História Amor Encarcerado - Capítulo 13


Escrita por: ~

Exibições 266
Palavras 2.368
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishounen, Drama (Tragédia), Lemon, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oee, cheguei, para alegria de alguns <3 <3
Mais um capítulo especial, espero que gostem <3

Capítulo 13 - Kill-in Luv.


Fanfic / Fanfiction Amor Encarcerado - Capítulo 13 - Kill-in Luv.

-Mas eu não quero saber de nada! Não fode D Killer, meu humor não tá dos melhores- Chim puxou seu braço e começou a andar ligeiramente.

-Eu não to perguntando se você quer saber! Eu quero falar e é melhor você ouvir!- D Killer novamente segurou o braço do loiro, dessa vez mais firme.

-Eu cansei de te obedecer! Eu sempre fiz tudo que você quis e até mais, agora não pense que você manda em mim!- Chim fazia força para soltar seu braço, mas sem sucesso ele só ficava mais irado.

-Aish! Por favor... Eu preciso saber uma coisa- D Killer falou derrotado e soltou o braço do loiro devagar.

-Fala logo- Chim cedeu, mas sem baixar a guarda ou retirar a expressão brava.

-Você... Você gosta de mim?- D Killer perguntou envergonhado enquanto mantinha os olhos fitando o chão.

-Pra quê quer saber? Quer me zoar? Melhor procurar outro idiota- Chim falou friamente e encarou o mais velho de forma esnobe.

-Por que você não baixa a porra da guarda?- D Killer encarou o loiro no fundo dos olhos.

-Porque com você não dá Killer! Eu já me fodi demais nessa vida, eu não quero que isso aconteça de novo! Principalmente porque... – Chim parou sua própria boca.

-Porque...?- D Killer perguntou confuso.

-Porque eu te amo seu imbecil! Que inferno! Era isso que você queria?- Chim novamente deixou uma lágrima escapar de seus olhos.

-Era exatamente isso que eu queria- D Killer deu um pequeno sorriso e puxou o corpo do loiro para junto do seu.

-O que você tá querendo dizer com isso?- Chim perguntou nervoso e se afastou rapidamente.

-To querendo dizer que, bom, considerando que eu não me lembro de ter amado ninguém na minha vida, você é o primeiro que causou essa confusão dentro de mim, você me deixa perdido, às vezes eu quero te matar por isso, mas eu olho pra você e... Eu sinto que se eu fizer isso eu vou morrer também, porque você é... Você é a primeira pessoa por quem eu realmente me importo, quando você se afastou foi ridículo, eu sentia sua falta a todos os minutos e eu não entendia o que tava acontecendo comigo e eu ainda não entendo muito bem, eu não sei se você tá percebendo o quanto isso tá sendo difícil pra mim, mas a cada vez que você me rejeitou durante essa semana eu fui percebendo que é mais difícil continuar com você longe, eu não sei mais o que dizer, na verdade eu nunca falei tanto na minha vida, então... Me ajuda, por favor- D Killer falava rápido, suas mãos estavam trêmulas e ele parecia mais nervoso do que jamais esteve em sua vida, mas ele não deixava em nenhum momento de olhar nos olhos do loiro.

-Não precisa dizer mais nada, você vai acabar dando um tilt, só fecha os olhos, eu quero te mostrar uma coisa que você não conhece- Chim ria docemente e novamente trouxe seu corpo para junto do de D Killer.

-O que? Só vou fechar se você disser o que é- o mais velho anunciou nervoso e deu um passo para trás.

-Baixa a guarda Kill... Eu só vou beijar você- Chim gargalhou e tentou se aproximar do mais velho.

-Mas você falou que eu não conhecia- D Killer novamente deu um passo para trás e encarou o loiro confuso.

-Não do jeito que eu vou te beijar- Chim novamente sorriu, dessa vez mais maliciosamente.

D Killer finalmente entendeu, na verdade, não se tratava de um beijo malicioso, mas sim de um beijo cheio de amor, e melhor, cheio do amor que Chim sentia pelo mais velho, o loiro se aproximou devagar e passou suas mãos pelo pescoço de D Killer, antes de juntar seus lábios, o menor deu um pequeno sorriso, primeiro por perceber que Jeongguk tinha razão, segundo porque ele finalmente tinha D Killer para si, ele agradeceu a Jeonguk internamente e só aí juntou seus lábios aos do mais velho, Chim tinha razão, D Killer desconhecia aquela sensação, desconhecia aquele tipo de beijo, desconhecia lábios tão macios e gostosos quanto os de Chim, ele só queria o corpo do menor cada vez mais junto ao seu, aquele foi como seu primeiro beijo, seu primeiro beijo que continha amor no contato entre os lábios, se pudessem, ambos não se soltariam nunca mais, o calor que seus corpos juntos provocavam era mais confortante que qualquer coisa no mundo, aquele beijo intenso e totalmente romântico, suas línguas dançando em um único ritmo, as mãos de D Killer seguravam o corpo pequeno de Chim como se ele fosse todo o seu mundo, ele nunca pensou que poderia existir alguma ponta de amor dentro do seu coração amargo e cruel, mas agora parecia que sim, talvez até mais do que ele imaginava.

