História Amor em tempos de dor. - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Drama, Naruto, Revelaçoes, Romance, Sasunaru
Exibições 225
Palavras 2.745
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, como me pediram eu estou postando mais um, boa leitura!

Capítulo 11 - Loiro lindo.


Fanfic / Fanfiction Amor em tempos de dor. - Capítulo 11 - Loiro lindo.

Itachi se aproximou de Sasuke que mantinha o corpo de Naruto parcialmente em seu colo, alguns funcionários tentavam abanar o pequeno, mas na verdade ninguém sabia o que fazer, o moreno mais velho se aproximou calmamente e olhou para o irmão como se pedisse permissão, recebendo um claro pedido de ajuda do mesmo, e então pegou o loiro nos braços e se levantou calmamente.

-Sasuke, na minha sala tem um sofá, vamos para lá, mande levar água fria e tente se acalmar.

-S-sim, vou tentar. Respondeu meio trêmulo e o seguiu.

As pessoas imediatamente suspiraram aliviadas, o senhor Itachi era um líder nato, calmo e centrado mesmo em situações inusitadas, certamente era como tinham ouvido, lindo, maravilhoso e completamente perfeito, e mesmo Sasuke apesar de ter ficado apavorado deixou os funcionários impressionados, afinal ele se preocupou com um simples estagiário, isso era um bom sinal.

Já na sala de Itachi, Naruto foi delicadamente deitado no sofá macio, e quando a água fria chegou o moreno mais velho molhou um pouco a testa do loiro e o chamou com calma, logo o pequeno moveu seus lindos cílios e abriu os olhos confuso, logo levando um pequeno susto ao ver o chefe a sua frente, mas aquele não era Sasuke, será que ele sonhou acordado de novo?

-D-desculpe...P-por favor desculpe senhor...Acho que eu devia ter comido algo antes de sair de casa, mas estava com medo de me atrasar...Falou de cabeça baixa, certo que levaria uma bronca, ou pior que seria demitido.

-Calma, está tudo bem, então não comeu nada hoje pela manhã? Foi só por isso que desmaiou?

-E-eu pensei ter visto alguém...Mas não...Claro que não...Desculpe, já estou bem...Respondeu e tentou se levantar, mas uma ligeira tontura o fez cair de novo no sofá e dessa vez Sasuke que apenas observava se ajoelhou a sua frente, o semblante preocupado.

-Naruto...Você está mesmo bem? Perguntou Sasuke e levou a mão para tocar o rosto do menor, mas ele se afastou instintivamente.

-V-você? Sa...Sasuke...

-Desculpe, eu queria ter me apresentado antes, mas eu nem sabia que trabalhava nessa empresa, e eu te procurei tanto!

Naruto ficou estranhamente quieto, colocou uma das mãos pequenas e pálidas no peito e apertou a blusa com força, parecia sentir uma terrível dor ali, bem no coração, mas mesmo assim se manteve quieto, olhando os dois a sua frente, até que falou suavemente...

-Itachi...Sasuke...Era uma afirmação, nada mais que isso, ele não demonstrava raiva, ódio ou tristeza, apenas confirmava para si mesmo o obvio, tinha encontrado de novo aquele que havia despedaçado seu coração, o abandonado num banheiro de colégio para ser estuprado por três caras que eram o dobro do seu tamanho, e ainda tinha lhe dito palavras duras e frias, e claro tinha lançado um vídeo de um momento de pura entrega sua, era constrangedor só de lembrar.

-Naruto, eu preciso explicar o que ouve naquele dia...

-Pare por favor! Você me abandonou lá, sozinho com três caras que me assustavam muito, pode imaginar o medo que eu senti? Pode imaginar como eu sofri ao ouvir do cara pra quem eu queria me entregar que eu não era nada? Nem mesmo uma diversão eu fui pra você! Mas eu entendo agora...O amor não existe não é? Só que ele machuca, machuca muito...Falou o loiro em lágrimas, que ele nem tentava segurar, devia ter guardado tudo isso por tanto tempo que agora ao desabafar sentia seu mundo todo desabar, isso era sua total ruína.

-Não, espera! Eu fui drogado naquele dia...

-Eu me viciei em você! Eu te amava! Mas você postou aquele maldito vídeo! Tenho medo de me envolver com qualquer um hoje em dia, tenho medo de muita coisa, tenho pesadelos onde sempre te vejo falando aquelas malditas palavras!

-Naruto...Eu te amo!

-Não! Não! Pare por favor, não me quebre mais, eu não sou capaz de juntar os pedaços de novo...Me deixe ir...Eu quero ir embora!

