História Amor de Verão - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?), Maria Júlia Trindade
Personagens Lukas Marques, Maria Júlia Trindade, Personagens Originais
Tags Lukas Marques, Maju Trindade
Exibições 17
Palavras 1.935
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura 💙🌚


Bah, comentem a fic por favor, preciso saber se estão gostando ou não, comentários incentiva a gente.

Capítulo 27 - Supresa - Parte final


Fanfic / Fanfiction Amor de Verão - Capítulo 27 - Supresa - Parte final

1 semana depois…

Acordei tarde hoje, passei a mão sobre a cama a procura de Lukas e não o encontrei, ele acordou cedo a cama estava fria, passei a mão sobre a barriga, "bom dia pontinho", me levantei e fui para o banheiro fiz minhas higiene matinal e desci para toma café, assim que entrei na cozinha a mesa estava posta, havia alguns balões em formato de coração, e algumas fotos nossa.
- Lukas?Ei Lukaas- ele estava de costas para mim.
- Bom dia mamãe linda…senta aqui, quero te falar algumas coisas...eu sempre imaginei encontrar uma mulher que me trouxesse paz, conforto e que eu me aceitasse exatamente como eu sou. Aí eu conheci você, e você não era nada disso. Ao invés de paz, você trouxe um monte de novidades para minha vida. Ao invés de conforto, você trouxe um novo modo de pensar, novos lugares para conhecer. E ao invés de me aceitar como eu sou, você fez eu descobrir que eu poderia ser muito melhor. Nós somos muito diferentes, mas somos diferentes de um jeito que eu acho perfeito, porque a gente se complementa. Você é tudo que estava faltando na minha vida, e eu espero, sinceramente, poder ser o mesmo para você. O normal seria eu dizer agora ‘Nunca mude e continue a ser essa mulher que eu amo’, mas na verdade eu vou dizer ‘Continue mudando, porque assim você continua mudando minha vida’. Eu te amo cada vez mais, e cada vez de um jeito novo, quero te entregar isso, que é para oficializar o nosso namoro.- ele me entregou uma caixinha.
- Aí meu Deus Lukas…Não há amor maior que o meu por você e, acredito que a recíproca seja verdadeira, pois tenho muita confiança em tudo o que você me diz, em tudo o que você faz, em todos os seus gestos e atitudes.Há muito tempo desfrutamos de uma linda convivência. Convivência marcada pela doação e pela dedicação. Pelo sentido mais estrito de amor. Não me imagino sem você. Se você não existisse, o mundo seria muito mais pobre para mim. Você me traz paz, esperança, conforto e uma espécie de riqueza que eu não sou bem capaz de definir. De alguma forma, você me transforma em um ser humano mais válido e mais valioso.Você me faz perceber belezas que eu não perceberia sem a sua presença. Você tem o dom de sufocar tristezas, alimentar belezas, transformar em esperança o que poderia se converter em desespero.Não é à toa que eu te amo. Não é à toa que o meu pensamento dorme e acorda consigo. Em todos os momentos do dia, da tarde, da noite ou de madrugada, mesmo quando estamos fisicamente distantes, o meu espírito está com você. Tenha esta certeza.A vida sempre revela surpresas para todos, às vezes boas e às vezes más. Mas para mim saiba que você foi a mais agradável surpresa que já me ocorreu. Você transformou minha vida gris e insossa em algo mais colorido, saboroso e salubre.O seu convívio me faz mais humano, me faz perceber que o mundo precisa, mesmo, ser recheado de amor, de bons propósitos, de intenções puras. Assim, eu jamais cansarei de repetir que o meu coração é todo seu. Pois você só me faz sentir coisas boas, me conforta sempre, me alivia dores. Não deixa que lágrimas escorram pelos meus olhos e quando, por acaso ou falha da natureza, elas escorrem, você logo as enxuga e me beija.Enfim, conte sempre comigo. Para tudo e para sempre. Definitivamente, estou com você. Jamais admitiria saber-lhe triste ou carente. Aconteça o que acontecer, sempre conte comigo.Receba meu beijo imenso, sincero e carinhoso. E, mais uma vez, tenha a certeza de que estou sempre consigo.o abracei e logo selei nós lábios em um beijo calma e cheio de amor.
Depois tomamos café, lavamos a louça, subi correndo para o quarto do nosso bebê e arrumei o quadro com as nossas foto.
- Lukaaaaaaaaaaaaas, corre.- gritei por ele.
- Oi…oi, tá tudo bem?- ele subiu correndo, tadinho.
- Tá sim amor, só quero te entregar isso aqui.- lhe entreguei o quadro.
- Meu Deus Maria achei que você estivesse passando mal.-ele disse enquanto tirava o embrulho do quadro.- CARALHOOOOO, nossas fotos, é lindo Maria. Amo você.- ele me abraçou.
Depois disso fomos até a faculdade para trancar a minha matricula e depois passamos a tarde inteira assistindo e jogando algumas coisas, e comendo várias coisas, e por fim começou os enjoos, a cada 30 minutos eu ia ao banheiro, se não fosse vomitar era para fazer xixi. A noite chegou e nós fomos dormir.

