História Amor de pelúcia - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Bonnie the Bunny, Chica the Chicken, Foxy the Pirate, Golden Freddy, Mangle, Marionette, Plushtrap, Sammy, Shadow Bonnie, Shadow Freddy, Springtrap, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy
Tags Goldentrap
Exibições 30
Palavras 1.090
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi coisinhus eu sei que eu devia postar domingo mas eu tava entupida de coisa pra fazer então só hoje que deu pra escrever :/
E hoje é o meu aniversário!!! \o/
Boa leitura!
(Não sei escrever cena de luta desculpa ;-;)

Capítulo 17 - Fim... Será?


Momento off~

Plushtrap: que você é um... Urg! Qual é a fala?

Autora: que você é... Err... *folheando o script* ah sei lá improvisa

Plushtrap: err...

Biiii~

Plushtrap: que você é um monstro

Richard: ha ha! Você acredita nele?

Plushtrap: .....

Plushtrap P.O.V.s on~

No momento em que ele falou isso um flashback de todos os momentos bons que eu e Gregory passamos passou por minha cabeça

Flashback ~

Eu: oi! Meu nome é Plushtrap! E o seu?

Ele ficou me encarando com uma cara de encanto até que se tocou

Gregory: ah m-meu nome é Gregory

-----------------------------------------------------------------

Eu: hey Gregory! Essas são Charry e Carl

Gregory: o-oi...

Cherry: Já shippei

Carl: também

Eu: o que?

Gregory por algum motivo ficou corado e confesso que achei super fofo

-----------------------------------------------------------------

Eu: não dá! eu não consigo!

Fechei o livro que eu estava usando para estudar e Gregory ficou me encarando

Gregory: se quiser eu te explico

Eu: você não é de outra serie?

Gregory: é mas digamos que o meu passatempo é ler esses livros

Ele ficou me encarando e sorrindo até que se tocou de algo que o fez ficar corado e voltou a ler seu livro

Eu: me ajuda?

Gregory: tá

Ele pegou o livro da minha mão e eu me aproximei dele o que o fez ficar sem reação por um minuto mas então começou a me expliacar a matéria

-----------------------------------------------------------------

Gregory: mas diretora não fui eu

Eu: não foi ele!

Diretora: bom, os outros alunos disseram que foi você

Gregory: mas...

Eu: não foi ele! Devem estar tentando ferrar ele ou algo assim! Você não pensa?

Diretora: melhor baixar seu tom de voz mocinho ou chamarei seus pais

Cruzei os braços com raiva. Eu não queria que meu melhor amigo fosse acusado por algo que não fez. Alguns minutos depois saímos da sala

Gregory: valeu por acreditar em mim e... Me defender

Eu: tudo bem cara. Eu sempre vou acreditar em você

Gregory: e eu em você

Fim do flashback ~

Sorri de felicidade ao lembrar de tudo isso e essas lembranças mostraram o quanto eu fui burro ao não acreditar nele desde o começo

Eu: sim, eu acredito nele!

Richard: meu querido Plush, sempre tão idiota

Gregory: não chama ele assim!

Ele se aproximou mais de Richard com a expressão seria e de raiva

Gregory: não importa se você me matar o Plush nunca vai ficar com você

Richard: você tem razão...

Ele veio em minha direção o que me deu um pouco de medo e me fez recuar até que bati na parede

Richard: se você não pode ser meu, então não vai ser de mais ninguém

Ele pegou uma faca de seu bolso e estava pronto pra me matar. Tentei fugir ma ele não deixou. E quando ele foi enfiar a faca em mim, Gregory o puxou para trás fazendo ele dar espaço para eu fugir. Mas Richard se virou para ele e o cortou no braço. Eu fiquei com uma raiva tão grande que dei um soco em Richard e ele caiu no chão. Fui até ele e o peguei pela gola da camisa e estava prestes a dar mais um soco nele mas ele enviou a faca fundo no meu ombro e depois a retirou o que fez doer mais ainda.

Gregory P.O.V.s on~

Ver aquela cena me deixou com uma dor no peito enorme fora a dor que eu estava sentido pois o corte que Richard fez em mim foi profundo. Ele veio até mim com a faca na mão e um sorriso maligno. Eu me levantei e peguei um estilete em meu bolso

Richard: acha mesmo que vai consegui me ferir?

Eu corri até ele e antes que ele pudesse reagir eu deixei um corte em seu rosto. Podia ver o ódio nos olhos dele. Então ele correu até mim e tentou me dar uma facada mas eu desviei e ficou assim por um tempo até que eu consegui tirar a faca da mão dele mas ele me pegou pelo pescoço e me colocou contra a parede. Ele pegou o estilete de mim e enfiou na minha coxa e ficou afundando cada vez mais até que ele retirou e aproximou de meu rosto. Fechei os olhos e aceitei que ia morrer. Esperei alguns segundos e não aconteceu nada e quando abri os olhos vi Richard desmaiado na minha frente com a cabeça sangrando e Plush segurando um bastão. Ele veio até mim e me abraçou e eu retribui.

Inspetora: mas que gritaria é essa? Meu pai eterno!

Ela rapidamente pegou o telefone e chamou a policia

[Quebra de tempo]

A polícia e também uma ambulância já havia chegado. Eu e Plush já estávamos com curativos e sentados um ao lado do outro

Eu: então... Sobre o Sammy...

Plushtrap: eu não vou contar

Eu: por que?

Plushtrap: por que a autora não quer que o final seja triste

Autora: NÃO É PRA FALAR DE MIM FILHO DA PUTA!

[Take 2]

Plushtrap: porque eu não quero que nada aconteça com você. Isso que você fez com Sammy não foi certo mas eu te entendo, ele estava te ameaçando (autora: tá que na vida real seria assim / Plushtrap: só continua escrevendo)

Ele segurou meu queixo e se aproximou de mim com um olhar apaixonante. Eu me aproximei dele e fechei meus olhos pronto para beija-lo também mas ele recuou e começou a rir de mim então logo percebi que ele estava tiranos sarro de mim

Plushtrap: o que foi?

Eu fiquei com raiva e mais corado que já estava e comecei a bater nele (de leve) e o xingar enquanto ele não parava de rir

Eu: aaaaaah! Loirinho do demônio! Vai toma no cú seu idiota!!!

Plushtrap: heh você fica muito fofinho com raiva

Eu cruzei os braços e virei o rosto mas ele pegou meu queixo fazendo eu olhar para ele e me deu um beijo (sem língua... Infelizmente -_-) calmo e doce até percebermos que haviam um monte de adultos olhando pra nós dizendo "owwwwn! Que lindinhos" e pela vergonha nos separamos.

Golden Freddy: Plush!

Os pais de Plush chegaram e Golden desesperado correu até lá, já Spring estava mais de boa

Golden Freddy: você ta bem? Está ferido?

Plushtrap: não não! Só to usando curativo porque eu acho legal mesmo!

Springtrap: boa filhão!

Golden Freddy: Não incentiva Spring!!

Me segurei para não rir. Plushtrap aproximou sua mão da minha e eu então coloquei a minha em cima da dele

Fim





Será?





Talvez não....




Quem sabe...




Bônus ~ (spoiler -ω-)

Autora: haha amo fazer isso

Richard: olá senhorita Rafa, eu voltei - disse com un sorriso maléfico estampado no rosto

Autora: eta cuzão ( •-•')


Notas Finais


É o fim da fanfic? Será? Não sei :)
Agora eu tenho uma coisas a dizer... Essa escola não tem câmera não? Os caras tão se matando e a câmera não ta vendo?
Obrigado por ter lido!
Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...