História Amor entre a vida e a morte - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Tags Amor Doce, Castiel, Comedia, Hentai
Visualizações 28
Palavras 843
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Terror e Horror
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiee anjinhos, aqui esta mais um cap pra vcs, espero que gostem e boa leitura

Capítulo 22 - Rosalya sereia?


Fanfic / Fanfiction Amor entre a vida e a morte - Capítulo 22 - Rosalya sereia?

Continuação:

Foi quando vejo Rosa entrando, me assustei pois veio gritando, mas não era um grito comum, era um grito de sereia, o grito da mesma fez todos gritarem de dor, incluindo a mim, quando percebeu que eu não era mais humana, Rosa parou de gritar e veio até a mim falando:

R- Anjo, o que esta acontecendo?, entrei na sua cabeça e vim até esse lugar, e porquê você gritou de dor?, o que eles fizeram com você?

V- Rosa, estou bem, estava no p....

R- Eu sei tudo o q aconteceu, sei que você se cortou, que Castiel deu o sangue de vampiro dele pra você beber para ficar melhor, e que Debrah lhe matou, e fez você beber o sangue da sua tia e fazer você virar vampira e...

V- Mas como sabe disso tudo?

R- Longa história, vou lhe contar, mas primeiro temos que sair daqui

V- Mas como vamos sair daqui?, Debrah é vampira, não vai deixar

R- Ela é vampira, mas você também é, você consegue, use seu poder de rapidez, Pegue o Castiel, eu e nos leve para sua casa.

V- Mas eu não sei como usar

Nessa mesma hora Debrah se recuperou dos gritos e veio na nossa direção.

R- Eu acredito em você, sei que consegue

Quando Rosa falou isso, estava eu, ela e Castiel na sala da minha casa, tudo durou apenas 1 segundo, eu nem sequer senti meus cabelos saírem do lugar, minha roupa estava intacta, como se ninguém houvesse ao menos triscado um dedo, era impressionante.

R- Sabia que você conseguiria

V- Você sempre confiando em mim.

Quando falei isso, ela veio até mim como se pedindo um abraço, eu recusei

V- Não Rosa, eu sou perigosa agora, não chegue perto de mim, não quero lhe machucar

R- Anjo, tá tudo bem, você não pode me machucar, e além de tudo, eu sou sua melhor amiga

Na mesma hora usei o poder de rapidez e lhe preensei na parede, usando uma mão só, usando toda a minha força, a fazendo se espernear de agonia

V- Como ousa falar que não posso lhe machucar depois disso 

Falei a soltando e chorando

V- Eu não me reconheço mais

R- Mas eu ainda lhe reconheço

V- Ah não, Puta que pariu

R- Me escuta

V- Não é isso Karaleo, eu esqueci da minha tia

R- Meu Deus, a tia Agatha

V- Droga Vanessa, droga,droga

No mesmo instante Beatriz chega abrindo a porta

B- Vamos Anjo, vamos salvar sua tia

V- O que você esta fazendo aqui? , Depois de tudo o que aconteceu 

Falei usando o poder de velocidade e a derrubando no chão

R- Calma Anjo, eu chamei ela, ela pode nos ajudar

V- Como você chamou ela?, se estava de olho em você o tempo todo

R- Depois eu explico, agora vai salvar sua tia

V- Tá né, Vamos logo então

Eu e a irmã do Castiel seguimos a caminho do local onde estava a Debrah, chegando lá, Debrah não estava, mas encontrei minha tia amarrada na cadeira onde eu estava, fui até ela e dessamarrei, foi quando Beatriz teve a idéia

B- Anjo, vou ver se tem mais alguém pelo local, tem cuidado e lembra que agora você é uma vampira, pode se proteger

V- Tá, blá, blá, blá, mais quais são os meus poderes?

B- Ala, porra, fica falando "blá, blá, blá" e não sabe os poderes.

V- Fala logo karai

B- Velocidade, Força, hipnotizar e ler mentes

V- Sério?

B- Sim, agora vou indo

Falou saindo, a procura de alguém

Quando estava prestes a sair com minha tia, Debrah chega me impedindo

D- Sabia que você ia voltar

V- Que legal

Falei debochadamente

D- Como.pôde esquecer sua amada tia?

V- Isso não importa agora, só quero ir embora

D- Claro, você vai só que antes...Vamos continuar o que paramos, eu sei que agora você sente um vazio, que nada é importante pra você agora, mas existe uma cura para isso, só basta desligar a humanidade, e você vai estar privada de sentir qualquer sentimento semelhante

V- Só basta desligar?

D- Sim, isso mesmo

V- Então tá

Foi quando desliguei, senti como se tudo aquilo que estava sentindo não me afetasse mais, sentia vontade de viver novamente, no mesmo momento chega Rosa, Castiel e Beatriz

R- Anjo, Porque você fez isso?

V- Gostei do apelido, combina muito com a minha nova personalidade 

C- Você destruiu a sua vida

V- Como é?, Acho que quem destruiu a minha vida aqui foi você

B- Não acredito nisso

V- Porquê não desligar a humanidade? 

B- Com sua humanidade desligada, você é incapaz de sentir algo, toda a sua personalidade  quando tinha humanidade, fica o oposto quando se desliga

V- Oh que Peninha, agora Rosalya, melhor me falando o que você é, porque você só tá enrolando, mas agora não tem enrolação

R- Ok, eu sou uma sereia

V- HAHAHAHA, só pode tá de brincadeira né? Que brega

R- Você está passando dos limites

V- tá legal, fala os poderes

R- Posso controlar mentes, ler elas, derrotar vampiros, lobisomens, híbridos e bruxas

V- conheço pessoas que são dessas origens?

R- A escola inteira é constituída de criaturas sobrenaturais

V- E porquê eu consegui se matricular lá?

R- Porque a diretora é uma bruxa, ela viu seu destino

V- Além de velha é bruxa

R- Agora vamos pra casa

V- Que casa?, Não tenho casa, agora sou do mundo

 Falei isso e fugi para bem longe

Continua...



Notas Finais


Entt foi isso, espero que tenham gostado, Bjus💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...