História Amor e Música - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Glee
Personagens Brittany S. Pierce, Jake Puckerman, Kitty Wilde, Marley Rose, Mercedes Jones, Noah "Puck" Puckerman, Personagens Originais, Quinn Fabray, Rachel Berry, Sam Evans, Santana Lopez, Tina Cohen-Chang
Exibições 18
Palavras 2.287
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Domingo é dia de Capítulo Novo. Aeeew *-*
Galera dos favoritos que chegaram agora, espero que estejam gostando. E comentem, é estimulante para nós ver os comentários de vocês. *-*

Capítulo 26 - Por um Fio


Fanfic / Fanfiction Amor e Música - Capítulo 26 - Por um Fio

Quinn pov's

-Rachel espera. -Eu disse gritando por ela que parecia não me ouvir ou fingir que não estava ouvindo. Então corri ainda mais e parei na frente dela. -Pode me ouvir? -Eu a segurei.

-Ouvir o quê? Eu estou cansando de ouvir uma nova desculpa a cada vez que Puckerman apronta.

-Me diz em que eu tive culpa, sério? Você quer que eu faça o quê? Eu não posso controlar os surtos de Puck, você está me culpando por algo que não está ao meu controle.

-Eu não quero viver a minha vida sendo rodeada pelos seus "adoráveis ex namorados". -Ela diz, o que me deixou com raiva, primeiro que apenas Noah forçava a barra,  e segundo que eu realmente não podia controlá-lo.

-Quer saber, eu estou cansada de estar me explicando para você, eu tenho tentado de tudo no nosso namoro, pra te ver feliz, mas eu também quero ser feliz, mas no momento você não tem conseguido fazer isso por mim, e é deprimente o fato de você não acreditar no tanto que eu te amo, pois se eu não amasse não estaria aqui, talvez realmente eu devia estar com ele, pois mesmo depois de meses ele tenta reconquistar o meu amor, algo que ele sabe que não vai conseguir, enquanto você, que me tem totalmente nas mãos está jogando fora, quer saber Rachel, eu desisto de você... Ou melhor eu desisto de nós. -Então eu saio, e vou em direção a um dos caras da Glee e peço o carro dele emprestado, vou em direção ao carro rezando que ela viesse atrás de mim, o que infelizmente não aconteceu. Eu estava com tanta raiva que se misturava com o efeito da bebida me fazendo dirigir cada vez mais rápido, e então em um segundo uma luz muito forte e um barulho de buzina e de repente tudo escureceu.

Santana pov's

Tínhamos acabado de sair do show, estávamos indo em direção ao carro quando meu celular tocou.

-Mrs Santana Lopez? -A mulher do outro lado da linha perguntou.

-É ela, quem fala? -Eu perguntei de volta.

-Aqui é do NYU Langone Medical Center, é sobre a Mrs Quinn Fabrey. -Ela disse e logo eu fico apreensiva.

-O que houve com Quinn, ela está bem? -Eu perguntei logo me desesperando sendo olhada por Brittany que também ficou aflita.

-Ela sofreu um acidente, estava dirigindo em alta velocidade quando um caminhão na direção oposta bateu no carro dela, ela está passando por uma cirurgia agora e o estado dela é grave. -A mulher disse e eu apenas deixei o celular cair no chão, meu mundo desabou naquele momento.

-Santana, fala comigo. -Britt dizia mais eu estava em choque, então ela pegou o celular e falou com a mulher, eu peguei as chaves do meu carro. -Você não vai dirigir assim. -Brittany disse e tomou a chave, entramos no carro e ele foi dirigindo e eu só conseguia chorar.

-San, ela vai ficar bem meu amor... -Britt quebrou o silêncio, o fato é que eu estava me odiando, primeiro por ter deixado Jake cantar com Puck, e segundo por não ter ido atrás dela.

-É tudo culpa minha B... -Eu dizia entre soluços. -Eu devia ter imaginado que Puck iria aprontar, eu devia ter ido atrás dela. Eu devia...

-Santana, a culpa não é sua, por favor, não coloque esse peso em você, foi uma fatalidade. -Britt falava tentando me animar, mas ainda assim não conseguia, se acontecesse qualquer coisa com Quinn eu não me perdoaria.

-Eu não vou me perdoar se acontecer algo com ela... -Eu dizia entre soluços encostando a cabeça na janela do carro, depois de um tempo, chegamos na frente do hospital. Eu sai na frente e Britt foi estacionar o carro.

-Quinn Fabrey, por favor. -Eu pedi informações a moça da recepção.

-Você é da família? -Ela perguntou.

-Não, mas tenho um termo de responsável por ela em qualquer acidente, é só puxar a ficha no seu computador. -Eu disse firme. Então ela verificou.

-A senhorita Quinn Fabrey ainda está na sala de cirurgia, a senhorita pode aguardar ali, assim que terminar o médico virá falar com a senhora. Então eu sentei e Brittany veio para o meu lado, e eu comecei a chorar ainda mais nos braços dela...

