História Amor e Intrigas - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vkook, Vmin, Yoonseok
Exibições 26
Palavras 1.062
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem a demora pra postar, estou com uns problemas de saúde. Aproveitem o capítulo 😘

Capítulo 6 - Six


                         POV JIMIN

Acordei com a campainha tocando, quem será a essa hora? É melhor eu atender.

Me surpreendo com o que vejo.

- Oi, Jiminzinho.

- Jungkook? O que está fazendo aqui?

- O que foi? Não gostou do meu beijo? - o mais novo diz forçando um bico nos lábios.

- Você não respondeu à minha pergunta.

- Nem você à minha.

Imediatamente tento fechar a porta que é parada pelo pé de Jungkook, com aquelas botas mostarda.

- O que você quer?

- Não vai me convidar pra entrar? - ele sorri malicioso.

- Por que eu deveria?

- Para continuarmos o quê não terminamos ontem.

De repente escuto outra voz.

- Como assim continuarem o quê não terminaram ontem? - perguntou Taehyung com um olhar impossível de decifrar.

- Tae, eu posso explicar. - digo e ele sai correndo.

Vou atrás e logo o perco de vista.

- Droga!

                         POV TAE

- O que foi isso? Kook não disse que me amava? E Jimin não era meu amigo?

Avisto um beco e entro no mesmo, logo me sentando e agarrando minhas pernas para poder chorar em paz.

                        POV JIMIN

Escuto um choro vindo de um beco. Espera aí, eu conheço esse choro.

- Tae? - digo entrando no beco.

- O que você quer? Me deixa sozinho!

- Não! Me deixe explicar...

- Explica o quê? Que você quer me tirar a única pessoa que gosta de mim?

- Ah! Me poupe Taehyung, a única? Você é cego? Eu te amo, porra! - digo sem perceber - Quer dizer... e-eu... - o mais novo interrompe selando nossos lábios.

- Desculpa Jiminnie... eu não sabia.

- Tudo bem... posso explicar agora?

- Sim.

- Ontem quando você dormiu durante o filme, ele começou a dar em cima de mim, e falar pra te esquecer porquê você não gosta de mim e...

- E? - ele me olha curioso.

- Me beijou, e eu...

- Você?

- Eu correspondi... desculpa Tae... eu estava carente.

- Tudo bem Jiminnie.

- Tem outra coisa...

- O quê?

- Ele disse que me ama.

- Como assim? Ele me disse isso também.

- Tem alguma coisa errada!

- Tem mesmo. Quem ele pensa que é?

                     POV JUNGKOOK

- Eu hein! O que deu neles? Ah, olha só, o Tae deixou a porta aberta...

Entro no apartamento do mais velho e começo a vasculhar o local. Acabo encontrando uma foto do Tae com outro cara, e ao olhar o verso, havia algo escrito.

"Eu e Yoongi hyung."

Hum... então esse é o tal de Yoongi? Nada mal, mas não faz meu tipo.

                                POV TAE

Ao chegar em casa, me deparo com o Kook sentado no meu sofá assistindo TV com a maior cara de pau.

- O que você está fazendo aqui? - diz Jimin já alterado.

- Oi Jiminzinho. Estava esperando o Tae.

- Me esperando? - dou uma risada cínica - Que eu saiba, você veio ver o "Jiminzinho".

- Tae... eu...

- Você nada. Sai daqui. Agora!

- Mas...

- Mas nada. Vá embora. - digo apontando para a porta - Mentiroso!

Jungkook sai sem dizer mais nada, e logo fecha a porta.

Confesso que senti um pouco de pena, mas o quê ele fez é imperdoável.

                         POV JIMIN

O Tae parece triste...

- TaeTae, você está bem?

- Sim Jiminnie... Sabe... você me ama mesmo?

 - Muito, Tae. É recíproco?

- Não vou dizer que sim, mas não vou dizer que não.  Estou confuso. Mas sinto que quero estar sempre com você, e ficar ao seu lado.

- Então fique Tae, eu sempre estarei aqui com você e por você.

- Obrigado. Agora tenho a resposta.

- Resposta do quê?

Logo o mais novo me puxa para um beijo apaixonado e só nos separamos quando o ar fez falta.

- Jiminnie?

- Oi?

- Eu te amo.

- Eu também te amo, TaeTae.

Nos beijamos novamente.

                    POV JUNGKOOK

Estava andando na rua quando de repente, vi um casal.

Era Yoongi de mãos dadas com um cara - um cara muito bonito - e os vi entrando numa casa.

Aquele que estava com Yoongi, chamou muito a minha atenção e eu precisava tê-lo para mim.

Resolvi ficar do outro lado da rua esperando alguém sair, até que Yoongi sai sozinho. É a oportunidade perfeita, não esperava que surgisse tão rápido.

Vou entrar e dar um olá.

                        POV HOSEOK

Yoongi esqueceu o celular, que cabeça de vento, haha.

De repente a campainha toca. Deve ser ele.

- Oi amor, esqueceu o... - Nessa hora sou calado com um beijo. Mas espera, esse não é Yoongi.

Imediatamente me afasto e fico sem fala, era um completo estranho.

                        POV YOONGI

- Merda. Esqueci o celular, vou voltar para buscá-lo.

Ao chegar no apartamento do Hoseok, me deparo com uma cena chocante. Hoseok beijando um garoto obivamente mais novo que ele.

- Amor, não é isso que está pensando, eu... - o interrompo com um tapa em seu rosto e em seguida, soco o maxilar do pirralho que estava beijando meu namorado.

Eu saio correndo sem conseguir conter as lágrimas. Não acredito que isso está acontecendo.

                       POV HOSEOK

- O QUE VOCÊ PENSA QUE ESTÁ FAZENDO? QUEM É VOCÊ?

- Sou seu admirador - diz ele com uma cara de quem não havia feito nada de mais.

- SAIA JÁ DAQUI! - rapidamente vou atrás de Yoongi.

Logo o avisto, correndo em direção à uma avenida. Corro com todas as minhas forças. Quando estava quase o alcançando, vi um caminhão vindo em sua direção e fui mais rápido do que já estava e finalmente alcanço seu braço puxando-o para um abraço. Logo em seguida, passa o caminhão de raspão em nós.

- Yoongi hyung! Por favor, me perdoa. Eu não estava beijando aquele garoto, eu nem o conheço, me perdoa. E não faça isso de novo, outro acidente não! Não posso te perder. - disse tudo que estava pensando de uma vez, enquanto o abraçava com muita força.

- Amor me desculpe pelo tapa... eu... não sabia o que fazer, também não quero te perder. - diz soluçando e se desmanchando em lágrimas.

- Eu te amo muito.

- Eu também te amo muito.

Em seguida ele me dá um beijo com gosto de amor, paixão e desculpas.


Notas Finais


Obrigada por lerem, o próximo capítulo provavelmente será o último, ainda não tenho certeza, até lá. ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...