História Amor dividido - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~luaaa16

Postado
Categorias Ariana Grande, Camila Cabello, Cara Delevingne, Daniel Radcliffe, Demi Lovato, Emma Watson, Fifth Harmony, Selena Gomez
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Cara Delevingne, Daniel Radcliffe, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Emma Watson, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Selena Gomez
Tags Ação, Camila Cabello, Camren, Lauren Jauregui, Lgbt, Romance
Visualizações 572
Palavras 3.872
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Orange, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem ❤

Capítulo 6 - Proposta


Fanfic / Fanfiction Amor dividido - Capítulo 6 - Proposta

  pov Dinah

- Eu to morta - Camila disse quando chegou em casa e se jogou no sofá - hoje teve trabalho pra uma semana 

- eu também estou um pouco cansada, mas eu irei sair pra relaxar um pouco. Vamos Camila, vamos relaxar e esquecer um pouco o trabalho e os problemas. Eu vou à um barzinho com a mani, o Harry, Louis e até a ally vai, vamos Camila, vamos nos divertir esquecer um pouco as coisas 

- Dinah, eu estou cansada

- amanhã você descansa, é sabado 

- não chee, eu irei ficar por aqui mesmo e descansar um pouco, se divirta e faz a ally beber ela é hilária quando bebe, irei ir tomar um banho e relaxar - ela veio até mim e me deu um beijo ma bochecha - boa noite chee 

- boa noite chancho - ela subiu e eu também, ela foi para o quarto e eu fui relaxar um pouco

[…]

- Estou dizendo à vocês, que eu vi a Michelle aos beijos com a Megan - Eu e alguns amigos estavamos em um barzinho não muito longe da mansão 

- a Michelle pegar a Megan, isso é de se surpreender - disse Harry

- não duvide de mim Harry, eu sei o que vi, e não me enganei 

- eu acredito em você, da Michelle eu espero tudo, mas a Megan fox é muita coisa pra ela 

- a Camila também é muito coisa pra ela - ally se pronunciou 

- eu não sei porque avisamos tanto a Camila sobre a Michelle e mesmo assim elas continuam juntas, a Camila não acredita em nada que falamos 

- Eu queria tanto que ela acreditasse ally, eu sofro com isso, com a Michelle traindo ela com qualquer uma e fazendo a Camila de idiota. Eu não sei mais o que eu faço pra fazer a Camila acreditar e mim. E por culpa da Michelle a Camila teve uma recaída, esses dias ela bebeu demais 

- sério? - Louis arregalou os olhos 

- sim, ela bebeu e acabou dormindo, eu acordei ela e cuidei dela, foi difícil ver ela daquele jeito, eu pensei que eu nunca mais veria ela daquele jeito, mas eu vi e doeu tanto - Normani chegou e se sentou, ela estava com a respiração muito agitada 

- me desculpem, uma das filhas do meu marido me seguiu, eu tive que despistar ela 

- Pra que? - perguntei - você só veio à um bar com os amigos, não tem nada demais 

- mas depois que eu sair daqui não vou pra casa, vou para outro lugar, eu disse à ele que eu iria à um barzinho com vocês, mas ele não sabe o que vou fazer depois 

- é o mesmo amante?

- sim, esse está me dando belos orgasmos - começamos a rir. 

Normani era uma bela mulher, ela é casada com um dos homens mais ricos de miame. A diferença de idade entre os dois é muito, chega até ser assustador, mas ele acha que ela o ama, o que é uma bela mentira pois ela trai ele com outros homens, e ele não desconfia de nada, ao contrário das filhas dele 

- Você sabe que eu sou contra traição, eu não gosto do que a Michelle faz com a Camila

- Dinah, isso são outros quinhentos, a diferença de idade da Michelle e da Camila é apenas 1 ano, já a minha...Eu preciso de alguém pra me bancar, sem ele eu irei morar onde? 

- você pode trabalhar, e até você se estabilizar nós podemos nos ajuntar e pagar um lugar pra você ficar 

- sim - ally disse tomou um gole do seu drinque - você pode ficar na casa de alguma de nós aqui 

- a Camila iria adorar que você morasse na casa dela 

- eu agradeço muito vocês, mas eu estou acostumada com o luxo 

- se você está dizendo...


   pov Michelle

Cheguei em casa e fui direto para o meu quarto, quando cheguei Camila já estava deitada mas não estava dormindo

- boa noite meu amor - fui até ela e dei um selinho rápido 

- chegou tarde hoje em 

- eu sei, teve muita coisa hoje pra fazer, vou tomar um banho. Você já pensou no que eu disse 

- pra falar a verdade eu não tive tempo pra pensar em nada, eu tive muita coisa pra fazer hoje acredita que...