Brittany pov's

Eu estava com Santana nos braços, ela tinha se acalmado mais... mas continuava deitada, estávamos tão aflitas. Então de repente Rachel chegou desesperada e Santana se transformou.

-O que você faz aqui? -Ela disse olhando para Rachel.

-Ela é minha namorada! -Rachel disse em sua defesa e eu observava tudo, calada.

-Foi esse o papel que você fez quando deixou ela sair dirigindo bêbada? Isso é sua culpa, eu devia ter ido atrás dela, pensei que você seria mulher o suficiente para proteger e cuidar dela. -Santana cuspia as palavras em Rachel que também não estava cooperando.

-Olha só, todo esse veneno é por que ela é minha namorada e não sua? -Agora Rachel provocou, e Santana mudou totalmente a expressão, eu podia ver o próprio demônio percorrer seu corpo.

-Santana, não... -Eu disse tentando fazer ela se acalmar e não começar a soltar o seu veneno, pois era isso que ela iria fazer agora.

-Você é uma piada, quando vai deixar de ser essa garota mimada e se tornar uma mulher, nem tudo gira em torno de você, você é tão insegura com esse namoro, que sente ciúmes até do vento, por uma cena idiota Quinn está passando por uma cirurgia delicada, se ela fosse minha namorada, com certeza agora ela estaria gozando e não quase morta. Não se gabe tanto, quando transamos ela nem lembrou de você, e garanto que foi inesquecível para nós. -Agora Santana não tinha ferido só Rachel, mas a mim também. Então eu só me calei e me segurei para não chorar, pois aquela ferida agora estava aberta e sangrando.

Santana pov's

Não conseguir me controlar... minha personalidade má ainda acabaria comigo um dia, Rachel me provocou e eu não consegui me conter, o que eu não pensei era que não estava só ferindo aquela garota idiota, mas a minha noiva. Então assim que acabei e percebi a merda que tinha falado, imediatamente olhei para Brittany que sorriu de forma triste e derramou uma lágrima silenciosa, fazendo eu me sentir naquele momento a pior pessoa do mundo.

-B... -Eu disse a olhando.

-Com licença. -Ela disse olhando para mim e saindo.

-Parabéns Santana, você também não é tão diferente de mim. -Rachel diz sorrindo ironicamente.

-Eu quero você fora desse hospital, agora. Eu não quero que se aproxime de Quinn até ela dizer que quer lhe ver, pois pra sua sorte eu sei que ela te ama e com certeza uma hora vai querer ver você, mas enquanto isso você vai dar o fora, antes que eu chame o segurança pra tirar você daqui. -Ela apenas me olhou e saiu. Eu fui correndo pelos corredores procurar Brittany e não a encontrei. Então eu fui até a saída e tinha um batente lá fora, onde eu avistei de longe ela sentada. Meu coração doía, ultimamente eu feria Brittany mais que o normal, eu estava chegando a conclusão de que eu não a merecia. Ela precisava de alguém que a fizesse feliz todo o tempo, e eu não era esse alguém, eu a amava com todo o meu ser, tudo que ela precisasse eu estaria disposta à fazer, mas eu falava muita coisa sem pensar, eu sabia que ela ainda tinha um incômodo por eu ter transado com Quinn, e eu falar isso na frente dela duas vezes não era algo que fosse fazer ela ficar feliz, mas eu cegava quando Rachel tentava ser superior, e estava nervosa pelo estado de Quinn. Então eu fui ao carro e peguei um casaco, lá fora estava muito frio. Depois fui andando lentamente até Brittany, quando cheguei perto dela, coloquei o casaco por trás. Ela meio que se assustou.

Brittany pov's

Senti alguém se aproximar e colocar um casaco em mim, estava frio e provavelmente começaria a chover logo logo, era Santana, assim que colocou o casaco ela sentou no banco, eu ainda estava de costas e comecei a ouvi-la falar.

-Me desculpe pelo que falei, eu me sinto ainda pior do que já sou. -Ela me disse enquanto eu derramava algumas lágrimas, então eu decidi resolver aquela situação por nós duas.

-Santana, eu... eu amo você, mas eu não tenho mais certeza. -Eu disse tentando controlar as lágrimas que caíam devagar. Logo me levantei fazendo com que ela se levantasse também. -Eu não tenho mais certeza de nós, estamos nos machucando a cada dia, e isso não é bom para nenhuma das duas, e eu não posso fazer isso com você. -Eu disse com toda minha força, aquilo estava sendo doloroso.

-Por favor, me diga o que quer, sou capaz de mover o Céu e a Terra por você, sabes disso. -Ela disse me olhando e se aproximando já derramando algumas lágrimas.

-Sim, e é por isso que eu sinto muito. -Então eu retiro o anel de noivado e entrego à ela, chorando mais que antes.

-B... -Ela disse me olhando com os olhos marejado.

-Sabe que sempre amarei você. -Eu disse de cabeça baixa.

