História Amor e ódio - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Euprecisodeamor
Exibições 1
Palavras 684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Minha obra foi feita para as pessoas se indentificarem sobre suas suas vidas com o grande e belo "AMOR" e o horrível e aterrorizante "ÓDIO"

Capítulo 1 - Primeiro capítulo- amor e ódio


*Amor e ódio*

1° capitulo

Ola para vocês que estão lendo um pouco sobre minha vida, espero que gostem.

Meu nome é Julie Benson

Desde bebê meus pais sempre deram tudo oque eu quis, me deram carinho e muito amor, sempre fui uma criancinha muito fofa e adorada por todos.

Até minha irmã nascer grr.

Quando a minha irmã Megan Benson nasceu meus pais "ESQUECERAM" de mim, eu desapareci para eles, como se eu não fosse mais importante para eles, se eu morrer ou não tanto fazia para eles, mas quando minha irmã falava um "ai" eles surtavam e queriam levar a menina pro hospital, isso me machucava muito mesmo.

Domingo a noite quando a gente se reuniu pra jantar com meus avós (sim, eles vieram nos visitar), meus pais disseram que queriam conversar bem sério comigo e eu fiquei meio tipo "ããã meus pais me notaram?", e foi....

Mãe Hanna: Filha você vai pro internato.
Pai Jackson: sim Julie, a gente trabalha muito e tem a Megan bebê para cuidar e ta muito difícil sustentar todos aqui em casa.

Eu: Vocês estão malucos? Eu não vou para um internato nem que me pagassem.

Mãe Hanna: Filha! Pense pelo lado bom você vai conhecer novas pessoas e ainda por cima vai ter um ensino rigoroso pra ter um futuro!

Eu: por favor mãe e pai não me levem pra este lugar, eu não quero ir, vocês nunca falaram comigo direito e quando fala vem falando besteira? Eu não vou!

Raquelle: filho nós estamos indo para casa, vocês tem que conversar sozinhos não quero atrapalhar, tchau netinhas amo vocês.

Pai Jackson: tchau mãe, tchau pai, obrigado por comparecerem aqui em casa.

20 minutos depois....

Eu: EU NÃO VOU E PRONTO!!!

Pai Jackson: Calma filha!! Por favor entende a gente!!

Mãe Hanna: VOCÊ VAI SIM!!!

Irmã Megan: buaaaaaaaaaa *começa chorar*

Mãe Hanna: Oque foi meu bebê mais precioso desse mundo? Te amo filhinha.

Pai Jackson: o bebê do papai? Quer um abraço do papai herói?

Eu: * começo a chorar e vou pro meu quarto e tranco a porta* aaaaaa eu odeio viver nessa casa,com eles,com a praga da minha irmã, queria que minha vida fosse a melhor.

Um dia depois:

Mãe Hanna: Filha abra a porta!! Hoje é seu primeiro dia e não tem birra não!! AGORAAAAA!!

Eu: *baixinho falo* a vai se fuder!  *falo alto* MÃE TCHAU VAI DORMIR.

Mãe Hanna: Eu vou quebrar essa porta se você não se arrumar com o uniforme que esta no guarda roupa, VOCÊ TEM 20 MINUTOS!

Eu: affffffffffffffff *levanto e vou tomar banho no banheiro do meu quarto, me arrumo e saio do quarto*

Pai Jackson: Bom dia meu motivo para acordar bem todos os dias. * um sorriso*

Eu: dou um sorriso *digo* bom dia pai.

Pai Jackson: *ele vai diretamente para minha irmã no colo da minha mãe*

Eu: afff *vou direto a cozinha tomar um café*

Mãe Hanna: Sua mochila esta pronta, seu motorista vai vir daqui a 10 minutos e está tudo pago suas aulas extras e suas aulas no internato, vai ficar um bom tempo longe de nós, e na visita a gente se pode ir ta bom?

Eu: se pode ir??? Nossa ta bom
mãe.

10 minutos depois...

*uma buzina toca*

Tudo começa a partir da ai, minha vida muda completamente.

Eu: tchau mãe, tchau pai, amo vocês.

Eles nem escutaram, estavam brincando com minha irmã.

Eu: nem ligo * vou diretamente ao carro do motorista *

Pai Jackson: Ela foi.... A deixa!

No carro...

Motorista: você é bem bonita, gostosa e uma delicia.

Eu: aaaaaa obrigado... *fiquei com receio*

Motorista: seus peitos são grandes, vontade de chupa-los e sua vagina ummm, deve ser uma delícia.

Eu: *ai meu Deus esse homem vai me estuprar* por favor pare.

Motorista: cala a boca menina! Hoje você fica nua pra mim.

Eu: paraaaaaaaaaa

Motorista: *para o carro no meio do nada* Agora você vai ver gostosa. *tirou minha roupa*

Eu: AAAAAAAAAA ALGUÉM ME AJUDEEEE!!

No próximo capítulo vocês vão saber como foi o meu "estupro"


Notas Finais


Minha vida vulgo UMA MERDA.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...