História Amor em Konoha - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouchou Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Iruka Umino, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Temari, TenTen Mitsashi, Toneri Otsutsuki
Tags Naruhina, Sasusaku
Exibições 133
Palavras 2.242
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Supresinha para vocês, mas um cap extra!! Esse esta extremamente +18
Vou dedicar esse capitulo a um leitor que ama Naruhina como eu, esse será para o Senju-Tobirama
Todos agora vou dedicar a um de vocês, obrigado pelo carinho vocês são demais

Capítulo 29 - The first time...


Fanfic / Fanfiction Amor em Konoha - Capítulo 29 - The first time...

HINATA

Já passava das 21h00min e eu estava em casa sozinha, caia uma chuva forte lá fora, como meu pai havia viajado eu estava só, desde que Neji faleceu passei a ficar mais sozinha por aqui, liguei para Tenten que não me atendia e Sakura e Ino estavam com seus namorados. Aqueles sons e clarões que os trovões proporcionavam me assustavam bastante e eu não estava mais agüentando de medo, resolvi ligara para que Naruto viesse ficar comigo, mesmo com a proibição de meu pai, não conseguiria ficar ali só e apenas ele poderia me ajudar naquele momento, peguei o telefone e resolvi ligar.

                                                 

Ligação

 

— Minha Hime.

— Naruto você esta ocupado?

— Não amor, o que houve? Você precisa de algo?

— S. sim, você poderia... Bem... Vir aqui em casa ficar comigo, esta chovendo muito e estou com um pouco de medo, meu pai não esta.

— Mas é claro meu amor, me de dez minutos que eu chego ai, eu te amo

— Hai, eu também te amo!

Fim da Ligação.

 

Sentei-me no sofá da sala para esperar Naruto, alguns trovões caiam no céu então me encolhi no sofá em posição fetal para tentar-me ”proteger”. Assustei-me com fortes batidas em minha porta, mais um raio cruzou o céu e vi a silueta da pessoa que estava em minha porta se formando na parede, me assustei e gelei na mesma hora, mas o alivio veio em seguida ao ouvir aquela linda voz.

—Cheguei minha hime, abra para mim— Disse Naruto me aliviando.

Fui ate a porte abri para o mesmo que estava totalmente molhado, ele sorriu e me olhou com aquela carinha linda e feliz dele, me cumprimentou com um selinho e logo entrou, fechei a porta e balançou o cabelo. Corri ate o banheiro e peguei uma toalha para ele, que enxugou os cabelos.

                                                    

— Amor, onde esta seu guarda chuvas, porque veio sem?

— Eu meio que o perdi no meio do caminho amor, um vento forte bateu e o levou, não consegui pegar de volta — Falava ele coçando a nuca.

— Agora entendi, mas você precisa trocar essa roupa, se não vai se resfriar — Eu o disse pois estava preocupada.

— Mas eu na trouxe roupas amor, o que faço? — Me perguntou ele.

Como meu pai havia doado todas as roupas de Neji, tive que entrar no seu quarto e pegar uma bermuda para Naruto e uma camisa e o entreguei. Ele me olhou e sorriu as roupas ficariam largas, pois meu pai é muito maior que Naruto.

— Use essas roupas do meu pai, são as menores que achei.

— Só a bermuda minha hime, a camisa é grande demais — Disse ele se dirigindo ao banheiro.

 

Quando Naruto voltou, me surpreendi com o que estava diante de mim, logo corei ao vê lo sem camisa, ele estava mais forte e algo em mim não queria para de olha lo, observei cada extensão de seu corpo e ele ao perceber sorriu me deixando com mais vergonha ainda. Virei-me de costas o perceber que Naruto reparou em meus olhares para seu corpo.

— O que foi minha Hima? — Perguntou ele me abraçando por trás.

Sentir a respiração dele mais próxima a mim me fez estremecer, ele me apertou contra si e pude sentir aquele volume pressionado em minha bunda, minha respiração pesou na hora. Naruto tirou meu cabelo do ombro e beijou o mesmo logo em seguida o pescoço e involuntariamente soltei um gemido, ele soltou uma risada diferente eu logo voltei a meu estado e me soltei do mesmo que me olhou sem entender. Sentei no sofá fintando a janela, minhas pernas estavam bambas só pelo toque de Naruto, ele veio e sentou em meu lado pegando minha mão.

 

— Desculpa meu amor, não queria te assustar — Disse ele beijando minha mão.

— Não precisa se desculpar meu amor.

— Certeza? Eu não quero que você pense que vim aqui ficar com você por alguma segunda intenção— Eu corei ao ouvir suas palavras.

—N... Não Naruto, não pensei essas coisas de você.