Naruto se encolheu no sofá, as mãos nos ouvidos, olhos bem fechados, lágrimas rolando, ele não queria ver, nem ouvir, nem se iludir de novo, nem sofrer tanto quanto sofreu, nem ficar de novo sozinho quando o moreno não o quisesse mais...Seus soluços cortavam o silêncio da sala, Sasuke não sabia o que fazer, ele se sentia horrível em todos os aspectos, sempre soube de tudo que ouve naquele dia, mas ouvir do próprio Naruto o quanto ele esteve próximo de ser violentado por aqueles caras por sua culpa era esmagador para sua alma sensível.

Itachi percebeu que Naruto estava em choque e que Sasuke logo estaria também, era melhor acalmar o pequeno loiro e deixar todas as explicações para quando ele pudesse entender, claramente não era o momento, por isso tocou o ombro do menor com carinho, o sentindo soluçar ainda mais, tentou ser firme, tinha que fazer o loiro entender algumas coisas, e lógico não deixar ele fugir de novo.

-NARUTO! PARE DE CHORAR! 

O loiro parou na hora, olhando o chefe com olhos assustados, olhos que ainda deixavam lágrimas rolarem, tapou a boca com a mão e tentou se controlar o máximo que pode.

-Ótimo, assim é melhor, escute...Você é estagiário na minha empresa, e eu não admito isso, se acalme, tire o dia de folga e esteja amanhã aqui bem cedo, não me interessa o que teve ou deixou de ter com meu irmão, aqui você é meu subordinado, não admito atrasos, nem faltas, nem conversas paralelas, me ouviu? E amanhã teremos um jantar para todos os funcionários, eu quero que vá, não admito faltas de ninguém, se tiver algum compromisso desmarque, entendeu?

Naruto concordou com a cabeça, tinha medo de falar e gaguejar na frente do chefe e irmão do Sasuke, mas arriscou uma tímida pergunta.

-N-não vai me mandar embora? Falou com a voz falha e se odiou por isso.

-Os assuntos pessoais de meus funcionários são exatamente isso, pessoais. Se quiser falar com Sasuke a sós, fiquem a vontade.

Itachi se levantou e saiu da sala, deixando um perplexo Naruto e Sasuke sozinhos ali.

-Naruto...Eu não quis te magoar, eu juro que não gravei o vídeo, precisa me deixar explicar. Pediu Sasuke suplicante, mesmo sabendo que o loiro sentia tanto rancor dele que isso era quase impossível.

Naruto respirou fundo, se colocou em pé um tanto vacilante e focou seu olhar triste nos olhos negros de Sasuke.

-Senhor Sasuke, me perdoe por tudo, somos adultos, e eu realmente preciso desse emprego, é o mais próximo do meu sonho que eu posso estar, trabalhar com projetos arquitetônicos de verdade, mesmo que eu seja somente um empregado que faz cópias e leva cafezinho, pelo menos aqui eu posso crescer, desenvolver algum valor, é uma ótima empresa, e eu quero muito deixar o outro emprego que tenho, mas ainda não sou capaz de me manter só com isso...Vamos deixar o passado lá longe, onde ele machuca menos, por favor...

Naruto estendeu a mão para o moreno, que a pegou sem saber o que falar, ele sabia qual era o outro trabalho, mas não podia dizer, sabia que o sonho do jovem era ser arquiteto de sucesso, e que ele foi em partes responsável por ele ter abandonado a faculdade, antes de encontra-lo o imaginava estudando para se formar em breve, quem sabe já trabalhando em alguma empresa do ramo, mas ao invés disso o encontrou dançando numa boate e trabalhando ali como entregador e faz tudo...

-Te mostrarei quem sou, e te farei me amar novamente...

-Sasuke...Isso é impossível, porque o amor não existe.

Sasuke o puxou e colou seus lábios aos dele, um beijo necessitado, carregado de culpa e dor, mas doce e suave ao mesmo tempo, cheio de saudades não verbalizadas, desculpas não formuladas e frases de amor não ditas, apertou as mãos na cintura diminuta, envolveu seu corpo frágil, frágil demais na verdade nos braços fortes, o sentiu tremendo, mas também o sentiu quente, seus lábios se mantinham fechados e ele lutou com eles, até o sentir ceder minimamente, e então tomou sua boca com voracidade, explorando seu sabor na ponta da língua, buscou cada canto dele, cada nova sensação na saudade dos lábios já conhecida, quase chorou ao sentir a mão leve subir e tocar seus cabelos numa carícia de que se lembrou no ato.

