História Amor e tretas - Capítulo 9


Escrita por: ~, ~Irunihh e ~Fire_thay

Postado
Categorias Minecraft, Originais
Exibições 19
Palavras 1.112
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Incesto, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


desculpa a demora, eu dormi demais

Capítulo 9 - Gatinho


Fanfic / Fanfiction Amor e tretas - Capítulo 9 - Gatinho

01/09/2009

P.o.V Kathy

Acredita que ano que vem já vamos sair do internato? Nossa, como tempo passa rápido, eu já tenho 13 anos, onde eu estava esse tempo todo? [#N.A: No internato/Kathy: Tá bom né sua chata?] ei, deixa eu contar o que aconteceu, eu estou usando lente de contato, e eu usei óculos apenas por um mês. Enfim, eu estava colocando as minhas luvas pretas que vão até abaixo do ombro enquanto balançava minha cauda calmamente que naquele momento  estava visível.

Crispy- Kathy

Eu- Fala

Crys- Você não é uma híbrida de neko? 

Eu- Sou...e daí?

Crispy-É que...

Eu já estava impaciente

Eu- Diz logo

Crys- É que todo híbrido que conheci aqui no internato podia se transformar no seu respectivo animal, mas até hoje eu nunca te vi em forma de neko

Eu-.......................Tem híbridos de animais neste internato?

Crys- Não muda de assunto Kathy

Eu- Eu...eu juro que não sabia que dava para se transformar 

Crys parece não ter acreditado

Eu- É sério, eu não entendo muito da minha parte felina, para falar a verdade eu nem sei porque a tenho...

Crys- Sério? 

Eu- Sim

Crys- Mas, eu quero te ver transformada num gatinho, faz um esforço por favor

Eu- Tá né

Subi no encosto do sofá azul que tem no nosso quarto me deitei, fiquei calada olhando para a Crispy

Crys- Então...

Eu- Então o quê?

Crys- Se transforma

Eu- Como? 

Crys- Você não sabe?

Eu- Querida, eu nem sabia que era possível

Crys- Faz do mesmo jeito de quando você vai se transformar em Enderman 

E não é que faz sentido? Olhei para frente e encarei o nada por algum tempo, depois fui fechando meus olhos lentamente enquanto repetia em minha cabeça "neko", "neko", "neko" quando abri os olhos eu era um Enderman. Obrigada vida

Eu-{me destransformei }Afff, que chato

Rolei do encosto e caí na almofada do sofá (em forma humana) 

Crys- Por favor, por favor, por favor tenta, eu quero muito te ver transformada em gatinho, é saber qual a sua cor

Eu- Eu tenho orelhas e cauda preta então...

Crys- Mas se você for estilo panda? E se você tiver partes brancas? E se...

Eu- Tá bom, tá bom...

Subi no encosto novamente e me deitei fechei meus olhos calmamente, esperei 10 segundos e quando os abri, vi que eu já tinha me transformado em neko, Crys estava vomitando arco-íris, me olhei no reflexo da televisão e vi que eu estava muito kawaii (imagem do cap)

Eu- Eu disse que era um gato preto

Crys parou de vomitar e me olhou assustada

Eu- O que foi?

Cry- G-gato preto dá azar

Eu não acreditei no que ela disse

Eu- É verdade...dá azar para quem não tem

Crys- ?

Eu- Fique sabendo de uma coisa Crispy,{me transformo em pessoa} o pior azar que tem é de encontrar um humano ignorante, olha, eu até respeito a sua opinião sobre acreditar em superstições, mas você acha que a sorte de uma pessoa depende da cor de um animalzinho que não tem culpa de nada

Saio do quarto batendo à porta e com muita raiva dela, não prestei muita atenção aonde eu estava indo, só sei que acabei chegando no campo que tinha no internato, notei que estava de noite, e quando levantei a cabeça, a primeira coisa que vi foi ela, a lua cheia, tão grande e tão linda...

