas lágrimas e olhou para o rapaz.
-A Senhorita Mavis, já pode receber visitas.- O médico falou.- Uma por vez.
-Você primeiro, Lucy.- A Yukino e a Angel falaram juntas.
-Tem certeza? -A Lucy perguntou.-Vocês são as irmãs dela e...
-Você também é irmã dela.-A Yukino falou.- Irmã de coração.
A Lucy deu um pequeno sorriso e assentiu e foi até o quarto onde a Mavis estava. A Zera que estava ao lado do Zeref que não falava nada e fitava a porta onde o Natsu havia saído.
-Não vai ir atrás dele?- A Zera perguntou.
-Não. Ele precisa ficar sozinho.- O Zeref falou.- Além do mais, a Mavis ainda está aqui.
A Zera não falou mais nada e passou a olhar o hospital, que parecia cada vez mais tristes. A Lucy entrou no quarto e viu a Mavis deitada com soro em suas veias, assim que a loira menor viu a Lucy ela sorriu, até parecia que não estava em um hospital.
-Lucy, que bom que você veio.- A Mavis disse.
-Oi, como está se sentindo?
-Bem, mesmo não gostando de hospitais.
A Mavis observou a Lucy, e logo percebeu como seu rosto estava inchado chegando a conclusão de que sua prima havia chorado.
-O que aconteceu?-A Mavis perguntou.
-Nada.
-Não minta. O que houve?
-Eu briguei com o Natsu. Mas acho que eu é que estou errada.
-Se você está errada, deveria ir atrás dele. Antes que se arrependa.
-Mas eu...
-Nada de mas, vá agora!
-Tá bom.
A Lucy saiu do quarto e saiu correndo do hospital em direção do hotel, ela entrou e nem cumprimentou a Cana subiu apressadamente as escadas, chegou no seu andar e encarou a porta do apartamento do Natsu e respirou fundo antes de bater, ergueu a mão e bateu na porta seu coração batia forte não sabia o que dizer apenas foi até lá.
A porta se abriu e o Natsu estava sem camisa apenas de bermuda, ele olhou a Lucy que estava de cabeça baixa.
-Natsu, me desculpa.- A Lucy falou baixo.- Eu deveria escutar o que você tinha a explicar, em vez de falar tanta asneira de uma vez.
O Natsu apenas observava a loira que tinha lágrimas saindo dos seus olhos, o Natsu se aproximou dela e a abraçou fazendo a Lucy apertar sua camiseta, só queria o Natsu perto dela a reconfortando e a protegendo de tudo e todos.
-Natsu, eu sou idiota.- A Lucy falou.- Eu não deveria acreditar em tudo, mesmo com uma foto.
-Calma.- O Natsu falou.- Tudo bem, eu também ficaria atordoado se eu recebesse isso e ainda por cima a Mavis estava no hospital.
-Natsu... A Mavis vai ficar internada, ela está com a mesma doença da minha mãe. Eu não quero perdê-la.
-Você não vai. A Mavis é forte, vai conseguir se recuperar.
O Natsu ergueu o queixo da Lucy a fazendo olhar pra ele, o Natsu secou suas lágrimas e deu um singelo beijo nos lábios da Lucy e sorriu.
-Vai ficar tudo bem. Eu não gosto de te ver chorar, apesar de eu ter parcela de culpa.
A Lucy balançou a cabeça negativamente e olhou pro Natsu.
-A Jenny que é a culpada, não você.
O Natsu beijou a Lucy e a mesma retribuiu, quando se separaram o Natsu convidou a loira pra entrar e a mesma aceitou. Os dois passaram o dia todo juntos, o Natsu consolava a Lucy que tentava ao máximo não chorar ou mostrar tristeza.


Notas Finais


Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...