História Amor doce-Eldarya-Hentai - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Eldarya
Personagens Alexy, Armin, Castiel, Dajan, Dakota, Dimitry, Ezarel, Jade, Jamon, Kentin, Keroshane, Leiftan, Leigh, Lysandre, Mery, Nathaniel, Nevra, Personagens Originais, Valkyon, Viktor Chavalier
Tags Alexy, Amor Doce, Armin, Castiel, Ecchi, Eldarya, Ezarel, Hentai, Kentin, Lemon, Lysandre, Nathaniel, Nevra, Orange, Sadomasoquismo, Sexo, Valkyon
Exibições 472
Palavras 686
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Orange, Poesias, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


eu tava com uma puta febre mais tarde e virei o dia na noite, como eu fui para a escola só Deus sabe, obrigado pelos favoritos amores ♥

Capítulo 20 - Esther x Viktor -MiiSilva


Fanfic / Fanfiction Amor doce-Eldarya-Hentai - Capítulo 20 - Esther x Viktor -MiiSilva

Eu estava em uma casa de praia com Viktor, nós namoramos a um bom tempo e as minhas esperanças de rolar algo estão indo por água á baixo, já que sempre ele dá uma desculpa para não transar comigo, talvez ele tenha medo de me machucar? Eu realmente não entendo a cabeça destes homens, ou ele não gosta mais de mim, é uma opção. Levantei do sofá e fui tomar um banho, vou pensar melhor quando estiver cheirando a sabão.

Sai com a toalha enrolada no meu corpo e andei até o quarto, entrei e ele estava lá trocando de roupa, fiquei um pouco envergonhada, mas tentei ignorar sua presença e coloquei uma lingerie, sério, eu não deveria deixar a Rosalya arrumar as minhas malas, só tem calcinha que entra na bunda. Eu olhei discretamente para ele, que estava me encarando.

-Algum problema? -Perguntei envergonhada.

-Não, nenhum. -Respondeu sentando ao meu lado na cama.

-Er...Ok... -Eu não sabia oque falar, então ele colocou a mão em meu queixo e me beijou. -Estava demorando.

-Você está nervosa comigo? -Perguntou parando de me beijar por um instante.

-Não, só frustrada. -Respondi levando minhas mãos em direção ao zíper de sua calça.

 

Eu subi em cima dele, meu coração batia á mil por hora enquanto eu tirava a sua blusa, eu tentava regularizar a minha respiração, ele começou a me dar chupões no pescoço, tirou meu sutiã e começou a chupar meus seios, deu uma leve mordida me fazendo gemer mais alto, suas mãos entraram dentro da minha calcinha e ele começou a brincar com o meu clitóris enquanto me beijava, mesmo que eu não conseguisse me manter quieta; Viktor colocou um dedo dentro de mim, depois mais um, senti uma onda de prazer atingir meu corpo me amolecendo, mas só de estar com ele meu corpo esquentou de novo.

-Minha vez -falei saindo de cima dele e ajoelhando no chão -fique de pé, garoto.

-Esther -falou meu nome enquanto eu abaixava sua calça -você é linda.

 

Sorri e voltei a minha atenção para aquela coisa a minha frente, peguei na minhas mãos e comecei a chupar só a cabecinha de seu pau, fui colocando o quanto podia na boca aos poucos, ele segurava meus cabelos embalando o ritmo lento em que o seu membro entrava e saia da minha boca. Comecei a lamber um pouco a extensão, meu dentes batiam levemente no começo do seu pau quando eu voltava a chupar, quando comecei a pegar um ritmo mais rápido de novo ele gozou na minha boca, escorreu esperma pelos cantos de minha boca e desceu até chegar nos meus peitos.

Eu levantei lentamente e fui indo para cima dele que deitou na cama, eu beijei seu rosto e fiquei de quatro, senti ele me penetrando aos poucos; fazia movimentos longos e fortes, o vai e vem foi aumentando conforme o tempo, eu podia ouvir o barulho da cama batendo com força na parede, senti que ele estava quase chegando lá e troquei de posições; eu fiquei por cima e sentava com força e rapidez, gostei mais de ficar por cima, pois estava quase gozando. 

Viktor segurava minha cintura e de vez em quando apertava a minha bunda, eu mordia a minha boca tentando abafar os meus  gemidos, eu finalmente tive um orgasmo e comecei a diminuir o ritmo, foi quando eu senti um jato quente dentro de mim, não foi uma sensação ruim, mas mesmo assim ainda tinha lá seus riscos; cansada, eu fechei meus olhos por um segundo e senti seu pênis endurecer dentro de mim, aquilo me deixou excitada. Então ele me empurra, eu caio de costas na cama e sinto ele começar o vai e vem de novo, com mais brutalidade, não me machucava, mas eu mesmo assim percebia a cada momento que sentia no fundo do meu útero. Desta vez eu não me segurei e gemi mais alto, pouco me importava se alguém ouvisse. Mais algumas estocadas e ele já tinha gozado de novo, já eu tive orgasmos múltiplos.

Ele se jogou ao meu lado com a respiração ofegante e me beijou, acabamos dormindo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...