História Amor Estrangeiro - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Escolar, Romance
Exibições 193
Palavras 910
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - A mudança


No momento, estou morando nos Estados Unidos, mas meu pai vive mudando de país por causa do trabalho, eu não gosto disso e nem minha mãe, mas temos que aceitar. Eu sou boa em fazer amizade, mas não pretendo fazer amizades que marcam, porque eu sei que vou mudar de país e essa amizade vai acabar...

Eu estou nas férias de julho da escola, mas já está quase acabando, fico feliz por isso, porque pelo menos metade do dia não vou ficar sozinha em casa. Na escola os professores gostam muito de mim, eles falam que pra uma menina de 17 anos, que deveria ser super "to nem aí" pros estudos, eu sou muito inteligente e só converso quando é na hora certa... Não discordo deles...

Minha casa é bem grande, eu vivo subindo e descendo escada pra procurar alguma coisa pra fazer, mas tem uma coisa que eu faço que amo muito, é conversar com minha melhor amiga Sandy do Brasil, minha vida só não é chata por isso, não tem 1 dia que nós não se falamos. Eu vivo pedindo pra minha mãe me deixar viajar pra se encontrar com a Sandy, mas ela nunca deixa porque ela fica preocupada em eu me virar em país sozinha...
Minha mãe só chega 20:00 horas e meu pai 21:00 horas, agora são 19:30, daqui a pouco minha mãe chega, eu gosto muito, porque sou filha única e minha mãe me dá muita atenção, mas nem tanta porque ela chega cansada e quando é 22:30 ela já tá dormindo.
São exatamente 19:59, quando ouso barulho de chave, e como sempre minha mãe chegando na hora exata...

Eu: Oi mãe - Falei como sempre sorrindo
Mãe: Oi minha filha, tudo bem?
Eu: Sim, como foi lá no hospital?
Mãe: Foi cansativo, e você? Falo com a Sandy?
Eu: Falei sim, ela disse que tá fazendo um curso de inglês
Mãe: Sério? Que ótimo! - Falou sorrindo - Agora vamos cozinhar?
Eu: Sim! - Falei com bastante entusiasmo.

Eu amo cozinhar, principalmente quando é com a minha mãe, nós fazemos uma bagunça na cozinha, mas é cada prato que nós fazemos... Que é uma delícia!

~ Uma semana depois...

Amanhã já começa a escola, minha mãe como sempre, já como ela sai muito cedo deixava minha roupa pendurada no meu armário.
Já como era o último dia de férias eu queria fazer alguma coisa diferente, já que nas férias toda não saí e tava pretendendo comprar uma saia preta e um tênis branco... Tomei banho e botei uma calça preta, uma blusa branca um pouco larga e uma sapatilha rosa, arrumei meu cabelo que era castanho médio e batia um pouco acima da cintura. Liguei pro motorista, que era super meu amigo, enquanto ele me levava pra algum lugar sempre me contava uma notícia, meus pais confia muito nele, por isso que em todo país que nós vamos ele vai também.
Então ele me levo no shopping, então entrei e tava procurando uma loja de roupas que me agradaria. Achei uma loja, que no manequim tava a roupa que eu justamente queria, então comprei e depois fui na praça de alimentação e comprei um x-tudo com refrigerante e batata frita, pedi pra embalar. Não costumo demorar nos lugares, então já fui pro carro e o motorista me levo pra casa, quando cheguei em casa troquei de roupa e botei um filme de comédia romântica pra assistir enquanto comia o lanche que comprei.
Depois do filme resolvi fazer minha unha, e lógico enquanto eu fazia minha unha conversa com a Sandy...

Sandy: Nossa Sayumi, esse curso de inglês que eu tô fazendo é um pouco difícil, o professor puxa muito de nós!
Eu: Normal Sandy, foi assim que eu aprendi, por isso que hoje falo fluentemente. Mas por que você tá fazendo esse curso? - Sorri
Sandy: Uai Sayumi, é lógico que é pra eu ficar fluente e ir ti visitar! - Ela riu.
Eu: Será que vai da pra você terminar esse curso? Porque a qualquer momento eu posso mudar de país. - Sorri.
Sandy: O que você acha? Você acha que ainda vai ficar mais alguns anos aí?
Eu: Não sei mesmo! - Rimos juntas.

Conversamos por mais tempo, e quando vi a hora já era 19:00 horas, falei pra ela que tinha que ir, porque daqui a pouco minha mãe chegava, nós nos despedimos e subi pro meu quarto. Quando era 19:30 ouço barulho de chave e de duas pessoas conversando, desci pra ver quem era, e era meus pais, fiquei surpresa em ver os dois chegando cedo.

Eu: Pai? Mãe?
Pai: Oi filha, como você está?
Mãe: Oi, filha
Pai: Sayumi, vamos sentar, precisamos conversar.
Eu: Mas o senhor não quer comer não?
Pai: Depois vou comer, mas preciso conversar primeiro.
Eu: Ok pai!
Pai: Isso talvez não seja novidade, mas nós vamos ter que se mudar, vamos pra Coréia do Sul.
Mãe: Mas só que é definitivo, nós vamos morar lá pra sempre.
Eu: Mas já pai? Vou voltar de férias amanhã...
Mãe: Nós vamos pra lá daqui a uma semana, não se preocupa Sayumi!
Pai: Sim minha filha, não se preocupa!
Eu: Tá bom mãe e pai! - Dei um sorriso de lado.

Meus pais me deram um beijo na testa e disse que me amava. Não sabia que ia ser tão rápido assim, mas pelo menos eu tenho a certeza de que não vamos nos mudar mais!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...