- Camila, não me amola com essas suas bobagens, eu não to dando a minima pra isso, eu estou cansada e não quero me cansar mais ainda escutando você falar. Você sabe que eu não gosto quando você fala sobre o seu trabalho

- entendi...

- Camila, tira esse lençol de cima de você - ela tirou o lençol, ela estava com uma lingerie super sexy, que ela usou na nossa lua de mel. Quando eu vi o seu corpo não tive reação nenhuma, fiquei parada no mesmo lugar - Camila, o que eu falei sobre emagrecer?você está gorda Camila, quantas vezes tenho que te falar isso? você não emagreceu nadinha 

- me desculpe - ela se cobriu novamente - você tem que emagrecer, eu quero alguém normal ao meu lado e não como você está, uma gorda. Eu vou tomar banho - fui para o banheiro

[…]

- Sabe - Camila falou e eu revirei os olhos - você foi bruta demais, esta doendo sabe...- Camila falou depois de termos transado 

- Camila você sabe que eu sou assim, não venha reclamar, você que quis transar, agora vá dormir que eu também vou 

- boa noite mi, será que poderia me abraçar? 

- não - fui curta e grossa e virei para o outro lado 

 […]

No dia seguinte eu acordei bem cedo, tomei um banho rapido, me troquei e sai do quarto. Quando fui tomar o meu café, Dinah já estava acordada e tomando seu café da manhã 

- acordando cedo em um dia que não tem que trabalhar, já vai dar as suas escapadas né? - me sentei na mesa e disse: 

- eu não te devo satisfações da minha vida 

- UAL, você está tão educada hoje - ela sorriu e deboche 

- debochada 

- Mal caráter 

- hey - Camila estava vindo em nossa direção - vocês duas já brigando à essa hora da manhã? - Camila veio até mim e me deu um selinho 

- é essa débil mental, que gosta de implicar comigo e ficar inventando mentiras 

- Débil mental é você, mal caráter 

- sem teto - disse isso e ela ficou calada, dei um enorme sorriso  

- Michelle! - Camila me repreendeu 

- disse alguma mentira? é a verdade Camila, ela vive aqui de favor não é nada sua, não é nada minha e não é nada de ninguém que mora aqui, nem dos empregados - Camila ficou quieta, Dinah se levantou e disse: 

- perdi a fome - depois disso ela saiu 

- viu o que você fez? 

- vi, e disse somente a verdade, você sabe que eu sou sincera

- sinceridade é diferente de grosserias

- olha Camila, eu não to afim de brigar com você, não por causa da Dinah 

- Michelle, levanta dai e vá pedir desculpas à ela 

- desculpas? por que tenho que pedir desculpas? 

- por que eu quero que peça

- esqueça, daqui eu não saio 

- OK, eu irei falar com ela 


  pov Camila 

Quando cheguei no quarto de Dinah ela estava colocando algumas roupas em uma muchila 

- hey - chamei a atenção dela 

- o que pensa que está fazendo? 

- Estou arrumando as minhas coisas 

- pra que?  

- é obvio Camila, irei ir embora, não irei ficar em um lugar que não me querem por perto 

- para com isso - tirei a mochila de perto dela - você não vai ir embora, você vai ficar Dinah Jane! Você sabe como a Michelle é, ela sempre foi assim, ela fala as coisas sem pensar 

- eu sinto que já estou fazendo hora extra aqui dentro 

- claro que não, hey Dinah! - ela me olhou - para, esquece o que a Michelle falou, você sempre me disse que não liga pra Michelle e para as coisas que ela fala, mas não é isso que está parecendo 

- você realmente me quer aqui? 

- claro que sim, eu que te trouxe pra ca, eu não irei deixar você sair tão cedo, não por esse motivo. Você sabe que eu gosto de manter todo mundo unido 

- tem razão, eu não vou dar esse gostinho pra Michelle - ela pegou a mochila da minha mão e começou a tirar as roupas de dentro 

- Agora vamos descer, vamos tomar café eu estou com fome - descemos e a minha esposa não estava mais sentada na mesa 

- onde está a Michelle lisa? - perguntei para uma das empregadas que estava varrendo o chão 

- ela saiu quase agora, não disse pra onde ia não senhora 

- obrigada lisa, ela deve ter saido pra alguma emergência do trabalho 

- claro, uma emergência de trabalho quando a empresa ta fechada - nos sentamos e começamos a tomar café 

- deve ser pra outra coisa então, eu não irei ligar pra ela e perguntar pra onde ela foi, a Michelle odeia isso 


  pov Michelle 

- Pra onde estamos indo - eu e ariana estavamos no meu carro indo até um detetive particular 

- vamos há um detetive particular 

- pra? 