-Você tem razão- D Killer afastou-se de Chim lentamente e sorriu ao olhar nos olhos pequenos do loiro.

-Eu sempre tenho razão Kill- Chim gargalhou e novamente selou os lábios do mais velho.

-Só uma coisa... Eu não queria que os outros membros soubessem- D Killer falou nervoso.

-Mas por quê? Você tá com vergonha de admitir que gosta de alguém? Qual é o problema de namorar comigo? Quer saber, eu sabia que ia ser assim! Você só queria que eu voltasse a falar com você, não é? Ai que ódio Killer! Por um momento eu achei que... – Chim falava furiosamente e depositava tapas fortes no peitoral do mais velho, até que ele conseguiu o interromper.

-Dá pra me ouvir? Eu nunca fiz isso! Eu provavelmente amo você e isso não é um lance qualquer, eu só não to pronto pra... Pra que todo mundo saiba que... Aish! Isso é tão difícil! Você consegue entender o que eu to querendo dizer?- D Killer não conseguia conter o nervosismo ao falar.

-Você provavelmente me ama?- Chim falou ainda irritado e se afastou mais ainda do mais velho.

-Eu não sei... Eu nunca amei ninguém, eu nem sei o significado de amor, mas eu sei o significado de precisar de alguém, e é isso que eu sinto, eu preciso de você- D Killer se sentia cada vez mais desesperado.

-Eu juro que to com medo de dar pane no seu sistema- Chim gargalhou e segurou nas mãos do mais velho- mas só que... Eu passei vários anos escondendo o que eu sentia por você, agora Kill, ou todo mundo sabe, ou nada feito- depois ele depositou um breve beijo na face de D Killer e começou a andar para fora dali, deixando o mais velho em uma enorme confusão.

D Killer estava mais dividido do que nunca, ele não pensou que fosse ser tão difícil ter Chim de volta, mas nem suas melhores tentativas pareciam ser suficientes para agradar o loiro e o único possível jeito de tê-lo seria passando por cima de seu maior medo, o medo de amar. Ele sentia que sua credibilidade como matador profissional, como homem perigoso e cruel, iria toda embora quando todos soubessem que ele havia se apaixonado, mas ao mesmo tempo, depois de ter dito tudo aquilo para Chim, depois de perceber que ele o amava, mesmo não sabendo admitir com palavras, ele precisava do seu amor mais do que nunca, mas como escolher entre essas duas coisas? Talvez para qualquer outro fosse mais fácil, mas para ele era como estar entre a cruz e a espada, sua profissão o acompanhou desde cedo, desde antes mesmo que ele entendesse o que era ser um agiota, com seu pai trocando de cidade a cada mês e o escondendo como se ele fosse um tesouro precioso, e depois que ele morreu, foi a única lembrança que restou, fazer aquilo era como sentir seu pai novamente ao seu lado, mas Chim lhe trazia lembranças de sua mãe, que mesmo remotas ainda existiam em seu coração, o sorriso do menor acendia uma chama no coração de D Killer, uma chama que se apagou quando sua mãe morreu, ele era tão pequeno, mas podia ver flashes de seu sorriso doce, sorriso esse que era tão parecido com o de Chim, e ele sentia aquela felicidade novamente quando estava ao lado do loiro, ele não podia escolher entre seu pai ou sua mãe, assim como não podia escolher entre sua reputação e seu amor, depois de horas pensando, ele resolveu ir até o local, lá ele sentia que teria sua resposta.

-Nossa, não sabia que iria ter alguém aqui a essa hora- ele falou surpreso ao adentrar a sala e encontrar Zico deitado em uma das poltronas.

-Eu queria dormir, mas o Chim, o Beast e o Death não param de falar um minuto sequer, aí resolvi que aqui seria melhor- Zico falou com a expressão entediada enquanto se sentava mais apropriadamente.

-O que você acharia se eu dissesse que to namorando?- D Killer repentinamente perguntou, seu pensamento parecia estar longe, mas ele continuava nervoso.

-Eu não acharia nada, você é maior de idade, faz o que quiser- Zico falou indiferente, mas com uma ponta de confusão.

-Mas... Isso faria você ter menos respeito por mim? Ou, sei lá, achar que eu fico menos cruel... Quando eu falo isso parece até uma idiotice- D Killer riu fraco e abaixou a cabeça.

-É porque é uma idiotice bem grande, com todo o respeito, sua vida pessoal não interfere na vida profissional, nem na nossa guerra, a menos que você deixe que isso aconteça, só vão te deixar de te respeitar ou te achar menos cruel se você misturar as duas coisas, mas se isso não acontecer, um relacionamento não vai mudar sua reputação, você não sabe que todos os homens mais cruéis que já existiram no mundo eram casados e felizes? Bom, pelo menos felizes em seus casamentos- Zico aconselhava brandamente o mais velho.

-Você tá certo, pode fazer um favor pra mim?- D Killer falou determinado e sério.

