História Amor de infância - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 19
Palavras 771
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico)
Avisos: Nudez, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um cap minhas borboletinhaa, desculpem a demora para postar , espero que gostem

Capítulo 9 - Porque eu?....


Fanfic / Fanfiction Amor de infância - Capítulo 9 - Porque eu?....

(NAMJOON ON) 

Tava indo para o colégio quando vejo eles.... não.... denovo não..... NÃO QUERO ISSO..... 

Andei o mais depressa que consegui para que não me vissem , acho que os consegui despistar do caminho... eu não queria aquela vida denovo.... não agora depois do que me tornei, eu fiquei mais alto ,consegui deixar de ser o magricela de antes, eu consegui ficar mais bonito, agora eu tinha quem eu quisesse, eles não podem me fazer nada.... ACHO EU..

(NAMJOON OFF)

(S/N ON)

Mais um dia de colégio , e realmente eu não queria ir , depois do que se passou no karaoke eu não queria olhar a cara daquele tarado denovo, vesti meu uniforme e fui ter a casa do Tae e logo fomos, chegamos a sala ficamos conversando um pouco e quando o professor chegou fomos para os nosso lugares,  namjoon vinha rindo com um colega mas assim que se sentou a sua cara mudou repentinamente, parecia tar triste, preocupado SERA QUE ATE TARADOS COMO ELE TÊM SENTIMENTOS???? Mas porque ele estaria assim?? Sem dar conta eu fixei o olhar nele 

-Está olhando o quê? - disse namjoon

-Han????? N- nada não - disse sorrindo e virando logo a cara

- Quer saber porque eu esse "tarado" aqui está assim né? - perguntou ele

-Não me interessa algo que esteja relacionado a você - disse friamente

-Precisa ser assim tão fria comigo? - perguntou

-Sim - respondi

-Depois eu te conto o que se passa não se preocupe- disse namjoon - agora poderia parar de olhar para mim? É assim tão estranho eu estar preocupado com algo??????

-Han??? D-desculpe, não costumo ver tarados tristes, preocupados, é um acontecimento raro na vida - respondi

-Cala a boca - disse ele rindo

                    QUEBRA DE TEMPO

-Tae pode ir sem mim? O namjoon precisava falar comigo , depois eu te ligo e vou ter a sua casa tabom?- perguntei

-Hmmmmm tá , te espero minha pequena - respondeu me dando um beijo na testa 

Pensei em arranjar uma desculpa para não ter que dizer que ia tar com namjoon,mas Tae confiava muito em mim e ele sabia que eu numca faria algo que o magoasse , então decidi falar a verdade , se algo acontecesse eu contaria para ele sem pensar duas vezes EU O AMO E NÃO O QUERO PERDER NUNCA

-Tou aqui tarado- disse para namjoon que estava encostado a um cassifo 

-Vamos então- disse

Saímos do colégio e fomos até um jardim lá perto sentámos num banco e pedi que começasse a falar, eu não entendia o porquê de me importar com ele... acho que depois do que eu fiz eu dava mais atenção a todo mundo, não queria que oque aconteceu comigo acontecesse a outra pessoa....

-Bom, é dificil falar disso.... - começou ele

-Apenas fale - disse

-Tá, então quando eu tinha 13/14 anos eu era muito magro , era digamos que bastante feio, e ninguem se aproximava de mim, diziam que eu era estranho... um dia tudo piorou, pra mim já era normal ninguem falar comigo, um dia veio um grupo de rapazes em minha direção eles me faziam perguntas "Porque você está sosinho? porque não vem com a gente? você parece ser gente boa" eu fiquei muito feliz mal sabia o que me esperava, eles me levaram para um canto e ... me espancaram , me deram socos , pontapes no estomago, na cabeça... e eles continuaram... 2 semestres levando aquilo todoa os dias, eu me perguntava "Porque eu? eu nao fiz nada... eu simplesmente existo..." Um dia eu cansei, deixei de ir as aulas para ficar treinamdo para ter um corpo melhor, eu fiz de tudo para melhorar o meu rosto , e depois de uns anos eu voltei as aulas, consegui ir para o ano que deveria porque estudava em casa e me tornei realmente esperto, quando voltei, dei por mim com todas as meninas dando em cima de mim , eu me sentia bem , acabei saindo daquele colégio porque ficava longe do meu apartamento novo, e vim pra esse, hoje de manhã eu os vi.... Os rapazes que acabaram com a minha vida... eu senti medo, algo que eu não sentia á muito tempo... eu não quero aquela vida de novo ...-  ele acabou de falar e começo a chorar muito

Ele  me olhava muito assustado com lágrimas nos olhos, eu não percebi o que se passou , meus olhos se encheram de lágrimas e o abracei, não suportava ver nimguem chorando, até aquele tarado que tava acabando com a minha vida, o que se pode fazer... sou um coração mole... 


Notas Finais


então borboletinhas foi isso espero que tenham gostado e mais uma vez desculpem a demora , vou tentar demorar menos no próximo cap <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...