- Você quer viajar não quer? quer viajar por muitos paises 

- sim claro, a tempos que planejamos isso, mas não da porque a sua esposa tapada fica no pé - ariana começou a rir 

- Camila é muito idiota 

- isso eu tenho que concordar com você. Camila é tão idiota que com certeza não vai nem desconfiar que eu não sou eu 

- Como assim?  

- Em breve irá saber 

[…]

Estacionei em frente ao escritório do detetive particular que eu contratei. Toquei o interfone e pelas cameras ele viu quem era e o portão se abriu automaticamente 

- senhorita jauregui - comprimentei ele com um aperto de mão 

- essa é ariana - eles também se comprimentaram 

- sente-se, fiquem à vontade, querem algo para beber 

- nós não queremos, a unica coisa que eu quero é o que eu te pedi 

- sim, eu já tenho o que pediu 

- aqui tem as fotos dela - ele me deu algumas fotos da Lauren 

- o que é isso - perguntou ariana, porque está com essas roupas bem ridículas? - revirei os olhos 

- ariana, nem em mil anos eu irei usar roupas desse tipo, chega a ser humilhante. Essa aqui não sou eu, e sim a minha irmã gêmea - ariana arregalou os olhos e abriu um pouco a boca 

- irmã gêmea? 

- sim, uma irmã gêmea, me diga sobre ela - falei olhando para o detetive 

- Lauren morgado, o nome dela é conhecido por lá, ela é chefe de cozinha, ela era chefe de cozinha, agora ela ganha a vida entregando folhetos, do propio restaurante que ela trabalhou como chef

- UAL!  

- ela está passando por dificuldade, e o dinheiro é pouco, bem pouco, ela não tem dinheiro nem para pagar o aluguel. 

- isso é ótimo pra mim 

- mas a situação dela é mais complicada. A mãe dela está com câncer no útero, eu descobri que a Lauren estava pagando o tratamento mas depois que ela perdeu o emprego como chefe, e começou a ganhar pouco ficou difícil pagar o tratamento da mãe, em um dos melhores hospital de câncer de miame 

- Então quer dizer que a minha Mamãezinha, está com câncer e tem que se tratar mas a Lauren não tem dinheiro para isso 

- e se parar o tratamento agora ela corre risco de vida, a mãe dela vai ter que ser transferida para um hospital público 

- porra, isso é ótimo! Você tem o endereço dela 

- sim, ta aqui - ele me entregou um papel, a se ela não estiver na casa dela ela vai estar no hospital o endereço está ai 

- Eu vou pra lá agora mesmo, não irei perder mais tempo 

- vamos ariana, é um pouco longe daqui 


  pov Lauren 

Eu estava ao lado da minha mãe segurando a sua mão, eu me sinto tão inútil, eu só quero ver a minha mãe bem. Hoje mesmo ela vai ser transferida, para um hospital público, e a situação dela pode piorar muito, mas eu não posso fazer nada, eu não tenho nem dinheiro pra pagar o alugel 

- Lauren - abri os olhos ao ouvir a voz do médico 

- oi - enxuguei as lágrimas - pode falar 

- Tem uma mulher aqui que quer falar com você 

- uma mulher? 

- sim, ela é sua irmã 

- irmã? Eu não tenho irmã 

- ela é a sua cara Lauren, com certeza é a sua irmã gêmea - Fechei o punho com bastante força, levantei em um pulo 

- onde ela está? 

- Na recepção - sai do quarto entrei no elevador

Tentei respirar fundo, tentando controlar a minha raiva para não enfiar a mão na cara da Michelle, sim eu sei que eu tenho uma irmã gêmea, meu pai à tirou da minha mãe quando ela tinha apenas 10 anos, eu me lembro dela muito bem. Por mêses eu chorei, mas agora a unica coisa que sinto por ela é raiva, muita raiva. Ela mesmo agora com mais de 20 anos nas costas não veio saber como está a minha mãe e eu

- Que porra está fazendo aqui? 

- que recepção em, deveria dar um abraço na sua irmã e falar que estava com saudade 

- faz mais de 10 anos Michelle! 

- eu sei Maninha, você está muito mal vestida em, a e o tempo não te fez bem 

- cale a merda dessa sua boca! Sabe porque eu estou aqui? 

