História Amor Estrangeiro - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Escolar, Romance
Exibições 122
Palavras 987
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Primeiro dia de aula


Fanfic / Fanfiction Amor Estrangeiro - Capítulo 5 - Primeiro dia de aula

Durmir cedo pra não acorda com dificuldade. Quando acordei 6:00 me levantei rápido, já fui pro banheiro tomei banho, vesti o uniforme, estava tão aguniada que não sabia que penteado usar, até que resolvi ir com o cabelo solto e era permitido na escola. Estava tão ansiosa que me arrumei em menos de 20 minutos. Depois de 10 minutos minha mãe entra no quarto e eu falo:

Eu: Tá de folga hoje, mãe?
Mãe: Não, resolvi ir mais tarde, porque vou te levar hoje.
Eu: Sério? - Falei animada.
Mãe: Sim, agora desce e toma café da manhã, que daqui a pouco nós vamos!
Eu: Tá bom, mãe!

Minha mãe sorriu e então eu desci. O café da manhã ja estava pronto, então comi e escovei os dentes. Logo em seguida, peguei minha mochila e fui pro carro. Minha mãe percebeu minha agonia e falou:

Mãe: Não precisa ficar agoniada, filha. Vai da tudo certo, você é boa em fazer a amizade! - Ela sorriu.
Eu: Tá bom, mãe!

Então minha mãe me levou pra escola, chegando lá sai do carro e então minha mãe falou:

Mãe: Desejo toda sorte do mundo pra você. Fighting!
Eu: Fighting! - Sorri

E então fui andando, a escola era enorme, por dentro era maior ainda e super lindo!
Era tão grande que nem sabia por onde seguir pra ir na diretoria...
Até que alguém bota a mão no meu ombro e eu viro rapidamente, e era uma menina e ela falou:

????: Pelo jeito você é novata aqui, né?
Eu: Sim.
????: Meu nome é Jung Sun Hye, prazer em conhece-lá! - Ela estendeu a mão para me cumprimentar.
Eu: Meu nome é Park Sayumi - Apertei a mão dela para cumprimentar.
Sun Hye: Você tá procurando a diretoria, né?
Eu: Sim.
Sun Hye: Eu posso te levar lá, é só me seguir!
Eu: Obrigada!

Ela sorriu e foi andando, eu sou boa em fazer amizade, mas sou tímida com pessoas que não conheço, então estava super tímida falando com ela...
Até que ela me levo na diretoria e a diretora falou:

Diretora: Park Sayumi, não é mesmo?
Eu: Sim, diretora!
Diretora: Obrigada Sun Hye, já pode sair.
Sun Hye: Sim, diretora! - Ela se curvou e saiu.
Diretora: Então Park Sayumi, vou te levar para o seu professor conselheiro.
Eu: Sim!

A diretora me levou para o professor e ele falou:

Professor: Olá, Park Sayumi, meu nome é Min Jae Sun e sou seu professor conselheiro!
Eu: Olá, professor! - Me curvei.
Professor: Soube que você era super inteligente quando morava nos Estados Unidos, espero que você seja inteligente aqui também.
Eu: Serei aqui também, professor!
Professor: Que bom, então. Vamos pra sala que já está na hora.
Eu: Sim!

O professor me levo na sala, quando estávamos prestes a entrar ele falo:

Professor: Espera aqui, daqui a pouco eu te chamo.
Eu: Sim!

Professor: Gente silêncio! Vim apresentar uma aluna nova, que veio dos Estados Unidos.
Pode entrar. Se apresente!

Eu: Olá, meu nome é Park Sayumi, espero que tenhamos uma boa convivência! - Todos responderam sim.
Professor: Senta naquela cadeira ali. - Ele aponto pra uma cadeira vazia que ficava na antepenúltima da quarta fileira.
Eu: Sim, professor!

Então eu sentei lá, e a menina que me levo na diretoria sentava do meu lado e falo:

Sun Hye: Você veio dos Estados Unidos?
Eu: Sim, vim.
Sun Hye: Que incrível! Mas você nasceu lá?
Eu: Não, eu nasci no Brasil. Minha mãe é brasileira e meu pai coreano, então eu puxei mas do meu pai, por isso que tenho traços coreanos...
Sun Hye: Nossa! Uma aluna brasileira, não dá nem pra perceber!

Apenas sorri, pois ainda estava tímida com ela, pelo jeito ela é extrovertida...
Até que tivemos aula de inglês, estudos sociais e educação física, eles preferem educação física de manhã, porque não gostam de pegar sol. Não sabendo quase nada da escola a Jung Sun Hye foi me explicando tudo. Até que chegou a hora do almoço, e enquanto comia veio 3 meninas até a mim, e uma delas perguntou:

????: Olá! Pelo que eu vejo você é novata aqui, né?
Eu: Sim.
????: Você não é de conversar muito?
Eu: Não, pelo contrário, converso bastante, só é eu me acostumar que essa timidez acaba...
????: Espero...

Todas sorriram e foram embora, mas o sorriso dessas meninas foi tão irônico que deu muito pra perceber, a Sun Hye olhou pra mim e falou:

Sun Hye: Essas meninas são o problema aqui na escola, não se mete com ela.
Eu: Ah, sim!
Sun Hye: Ah, também tem um um grupo de 3 meninos que arruma briga aqui também... Eles mandam as pessoas fazer um monte coisa, e se não fazer, eles vão te envergonha, só tenta não encarar que você não vai sofrer isso...
Eu: Você já sofreu com isso? - Ela demorou um pouco pra responder.
Sun Hye: Sim, por isso que muitas pessoas não ficam comigo, na verdade ninguém, sempre quando vou falar com alguém, eles ficam zombando de mim, e me chamando de fedorenta, porque esses meninos jogaram um monte de coisa em mim, que me deixou muito suja...
Eu: E o que eles mandaram você fazer?
Sun Hye: O "chefão" mandou eu lember o sapato dele e mandou todo mundo se aproximar pra ver, eu, claro não fiz isso, e então ele mandou eu ficar parada, e pegou uns negócios no armário dele e começou a jogar em mim... Aí até hoje eu sou reconhecida por ser "a fedorenta", você pode ficar mal falada se você continuar andando comigo...
Eu: Eu não ligo pra reputação, e principalmente não vou deixar eles fazerem isso comigo e nem com você! - Falei indignada.
Sun Hye: Mas você...
Eu: Sun Hye você não precisa se preocupar, você é a única pessoa que tá me ajudando aqui, não vou deixar esses meninas fazerem isso... Que ridículo!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...