História Amor Entre Ódio - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Exibições 6
Palavras 1.090
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Hentai, Violência
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que estejam gostando da história, deixem seu voto e comentário <3

Capítulo 2 - Capítulo II


– Ino, Ino, Ino, Ino!!!!!!– Peguei meu travesseiro que estava ao meu lado e ataquei em Ino para que acordasse

– Que foi criatura....– Ino abraçou o travesseiro e escondeu o Rosto nele, sua voz saia sonolenta.

– Eu fui aceita nas faculdades!!!!!– Gritei animada, levantei do chão e fui para a cozinha, pagando duas panelas.

– Que legal Sakura, bom pra você– Ino disse sonolenta, provavelmente não havía nem escutado o que eu havía dito.

– Ta na hora de acorda! Ninguém mandou vocês encherem a cara de álcool– Falei, enquanto andava pela casa, batendo as panelas, ótimo jeito de acorda pessoas de ressaca.

– Ai para com isso Sakura!– disse Tenten, deitada no sofa da sala.

– Vamos meninas, hoje é um ótimo dia..para mim!– Falei sorrindo enquanto tirava Hinata de cima da mesa.

– O que foi? Foi chamada para sair?

– Não, eu fui aceita em todas as faculdades que queria participar!– Falei animada, dando pulinhos de alegria, enquanto as meninas me olhavam com cara de tédio.

– Que bom para você Sakura, agora posso voltar a dormi?– Disse Tenten ja se cobrindo com o cobertor

– Não, vocês vão me ajudar a arrumar a minha casa, se meus pais chegarem e verem essa bagunça vão me por de castigo!– Falou Ino, pulando do chão e pegando os travesseiros colocando eles novamente no sofa.

– Tá, a Gente ajuda– Falei, pegando as garrafas do chão e jogando elas no lixo.

Depois de uma faxina da quelas fomos embora da casa da Ino, eu fui para "minha casa" que não era bem minha e sim de Naruto. Entrei na casa e abri a porta bem devagar, não queria acorda ninguém, fui indo para meu quarto até que sinto uma mão no meu ombro.

– Onde estava Haruno?– Era o Sasuke, provavelmente tinha acabado de acorda.

– Isso te interessa?– Falei friamente ele não tem o direito de saber onde estava, não era meu pai.

Sasuke riu e me prendeu na parede com suas duas mãos uma de cada lado de minha cabeça, eu fiquei meio sem entender por tal ato, mas fiquei encarando a cara dele esperando que ele disse-se algo. Mas ele não disse nada! NADA! Fiquei lá olhando para o rosto perfeito dele.

– (Pera, que? Ele não é nada perfeito!)– Hmmm...pode me soltar? Quero ir para meu quarto– Falei, já sem paciência.

O Uchiha chegou mais perto do meu rosto, eu continuei parada, não sabia o que fazer, ele estava tão perto que podia já sentir sua respiração em meu rosto, estava tão perto que já podia sentir seus labios colados nós meus, mas, quando iam mesmo se colar um barulho de porta foi escutado e Naruto abriu sua porta do quarto se deparando com a cena.

–..... interrompi algo?– Falou o Loiro bocejando e coçando a cabeça sonolento.

– Não Naruto, não interrompeu nada– Sasuke me soltou da parede e foi para seu quarto como se nada tivesse acontecido.

– Hmmm... qual é a tua com o Sasuke?– Disse Naruto me encarando desconfiado.

– Sei lá, Sasuke é um tanto estranho não?– Falei enquanto fitava com o olhar a porta de Sasuke.

– Ele é...hmmm...ele não demonstra sentimento....mas enfim, onde esteve ontem a Noite?

– Estava na casa da Ino.

– Hm...por que não avisou! Caralho Sakura! Achei que havia acontecido algo!– Falou Naruto preocupado, ele era muito preocupado comigo, o que era bom mas estranho ao mesmo tempo.

– Mas aconteceu algo!– Falei animada, talvez meu tom de voz saiu como se fosse algo sério, pois Naruto fez uma cara não Muito boa.

– Foi estrupada na casa da Ino!?– Ele disse alto, meu deus Naruto, isso é coisa que se grite!

– Não, nada disso! Eu fui aceita em todas as minhas faculdades! Inclusive a faculdade de Sakurama!– Falei Animada, Naruto esboçou um sorriso de felicidade e ao mesmo tempo de alívio, ele me abraçou me levantando do chão.

– Muito bem Rosinha!– Ele me Pois no chão– Eu fui aceito também, fui aceito pela faculdade de Huramaka, fica bem perto de casa, e falam muito bem dessa faculdade, e eu ja me decidi o que serei, vou me formar em gastronomia, sempre gostei de cozinhar.

– Isso é verdade, finalmente algo que você não atacará fogo e fará bem– é verdade que Naruto cozinha melhor do que eu.

Ele riu– Não foi eu que colocou fogo na cozinha– Ele debochou, a eu não sou profissional! Pelo menos não matei ninguém.

– Eu... não coloquei fogo na cozinha, foi só no pano de prato– Falei, fazendo bico e com minhas bochechas rosadas.

– Claro, Claro– Disse Naruto ainda debochado de mim– Desde quando você e Sasuke ficaram tão íntimos?

– Não somos íntimos– Falei séria e fria

– Jura? O que meus olhos acabaram de ver me prova ao contrário

Bufei irritada, Naruto era persistente– Nem EU sei o que aconteceu com ele Naruto

– Sei– Ele disse desconfiado, lançando um sorriso malicioso– Quando começa a faculdade?

– Da qui um mês– Falei tristonha, iria demorar de mais, mas teria que ter paciência

– eu começo da qui uma semana– Ele disse tristonho, provavelmente não estava com nenhuma vontade de ir para a faculdade

– Que sorte, eu vou ter que esperar uma vida para poder ir lá

– Dramática~– Cantarolou o Loiro indo para a cozinha

***

Se passou um mês e cá estou, no aeroporto com minhas bagagens nas mãos pronta para ir ora Chicago! Meus Amigos estávam aqui também, as meninas caindo em lágrimas e Naruto tentando acalmar Hinata que estava abraçado ele enquanto chorava, até Sasuke veio vir aqui, desde que Karin terminou com ele, ele vem sendo mais legal comigo.

– Vê se não demora pra volta– Disse Ino em meio aos soluços.

– Manda mensagem!– Falou Tenten enquanto me abraçava.

– Eu vou manter contato– Falei segurando-me para não chorar junto com as Meninas.

Naruto veio até mim, arrastando Hinata com ele– Hinata-san, me solte por favor, Tenho que me despedir de Sakura!– Ele dizia quase gritando enquanto balançava suas mãos esteticamente. Hinata finalmente soltou ele e ele pode se despedir de mim, me abraçando e me levantando do chão.

– Boa sorte lá rosinha!– Disse Naruto enquanto me chacoalhava como uma boneca de pano

– Pode deixa loirinho!– Falei Rindo enquanto ele me colocava no chão.

– Loirinho? Que apelido mais gay Naruto– Falou Sasuke zombando de Naruto.

– A cala a boca Sasuke e se despede logo da Sakura– Resmungou Naruto, enquanto era abraçado novamente por Hinata.

– Até mais Emo gótico das trevas– Falei rindo e abraçado Sasuke, ele odiava ser chamado de Emo

– Haha muito engraçado– Ele disse sarcástico, conseguir descifrar o irritamento em seu tom de voz.

Depois de me despedir de todos eu entrei no avião em direção a Chicago!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...