História Amor Estrangeiro - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Escolar, Romance
Exibições 117
Palavras 947
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que tenham gostando da história, e obrigada por votarem!
Tenham uma boa leitura! ^_^

Capítulo 7 - Na cada dos Bangtan Boys


A Sun Hye ficou super preocupada, acredito que ela esteja preocupa em ficar sozinha de novo, mas não sou esse tipo de pessoa, que se afasta por influência...
Enfim, passaram as aulas, e por um milagre não teve confusão no almoço.
Primeira escola que estudo e já tem essa confusão logo no começo. Terminei de almoça, Sun Hye não se afastava de mim, chega dava agonia, então tive o resto das aulas, fui guarda minhas coisas, e então a Sun Hye chegou em mim e disse:

Sun Hye: Sayumi? - Me virei após reconhecer a voz. - Você tem alguma coisa pra fazer depois da escola amanhã?
Eu: Não que eu saiba, por quê?
Sun Hye: Queria ti levar em um lugar.
Eu: Onde?
Sun Hye: Em um lugar que eu gosto muito.
Eu: Ok, então!
Sun Hye: Eu já tô indo, acabei de ver minha mãe ali.
Eu: Ah, tchau!

Ela apenas sorriu e saiu, e então terminei de guarda as coisas e fui saindo, até que de novo aquele grupo de meninos parou na minha frente e o Choi Pal disse:

Choi Pal: Olá, de novo... - Já sem paciência, respondi séria:
Eu: O que você quer?
Choi Pal: Nada de mais, só quero resolver uma coisinha.
Eu: Fala logo! - Senti a raiva correr pelas veias dele.
Choi Pal: Você é a primeira pessoa que me confronta, sabia? E eu odiei isso. Só não te bato porque você é menina, mas eu vou fazer sua vida ficar um inferno.
Eu: Sério? Aí que pena de mim. - Falei debochando e então empurrei pra eu passar, e ele pego meu braço e falou:
Choi Pal: Não me irrita mais do que eu já estou, se não as coisas vão piorar pra você! - Falou super com raiva.

Eu apenas o encarei e não disse nada, fiz força pra ele soltar meu braço e sai.
Que menino insuportável! Ele pensa que vou ficar com medo dele... Que ridículo!
Cheguei em casa, e pensei mais uma vez nos BTS, e resolvi que era hoje que ia na casa deles, e então peguei o celular e liguei pra eles. Pela voz, reconheci que quem atendeu foi o Jimin e ele falou:

Jimin: Alô? Quem é?
Eu: Olá, sou eu a Park Sayumi. O Jin me deu o número de vocês e falou que quando eu estivesse disponível eu poderia ir aí. - Falei super tímida e então ele falou:
Jimin: Oh! Park Sayumi... Demoro, hein!
Eu: Desculpe, é que eu comecei a estudar. Então vocês podem me receber hoje?
Jimin: Sim, sim! Você quer que o motorista te busque?
Eu: Não, não precisa! Meu motorista pode levar... Não se preocupe.
Jimin: Ok , então! Vou te passar o endereço, espera aí.

E então ele me passou o endereço e falei que 20:00 horas eu estaria aí, e então liguei pra minha mãe e falei onde ia, ela ficou meio preocupada, mas ela deixou, pois queria que eu fizesse amizade.
E então fui tomar banho e vestir uma calça jeans com all star branco que comprei nos Estados Unidos e uma blusa cor goiaba larga. Liguei pro meu motorista e pedi pra ele me levar até o endereço. Cheguei lá, muito ansiosa, o portão era gigante, com a cor verde super escura e então toquei a campainha e a porta já abriu, e veio uma moça e disse:

Moça: Park Sayumi, certo?
Eu: Sim.
Moça: Pode entrar!
Eu: Sim.

Entrei e fui olhando cada canto da parte da frente da casa, quando cheguei na entrada a moça abriu a porta pra mim, então entrei e a moça disse:

Moça: Só seguir reto que eles vão estar te esperando.

Apenas me curvei e fiz o que ela mandou, segui reto e todos estavam sentados e o V disse:

V: Olá, seja bem-vinda! - E ele já foi me puxando pra sentar, e todos se levantaram e disseram:
Todos: Dois, três Bangtan. Olá somos os BTS! - Então o Jin saiu e o J-hope falou:

J-hope: Diga sobre você, Park Sayumi! - Todos olharam pra mim, e eu senti meu rosto cora!
Eu:  É... é... O que vocês querem saber? - Então o Jimim falou:
Jimin: Diga sobre os país que você foi e como você se adaptou, pois como nós vamos viajar bastante, queremos saber mais sobre os países.
Eu: Ah, sim!

Então comecei a falar, depois de um tempo tava tão aberta falando que nem tinha percebido que a timidez passou, até que falei muito e o Jin apareceu com as comidas e botou na mesa e chamou nós e então eu disse:

Eu: Uau! Você sabe mesmo cozinhar Jin! Queria saber mais sobre a culinária coreana...
Jin: Qualquer dia eu te chamo pra ensinar algumas coisas.
Eu: Sério? Obrigada! - Todos eles olharam minha felicidade, pois amo cozinhar e ficou me encarando, senti de novo meu rosto corar, e tossi. Até que todos riram com a minha vergonha. E então comemos e conversamos um pouco mais e rimos. Até que chegou a hora de eu ir, e o Rap Monster disse:

Rap Monster: Estamos livres sempre terça e quinta, se quiser nos visitar mais vezes vamos gostar muito da sua companhia! Não é Bangtan? - E todos responderam sim e então eu disse:

Eu: Gostei muito ficar aqui com vocês, mas tenho que ir... - Então todos disseram:
Todos: Dois, três Bangtan. Tchau!

Apenas me curvei e fui a caminho do carro, quando eu entrei deu um tchau com a mão.
Super amei conhecer mais sobre eles, a Sandy vai enlouquecer...
Comecei a rir sozinha lembrando das crises de timidez.
O bom é que elas me deixam fofinha!.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...