História Amor e Ameaças... Ajudem, eles precisam ficar juntos! - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~hellendecisne

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ameaças De Morte, Amor, Drama, Ódio, Real, Romance, Vingança, Violencia
Exibições 7
Palavras 712
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Harem, Hentai, Lírica, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Quando a saudade te faz alucinar novamente, e de todas as formas você só aceita chorar... E se um pesadelo for melhor que um sonho, ou se esse sonho é um pesadelo disfarçado.
Carregando nível loucura... por favor, use down para iniciar
LOADING >>> ...

Capítulo 3 - Um pesadelo é melhor que um sonho? Part1


Ontem, dia 30/11/2016.
Conversei com um amigo, ele disse que sofria por alguém, assim como eu. Não exatamente separados mas, distantes. Quando ele me disse palavras de fé e coragem.
- Não, cara. Vocês vão ficar juntos. Deixa a poeira abaixar, se ela te ama, ela vai voltar. Ninguém esquece um grande amor.
Li para ele, o capitulo dois da fic. E bem... Percebi que a minha vida, pode não parecer, mas é triste e poucos seguram as lágrimas. Ban não segurou algumas lagrimas, e por trás de seus olhos, vi o brilho choroso e entendi: Ele estava chorando. E quem não choraria, lendo uma história de amor e ouvindo "See you again"? E quem vive a história? Como fica? E ela? E minha amada?

Sei que chora, meu amor... Sei que já desatou em lagrimas chorando meu nome à noite. Eu ficarei bem... Se você... se... (Piscando e prensando a boca com os lábios, para de piscar e seus olhos ficam vermelhos, nó na garganta) Eu vou ficar bem se você estiver bem! 
"Oh
Como podemos não falar sobre família
Quando família é tudo que temos?
Tudo que passei
Você estava lá ao meu lado"
(...)
"Fizemos um longo caminho desde onde começamos
Oh, lhe direi tudo quando vê-lo novamente
Quando vê-lo novamente

Quando vê-lo novamente
Vê-lo novamente
Quando vê-lo novamente"

E quando eu corto varias partes, é porque não se encaixam comigo. Mas depois de ontem... Senti tanta falta dela... Eu fechava meus olhos e via seu rosto. Eu cantava para não ouvir a voz dela, me chamava de "mon amour"


Eu já tentei, mas é inútil conviver com essa saudade, não dá!
Procuro em todas as esquinas buscando seu olhar
Eu peço a Deus todos os dias pra encontrar você

Pra ter você de novo aqui
Eu corro, eu vou até o fim
Eu grito aos quatro ventos
Digo ao mundo que eu só amo você
E passe o tempo que passar
Eu tô aqui pra te esperar
Eu sei que aí dentro de você ainda existe nós dois
Vive o nosso amor

Bem... As saudades doem tanto...


"Aqui no meu calendário ainda está marcando
O dia e o mês, foi a primeira vez
E o que me prometeu, será que se esqueceu?

De todos nossos planos, nossos filhos, nosso apartamento
Da nossa lua de mel, do nosso casamento
Como pude acreditar nesse seu juramento?
E agora estou sozinho outra vez

Antes embriagado do que iludido
Acreditar no amor já não faz mais sentido
Eu vou continuar nessa vida bandida
Até Você voltar.

E essa é a minha musica de culpa... Perceber que por meus erros, não a terei mais em meus braços. E meu maior sonho vai por água abaixo,  se torna meu pesadelo. E todos os nossos planos? E nossos filhos? Nosso casamento?
Eu já iria pular fora, magoado.

28/11/2016
"não mandem mensagens
pode me atrapalhar aqui"

Como eu fui acreditar nesse amor? Não era real... Que merda!! Eu vou continuar sofrendo sozinho, num quarto luz apagada, ouvindo essas musicas. Como fiz ontem. Só conseguia chorar e cantar. Um nó na garganta tão grande, que me quebrava por dentro! E desde esse dia, guardando lágrimas, já apagando tudo, número, conversas, fotos, gravações. Incomunicável. (Dolorosas pontadas no peito o faziam derramar lagrimas na mesa, novamente.) PORRA!!!! EU SOFRO AQUI SOZINHO!!!!! HELLEN!!!!! ONDE VOCÊ ESTÁ!!?!?!??!

Eu já iria partir pra outra. Abandonar o barco e me afogar no mar sozinho.

Foi aí que o celular tocou.

Alef:
"Oi Luan. A Hellen mandou te dizer pra continuar trabalhando e vir pra cá. E que se você arrumar outra, ela te mata."
Tudo parou... Menos as lágrimas. Eu não entendi: Ela me amava?
Foi como estar prestes a pular do barco... E ela tivesse me atravessado com um tridente e me puxado para junto dela:
"Não vai embora, eu te amo. Quero você aqui."
Foi como se ela tivesse dito isso. Tudo clareava um pouquinho.
- Ela... Ela ainda me ama??
As lagrimas escorreram no meu rosto de novo. E agora? Ficar? Amar? Sofrer? Não desistir?
Sim. Hellen ainda me ama.

Só queria gritar. E chorar e chamar pelo nome dela. Mas quando eu mais precisava, sim... Apareceram pessoas pra me ajudar. E me ajudaram...

Mas as coisas não acabam aqui.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...