- eu sei, a mamãe está doente 

- Agora você sabe né? Depois de mil anos você foi querer saber disso 

- Hey, não exagera, eu vim aqui pra te ajudar 

- ajudar! - A moça da recepção nos chamou a atenção 

- com licença senhoras, aqui é um hospital, por favor silêncio 

- Lauren, vamos conversar lá fora - não me mexi - Lauren isso vai te interessar

- eu não tenho nada pra falar com você 

- Eu sei que não tem dinheiro pra pagar o tratamento da nossa mãe, sei que está passando por dificuldade, eu irei pagar o tratamento dela 

- irá mesmo, é muito caro 

- eu sou casada com uma mulher que é filha de um dos homens mais ricos de miame, ela é uma das melhores fotografas daqui, eu sou vice presidente da revista "Cabello" com certeza você já ouviu falar, é a revista mais popular, mais vendida. Você ainda acha que não tenho dinheiro? Te espero lá fora Lauren - Ela saiu e eu fiquei parada no mesmo lugar, até que eu voltei a realidade e fui atrás dela 

- foi rapida 

- fala logo 

- calma, está apressada, vamos conversar em outro lugar 

Andamos um pouco até um ligar mais afastado do hospital, onde não passava quase ninguém 

- vamos entrar no meu carro - ela entrou em uma Ferrari e eu arregalei os olhos - vamos Lauren entra - eu entrei e ela fechou os vidros 

- agora fale

- OK, Lauren eu vou ser rapido não gosto de enrolação. Mas não vamos conversar aqui, vamos até um hotel que eu me hospedei 

Ela deu partida no carro e eu não falava nada, nem ela se atrevia a falar. 

[…]

Ela estacionou o carro e saiu e eu também sai. Ela entrou em um hotel, hotel no qual era o mais caro de miame 

- Senta ai Lauren - ela disse quando entramos no quarto, aquele quarto não era um quarto simples e sim uma suíte. 

Me sentei em uma poltrona, ela não se sentou, não olhei para o que ela estava fazendo apenas fiquei com a cabeça abaixada 

- toma - ela me ofereceu um copo de whisky mas eu recusei 

- eu não bebo 

- você é mesmo uma tapada - ela deixou o copo na mesinha na minha frente, ela se sentou na poltrona na minha frente - você realmente é idêntica a mim, não tem nada para diferenciar. Vamos logo ao ponto, eu sei das suas dificuldade, e estou disposta a ajudar, pagarei o tratamento da mamãe, tratamento no qual você não pode pagar mas eu sim posso. Mas eu quero algo em troca


- algo em troca? 

- Sim, Lauren eu vou ser direta com voce, eu quero que fique no meu lugar Lauren 

- Eu não estou entendendo o que você está querendo dizer 

- Fique no meu lugar, se passe por por mim, viva a minha vida. Durante um ano, você se muda daqui vai morar onde eu moro vai fingir ser eu, vai se passar por mim 

- você só pode estar ficando louca - me levantei e Michelle colocou seu copo na mesinha e também se levantou 

- não, Lauren eu não estou ficando louca, e nada mais justo, você se passa por mim e eu pago o tratamento 

- Ela também é a sua mãe porra! Você tem um emprego muito bom, vice presidente da revista "cabello" Eu conheço essa revista, e sei o tamanho do sucesso que ela faz aqui, sei que essa revista trás milhões para a família que é dona dessa revista, e agora casada com a filha do dono você é da família, você pode muito bem pagar o tratamento da sua mãe sem querer nada em troca. Fazer isso por amor! Eu nunca vou aceitar viver a sua vida, você pensa que eu sou o que? em? O que te fez pensar que eu iria aceitar essa sua proposta? 

- Lauren, seja mais inteligente, além da nossa mãe fazer o tratamento e se curar você ainda vai ter uma vida ótima, olha o meu carro, isso é porque ainda não viu a minha mansão, eu moro em uma mansão 

- E dai? eu pouco me importo em onde você mora 

- Lauren para de ser idiota, e aceite logo a minha proposta, você só vai sair ganhando 

- sabe o que eu vejo quando eu te olho, que você é igualzinha à ele, você é igual ao Michael 

- o nosso pai me ensinou a ser inteligente 

- o nosso pai não, o seu pai, pai é quem ama e quem cria, da amor e carinho, ele nem sabe o que é amar. Ele não sabe o que amor siginifica! mas ele sabe o significado do egoimo, da ganância e da hipocrisia! porque ele é todas essas merdas juntas! ele é nada ele é um lixo! Ele me abandonou, ele abandonou a minha mãe e a mim, ele nos abandonou e ainda levou as economias da minha mãe, deixando ela sem nada, com esse dinheiro ela iria comprar uma casa! mas ele tirou isso dela, ele só pensou nele. Ele ainda teve a cara de pau de olhar nos meus olhos e dizer que iria voltar, que estava te levando mas ele iria voltar e me buscar, durante mêses, durante anos eu fiquei esperando ele chegar como uma tola! Uma ingênua, porra eu só era uma criança, eu só tinha 10 anos, eu acreditei em alguém como ele, ele era meu herói eu o admirava tanto, mas agora a unica coisa que sinto por ele é nada! 