 

Naruto me olhou e sorriu, levou sua mão ate meu rosto e acariciou o mesmo de forma delicada, se aproximou lentamente de mim encostando a distancia entre nossos lábios, quando percebi já estava sendo beijada por ele, ele me beijou de uma forma leve, mas quando dei passagem para sua língua o beijo se tornou mais intenso e feroz, algo em mim queria aquele beijo e me deixei levar pela vontade. Naruto se aproximava cada vez mais de mim, fazendo me deitar sobre o sofá e ele sobre mim com o um dos joelhos apoiados no mesmo. Ele mordeu meu lábio inferior e puxou em seguida sugando o mesmo terminando assim o beijo e dirigindo sua boca ate meu pescoço, ele sugou o mesmo com vontade e eu gemi, levei as mãos em seu cabelo e apertei meus punhos sobre aqueles lindos fios loiros. Naruto chupava cada extensão de meu pescoço chegando próximo ao meu ouvido, quando eu ouvi sua voz, meu corpo entrou em chamas.

 

— Eu te amo Hinata e quero mais do que nunca te fazer minha. Deixa-me te fazer minha mulher? — Sussurrou ele com voz rouca.

Eu estava com meus desejos aflorados e queria Naruto mais do que tudo, só que estava com um pouco de medo, mas quando ele pos a mão em um de meus seios e apertou, não tive como negar, o gemido que dei foi à resposta que ele queria.

—Eu quero ser sua — Respondi com a voz ofegante.

Naruto me encarou e abriu o sorriso mais lindo que eu poderia ver, seus olhos azuis brilhavam mais que qualquer luz, ele me deu um selinho e se levantou, me supreendi quando fui pega no colo.

—Minha hime me segurei ta, vou te levara para o quarto — Me disse ele, se dirigindo ate meu quarto.

—Hia, não vou te soltar nunca mais.

 

______

Naruto entrou no quarto de Hinata com a mesma em seu colo, a deitou com calma na cama e fintou os olhos da morena que estava bastante corada, Uzumaki deitou sobre o corpo da namorada sem por peso e a beijou apaixonado, mas que logo se tornou um beijo urgente e selvagem, levou uma das mãos sobre os seios da mesma e apertou um por um com  delicadeza fazendo a garota gemer entre o beijo que logo foi interrompido. Naruto voltou a olhar a menina e logo tirou a blusa da mesma que para sua supresa estava sem sutiã, quando o loiro se deparou com os fartos seios da namorada sentiu seu membro pulsar com força. Ele a olhouyu e voltou a fintar seus seios ali Naruto abocanhou um dos seios de Hinata e começou a sugar os mesmo com vontade fazendo a garota gemer ainda mais segurando no lençol da cama, aquela sensação para garota era diferente e Uzumaki gostava do que estava causando na namorada.

 

______

NARUTO

 

Eu e Hinata estávamos ali entregues a nossos desejos, seus lindos seios tinham um gosto maravilhoso, os sugava com vontade enquanto apertava o outros, soltei minha mão e desci ate o short que ela vestia o tirei e logo sua calcinha também ela me ajudou facilitando a ação, eu sugava sem parar seus seios e ele gemia cada vez mais para mim, foi quando parei e comecei a beijar todo seu corpo comecei pela barriga e fui descendo, passei a língua próximo a sua virilha e ela se assustou e arregalou os olhos, eu surrusei para que tivesse calma, ela cenou com a cabeça então prossegui com meus lábios chegando em sua intimidade, Hinata estava tolayemnet molhada e seu cheiro era magnífico, fechei meus olhos e pus minha boca ali, beijei toda a extensão da mesma e logo comecei a chupar a mesma, comecei devagar para não machucar minha hime, mas fui aumentando a intensidade, sugava seu clitóris e variando coma entrada onde eu penetrava minha língua freneticamente. Hinata gemia cada vez mais alto, segurava em meu cabelo e puxava o mesmo entre alguns sussurros chamando por meu nome. Quando perci que Hinata estava a ponto de gozar, me levantei e olhei, retrei a bermuda com a cueca e peguei em meu membro o direcionando ate sua intiidade.

— Hina se doer você me fala que eu paro tudo bem?

— Hia meu amor — Me respondeu ela

Passei meu membro por toda extensão de sua intimidade de Hinata a mesma estava encharcada, então me decidi que seria a hora, penetrei somente a cabeça dentro da mesma que contraiu um pouco e soltou um leve gemido de resmungo.

— Esta tudo bem minha hime?

— Sim, não pare por favor — Me pediu ela com voz manhosa.