Os corpos tão colados se mexeram, e  mesmo por sobre a roupa sentiram calor, luxúria e desejo, mas logo Naruto espalmou as duas mãos no peito do ofegante moreno e o empurrou com toda a sua força, que na verdade não era muita, seu rosto estava vermelho e inchado das lágrimas anteriores, mas mesmo assim lindo, ele estava ofegante também, muito ofegante, novamente soltou as mãos do peito do outro e apertou seu próprio peito, fazendo uma careta de dor quase angustiante, cambaleou pela sala e saiu dali aos tropeços, correu pelo corredor o mais rápido que podia e se aproximou de seu cantinho de trabalho, perto da impressora, buscou um frasco branco de remédios na mochila e tremendo pegou um dos comprimidos, buscou um copo de água e o tomou rapidamente, ainda apertando o peito e fazendo caretas de dor.

Sasuke viu tudo isso sem entender nada, também observou Naruto falando com outro loiro que até então ele não tinha nem notado ali, o loiro em questão era bonito, tinha os cabelos longos presos no alto da cabeça, parecia mais velho, e estava conversando com o seu Naruto com certa intimidade. Espera aí? Como assim com certa intimidade? 

"É hoje que mato um! Será que posso jogar esse loiro cabeludo pela janela? Só estamos no último andar!"

O loiro safado e cabeludo se inclinou e beijou a face do outro. Espera! Volta a fita!

"Aquele bastardo filho de uma boa mãe beijou meu Naruto na frente de todos os meus empregados?" 

"Isso pode? É sério? Vou agora jogar ele da janela!!" Gritou Sasuke mentalmente, nunca soube que era tão ciumento!

Se aproximou deles sorrateiramente e ouviu a conversa toda, se mordendo por dentro, seu olhar completamente assassino agora, só faltava estar vermelho e pingando sangue, mas tava perto! Oh se estava!

-Naruto, se acalma, lembre-se do seu coração, tome dois comprimidos, descanse hoje, e não vá lá entendeu, nada de dançar hoje pelo amor de Kami Sama!

-Deidara você me lembra minha mãe...Só que ela era mais bonita.

-É isso que eu recebo por ser bonzinho, pois fique sabendo que meus cabelos loiros naturais chamam muita atenção seu loiro oxigenado!

-Sei, sei...Por isso está sozinho né?

-Ué, você que não quer nada comigo, já te falei que sou maravilhoso, lindo e gostoso, fica desdenhando...

-Pode ser que eu reconsidere...

"O que? Deuses do yaoi perdido me digam que eu não ouvi isso! Aquele loiro petulante tá mesmo dando em cima do meu namorado?"

Sasuke coçou o queixo nervoso...

"Tecnicamente falando ele ainda é meu namorado, nós não terminamos né? A quem eu quero enganar...Naruto me odeia!!"

Sasuke estava tão absorvido na conversa alheia que nem notou uma moça de cabelos cor de chiclete o olhando curiosa e também nem percebeu que tudo que pensou acabou falando em voz baixa, que mesmo assim foi bem entendido pela rosada em questão.

-Adoro essas tretas chefe! Então o Narutinho é seu ex? Nossa, ele deve ser lindinho na cama né? Desculpe chefe, não pude evitar, sou completamente apaixonada por yaoi, e convenhamos ter um rolando na empresa é o sonho de qualquer maluca como eu! Mas o Deidara apesar de ser safado, gostoso e muito sexy não combina com ele, veja só, são muito parecidos, posso dizer que a coisa poderia pegar fogo se fosse o senhor Itachi com o Deidara...Posso imaginar loucas cenas de sexo quente entre eles! Oh vida!!!

-Claro que...Acho que o senhor Itachi é o seme, mas pode ser que eu esteja errada, afinal o loiro ali é marrento! Mas enfim, vou ajudar o senhor a reconquistar seu lindo Narutinho, sei tudo da vida dupla dele, de seus medos, de seu coração fraco...

Sasuke não estava conseguindo entender nada disso, como assim? Essa louca de cabelo rosa sacou tudo assim do nada? É vidente, médium ou o que? Alien? Oh céus!! Mas espera aí, coração fraco,que que é isso minha gente! Desde de quando?

-Como é seu nome? E que porra de história é essa de yaoi, e porque o Naruto tem o coração fraco? Perguntou Sasuke já tonto.

