História Amor doentio - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Romance
Exibições 80
Palavras 1.154
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Esse capítulo foi meio... estranho? Bom sim, mais espero que não se importem com minhas loucuras :3

Capítulo 2 - Como isso aconteceu?


Fanfic / Fanfiction Amor doentio - Capítulo 2 - Como isso aconteceu?

Eu fiquei alguns segundos pensando em como responder o Jungkook mas, acabei falando uma besteira ao invés da verdade.
- Eu sonhei com um unicórnio cor-de-rosa, ele andava na casa como se fosse algo normal. - eu disse cabisbaixo, tentando esconder a situação verdadeira.
- E ficou com vergonha de dizer isso? Já tive sonhos mais estranhos. - ele riu gentilmente para mim.
- É, eu sei. Quando vou sair daqui? - nós temos uma gravação amanhã, se não saísse cedo de lá, acabaria perdendo isso…
- A enfermeira disse que você já está bem. Ela vem deixar uns remédios para dor e logo vai dar alta para você. - ele sorriu para mim, provavelmente tentando esconder sua preocupação comigo…
Um silêncio constrangedor acabou tomando posse do local por um momento, quando batem na porta.
- Pode entrar. - eu disse tentando me levantar, meus esforços foram vagos, então Jungkook me ajudou a me levantar.
- Desculpem-me atrapalhar... Eu vim trazer a alta e os remédios que o doutor recomendou para dor. - a enfermeira disse calmamente, entrando no quarto.
- Oh! Graças à Deus! - peguei a sacola de remédios que ela carregava na sua mão. - Muito obrigado, mesmo!
- Por nada. Agora, como percebi que você odeia o hospital, faça o possível para que eu não veja seu rosto aqui novamente, ou vou ser sua enfermeira particular.
- Não se preocupe com isso! - sorri gentilmente para ela, me apoiei no Jungkook e caminhamos até a saída do hospital lentamente.
P.O.V. YOONGI
Andando calmamente pelas ruas, tentando reprimir meus sentimentos acabei achando no meio da rua o Taehyung. Não dei importância e continuei a andar em direção à casa, cabisbaixo.
- Yoongi?! - ele tocou de leve meu ombro, acabei levando um susto. - Está tudo bem...?
- S-Sim... Estou bem. - disse tentando conter as lágrimas.
- Yoongi! Eu te conheço faz muito tempo para dizer que você está tentando mentir para mim! Me fala agora! - ele segurou meu queixo e delicadamente virou meu rosto para direção de seus olhos.
- E-Eu… Não quero falar sobre isso. - rejeitei o abraço que ele estava prestes à me dar.
- Yoongi… Somos amigos, pode me contar tudo que lhe aflita. - ele disse olhando em meus olhos que estavam prestes à derramar intermináveis lágrimas.
- Taehyung… Você sabe que o Jimin ama o Jungkook…
- Sim, e qual o problema? - ele disse assustado.
- E-Eu meio que estou… Tendo sentimentos pelo Jimin… Não sei porquê mas, toda vez que ele se aproxima, meu coração acelera, minhas mãos suam frio, meus pensamentos literalmente viram apenas "como ele está lindo" ou "e-eu… amo ele?". Sinto como se no meu estômago tivesse apenas borboletas, voando para todo lado… - eu abaixei minha cabeça e acabei deixando uma lágrima escorrer do meu rosto.
Percebi que o silêncio tomou conta do local rapidamente, e depois de alguns segundos nenhuma respiração eu escutava, olhei para cima e percebi então que ele não estava mais lá. Então, como qualquer ser racional, fui para casa normalmente, sozinho. Chegando lá, coloquei meu celular com meus fones estragados na mesa de centro, andei até o banheiro do meu quarto e liguei a torneira para que enchesse a banheira, andei novamente para a sala e peguei apenas meu celular na mesa de centro. Fui em direção ao banheiro, desliguei a torneira, entrei na banheira calmamente, testando a temperatura antes.
