História Amor em guerras - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Digimon
Personagens Cody Hida, Davis Motomiya, Joe Kido, Jun Motomiya, Kari Kamiya, Ken Ichijouji, Koushiro "Izzy" Izumi, Mimi Tachikawa, Sora Takenouchi, Taichi "Tai" Kamiya, Takeru "T.K." Takaishi, Toshiko Takenouchi, Yamato "Matt" Ishida, Yolei Inoue
Tags Digimon, Era Medieval, Guerra, Princesa, Principe
Exibições 11
Palavras 1.093
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Canibalismo, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Me desculpem pela demora, neste capítulo será um resumo sobre o que houve após a queda do reino Ishida e também irá esclarecer o porquê das guerras entre ele e os Takenouchi.
Demostrara a união dos pebleus juntamente com a família real.

Capítulo 9 - Paz, descoberta e criação.


Já se passaram três meses desde a destruição do reino Ishida. O reino já estava completamente reerguido com a ajuda dos Takenouchi, Tachikawa e os Kido, que dispuseram não somente em reconstruí parte da aldeia que foram queimada como também acolher os aldeões e fortalecer sua segurança.  Onde muito em breve todos aldeões poderiam voltar para suas vidas normais.

A paz prevaleceu entre os rivais, até fizeram uma aliança. Graças a Yamato que só voltaria para seu reino como príncipe se os Takenouchi e os Ishida se tornassem aliados, assim foi feita a vontade dele.

Ken e Taichi estavam cada vez mais amigos, no decorrer do tempo eles fizeram várias missões juntos, muitas dela somente com a companhia de Davis e Cody. Afinal somente os quatro tinham força e habilidades de um exército.

Takeru com o grande coração que tinha, sempre ajudava os plebeus, juntamente a Kari a irmã mais nova do general Taichi, ela ensinava as crianças da aldeia a ler e escrever, todos adoravam os pergaminhos por ela escrito, Takeru mesmo se tornou um grande apreciador de suas histórias, eles se entendiam muito bem, se tornaram bons amigos.

Joe continuava no reino junto a seu pai, a pedido de Haruhiko para que ele e sua filha se aproximasse, porém  Sora sempre estava na floresta onde Joe tinha medo de ir.

Yamato e Sora continuavam com seus encontros amorosos em segredo, durante este tempo morando no castelo, ele havia dito a Sora o motivo de ter mentido sobre quem era, ela sendo compreensiva entendeu muito bem. Entretanto continuava o chamado de Matt e também o surpreendendo.

 

Em uma certa manhã ensolarada Hiroaki estava junto a seu filho cavalgando em volta do reino Ishida.

 

-Não consigo acreditar em tudo o que houve aqui filho. - Hiroaki para em frente à fonte do centro da aldeia.

-Se você não tivesse começado a querer atacar os Takenouchi, nada disso teria acontecido, os aldeões não teriam buscado vingança com as próprias mãos, Sora não teria matado aqueles homens e depois se entregado, Taichi e eu não teríamos vindo aqui e enfrentado boa parte do nosso exército, os deixando fraco para um ataque surpresa.

-Eu sei, minha ambição me condenou. - Hiroaki diz após olhar em sua volta. -Você quer saber porque nós dois sempre nos enfrentamos.

-Gostaria. - Yamato desce do cavalo e senta na fonte, Hiroaki faz o mesmo.

-Eu e Haruhiko sempre disputamos um reino, mesmo ainda quando nossos pais eram vivos, era um lugar onde ninguém havia chegado, ele não poderia ser herdado somente conquistado, nós dois sempre vimos um ao outro como obstáculo, para se chegar até o este reino. Só que teve uma época onde Genai previu que este reino seria encontrado, e que Haruhiko estava muito mais próximo dele do que eu, enfurecido com a notícia e pela ambição de poder eu fortemente ataquei os Takenouchi, para que ele não possuísse o reino, eu destruí tudo, a muitos aldeões de nossa aldeia que nasceram na aldeia de Haruhiko, mas que foram tirados de sua mãe ainda bebê, Natsuko sua mãe mesma era da aldeia dos Takenouchi, você não vê que ela sempre os defende.