- Não fale mal do meu pai, ele me ensinou tudo o que sei hoje, ele me ajudou a chegar onde eu cheguei, ele me ensinou a ser inteligente, e quando ver uma oportunidade agarrá-la. Lauren olha pra mim, olha para as minhas roupas, e olha para as suas, existe uma grande diferença, olha todas as coisas que você tem e olha pra mim, eu sou melhor que você Lauren. Você poderia ter tudo que eu tive, você se lembra quando o meu pai ligou pra você quando você tinha 16 anos? Ele perguntou se você queria ir morar com ele, ele iria te ensinar tantas coisas, mas você foi muito burra, e preferiu ficar com a idiota da sua mãe! com a Mamãezinha de merda! - não aguentei e dei um soco em seu rosto que fez ela cair no chão 


- CALA ESSA BOCA, CALA A MERDA DESSA SUA BOCA, NÃO ABRA A BOCA PRA FALAR DA MINHA MÃE, ELA É MUITO NOBRE PARA O NOME DELA SAIR DA SUA BOCA DE MERDA. sabe de uma coisa Michelle, somos bem diferente, eu olho nos seus e vejo escuridão, coisas ruins, eu nunca vi um olhar tão perverso assim. Nunca mais fale assim da minha mãe, passar bem Michelle, não me procure mais eu não quero mais saber de você, nem da sua vida. - Depois disso eu sai daquele quarto o mais rápido possível 


Quando cheguei no hospital fui direto para o quarto onde minha mãe estava, segurei na sua mão e beijei. Depois disso começei a chorar. Bateram na porta 


- Pode entrar - O doutor entrou e sorriu fraco 

- Lauren, eu quero te dizer algo que precisa saber antes da sua mãe ser transferida

- Pode falar - O caso dela ficou crítico, ela não está respondendo bem ao tratamento, temos que iniciar um novo tratamento, um mais eficaz 

- Se ela for transferida para um hospital público, o risco dela não sobreviver aumenta?  

- eu irei ser sincero com você... sim Lauren 

- Eu não posso deixar isso acontecer, eu tenho que fazer alguma coisa, a minha mãe cuidou de mim a minha vida inteira, ela não me abandonou. Agora eu vou fazer de tudo para não deixar ela morrer, doeria muito - Me levantei da cadeira 

- Ela vai ser transferida agora 

- que? agora? 

- Sim agora 

- agora não, olha eu vou conseguir o dinheiro 

- Lauren, a ambulância já está esperando 

- espera, espera só alguns minutos, eu vou conseguir o dinheiro 

- Lauren, você disse isso há meses atrás 

- eu sei, mas agora eu já estou com o dinheiro na mão, eu só irei buscá-lo 

- Lauren... 

- só alguns minutos por favor 

- OK, mas vá mais rápido 

- Eu irei 

[…]

- Michelle jauregui, fala pra ela que a Lauren está aqui - Falei para a recepcionista do hotel 

Fazer o que a Lorena sujeriu é muito arriscado, e além disso é crime, mas essa é a minha ultima salvação, eu não posso deixar a minha mãe morrer, ela não pode morrer e o que eu puder fazer para salvar a vida dela eu irei fazer 

- Você pode subir a suíte é... 

- eu já sei - fui para o elevador e apertei o botão da cobertura. Ela é tão filha da puta que escolher logo a cobertura para ficar, jogar isso na minha cara é claro, mas eu não me importo, dinheiro não é tudo 

Bati na porta e fiquei esperando alguns minutos, até que ela abriu a porta e eu entrei 

- Vamos lá Lauren, o que você quer 

- Eu vou aceitar a sua proposta, irei ser você Michelle 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, daqui pra frente a fic vai entrar em uma nova fase que é a troca das gêmeas, será que a Camila reconhece a propia esposa, e a Dinah será que vai desconfiar ou ter certeza que a Michelle não é a Michelle kkk ta bem confuso mas acho que entenderam. O proximo capitulo vai ser escrito pela julia, se demorar pra postar não me culpem, se ela demorar pra postar podem ir lá reclamar com ela eu deixo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...