História Amor De repente - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kisame Hoshigaki, Konan, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shion, Shisui Uchiha, Tobirama Senju, Tsunade Senju, Zetsu
Tags Colegial, Naruto, Romance, Yaoi
Exibições 35
Palavras 1.555
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii Povinho Louko como vocês estão, em?

Bom aqui esta mais um capítulo a vocês, e talvez não consiga postar quinta e sexta, pois na minha escola esta tendo Olimpíadas, e ficarei a tarde todo na escola e voltarei um pouco tarde pra casa, mais vou tentar já escrever os capítulos agora pra depois só postar.

Bom aproveitem o capítulo.

Capítulo 27 - Você aqui !!


Fanfic / Fanfiction Amor De repente - Capítulo 27 - Você aqui !!

Você Aqui !!:

Deidara Falando:

Hoje e segunda-feira e eu tenho aula que é um pé no saco, mais eu me levantei mesmo assim e fui tomar um banho parecendo um zumbi, vocês devem estar pensando no que eu fiz no Domingo, bom eu fiquei um pouco na casa dos meus pais, e depois fui passear com o grupo, mais depois eu conto isso melhor pra vocês, eu terminei de tomar banho e me troquei, em quando eu me trocava eu me senti sendo observado, eu as vezes olhava pra traz mais não via ninguém, quando termino de me trocar eu vejo todos os locais  do meu quarto e não encontro ninguém, eu saiu no corredor e vou até o quarto de visitas, e olha o que eu encontro lá, meu irmão de uniforme só esperando eu entrar lá.

- Naruto o que você ainda faz na minha casa? - digo dando um chute na porta.

- A mais você deixou eu ficar aqui o tempo que eu queria - diz ele sorrindo pra mim.

- Eu deixei você ficar aqui uma semana e não dois meses - digo berrando pra ele.

- Tá hoje eu volto pra casa dos meus pais - diz ele fazendo um olhar de cachorro abandonado.

- Tá você pode ficar mais um mês comigo... Mais se você fizer uma merda se quer eu te jogo pra fora desda casa, me ouviu? - digo vendo ele fazer que sim com a cabeça.

 Como eu odeio esse garoto, mais eu não posso fazer nada ele e meu irmãozinho querido, mais do mesmo jeito ele e um pé no saco, mais deixando isso de lado, eu desci as escadas e vou pra cozinha preparar algo pra gente comer, eu preparei algumas panquecas e quatro lanches básicos, eu também fiz um suco de uva, eu coloquei tudo em cima da mesa e fui ver se meu irmão desceria logo pra comer, fui subindo as escadas e me deparo com um ser olhando pro celular com um olhar de pavor.

- Naruto você ta...- não terminei a frase pois vi o que estava escrito no celular.

- Naruto quem mandou isso - digo pegando o celular dele.

- Eu não sei... Mais acho que é aquele homem - quando ele diz isso eu percebi que no final da mensagem tinha uma cobra.

- Naru... Eu acho melhor você trocar de número de celular, e hoje se ver alguém suspeito me ligue ou mande mensagens imediatamente ok? - pergunto vendo ele fazer que sim com a cabeça.

- E melhor a gente comer logo - diz ele e concordo com a cabeça.

Ficamos nos encarando em quando ficávamos comendo, eu estava ficando irritado com aquilo até que a campainha toca, eu me levantei e fui atender, eu não sei o porque mais fiquei com muito medo de girar aquela maçaneta, mais eu tomei um pouco de coragem e abri a porta, e por sorte não era quem eu esperava que estivesse por  traz da porta, era o Sasori que veio me buscar pra ir a escola, e tinha uma pessoa a traz dele, eu meio que me inclinei um pouco e vi que era o Sasuke.

- Entrem daqui a pouco a gente vai -digo dando espaço pra eles entrarem. 

- Certo, mais não demorem muito - diz o Danna me dando  um beijo.

- Oi Dei, o Naruto está - diz ele meio que envergonhado.

- Está sim, você o encontrara na cozinha - digo dando um sorriso.

- Obrigada Dei - diz ele me retribuindo o sorriso e entrando.

Eu fui até a cozinha e vi que o Naruto comeu todo a minha comida, eu nem sei como ele come tanto e não engorda, eu tenho inveja disso nele, esse garoto sempre comeu que nem um bode, eu as vezes acho que tem um monstro na barriga dele, mais deixando isso de lado, eu lavei tudo e deixei já em seu devido lugar, e também já que tinha tempo eu preparei um almoço pro Naruto, e pedi a ele que dividisse com o Sasuke, eu também fiz um almoço pra mim, eu arrumei tudo e fomos até nossas escola, chegando na escola do Naru dou um thau a ele e vou até a minha escola, chegando lá vi que o sinal bateu e fomos correndo pra nossas salas, a primeira aula seria de biologia.