-Eu não sabia disso. - Yamato fica boquiaberto com o que seu pai contava.

-Só que eu teimei com Genai, que somente eu poderia encontrar o reino, e ele sempre dizia ao contrário.

-Pai o que este reino tem demais, afinal você disse que ninguém nunca pisou nele, vai que seja só uma lenda.

-Não é lenda, este reino foi deixado por um rei, a muitas séculos, ele não tinha herdeiro, então fez esta maldição, que quando ele morresse o seu reino seria herdado por uma pessoa, que estivesse destinado a ele.

-Mesmo assim acho bobagem, essa história.

-Mudando de assunto, assim que voltarmos a morar em nosso reino irei organizar o seu noivado com Mimi Tachikawa, é bem provável…..

-Será que você não entende. - Yamato além de interromper o seu pai, grita com ele. - Eu não vou me casar com ela.

-Yamato Ishida, você está destinado a se casar….

-Ninguém vai me obrigar, eu já te disse isto, pode até me deserdar, com ela eu não me caso.

-Por causa da Sora?

-É.

-Haruhiko nunca vai te aceitar, nem mesmo lhe dar a bênção para o casamento. - Diz Hiroaki, Yamato não gostando do rumo da conversa sobe em seu cavalo. -Mas eu espero que se você realmente ama aquela menina, lute por ela, tenha certeza de que Sora vai ser muito bem vinda em nossa família.

 

Na aldeia Takenouchi.

 

Havia um plebeu do reino Ishida chamado Izzy, muitos o conhecia por suas diversas criações, havia finalmente conseguido construir algo que chamou atenção de muitos um suposto avião.

 

-Você acha que isso vai voar? - Pergunta Davis mexendo nas asas.

-Claro que sim, ele está totalmente perfeito para o teste.

-Sério Izzy, mas precisa pedalar? - Taichi diz olhando dentro do avião.

-Eu quero ser a primeira, posso? - Diz Mimi.

-Claro alteza, mas depois do teste, quando estiver totalmente apto para voar.

-Então chega de conversa e vamos testar?

-Sim Alteza. Takeru me acompanha.

-Sim.

 

Assim os dois começam a pedalar fazendo o aeroplano andar a uma certa distância, criando uma velocidade, que com os ventos os fez flutuar, quando ficam a uma certa distância do solo os dois param de pedalar, pois somente a brisa do céu era o suficiente para os manter no ar, já que Izzy tinha planejado uma maneira de que os ventos passasse de maneira oposta entre as asas, criando uma sustentabilidade no ar, movimentando suas hélices, Izzy direcionava as asas do avião para a direção que quisesse ir, Takeru somente olhava em volta de tudo, conseguiam ver o reino Takenouchi totalmente, era uma vista linda lá de cima. Aos poucos Izzy faz o avião retornar, mexendo nas asas para baixo a fazendo perder altitude, pousando no chão, com um enorme sorriso no rosto, este foi seu primeiro vôo de sucesso.

 

-Consegui, eu consegui, depois de anos Alteza. - Izzy diz super empolgado.

-Parabéns nobre súdito. - Takeru diz segurando um de seus ombros.

-Vocês estão bem, como foi? - Taichi corre até eles.

-Foi fantástico, precisava ver lá de cima, estou até sem palavras. Não é Izzy.

-Foi melhor do que imaginava.

 

Todos os curiosos da aldeia presenciaram a cena, muitas crianças entraram achando ser divertido, Izzy até levou algumas para voarem, claro que primeiro levou a princesa Mimi Tachikawa como havia prometido, agora estava pensando em uma nova experiência, para que sirva para as batalha.


Notas Finais


Gostaram.
Hiroaki está aos poucos tirando o rancor e a ambição do peito, até aconselha o filho.
Izzy como será a sua próxima invenção?
Até mais.🤗🤗🤗🤗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...