História Amor De repente - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kisame Hoshigaki, Konan, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shion, Shisui Uchiha, Tobirama Senju, Tsunade Senju, Zetsu
Tags Colegial, Naruto, Romance, Yaoi
Visualizações 53
Palavras 1.427
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii Povinho Louko Como vocês estão, em?

Bom aqui está mais um capítulo a vocês.

Bom aproveitem o capítulo.

Capítulo 29 - O Deidara foi....!!!


Fanfic / Fanfiction Amor De repente - Capítulo 29 - O Deidara foi....!!!

O Deidara foi...!!!:

Ino Falando:

Eu avia passado o maior mico na classe por causa daquela Loira Oxigenada dos infernos, ele não tem direito de ficar om o MEU Sasori, mais a gora não adianta eu fazer nada contra ele, pois todo mundo aceita a relação dos dois, até o professor aceitou na boa a relação dos dois, eu queria muito matar o Deidara mais do que adiantaria né, bom eu pedi licença e fui no banheiro retocar a minha maquiagem que borrei com o choro, em quando eu estava no banheiro antes de sair dele, eu ouvi duas garotas conversando entre si, sobre o assunto que aconteceu na sala de aula, eu fiquei quietinha e ouvi a conversa delas.

- A Ino hoje teve estar tão acabada, depois daquilo - diz uma garota.

- Mais eu acho que ela merecia isso, sinceramente eu acho que ela devia parar com isso, e aceitar a relação dos dois - diz a outra garota, isso fez meu coração doer um pouco.

- Bom mais eu tenho sorte de não estar na pele dela agora - diz a putra menina.

- Concordo totalmente com isso - diz a outra.

Pude ouvir as duas se distanciando de onde estavam, eu pude sentir meu coração apertar naquela hora, mais elas tinha razão de um coisa, eu deveria aceitar a relação deles, e procurar outra pessoa pra eu amar, bom se eu não puder aceitar a relação deles não poderei seguir em frente né, mais deixando isso de lado eu estava voltando pra sala pra poder pegar o meu almoço, mais e quando eu voltava pude ver o Deidara caindo no chão, mais eu notei que ele estava esticando a mão pro Sasori e pude notar que ele deixou uma lagrima escorrer de seus olhos, mais eu aproveitei e me escondi, pois o tinha uma pessoa puxando o Dei pra fora da sala.

- Quem ele é? - quando digo isso vejo que era o professor de biologia.

- Pro-Professor... Ma-mais... Por que? - digo em pavor, mais eu não deixaria isso barato eu peguei meu celular e tirei uma foto.

Eu fui correndo em direção ao patio para poder achar o Sasori, para lhe contar que o Dei foi Raptado, e ainda foi raptado pelo professor, eu cheguei ao patio e procurei ele pelo patio todo, quando finalmente o encontro com o grupo dele, eu saiu correndo até, ele quando chego lá eu levando um dedo pra ele me dar um tempo pra eu respirara, dai ele fez uma cara de cu, o que não novidade pra mim.

- O que você quer? - diz ele fazendo cara de cu.

- Bom talvez você não acredite mais... eu vi o Deidara ser levado ou melhor ser raptado pelo professor de biologia - dio vendo ele fazer um cara de riso.

- Impossível, isso nunca aconteceria - diz ele se achando o sabe de tudo.

- Então pode me explicar essa foto que eu tirei vendo o Dei ser levado - digo mostrando ele, quando mostrei vi ele fazer uma cara de preocupação e pavor.

- Esse cara... Onde você o viu ser levado - diz ele.

Eu fui explicando melhor o que eu tinha visto no caminho até a sala, e pude notar que não foi só ele que foi junto comigo, mais sim o grupo todo dele foi com a gente, quando chego no local eu mostro um pra eles o que eu tinha visto, dai eu fingi ser o professor arratando o corpo do Dei até uma porta, eu disse que depois daquilo eu não vi mais nada.

- Foi até aqui que eu pude ver ele - digo fazendo uma cara de decepcionada.

- Tudo bem, vamos fazer o seguinte, nos separaremos em grupos de duas pessoas pra procurar o Dei em volta desse local, entendido - diz ele e todos concordam com a cabeça.

- Ino preciso que você me ajude, mais ficar me agarrando, se não eu te mato - diz ele.

- Tudo bem, eu já aceitei sua relação com o Dei, não te amo mais Sasori pode ficar tranquilo - quando digo isso parece que algo pesado saiu de meus ombros.