-Eu não vou conseguir dormir mesmo, o que quer?- Zico falou derrotado e levantou-se da poltrona.

-Chama todo mundo aqui, diz que é super importante e que eu preciso conversar com todo mundo- D Killer começou a andar de um lado para o outro, mais nervoso do que nunca e a aguardar pelos longos minutos que se sucederam, impaciente, até que os membros foram entrando um a um.

-O que houve? Notícias da guerra?- o líder foi o primeiro a falar, parecia também nervoso.

-Acho que finalmente ele vai abandonar a vida do crime e virar cristão- J-Death ironizou fazendo com que todos rissem.

-Conta logo o que é “super importante”- Beast falou impaciente.

-Se os rádios desligarem um minuto!- D Killer falou irritado.

-Você só fica aí parado com essa cara de que viu um fantasma!- Beast retrucou.

-Todo mundo cala a boca! Eu interrompi uma conversa importante pra vir aqui! Killer fale logo o que está acontecendo- o líder se manifestou irado e instalou o silêncio no local.

-Desculpe ter feito você sair de uma conversa importante líder, mas eu precisava que todos soubessem disso, eu relutei por um tempo em contar, mas eu... Eu estou apaixonado pelo Chim e eu quero que todos vocês saibam que nós estamos namorando- D Killer começou nervoso, mas à medida que falava, a tensão de seu corpo se desfazia.

-Nós estamos namorando? Desde quando?- Chim falou de forma sarcástica enquanto fazia uma expressão surpresa e confusa.

-Como assim? Eu pensei que... Você e eu... Hoje de manhã, nós... – D Killer estava estático e surpreso, sentiu sua voz falhar por um momento e seu coração acelerar.

-Eu vou ajudar você, porque sinceramente, você é lerdo pra caramba- Zico se aproximou do mais velho com uma expressão de desaprovação- vem cá Chim, você confundiu ele todinho- depois pegou na mão do loiro e o aproximou de Killer- ajoelha Killer, rápido, agora olha nos olhos dele e fala as palavrinhas mágicas- depois do “cenário” pronto, ele se afastou satisfeito.

-Você quer namorar comigo?- D Killer falou com a garganta seca e as mãos suadas.

-Quero, quero muito!- Chim levantou o mais velho rapidamente e o abraçou com força, o beijando profundamente em seguida.

-Ah nossa que lindo, que fofo, que romântico e blá blá blá, agora eu posso ir? Os pombinhos estão desocupados, mas eu não- o líder falou indiferente a situação.

-Muito obrigado por ficar, líder- D Killer sorriu agradecido.

-Essa cena sua eu não perderia por nada, Killer, agora vê se vocês não brigam e acabam com a paz na gangue, ok? Vocês até ficam legais juntos- Monster novamente falou, dessa vez mais irônico e saiu do local.

-Finalmente Chim! Depois de todos esses anos você fisgou o Killer – J-Death gargalhou sarcasticamente.

-Não é? Tenho certeza que foi o cara mais difícil de pegar que o Chim já se interessou- Beast acompanhou o amigo nas gargalhadas.

-É porque eu sou o melhor, geralmente coisas boas se conquistam com o tempo- D Killer declarou entrando também na brincadeira.

-Pelo que eu vi aqui, você só é lerdo mesmo- Zico rebateu o mais velho e gargalhou.

-Até o Zico, que acabou de chegar, percebeu qual é o seu problema- Chim sentou-se no colo do mais velho e sorriu sarcástico.

- Não importa mais agora, o que importa é que você finalmente me conquistou- D Killer falava de forma convencida.

-Sim... Pelo que todo mundo viu aqui, eu que tive que te conquistar né, visivelmente, eu tive que conquistar você, afinal, eu fiquei de joelhos, eu reuni todo mundo aqui pra dizer o quanto eu queria te conquistar, nossa... Realmente, foi um trabalho difícil- Chim falava o mais sarcástico possível enquanto todos gargalhavam.

-Também não precisa jogar na cara- D Killer falou indignado e bateu levemente no ombro do loiro.

-Se não queria era só não ter feito- Chim continuava falando ironicamente, mas com uma ponta de irritação.

-Olha... Se eu não te amasse do jeito que eu amo, eu ia acabar te matando- D Killer falou derrotado e abraçou o loiro.

-Ainda bem que ama- Chim se soltou do abraço e selou os lábios do mais velho carinhosamente.

-É, ainda bem- Killer novamente abraçou o menor com todas as suas forças e assim eles permaneceram, até o final da tarde.   


Notas Finais


Eu juro, que tentei ser o menos fofa possível, mas eu me empolgo com Yoonmin kkkkk é tanto que hoje nem teve nosso amado VKook, mas I Promisse que no próximo ele vai retornar <3 <3
O que acharam do cap? Eu to um pouco mais relaxada agora com relação à aqueles problemas que eu venho falando, então eu vou me esforçar cada vez mais para trazer capítulos melhores <3
Muito obrigado pelo apoio, pelos comentários e pelos favoritos, amo vocês <3 <3
Até o próximo
Saranghae <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...