Aquilo foi como musica para meus ouvidos, foi então que forcei mais meu quadril contra o dela fazendo meu membro entrar, senti o mesmo rompendo o hímen de Hinata que gemeu muito alto, segurou e minhas costas e começou a arranhar as mesmas, eu não senti dor naquele momento só queria continuar, foi então que forcei mais meu corpo preenchendo totalmente minha namorada. Iniciei um movimento de vai e vem com mais rapidez, eu urrava de tesão ouvido cada gemido de Hinata.

— Humm Naruto...

Sua intimidade era tão apertada e quente que eu estava me segurando para não gozar de uma vez, estava extasiado com aquelas sensações e não conseguia ir com menos força, fui cada vez mais rápido e o barulho do choque de nossos corpos era mais alto, ela me arranhou todo, mas eu nem estava ligando, era maravilhosa aquela sensação de ter Hinata só pra mim, seu corpo me pertencia ela era minha por completo. Senti meu corpo ser tomado por um calor incomum que queimava e saia por cada poro de minha pele, veio então um forte frio em minha barriga e uma sensação de êxtase extremamente prezerosa. Gozei chamando por Hinata que fez o mesmo, sua intimidade contraiu se fechando mais parecia estar engolindo meu membro.

— Hinata...

Cai deitado na cama antes de falar qualquer outra coisa, perdi todas as minhas forças naquele momento, fintei o teto respirando forte e ouvia também o de minha hime, quando recuperei um pouco de minhas forças me virei para El que já estava me olhando com as bochchas levemente coradas, ela me olhava com um brilho novo em seu olhar, toquei seu rosto e logo uma lágrima brotou do mesmo, me preocupei, pois achei que havia machucado Hinata.

 

— Amor o que houve? Te machuquei? — Perguntei a ela preocupado.

—N...não Naruto, me desculpe mas é que eu... Eu... Te amo. — Me respondeu ela ainda ofegante

 

Eu sorri para ela e abracei a aninhando em meu peito, ela deitou se ali se ajeitando, e ficamos assim por um tempo eu a enchi de beijos e disse que amava mais que tudo. Me tornei o homem mais completo e feliz do mundo a chuva ainda caia e nos ficamos naquela cama nos amando pelo resto da noite.

___________

 

HINATA

 

O dia caiu, depois da noite maravilhosa que tive com Naruto, ele me fez esquecer todos os problemas e tristezas que rodeavam em minha vida, eu me tornei dele por completo, ele foi tão delicado comigo e carinhoso ao extremo me fazendo se sentir a mulher mais feliz do mundo. Levantei-me da cama sem acordá-lo e fui ate a cozinha e preparei nosso café da manhã, logo ele desceu e me abraçou com força me enchendo de selinhos e me pondo em seu colo, me girou no ar gritando o quando me amava. Naruto estava mais feliz do que nunca, nos beijamos de uma forma diferente naquela manhã, algo havia mudado, cada beijo era com mais paixão e desejo que mal conseguimos respirar ao fim do mesmo. Ele me olhou ofegante, seus olhos estavam tão azuis que me perdi naquelas lindas safiras brilhantes e sorri como uma boba e ouvi meu lindo dizer o quanto me amava.

— Minha hime, obrigado por me fazer o homem mais feliz do mundo, hoje eu sei mais do que nunca que te amo e você é a mulher da minha vida. Daqui a alguns anos a gente vai se casar e você será minha mulher perante as leis dos homens e de Kami, guarde essas palavras com você, eu nunca volto com elas e estou dando a minha palavra a você minha Hina que seremos marido e mulher. — Ao terminar de falar Naruto beijou Hinata com todo amor que aquele momento pedia.

 

— Tem amo, Te amo pra sempre meu Naruto Kun — Flava a Hyuuga durante o beijo.

 

Cessaram o beijo e foram tomar café juntos, Naruto elogiou bastante a comida de Hinata ressaltando que ela será uma ótima esposa para ele, a menina corou com o comentário do namorado. Terminaram o café e Hinata se arrumou para ir ao colégio, mas antes passaria na casa de Naruto para que ele vestisse seu uniforme. Alguns minutos depois chegaram ao colégio de mãos dadas e Uzumaki com o maior sorriso no rosto.

_______

Na casa dos Hyuuga

 

Senhor Hiashi acabara de chegar em sua casa, estava exausto devido a viagem a Tókio, deixou suas coisas sobre o sofá de casa e decidiu tomar um banho antes de comer algo, chegou ao banheiro e de despiiu mas quando entrou no Box  avistou uma bermuda de cor laranja, a expressão do mesmo mudou. Ele segurava a bermuda com força e rangia os dentes, lembrou se de já ter visto o namorado da filha com aquela peça de roupa.

— Naruto... — Disse ele com um olhar mortal e com os dentes unidos.

 

 

CONTINUA....


Notas Finais


Só digo uma coisa a vocês, eu não queria estar na pele do Naruto.
Naruhina são uns lindos!!! 💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...