-Eu também. -Ela disse chorando, então eu sai e peguei um táxi para ir embora.

Santana pov's

Ela retirou o anel de noivado que dei para ela e disse que sentia muito, a chuva começou a cair e ela saiu andando, entrando em um táxi que estava em frente ao hospital, me fazendo ter certeza de que eu havia perdido o grande amor da minha, e talvez eu realmente tivesse que deixa-la ir, pra não feri-la ainda mais. As gotas caíam sobre mim, se misturando com minhas lágrimas, me fazendo beijar o anel e logo guardá-lo no bolso.

-I will always love you Britt... -Voltei ao hospital e fiquei por horas esperando notícias de Quinn.

-Miss Lopez? -Uma enfermeira acompanhada de um médico perguntou.

-Sou eu... Por favor como minha amiga está?

-Ela sofreu sérios danos, e a pancada pressionou a coluna dela, ela não irá conseguir andar agora... -Quando ele falou isso eu me sentei, deuses, por que a Quinn, eu merecia isso, não ela. -Porém ela não perdeu a sensibilidade, com muita fisioterapia ela irá voltar a andar, isso só vai depender dela.

-Quando eu poderei vê-la? -Eu perguntei.

-Estamos transferindo ela para o quarto, em alguns minutos ela irá acordar, talvez ela não lembre de nada nas últimas horas, peço que a conforte, pois ela irá precisar. -O médico me falou e eu apenas acenei com a cabeça. Alguns minutos depois a enfermeira veio e me levou até o quarto, ela estava toda machucada devido ao pedaços de vidro que a cortaram, então eu me aproximei dela e sentei em uma cadeira ao seu lado.

-Eu sinto tanto... -E comecei a chorar. -É tudo minha culpa.

-Não foi culpa sua, na verdade a culpa não foi de ninguém, eu que não devia ter bebido e dirigido. -Ela disse, e eu a olhei espantada, e mesmo assim pude ver um sorriso em seu rosto, como aquele garota conseguia ser tão forte? -Eu não sinto minhas pernas. -Ela diz derramando uma pequena lágrima.

-Você se machucou gravemente, mas com fisioterapia, logo logo irá voltar a andar, pois não perdeu a sensibilidade. E eu estarei com você, todos os dias, eu tive tanto medo de perder você, nunca mais faça isso comigo Fabrey. -Eu disse séria ainda derramando algumas lágrimas.

-Me desculpe San, por todo o trabalho. -Ela diz soltando algumas lágrimas, então eu a abraço.

-Não se desculpe, trate de ficar boa. Eu irei em casa, pegar algumas roupas para vir ficar com você. Não sairei do seu lado.

-Onde está Britt? -Ela me perguntou.

-Ela foi para casa, eu vou pedir para alguém avisá-la que você acordou. -Eu disse sorrindo.

-E por que você mesma não avisa? -Ela me perguntou.

-Ela... ela rompeu comigo Fabrey, mas depois nós falamos disso, não quero que se preocupe com nada. -Eu disse a olhando fixamente e engolindo a seco a dor de dizer aquilo.

-Isso não foi por minha culpa não é? -Ela me perguntou meio tristonha.

-Claro que não Lady Q. Por favor descanse, eu volto logo. -Eu disse beijando a testa dela, e logo em seguida levantando.

-San, só mais um coisa. -Ela disse. -Eu não quero ver Rachel, pelo menos não agora. Por favor. -Ela pediu.

-Devia dar uma chance pra ela se explicar, ela também está preocupada. -Não sei por que eu estava defendendo a monocelha. Mas eu sabia como era perder um amor, e de uma forma torta elas se amavam, e não era eu que impediria isso.

-Eu darei, mas não agora. -Ela disse e virou a cabeça para o lado.

-Ok... -Eu disse e sai, fui em casa e mandei uma mensagem de texto para Kitty, pedindo para que ela avisasse a Brittany os resultados de Quinn... Fui para casa pensando em como 24 horas mudou toda a minha vida. Liguei para alguns contatos, para que eles fizessem algumas coisas na minha casa, deixaria tudo acessível para a Quinn, liguei para a melhor Fisioterapeuta de Nova York, Quinn faria sessões diárias, eu cuidaria dela. A minha preocupação era só uma, como eu cuidaria de mim e como eu sobreviveria sem a luz da minha escuridão. Brittany era a minha redenção, tudo em mim agora pertencia à ela, e ela se foi e talvez não fosse mais voltar. Tomei um banho e adormeci um pouco, logo voltaria para o hospital para ficar com a Quinn, ela iria precisar muito de mim agora. Então era nisso que eu ia focar.

 


Notas Finais


Os Otp's se separando.
Santana se sentindo culpada, sei que ela deu um vacilo, mas ela estava nervosa.
Rachel dando só close errado, direto.
Brittana não vai mais casar...
Quinn sem andar....

O que será que vai acontecer?? Até a próxima e comentemmm. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...