Nós começamos a procurar qualquer coisa que pertencia ao Deidara, até que um dos grupo falou ter encontrado uma pulseira, o Sasori verificou a pulseira e disse que era do Dei, então nos começamos a seguir aquele caminho, eu fui na frente de todo mundo e não sei o por que, mais algo dentro de mim queria muito ajudar ele, quando chegamos mais perto pude ouvir vozes de duas pessoas conversando, quando chego mais perto faço um sinal de silencio e também para pararem de andar.

- Então esse e o tal garoto que você queria? - diz a alguém que parecia ser a voz de um homem.

- Eu demorei anos pro encontra-ló, mais agora ninguém vai tirar ele de mim - quando ele diz isso vejo que o Sasori queria se levantar mais eu o seguro.

- Me solta agora Ino - diz ele.

- Mais se você for pego, o Dei não terá ninguém pra acreditar que o salvara a todo custo - digo vendo ele se acalmar um pouco.

- Você tem razão... Mas você consegui ver quem esta ali - quando ele diz isso me inclino um pouco e vejo um pouco da outra pessoa.

-Bem tem uma pessoa ali que tem... Um cabelo longo e pareci que o cabelo bati na cintura, e o cabelo dele tem cor marrom escuro e.... seus olhos são como perolas- quando digo isso me viro pra eles e vejo o Sasori fazer uma cara de raiva.

- Ino.. Nessa pessoa que você descreveu agora tem uma faixa na cabeça - diz ele.

- Bom... que que vejo sim e está cobrindo toda a testa dele - digo vendo a pessoa a minha frente.

Quando termino que falar aquilo um som de caminhão dando a partida começa, eu não pude me conter e me mostrei um pouco, eu vi o caminhão saindo de lá na minha frente, minha vontade era de gritar socorro mais, ninguém ouviria, pois estávamos um pouco distantes da escola, mais em vez de eu gritar socorro eu não sei o porque mais eu só consegui correr naquela hora, eu não fui a unica a correr a traz do caminhão, pude notar o grupo todo também correndo, mais não adiantou muito pois o caminhão já estava muito longe de nós.

- Isso tudo e culpa minha... se eu tivesse ficado com... ele naquele instante - diz o Sasori a joelhado no chão chorando.

- Cara isso não e culpa sua... você não sabia que isso iria acontecer - um cara que acho que se chama Itachi.

- Ele tem razão, você não e o único aqui que quer salva-ló - diz um cara com um monte de piercing na cara.

- Você não precisa ficar assim, o Dei e muito forte, ele já suportou varias coisas que você não imagina - diz a Konan, bom eu acho que esse e o nome dela.

- Obrigado gente, vou falar com a diretora se posso ir mais cedo pra casa, e já aproveito e pego o Naru e o Sasu no caminho, Itachi você vem comigo - diz o Sasori e todos no concordamos.

- Certo, eu já vou falar pra minha mãe que vou dormir na sua casa - diz ele e o Sasori concorda com a cabeça.

- E mais uma coisa... Ino não conte a ninguém que o Dei foi raptado, certo? -diz ele.

- Eu não contarei a ninguém, e vou ajudar vocês a resgatar o Dei - digo vendo todo mundo sorrir pra mim.

Eu não sei o porque mais naquele momento eu queria muito ajudar eles, eu queria ajudar eles pois queria me desculpar com o Deidara por tudo o que eu fiz, pois agora sei que fui egoísta e também super idiota, eu acho que não aceitei a relação deles por causa que meus pais se separaram, e meio que meu pai ficou com um cara, acho que foi dai que eu fiquei com raiva dele por ter ficado com um outro homem, e estava descontando tudo nele, mais agora isso não me atrapalha, pois eu quero muito ser amiga do Dei, pois quero saber o Shampoo quele usa no cabelo dele, pra ficar tão sedoso e liso, tá eu meio que viajei na maionese agora, mais eu vou ajudar eles, custe a que custar.

 


Notas Finais


Oii Povinho Louko este foi mais um capítulo a vocês.

Eu sei que o capítulo ficou meio que um conto de fadas, mais eu não queria deixar ela ficando longe do povo, pois eu meio que acabei colocando um pouco de mim quando ele fica um pouco distante dos outros... Mais agora ela ficara junta de todos (Mais eu ainda vou explodir ela, em um capítulo) eu prometo.

Bom espero que tenham gostado, se gostarem comentem ou favoritem.

Bjs SEUS LINDOS E LINDAS.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...