- Eu fui um tolo! Contei meu segredo mais obscuro e o quê ele faz?! Simplismente desaparece…  - joguei um pouco de água em meu rosto tentando evitar pensar naquilo.
Peguei meu celular que havia deixado segundos antes em cima da pia e abri a galeria, onde tinha algumas fotos do Jimin, às vezes abs, às vezes normal, e às vezes ao meu lado. Fechei os olhos e acabei cochilando ali mesmo, na banheira.
- Yoongi! Estava te esperando! - Jimin estava em minha cama… Semi-nu?!
- O-O que é que…? - estava perplexo com sua atitude, mas… Seu peitoral me deixava muito distraído, por quê fez isso Jimin?! Não vou me segurar por muito tempo!
- Vejo que está excitado, Yoongi… - ele veio em minha direção, de quatro sobre minha cama e delicadamente tocou em meu pênis.
- Hey! J-Jiminie… - ele fazia movimentos circulares no mesmo, me excitava mais. Então ele tirou a única peça de roupa que o cobria e falou em meu ouvido palavras que me arrepiaram por completo: "Venha, Yoongi! Eu quero você…". - S-Se é isso que quer. - tirei minhas roupas rapidamente, desesperado por aquele momento inesquecível.
- Vem, Suga! Quero ver quão doce você é!
O joguei na cama um pouco apressado, o segurei pela cintura e comecei a o penetrar lentamente, logo aumentando a velocidade.
- Oh! Jimin… - eu sem querer gemi seu nome e logo ele começou a retribuir com gemidos que me arrepiavam de cabeça aos pés.
- Mais rápido! Ah, Yoongi! - ele gemia meu nome com prazer e determinação, o que me fazia inteiramente feliz com o quê estava fazendo.
- E-Eu… Ah, Jimin… - com imenso prazer trocamos gemidos o tempo todo, com olhares e sorrisos maliciosos às vezes. Cada toque, lambida, gemido, sorriso e movimento era tão real, eu realmente queria que aquilo nunca acabasse.
- Yoongi? - eu escutei uma voz que aparentava ser do Jimin, mas… Não veio de sua boca.
- Hm? - eu gemi, ainda aproveitando o momento de felicidade.
- Yoongi, acorda! - acorda?
Levei um susto e pulei da banheira no mesmo momento, e-eu estava nu… e o Jimin tinha ido me acordar, o pior de tudo é que eu ainda estava excitado! O mais rápido possível peguei minha toalha e tampei meu pênis.
- Vejo que teve ótimos sonhos. - ele riu malicioso para mim, olhando para meu pênis.
- J-Jimin! P-Pare de olhar, por favor! - eu fiquei vermelho, óbvio, aliás o sonho era justamente com ele como ator principal.
- Okay. - seu olhar rapidamente mudou de meu pênis, para meus olhos, fiquei ainda mais envergonhado com aquilo pois, ficamos nesse silêncio constrangedor por alguns segundos. Mas, eu decidi corta-lo definitivamente com um beijo, calmo e selvagem ao mesmo tempo, logo o Jimin acabou retribuindo o beijo. Ficamos vários minutos ali, naquele beijo um tanto mais que intenso, até que ele recuou lentamente, olhando para o chão, envergonhado.
P.O.V. JIMIN
Por quê eu fiz isso?! Meu Deus, eu estou totalmente dividido em dois. De um lado Jungkook, meu melhor amigo, que sou apaixonado à algum tempo, sim, mas ele nunca demonstrou ter os mesmos sentimentos por mim. E do outro eu tenho o Yoongi, que sempre esteve lá por mim, sempre me protegeu, se preocupa comigo… E deu o primeiro passo… andei até meu quarto, liguei a televisão em How I Met Your Mother, a série que estava viciado no momento e assim, acabei cochilando.


Notas Finais


Desculpe esse capítulo ter sido menor que o outro </3 mas eu fiquei muito sem criatividade! Mesmo assim... Espero que tenham gostado... Beijinhos eternos da Yoongina :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...