História Amor Estrangeiro - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Escolar, Romance
Exibições 123
Palavras 959
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Esses meninos... Afs!


Depois do almoço tivemos mais aulas...
Aquilo que a Sun Hye me disse sobre esses meninos fiquei completamente com raiva, quem esses meninos pensam que é?
Depois que acabo as aulas, fui guarda meus materiais, e sai, meu motorista tava me esperando, quando eu ia no caminho do carro, 3 meninos apareceram na minha frente, e já pensei nos meninos que a Sun Hye me disse e um deles falou:

????: Olá, nunca te vi por aqui... Por acaso é novata?
Eu: Sim. - Falei séria.
????: É bonitinha... - Ele passou a mão no meu cabelo e então eu afastei - Nós sempre damos boas vindas pros novatos... Espero que goste do nosso presentinho amanhã!
Eu: Pois é, agora se você não tem nada pra fazer, me dá licença porque eu preciso ir embora.
????: Ok, estressadinha...

Sai sem olhar pra trás, e fui em direção ao carro. Provavelmente vou ter que aturar bastante coisa amanhã...
Chegando em casa, troquei de roupa e fui pra cama, peguei meu celular e comecei a escutar as músicas dos BTS. Estou tão ansiosa pra encontrar eles, mas já como comecei a estudar fica um pouco difícil...
Então depois de descansar um pouco, desci pra sala e esperei minha mãe chegar, pois faltava 10 minutos pra ela chegar.
Até que resolvi senta no sofá e esperar minha mãe chegar assistindo televisão. Depois de 10 minutos minha mãe abre a porta e já vem rápido até a mim e pergunta:

Mãe: Me diz filha, como foi no primeiro dia?
Eu: Foi bom, mãe.
Mãe: Só bom? Você não fez nenhuma amizade?
Eu: Fiz, o nome da menina é Jung Sun Hye, mas sabe né mãe... Preciso me acostumar, pra conseguir fazer mais amizade...
Mãe: Pelo menos,você não vai ficar sozinha. Mas você gostou da escola?
Eu: Sim, gostei muito! Só uns "grupinhos" chatos que sempre tem na escola... - Não iria falar o que esses "grupinhos" fazem, porque minha mãe ia me tirar da escola imediatamente.
Mãe: Normal, mas é só se distanciar. Vamos fazer o jantar, porque estou muita cansada e quero durmir cedo, fiz muitas cirurgias hoje.
Eu: Tá bom, mãe.

Comecei a fazer o jantar com a minha mãe, e imaginei o que aquele menino fez ou vai fazer... Mas se ele tentar alguma coisa, quem vai sofrer é ele, pois sei lutar muito bem!
Meu pai chegou e fez praticamente as mesmas perguntas da minha mãe. Arrumei a mesa e todos jantamos, quando acabamos lavei a louça, dei boa noite pros meus pais e subi pro meu quarto pra tomar banho e depois durmir, pois tinha que durmir cedo por causa da escola... Terminei de tomar banho, vesti meu pijama e deitei.
Acordei cedo, não mas com ansiedade, me arrumei tranquila, e desci pra comer, pelo jeito meu pai e minha mãe já tinha saído, então terminei de comer e escovei os dentes e já fui pro carro e o motorista me levou. Quando cheguei na escola a Sun Hye tava chegando também e então eu gritei:

Eu: SUN HYE! - Ela virou pra trás rapidamente.
Sun Hye: Sayumi! - E então eu fui correndo até ela, pois ela não estava muito longe.
Eu: Bom dia!
Sun Hye: Bom dia! - Ela sorriu e agarro meu braço e me puxou saindo correndo fazendo zigue zague. Senti a felicidade dela, pois sempre estava sozinha... Até que nós paramos de correr quando entregamos na escola.
Eu: Cansei!
Sun Hye: Também! - Falamos ofegante.
Eu: Parece feliz hoje.
Sun Hye: Lógico, fica sozinha não é bom, pois agora tenho você, apesar de nós ter se conhecido ontem, eu senti você uma pessoa que se pode confiar!
Eu: Digo o mesmo de você! - Rimos juntas.

Então fui no meu armário pegar o material das aulas e a Sun Hye fez a mesma coisa, até que abri e vi meu armário todo rabiscado e então uma pessoa pegou no meu ombro, me virei rapidamente e era aquele grupo de meninos e um deles disse:

????: Gostou do presente?
Eu: Ei, Quem é você? Você quer morrer?!
????: Meu nome é Kim Choi Pal, e não, não quero morrer. - Falou com o tom de voz irônico.
Eu: Acho bom você parar com isso! - Falei fechando a porta do meu armário e quase saindo.
Choi Pal: Ei! Quem é você pra me dizer o que fazer? - Ele me impediu de sair pegando meu braço e me impressando no armário, e já veio um monte de gente pra ver.
Eu: Me solta agora!
Choi Pal: Não, estou amando isso! - Ele deu um sorriso de lado irônico, não queria fazer confusão no meu segundo dia de aula, pois só o empurrei.
Eu: Já tinha falado pra você me solta, agora se você me dá licença e tenho que ir pra sala!

Sai e fui pra sala, Sun Hye tava sentada, ela não viu e nem ouviu nada pois a sala ficava no 2° andar, então fui entrando e ela falou:

Sun Hye: Sayumi! Você demorou muito, o que aconteceu?
Eu: Foi só aqueles meninos que pixaram meu armário e eles ficaram irritando e então resolvi aquilo.
Sun Hye: O quê?
Eu: Mas não se preocupe, já resolvi isso...
Sun Hye: Mas você tá bem? Isso foi por minha causa, né?
Eu: Não, eu estou bem, eles não são loucos de bater em uma menina e eles falaram que era um " presentinho" que eles sempre davam pros novatos... Não é sua culpa.
Sun Hye: Ah, não! Agora vão ficar mexendo com você!
Eu: Se mexerem, eu dou um jeito, não se preocupa que eles não vão mexer com a gente.

Ela sorriu meio preocupada, mas sei que ninguém vai nos fazer de besta!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...