História Amor Estrangeiro - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Escolar, Romance
Exibições 152
Palavras 977
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - A mudança part. 2


Depois daquela conversa com meus pais subi pra durmir, mas não consegui durmir direito imaginando como seria minha vida lá na Coréia do Sul, mas depois tentei esquecer, porque tinha que acordar cedo amanhã pra ir escola.

~ No outro dia

Acordei 6:05 da manhã, minha mãe e meu pai já tinha ido trabalhar, tomei banho, vesti a roupa e arrumei meu cabelo, desci pra tomar café, escovei os dentes e liguei pro motorista pra me levar. Chegando na escola, fui pra minha sala e sentei na cadeira e depois de uns 5 minutos, o meu professor de história que é o conselheiro da sala, me chama e fala pra mim ir na sala dos professores porque ele precisa conversar comigo. Não sabia o porquê, mas só obedeci, chegando lá ele fala:

Professor: Olá Sayumi, como você está?
Eu: Oi professor, estou bem, por que o senhor me chamou aqui?
Professor: Porque eu recebi uma ligação dos seus pais, e soube que vocês iam ter que ir pra Coréia do Sul e que ia se mudar daqui a 6 dias. - Balancei minha cabeça afirmando - E seus pais me perguntaram se tinha alguma coisa pra passar adiantado pra você, então eu disse que não, e já que você é uma aluna exemplar e não tem dever atrasado, eu vou te liberar pra não vim mais na escola só a partir de quinta, e eu não vou ti da falta nem quinta, nem sexta.
Eu: Mas não precisa professor, eu vou vim nos dias.
Professor: Não, não. Você não vai vim, a partir de quinta nós professores não vamos passar nada de mas, vamos só revisar o que foi passado no primeiro semestre. Pode ficar tranquila que você não vai perder nada de importante, e já avisei isso aos seus pais!
Eu: Então tá bom professor! - Sorri de lado.
Professor: Isso! Agora volta pra sala que daqui a pouco toca o sinal.
Eu: Ok!

Fui pra sala e sentei na cadeira, nunca pensei que o professor iria me chamar pra me dizer isso, eu poderia ficar vindo, não ia me atrapalhar em nada... Será que meus pais pediram isso? Mas não importa!
Hoje ia ter as aulas de inglês, história, 2 de português e 2 de matemática. O professor de inglês passou uma prova surpresa hoje que vale 4,00 pontos. Tem um lado bom quando você se esforça pra ser inteligente, que quando tem prova surpresa você não se "ferra".

Passou a aula de história, as 2 de português e as 2 de matemática, quando toca o sinal 12:15 pra ir embora. Quando estou prestes a sair da porta o professor de inglês me para e fala que eu gabaritei a prova, isso não é novidade, pois já sabia de todas as respostas, sorri pro professor e disse que estava grata por ele ter dito minha nota. Sai da escola e o motorista me levou pra casa, cheguei em casa tomei banho e fui preparar o almoço pra mim. Já como eu ia pra Coréia do Sul, eu tinha que me acostumar com os tipos de comidas de lá, então vi na internet uma comida de lá bem fácil, e então vi Lámem que era fácil de fazer e nunca tinha comido, então eu fiz e comi enquanto assistia uma série lógico de comédia romântica. Depois de comer, lavei o que tinha sujado e subi pro meu quarto pra fazer os dever de casa, que tinha muito. Quando comecei a fazer era 16:00 horas, e terminei 17:30, então fui mexer no computador, ver uns vídeos e etc... Quando era 19:30 ouço barulho de chave e vejo o meus pais entrando:

Eu: Oi mãe e pai!
Pai: Oi filha - Ele beijo minha testa e foi pro quarto.
Mãe: Oi filha
Eu: Mãe, eu soube que a senhora ligo pro professor, o que a senhora falo pra ele?
Mãe: Falei sobre a mudança, e perguntei que se tinha alguma atividade pra passar pra você adiantado, e ele falo que não.
Eu: Ah, tá! Não falo mais nada?
Mãe: Não, por quê?
Eu: Nada não, mãe. Esquece! - Sorri de lado.
Mãe: Então tá bom! - Sorriu e beijo minha testa.

Pelo jeito minha mãe não pediu nada, só foi boa ação do professor...
Depois subi pro quarto e fui durmir, acordei 6:05, e teve a mesma rotina de ontem, tive as aulas, fui embora, passei a tarde fazendo coisas, meus pais chegaram 19:30, fiz algumas coisas antes de durmir. Acordei e fui pra escola, cheguei lá na escola, e depois de uns 15 minutos, bate o sinal e o professor de história entra na sala:

Professor: Gente, silêncio! Tenho uma notícia pra da pra vocês. Sayumi, pode vim aqui na frente?
Eu: Sim, professor! - Fiquei sem entender o porquê de o professor ter me chamado.
Professor: A Sayumi vai se mudar daqui a 4 dias pra Coréia do Sul, explique mais Sayumi! - Ele me olhou sorrindo.
Eu: Sim gente, eu vou morar na Coréia do Sul, porque meu pai vai pra lá por conta do trabalho. - Uma menina chamada Jhuly me perguntou:
Jhuly: Você vai morar lá pra sempre? Não vai voltar?
Eu: Não, vou morar lá pra sempre...

Depois de um monte de gente me perguntando coisas, o professor fala:

Professor: Gente, então por isso, vocês têm 10 minutos pra se despedir dela, porque vou libera-lá depois desses 10 minutos...

Então as pessoas me perguntaram mais coisas, as pessoas que eu tinha mais intimidade me abraçaram e se despediram. Até que passo 10 minutos e o professor mando todos se sentarem, e falou pra mim:

Professor: Que você seja feliz lá Sayumi!
Eu: Obrigada professor!

Depois disso fui embora...
Até que possou os 4 dias e chegou a hora de ir pro aeroporto, ir pra Coréia do Sul e começar uma nova vida!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...