P.o.V Kenny

Eu estava dormindo tranquilamente quando a luz da lua bate na minha cara, acordo e a primeira coisa que vejo é ela, e depois a silhueta de minha irmã, me levanto e vou até o criado-mudo para pegar o meu bichinho de pelúcia, que dorme comigo quando a lua vem me visitar, mas ele não estava lá. Lembrei que o tinha deixado com Kathy, pelo menos aproveito e tiro ela da "transe da lua" (é o nome que eu dei ao "fenômeno" que acontece com ela, que ela fica hipnotizada pela lua)

Eu- Kathy

Kathy-...fala

Eu- Tá hipnotizado pela lua denovo? 

Kathy- sim

Eu- por que? 

Kathy- Por causa da sua história, é magnífica

Eu- E qual seria?

Kathy- Lua. O astro belo que ilumina a mais triste das noites e acolhe aqueles sem moradia, dando a esperança de uma manhã abençoada e feliz.        

Tal satélite reina sobre as estrelas, como uma rainha reina sobre seus súditos, podendo nomeá-la rainha das noites. 

"Como uma menina que cresce, ao longo do mês também muda, de nova para crescente- como uma criança que se torna adulta-, e de crescente para cheia- como um adulto envelhece-, de modo que suas crateras sejam comparadas com rugas, mostrando que nos observa há muito tempo.

Imagine a lua sem suas marcas! Seria uma esfera sem graça, sem o seu "charme". Vive em um processo reencarnatório, onde morre e renasce, repetindo o seu número como um artista com a mais bela arte.

Algo que nenhum artista supera, pois eles morrem e reencarnam diferentes, mas a Lua reencarna como a sua vida passada, trazendo a mais bela peça, e todos os seres vivos irão aplaudi-la enquanto se esconde atrás das cortinas de nuvens de seu palco estrelado."

Eu- Uau

Kathy-...

Eu De onde você tirou isso?

Kathy- de "Como uma menina que cresce..." até "...palco estrelado" foi uma moça chamada Inocência Cecília Alves Pessoa

Eu- Quem é essa?

Kathy- Não sei, apenas senti ela dizer isso, dentro do coração dela

Eu- Estranho 

Kathy- Nem é

Eu- ...

Kathy- Não gosta da vovó? 

Eu- Claro que eu gosto dela

Kathy- Por que veio aqui?

Eu- Porque minha pelúcia não está no meu quarto

Kathy- Aquela raposinha pirata que você nomeou de Foxy? 

Eu- Sim

Kathy- Eu coloquei dentro do seu guarda-roupa, você procurou lá? 

Eu-.............Não,kkkkkkk, desculpa

Kathy- De boa 

Eu- Eu vou voltar a dormir, boa noite

Kathy- Boa noite 

P.o.V Kathy

Ah vovó, como a senhora é linda

Moon- Hatsune Miku

Soba ni iru yo 

Kyou wa naiteru ne
Kanashii koto ga atta no?
Kimi ga naiteru to
Boku mo samishii

Kyou wa egao da ne
Ureshii koto ga attanda ne
Kimi ga egao da to
Boku mo ureshii

Boku wa soba ni iru yo
Kanashii omoi kakusanai de
Futari de yorokobou ne
Ureshii omoi fukuramaseyou

Boku wa koko ni iru yo (iru yo)
Yoru ni nattara ai ni kite ne
Toki ni wa mienai kedo
Boku wa itsumo kimi wo miteru

Soba ni iru yo

Boku wa koko ni iru yo (iru yo)
Yoru ni nattara ai ni kite ne
Toki ni wa mienai kedo
Boku wa itsumo kimi wo miteru

Uuuaaahhh...

Kimi wa hitori janai yo
Boku wa soba ni iru yo

P.o.V Mike

Saudades da minha irmã, espero revê-la ano que vem 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Salve com torta de uva


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...