-Meu nome é Sakura, muito prazer...Yaoi é uma categoria que as meninas e alguns meninos usam quando querem dizer que amam ver, ler, ouvir, escrever sobre relacionamentos gays, simples...E sim, Naruto tem uma grave doença do coração, ele não tem problemas em fazer exercícios como dançar e tudo, aliás ele é dançarino numa boate sabia? Provavelmente não...Mas enfim, a algum tempo atras um cara magoou ele muito, mas muito mesmo e ele acabou desenvolvendo uma doença do coração, ele toma remédio e tudo, mas parece que a cura é algo raro, como ele mesmo me disse...Sakura falou tudo num fôlego só e depois parou para respirar e sorriu.

-Mas o senhor é rico, pode arrumar um bom médico e consertar o coração dele né? Vou ajudar, vamos começar no jantar de amanhã, e tem o Deidara...Vou empurrar ele em cima do seu irmão, nossa como o senhor Itachi é lindo!!! Ela se abanou muito com uma folha de papel, e depois olhou a cara de paspalho do Sasuke e riu.

-Itachi é gay né? Me diz que sim, oh deuses tem que ser!!!

-Você é maluca? Perguntou Sasuke dando uns passos para sua própria segurança.

-Credo chefe! Claro que não! Só amo yaoi, só isso...E depois eu já amo alguém...Mas ver um romance assim em primeira mão! Ahhh que delícia!!! Ela sorriu baixinho, os olhos brilhando selvagens, e o sangue pingou de seu nariz...

-Oh merda! odeio sangramento nasal! Enfim, depois eu te dou o endereço do loirinho tá chefe, ele não vai pra boate hoje, eu acho...Vai saber, no caso de ele estar necessitando de dinheiro daí ele vai. Nossa, ele dançando é uma perdição dos deuses, eu quase morro olhando como os outros o comem com os olhos...Ah delícia! Pena ele usar sempre aquela blusa segunda pele negra, sabe...Ele esconde as marcas de cortes nos braços...Tadinho...

-Cortes? Que cortes? 

-Ah, sabe quando ele foi abandonado e ficou sozinho nessa cidade grande, bom ele se cortava na tentativa de amenizar a dor, foi num desses episódios que ele se cortou muito fundo e quase morreu, estava muito frio e a perda de sangue...Bom o senhor já entendeu né? Foi quando ele conheceu Deidara, foi o loiro ali que o salvou, e eles viraram amigos desde de então.

-C-como sabe...Como sabe tudo isso? Perguntou Sasuke desconfiando que a moça fosse uma stalker louca que revirava lixos a procura de pistas sobre sua obsessão.

-Sou vizinha de frente do Naruto desde de que ele se mudou pra cá, e fizemos amizade. Ela falou se balançando pra frente e pra traz, deixando Sasuke mais inseguro ainda.

-Tchau Dei, até a noite...

-Tchau, prepare o nosso jantar raposinha!

Sasuke rosnou, como assim prepare o nosso jantar?

Sakura riu.

-Eu disse que eles dividem o apartamento?

-Não! Não disse!

-Ops...Falha minha senhor...Ela respondeu rindo.

Sasuke se aprumou, endireitou a roupa e olhou nos olhos claros da moça.

-Me ajude a reconquista-lo e eu te dou qualquer coisa que queira!

Ela riu encantada.

-Qualquer coisa? Jura?

-Juro!

-Amanhã começamos a operação...Naruto! Mas posso tentar fazer o senhor Itachi ver o Deidara???Por favor???Iria adorar um Itadei! Apesar de achar que vou amar um Sasunaru...

-Pelos deuses você é estranha, sei lá que é isso, mas tudo bem, me ajuda e faz o que quiser.

Ela bateu palmas e saiu dali feliz.

Sasuke voltou até a sala de Itachi, nervoso.

-Ita, porque brigou com o Naruto, precisava gritar com ele?

-Claro! Ele estava histérico, era isso ou dar um tapa na cara dele como nos filmes, mas eu sabia que se eu fizesse isso você iria me socar, então...

Uma batida na porta os interrompeu, e um loiro alto e de cabelo comprido entrou trazendo alguns papéis.

-Licença, a secretária mandou eu entregar isso ao senhor Itachi, e esperar ele assinar, e pediu ao senhor Sasuke para ir até a mesa dela, tem uma ligação que ela não pode transferir pra cá.

Sasuke ficou pasmo, a moça de cabelo rosa era rápida mesmo! Olhou para o irmão, mas ele estava meio parado olhando o loiro de cima a baixo...

"Itadei né??? Hum...Pode ser...Estou interessado é no Sasunaru..."


Notas Finais


Gostaram minha gente? Naruto tem problema do coração, se cortou para aliviar a dor da saudade, é muito né? Mas enfim, agora a rosada vai ajudar porque ela é muito, mas muito apaixonada por yaoi...kkk, vai ser hilário isso...
Itadei???Será???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...