- Senhores Deidara, e Sasori - diz o professor e nos dois olhamos pra ele.

- Vocês me faram um trabalho de biologia, para a semana que vem - diz ele e nos concordamos com a cabeça.

Sempre que eu olho pro professor de biologia ele me traz um ar familiar, mais as vezes deve ser só impressão minha, o nome do professor era Orochimaru, ele dava aula pra gente de varias matérias, mais as vezes eu vejo que ele fica me encarando ou até mesmo me secando, eu não sei o que ele quer comigo, mais acho que não seria algo muito agradável, eu me tiro desses pensamentos com um bilhetinho que vou parar na minha mesa.

-" Oi sua Loira oxigenada, como vai?, bom primeiro não estou aqui pra ser boazinha tá, e eu terei minha vingança daquele dia tá"- diz o bilhete da porca.

-" Olha só sua porca, e melhor deixar essas sua mãos longe do meu namorado se não, eu te mato "- escrevo no bilhete e ela me devolve.

-" O Sasori  me pertence, e é você que não tem direito algum dele "-diz ela no bilhete, eu só não xinguei ela na hora por causa do professor ter chamado a  atenção dela.

-" Sua Vaca Velha, se encostar um dedo nele eu raspo tua cabeça "- quando dou o bilhete a ela, ela se levante e diz.

- Professor o Deidara me chamou de Vaca Velha - diz ela fingindo estar chorando.

- Professor ela me chamou de Loira Oxigenada - digo me levantando.

- Senhorita Ino, você não deve chamar alguém de loira oxigenado- diz o professor, e eu meio que dou uma risada malvada por dentro.

- E Senhor Deidara, Não chame as pessoas de Vaca Velha - diz ele pra mim.

- Certo - digo me sentando na cadeira.

Depois de um tempo eu vi a Ino se levantar de novo, só que ela não se sentou por um bom tempo, quando o professor se virou ela fingiu estra chorando um pouco e disse.

- E u não aceito isso - diz o Ino ainda de pé.

- Não aceita o que Senhorita Ino? - Diz o professor colocando suas coisas na mesa e indo até ela.

- Eu não aceito que o Deidara fique com o MEU Sasori, ele e só meu e não dele- quando ele diz isso vejo um povinho me olhar ( isso me deu uma vergonha ).

- Senhorita Ino, se ele quiser ele pode ficar com quem ele quiser, e a você não manda nele - quando ele diz isso pude ver a Ino chorar um pouco.

- E Senhor Deidara - diz ele pra mim.

- Si-Sim - digo meio que envergonhado.

- Pode por favor falar  a ela algo sobre o Sasori - diz ele e não pude deixar de notar, mais quando ele terminou de falar aquela frase ele me fez lembrar e algo ruim no meu passado.

- Dei... Dei - diz o Sasori  se levantando.

- Ele... Ele... E aquele... Homem - digo fazendo um cara de pavor e desespero.

- Deidara você esta bem ?- pergunta o professor.

- Ele ta sim, ele só lembrou de uma coisa ruim do passado dele - diz o Danna.

Depois disso, eu meio que fiquei apavorado de que  o meu professor fosse o homem que arruinou meu passado, ou melhor o passado do Nagato, eu vi que o tempo toda ele ficou me olhando, eu só consegui fazer cara de desespero a cada vez que ele me olhava, a aula terminou e quando eu estava saindo da sala sinto alguém me puxar pra dentro da sala, eu achei que fosse o Danna, mais na verdade era o professor.

- Se lembra de mim Dei ?- diz ele.

- Co-Como assim - digo em  desespero, e claro que eu sabia que era ele mais teria que confirmar isso.

- Oras, não se lembra de quem arruinou o seu passado, ou melhor o passado do Nagato - diz ele passando a sua mão no meu rosto.

- E... E você, o homem que raptou a gente - digo vendo ele fazer um sorriso malicioso.

- Acertou - diz ele.

- DANNA SOCO- não consegui terminar pois ele tampou minha boca.

Depois que eu tampou minha boca eu me senti dormente, eu não sabia descrever aquilo, mais eu poderia ter sido dragado por ele de alguma forma, mais em quando eu caia no chão pude ver o Danna andando na minha frente até o patio, eu só consegui esticar a minha mão até ele e quando estava prestes a fechar os olhos vi uma pessoa me vendo caído no chão, não consegui descrever quem era pois minha visão tinha ficado embasado e e antes de eu apagar por completo deixo um lagrima cair do meu rosto e depois eu acabo apagando por completo.

 

 


Notas Finais


Oii Povinho Louko então esse foi o Capítulo, e o que será que pode acontecer com o Dei?

Bom espero que tenham gostado, se gostarem comentem ou favoritem.

Bjs SEUS LINDOS E LINDAS.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...