História Amor diferente - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 512
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oiê sejam bem vindos a minha historia Amor diferente .
Bem essa historia é sobre lesbicas e essa é uma nova coisa para mim porque eu Não sou apta a Yuri mas eu perdi uma aposta por isso espero que gostem .

Capítulo 1 - Capitulo piloto


Fanfic / Fanfiction Amor diferente - Capítulo 1 - Capitulo piloto

Vamos falar de amor , 

Como eu vou explicar? .

Naiades 

 Mas uma noite em que passarei sozinha , nesse longo apartamento , virando garrafas de vodka ou tequila pela goela abaixo , Não me preocupo com nada já que ainda só tenho 76 anos de minha vida conta que beber até Não poder mais , isso é que é vida , mas ainda sinto falta de algo em minha vida , Um amor , talvez um amor diferente para ser algo explosivo , 

- Eh mana - minha irmã sandra entrou batendo a porta com muita força  - No hospicio onde você saiu Não te ensinaram a bater a porta ? - perguntei virando para ela com a garrafa de vodka na mão - ensiaram , mas você  Não é preciso única coisa util que você faz é mastubar- se sem parar já que você desta homens - ela disse enquanto tirava a garrafa transparente de minhas mãos  e dando um grande goel em minha naquele líquido acçido - eih  minha bebida - maninha onde você baixou ainda nem são 10 horas e você já quer tar bebâda - ela começou a rir enquanto dava goles quando podia - hahahahah que piada - eu ri sarcásticamente enquanto tirava a garrafa de suas mãos  e dei um gole .

A porta abriu e nela apareceu um homem negro de barba acinzentada , e um pouco de cabelos brancos .

- PAi - a Sandra gritou fazendo eu quase me engasgar com a  bebida - pai o que o senhor faz aqui ? - ora um pai Não pode vistar suas filhas - ele olhou para mim com ar de ofendido - bem geralmente o senhor vem quando quer que eu faça algo - disse dando um gole na bebida - bem eu quero que você assuma o meu posto na Robert's industris  - eu engasgei me e cospi o líquido. - o que , quê o senhor disse ?!

{×××}

Eloise

"Qualé  elô foi só um beijinho - UM BEIJINHO , VOCÊ BEIJOU A MINHA PRIMA SEU LERDO - eu gritava enquanto andava para sair d'aquele apartamento , eu estava farta , sempre a mesma merda , ele me trai , nos separamos , nos vemos , beijamo nos , fodemos , só depois voltamos , que merda estou vivendo pareço que vivo num lupe onde Não consigo sair mas hoje será o meu dia onde vou esquecer Arthur saudabel , ele é tão idiota mas ainda amo ele infinitamente Argh - elô espera ai _ ele segurou me braço fazendo eu olhar para ele - ouve me , eu amo você , e eu quero você.  E se você acha que Não amo você entra nesse carro e vai te embora - ele disse dando me passagem para eu entrar no carro e eu o fiz , liguei o carro e fui até eu dar a volta e pisar seu pé .

AGORA PENSA COMO DOI MAGOAR AlGUEM , HaHAHaH , Adeus estupido - eu disse depois de sair daquele sitio horrendo .

É facil basta dizer 

Eu amo






Notas Finais


Então o que acharam espero que gostem eu me esforcei nisso e desculpa pelos erros.
Não deixem de comentar e favoritar
Bjos de luz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...