História Amor de lobisomem - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Derek Hale, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski
Tags Chloe Grace, Derek Hale, Peter Hale, Romance, Scot, Stiles
Exibições 86
Palavras 654
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hello my small candies
Volteiii com um cap pra vcs!
Espero que gostem...boa leitura!!!

Capítulo 23 - Você é um monstro


Fanfic / Fanfiction Amor de lobisomem - Capítulo 23 - Você é um monstro

Em on~

Ele só pode está falando comigo.

Da: vamos...pare de se esconder...

Começo a contar mentalmente 10 segundos, para criar coragem, depois correr em vão e ser pega.

10...9...8...

Da: vamos! Eu não estou com paciência e isso tem que acontecer antes do amanhecer!

7...6...5...

Da: mais alguns segundos e vou te buscar!

4..3...2...

Da: minha paciência esgotou!- escuto um barulho um pouco mais perto deles do que eu estou, resolvo ficar parada e não emitir nenhum tipo de som.-finalmente saiu de onde estava, já ia te buscar.

De: quem é ele Damon? - movo um pouco minha cabeça e vejo que tinha um homem bem mais velho que eu do lado dele e suspiro um pouco aliviada. Não era eu.

Da: um peso morto, não precisa ficar chateado ele não tem familia, ninguém para sentir falta quando morrer.

De: ninguém precisa morrer.

Da: vamos fazer logo isso Derek, assim que tivemos Bonnie conseguirei encontrar aqueles dois caçadores e finalmente pegar meu irmão. Então você tenta achar um jeito com ela de restaurar suas memórias e todo mundo sai ganhando. 

De: todo mundo menos o senhor que você quer matar. Espera... São dois caçadores?

Da: é... O Dean que você conheceu e o irmão dele Sam. Agora podemos começar? Porque se você não matar ele agora...eu o mato e teremos que achar outro até um que você queira matar.

De: devia ter acreditado no Dean, você só pensa em si mesmo.- vejo os olhos de Damon ficarem vermelhos com veias aparecendo ao redor deles, seus dentes se formam em presas e ele se aproxima do pescoço do homem como se fosse o matar. Essa cena é demais para mim, saio correndo, mas sou pega por alguém muito rápido e forte que me leva para onde Derek está junto com o homem.

De: Emelly?

De on~

Vejo ele agarrar ela o que me traz uma raiva enorme.

Da: que bom que você a conhece. 

Em: quem são vocês?- fala entre lágrimas. 

Da: eu sou um vampiro, querida, e ele é um lobisomem.

Em: isso é impossível. 

Da:nada é impossível baby, mais você aqui, porque?

Em: queria me vingar de Derek, mostrar o ele fazia para todos da escola.- fico pasmo com o que ela disse e vejo Damon sorrindo pra mim.- porfavor me deixe ir ,eu juro pela minha vida que nunca mais vou me vingar de alguém. 

Da: infelizmente docinho, seu pedido não pode se realizar, sinto muito.

De: larga ela!

Da: porque Derek? Ela é praticamente sua inimiga.

De: porque eu a amo.- meu coração fala o que minha razão não queria admitir. Ela fica sem reação, então Damon a morde e tudo que escuto é seu grito.- não!!!- sai de perto dela, e vejo que sua mordida não a secou,mas foi o suficiente para fazer com que ela perdesse muito sangue.

Sinto uma raiva muito grande que me transforma no mesmo momento, me viro para trás vendo Damon com um sorriso sujo de sangue, pego um pedaço de madeira no chão e corro até ele, só que ele é mais rápido e coloca o homem em sua frente, então a madeira mata a pessoa errada.

De: seu...seu..- falo olhando para ele enquanto o homem cai no chão. Ele bota o dedo na boca como se pedisse silêncio. 

Da: se ficar me xingando irá deixar seu amor morrer sozinha.- me viro para Emelly que ainda está em pé com sangue por todo seu corpo, ela se assusta um pouco comigo que ainda estou transformado e acabei de matar um homem.

De: Emelly...- volto ao normal. Ela já sem forças cai, corro ainda a tempo de impedir que ela acabe no chão. Seguro ela firme em meus braços, apertando contra meu corpo que já está cheio de sangue que pela primeira vez não me importo, então escuto suas últimas palavras. 

Em: você é um monstro...- não escuto mais seu coração, ela estava morta.

 


Notas Finais


Próx sábado tem mais!
Não parem de ler, agora que a história fica legal!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...