3 meses depois…

Hoje seria o dia de descobri o sexo do bebê, eu estava muito empolgada, Lukas nem se fala, tava tão ansioso que acordou primeiro do que eu, e não me deixou dormir mais.
- Acorda dorminhoca, vai tomar banho, jaja tá na hora da consulta.
- Calma amor, tu tá com tanta pressa.
- Claro já esperei 5 meses para isso.
- Tá já vou pai.
- Vai bobona.
Me levantei me arrastando e fui tomar um banho quente, assim que sai do banho parei em frente ao espelho e fiquei admirando minha barriga, estava uma graça, sai do banheiro e coloquei um vestido cinza longo desci para tomar café.
- Amor…te fiz uma salada de frutas.
- Ok…já estou indo.
Meu celular começou a tocar desesperadamente, eu não sabia onde ele estava, procurei por toda a sala e achei o mesmo em cima da estante.

Ligação ON

Eu: Alô?

Número privado:…

Eu: Alô? Quem é?

Número privado:…

Eu: Que palhaçada eu sei que tem alguém aí…to ouvindo tua respiração.

Ligação OF

Desligaram na minha cara, sem dizer nada, que estranho. Essa não foi a primeira vez, já faz alguns dias que tenho recebido essas ligações privadas, não comentei nada com Lukas pois não queria deixá-lo mais preocupado que o normal.

- Quem era amor?- Lukas perguntou.
- Não sei…ficou mudo, só ouvia a respiração.
- Vem comer, se não vamos nos atrasar.
- Ok…

POV Lukas

Faz alguns meses que está chegando algumas carta endereçadas para Maria, sempre feita da mesma forma, com letras de jornal e o mesmo conteúdo, dizendo " Estamos voltando ", eles quem? Ainda não descobri quem está fazendo essa brincadeira, e agora está chegando alguns presentes um pouco macabros. Ontem chegou os dois juntos. Primeira vez, veio junto com alguns presentes de fãs que estamos recebendo constantemente.

Flashback ON

- Lukas…mais uma carta para Maria e outro presente.
- Vamos ver o que é.
Peguei a caixa e a carta das mãos de Daniel e fomos para o estúdio ver o que seria. Ao abri a caixa levei um baita susto, havia três ratos mortos, com os nossos nomes, o meu, o de Maria, e o outro rato que era um filhote estava escrito apenas "bebê". 
- Porra…que merda é essa?
- Caralho pego pesado hein. E a carta?
- O de sempre. " Estamos voltando".
- Quem está voltando meu Deus? 
- Não faço ideia, dever ser o Feliphe.
- Só pode né.

Recolhi tudo e joguei no lixo, verifiquei os outros presentes para me certificar que não havia mais nada de macabro.

Flashback OF 

- Lukas…Lukas?Vamos.
- Ah…é…tá pronta né?! Vamos.
Pegue as chaves do carro, a bolsa dela e fomos para o carro, no caminho fomos ouvindo música e ela gravando alguns snaps.

