História Amor e outras drogas - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Drama, Drogas, Festas, Lesbicas, Orange, Romance, Sexo, Traição, Yuri
Visualizações 80
Palavras 1.478
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse capítulo é contando antes dela conhecer a Dianna.
Desculpe qualquer erro e boa leitura

Capítulo 2 - O início do início... - Antes -


Fanfic / Fanfiction Amor e outras drogas - Capítulo 2 - O início do início... - Antes -

Aqui estou eu acordando com o som horrível do meu despertador. Hoje iria fazer minha matrícula na faculdade. Pois é, tava na hora, depois de ficar dois anos vagabundando chegou a hora de fazer algo útil não?

Bom me chamo Ashley Parker, tenho quase 20 anos, olhos castanhos claro e cabelo castanho claro - na verdade são loiros mas não gosto, então pinto mesmo -. Sou do tipo que nunca teve problemas pra acordar cedo, na verdade sempre preferir estudar de manhã, mas ter que acordar as 8:00 quando fui dormi as 4:00 é uma droga. Culpa da netflix.

Desligo meu desperdor que não parava de tocar e me levanto da cama sentindo o frio do chão...

- Mas que merda, cadê meu chinelo? - procuro embaixo da cama e nada, só pode ter sido a June que pegou, ela tem mania de pegar meu chinelo porque o dela ela deve enfiar no cu.

Deixem eu esclarecer umas coisas pra vocês. June é minha melhor amiga e com quem também divido meu apartamento. Ela tem 18 anos, cada semana é uma cor diferente no cabelo, vivo dizendo que ela vai ficar careca. Ela é bem porra louca, piranha assumida e lésbica também. A mãe dela expulso ela de casa pela sua sexualidade, e eu, bom, não fui expulsa mas conviver com indiretas e insultos da sua mãe o dia inteiro não dá. Então resolvemos morar juntas. June faz curso de manhã e faculdade de noite, não trabalha fixo, faz uns bicos aqui e ali. Nosso apartamento foi minha vó que deu então não pagamos aluguel.

- June? JUNE? - Grito por ela mas não obtive respostas - Ja deve ter ido pro curso.

Me levantou descalça mesmo e caminho até o banheiro do meu quarto. Me olho no espelho e vejo que minhas olheiras estão começando a aparecer. Tiro a roupa ali mesmo e tomo um banho rápido, afinal não poderia me atrasar. Saio do banho faço minha higiene matinal e vou direto pro meu armário, pego uma calça preta rasgada no joelho, uma blusa preta com um símbolo de E.T, e meus clássicos All Star cano médio Preto, pego meu celular e minha mochila e saio.

Vou caminhando sentido estação de trem enquanto procuro meu maço de Marlboro na bolsa, quando por fim acho acendo um cigarro e vou andando pelas ruas calmas enquanto ouço Troye Silvan - Ease. Apago meu cigarro e jogo no canto da rua quando chego na frente da estação... 30 minutos depois estava lá eu na frente da faculdade para fazer a matricula. Estava me praguejando por estar toda de preto com um sol de 31 C. Adentro a faculdade vou direto para uma placa que diz "Secretaria" deve ser aqui não? La dentro faço todos os trâmites para estar matrículada, e até que não demorou, da até tempo de conhecer minha sala. Depois que Lily - vice cordenadora - me entregou meus documentos e meu crachá de entrada me falou que poderia pegar meus horários no balcão da frente da secretaria.

Chegando no balcão vejo uma mulher loira com cabelo estilo chanel e de olhos verdes, aparentemente muito linda apesar de ja parecer ter 30 anos eu pegaria seu número, sé é que me entendem. Ri do meu pensamento tosco e me dirigi a ela.

- Ah com licença, sou nova e vim pegar meus horários - falei simpática

- Nome completo? - perguntou sem nem ao menos olhar minha cara

- Ashley Parker...

- Aqui está Senhorita Parker. - Disse secamente. Peguei a folha, dei uma olha, mas ainda tinha uma pergunta pra senhora pedra de gelo ali

- A senhora poderia me dizer onde fica a sala de Designer? - Sim, iria cursar Designer.

- Olhe as placas e chegue lá, com licença. - Disse e saiu de vista.