POV Maddu 

Snap ON

~Bom dia meus amores, hoje tenho supresa para vocês~

~Hoje vamos descobrir o sexo do baby Marques~

~E adivinhem quem é o papai mais ansioso do mundo, isso mesmo Lukas Marques~

~Ah, claro esperei 5 meses para descobrir o sexo do bebê~

~Bom chegamos aqui na clínica, assim que acabar o exame eu volto, valeu~

Snap OF

Chegamos na clínica, eu estava tão nervosa, minha mão estava suando tanto, fiz o cadastro e esperei ser chamada pelo médico, parecia um eternidade, até que enfim fui chamada.

- Maria Eduarda Campos Venturine?
- Aqui…
- Pode vir por favor, tem algum acompanhante?
- Sim…meu namorado.
- Ele pode vir também para ver o bebê.
Entramos na sala e eu me deitei na maca, Lukas se sentou ao meu lado e pegou em minha mão, levantei a blusa até abaixo dos seios, e o médico passou um gel bem gelado em minha barriga e após colocou o aparelho de ultrassom em minha barriga, começamos a ouvir um barulho que a princípio parecia um chiado mas logo depois podemos perceber que era o coraçãozinho do nosso baby.
- mamãe e papai esse é o som do bebê de vocês.
- Aí meu Deus…- senti as lágrimas molharem meu rosto e senti Lukas apertar mais forte a minha mão.
- É tão rápido.
- Agora vamos descobrir o sexo…e temos aqui…hm…um menino.
- Caramba um menino…Jesus.
- Ok…mamãe o meninão está saudável, está bem forte, continue com essa alimentação e faça alguns exercícios nada de muito pesado, mais uma caminhada mesmo, ok?
- Ok Doutor.
- Então por hoje é só isso, até mês que vem.
- Ate Doutor, obrigada.
Assim que saímos do consultório médico Lukas resolveu que iríamos comprar as coisas para o quarto de Henri, a caminho do shopping fomos cantando e gravando alguns snaps.

Snap ON

~Opa galera voltei, estamos indo comprar as coisas para o quarto do Henri.~

~Isso mesmo, teremos um menino, que vai se chamar Henri Lucca~

~Papai está super feliz e a mamãe também.~

Snap OF

Fomos ao shopping e escolhemos a decoração do quarto do Henri, optamos pelas cores azul e branco, com um tema de marinheiro, pois eu adorava, comprei um letreiro com o nome dele, por fim compramos tudo e fomos para casa, para começar a pintar as paredes. Estávamos saindo do shopping quando eu senti que havia alguém nos seguindo desde a loja de decoração até agora, parei e fiquei olhando para trás.
- Vamos Maria…o que foi?- Lukas pegou em minha mão.
- Esto com a sensação de que havia alguém nos seguindo.
- Pode ser algum fã, venha.
- É pode ser.
Fomos para o carro, estávamos saindo do estacionamento do shopping, quando eu vi Feliphe, eu tinha certeza que era ele, ele estava parado ao lado do estacionamento, e sorria para mim, daquela forma sinistra, imediatamente meus olhos começaram a encher-se de lágrimas, não me contive o medo tomou conta de mim, então comecei a chorar lembrando do sonho.
- LUKAS ELE VOLTOU, OLHA ELE ALI. - apontei para onde ele estava.
- Calma Maria…meu amor não ha ninguém ali.
- O que?Como assim?- olhei novamente e não havia ninguém.- Eu não estou ficando louca.
- Não…não está, só relaxa.
- Ok…ok.
Sera que estou vendo coisas?Mas eu juro por tudo que é mais sagrado nesse mundo que era Feliphe ali. Chegamos em casa e começamos a tirar as coisas que eu havia colocado para gravar o vídeo, pintamos tudo inclusive nos mesmo.
- Amor…não, é pra pintar a parede não a mim.
- Você fica linda de azul.
- Ah sai Lukas.- ele me abraçou e selou nossos lábios.
- Hm…vou comer, tu vem?
- Bora.
Jantamos, lavamos a louça e depois terminamos de pintar o quarto, que ficou lindo. Então fomos tomar um banho quente.
- Tu vai vir ou vai fica aí me olhando Lukas?
- Só estou apreciando a mulher mais bonita do mundo.
- Não…estou gorda.- disse com a voz manhosa.
- Claro que não, está mais bonita.- ele disse se aproximando e me beijando.
- Vem…vamos tomar banho.
Tomamos apenas banho, e bem demorado e depois fomos dormir eu estava vasta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...