Fiquei alguns segundos parada tentando assimilar aquilo que aconteceu. Mas que filha duma mãe, não deve transar a meses, só pode. Sai dali e fui em direção aos corredores olhando as placas que ficavam a cima da minha cabeça. Do nada sinto algo batendo contra meu corpo. Fecho os olhos e só penso "cai, e de bunda no chão" quando sinto duas mãos delicadas segurando firme meus braços. Abro os olhos e dou de cara com uma garota linda com cabelos claros devido às várias mechas loiras, com piercing no septo e na medusa, um pouco mais baixa que eu, e branquinha também. Perdi a noção de quanto tempo fiquei a encarando, acho que ela estava me chamando porque ela estava mexendo os lábios e intercalado olhares entre eu e um moreno alto que estava ao seu lado. Me despertei do transe quando ouvi o sinal tocando, provavelmente seria a hora dos alunos trocarem de aula.

- Tem certeza que não acertou a cabeça dela? - Perguntou o moreno para o anjo na minha frente.

- Tenho, ela é mais alta que eu, não tem como... Hey, você está bem? - Ela se dirigiu a mim.

Olhei para os dois e eu deveria estar com mol cara de idiota porque eles me olhavam meio assustandos/preocupados. Por fim falei

- Aaah.. S-sim.. - falei.

- Nossa menina achei que você tinha morrido ai em pé, tá pálida... - O moreno por fim disse rindo

- Não diga bobagens Zeke - A loira disse.

- Não tudo bem - sorri meio tímida - Não que eu já não seja pálida né, mas me desculpe, eu estava andando e nem a vi ai...

- Tudo bem, eu peço desculpas também - A loira me respondeu com um sorriso encantador - A propósito me chamo Jenny, esse idiota aqui é meu amigo Zeke - Disse ela se referindo ao amigo que revirou os olhos.

- Ah prazer, eu sou Ashley - Disse e o silêncio reinou poque ninguém mais sábia o que falar. Mas o moreno pegou seu celular olhou para tela e falou

- Bom Jen, tenho que ir se não vou me atrasar pra aula, você vem ou....? - ele intercalou olhares entre nós duas.

- Ah pode indo, acho que Ashley tava procurando algum lugar quando esbarrou em mim, vou leva-la, se quiser claro - Falou me olhando nos olhos e eu não negaria nem se é quisesse, aquela mulher poderia me levar ao inferno que eu iria.

- S-Sim, sim, se não for incômodo, preciso achar a sala de Designer.

- Bom, tchau pra vocês é até outra hora - Zeke disse e foi sumindo pelo corredor.

Jenny foi me guiando pelos corredos da faculdade e me mostrou a sala onde faria a maioria das minhas aulas. Ela era lindamente encantadora, parecia um anjo sem assas, eu daria uns 16 anos para ela, mas errei feio porque a mesma tinha 21 já é tava no terceiro ano de arquitetura, e tinha uma tatuagem linda de um Leão no pulso esquerdo. Ela não ficou muito pois teria aula, me despedi da mesma e a deixei seguir, só depois de eu ja estar saindo da faculdade lembrei que não pedido seu número, droga Ashley, sua idiota, quais são as chances de você vela de novo? Foda-se. Fui direto para casa, onde coloquei um som bem alto com uma play de músicas indie - June não gostava de Indie por isso só ouvia quando a mesma não estava - fiquei arrumando a casa e fazendo algo para comer que nem vi a hora passar, so me dei conta de que ha eram por volta das 22:00 da noite quando June aparece na porta do apartamento.

- Ue, chegou cedo... - realmente estáva cedo, ela so chega por volta das 1:00.

- Ah, matei as últimas aulas, fui pra quela Praça e fiquei fumando meu Beck lá - Disse jogando sua bolsa no sofá da sala e indo na geladeira e pegando uma garrafa de água.

- Não disse nenhuma novidade June - Pois é, June é rebelde e cábula maioria de suas aulas, mas é inteligente pra caralho.

- Vá se foder. Tem o que pra comer? - perguntou enquanto pegava um prato no armário da cozinha

- Macarrão.... Tava com preguiça - Disse indiferente levantado da cadeira e levando meu prato até a pia - A louça da janta é sua. Eu ja vou me deitar, to com sono.

- Pode deixar... Ooow - Ela me chamou e parei no meio do caminho virei pra trás e olhei como se fosse pra ela prosseguir com a fala - Fez a matricula?

- Ah é, fiz sim, já começo amanhã, então Boa noite mozão - Eu e June ja tínhamos intimidade o suficiente pra até dividir o mesmo sabonete. É sabia mais dela e ela mais de mim do que nos duas mesmo sabíamos sobre nós.

- Vai lá mozão. - Ouvi June dizer antes se fechar a porta do quarto.

Entrei em meu quarto e me joguei na cama, já estava tomada banho e com meu pijama. Fiquei um tempo encarando a parede e pensando em como faria para encontrar Jenny novamente. Então adormeci.


Notas Finais


Até a próxima seres humanos :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...