História Amor eterno - Capítulo 66


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amizade, Amor, Original, Romance, Sexo
Exibições 13
Palavras 1.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 66 - Pais


Fanfic / Fanfiction Amor eterno - Capítulo 66 - Pais

Amanheceu,Michel e Naty já se preparavam pra viagem,quando Ana apareceu por lá:

-Oi,amiga

-Oi

-Podemos falar lá dentro

-Vamos,Amor vou conversar com a Ana lá dentro,já volto,vem Ana

Elas entraram:

-Eu decidi ir,você sabe eu te contei ontem,mas eu preciso de contar tudo pessoalmente

-Vamos sentar,eu quero saber de tudo,o que ele disse?

-Ele disse que me esperariam o tempo que fosse e que me ama...

Elas continuaram conversando,enquanto isso Eduardo chegou pra falar com Michel:

-E aí amigão,ainda bem que ainda não saiu,eu preciso de contar de ontem,pessoalmente

-Me diz,tá apaixonado por ela né

-Completamente,até disse a ela que a esperaria o tempo que fosse,logo eu

-Quem te viu,quem te vê

-Eu disse pra ela ir

-Fez bem

Ana saiu com Naty e encontrou Eduardo conversando com Michel:

-Eduardo!

-Ana!

-Oi,eu vim me despedi da Naty,porque ela vai viajar

-Há,pois é,eu também,vim desejar boa viagem a eles

Naty e Michel se olharam rindo:

-O que foi Michel?

-Nada,já estamos atrasados,vamos amor

-Vamos,então a gente se fala

-Tá amiga,boa viagem

Eles se despediram e seguiram viagem,Ana e Michel ficaram ali:

-Você tá de carro?

-Não,vim de táxi

-Então eu posso te levar

-Claro,vamos!

 

Duas horas de viagem e eles já estavam chegando:

-Tá muito nervosa amor?

-Um pouco,mas tô com saudade também,então vai ser bom rever eles,já faz quase 1 ano que eu não os vejo

-Muito tempo

-O tempo voa,vira aqui nessa rua e chegamos

-Buzino?descemos?o que eu faço? -disse ele já nervoso

-Vamos descer

Eles desceram e Naty chamou sua mãe Julieta,que veio de lá surpresa:

-Naty!?

-Oi,mamãe,sou eu

-Filha!

Ela correu até o portão e se surpreendeu mais ainda quando viu o barrigão da filha e o homem que a acompanhava

-Mãe!Mãe!

-Há,desculpa,entrem

-Elas se abraçaram

-Esse aqui é o Michel

-FILHA! -Gritou seu pai lá de dentro

-PAPAI

Naty correu para abraça-lo

-Minha menina que saudade

-Eu também tava morrendo de saudades,é que aconteceram tantas coisas,papai esse aqui é o Michel

-Michel meu pai Pedro

Eles se cumprimentaram

Naty se aproximou de Michel,que a segurou pela cintura,todos já estavam na sala:

N -Eu tô gravida

J -Deu pra notar minha filha,mas porque não nos...

N -Calma mamãe,deixa eu continuar,esse é o Michel,meu marido

J -Marido?!Mas?

M -Muito prazer,senhor,senhora

J -Vocês estão morando juntos,é isso?

N -Não,mamãe,nós nos casamos de verdade

J -E nem pra nos convidar?Você me odeia tanto assim minha filha

N -Não!

M -Deixa que eu explico -Interveio Michel

P -Mas vamos sentar e seja bem vindo a família meu rapaz

M -é um prazer conhece-los,na verdade nós nos casamos sozinhos em uma viagem pro Havaí

J -Vocês casaram no Havaí?Sozinhos?estão me achando com cara de idiota

N -é verdade mamãe o Michel me preparou uma linda surpresa,se quiserem ver eu trouxe as fotos,Michel pega pra mim o álbum tá na mochila

Naty mostrou as fotos do seu casamento para seus pais

-Você estava linda minha filha -disse seu pai emocionado

-Oh,papai -ela o abraçou

J -A quanto tempo estão juntos?

N -5 meses

J -Só isso

J -E quanto tempo você tá de gravidez filha?

N -5 meses

M -Nossa história é um pouco complicada senhora

P -Bom mas o que importa é que se amam,se amam né?

N -Sim,papai

M -E muito

J -E o senhor faz o que da vida?

M -Pode me chamar de Michel,eu sou presidente de uma empresa de comunicação

P -Há,a minha filha também trabalha em uma não é meu amor?

N -é a mesma papai

P -Há,são colegas,por isso se conheceram

N -Na verdade

M -Somos sim

Naty olhou pra Michel,mas não falou nada.

Eles passaram horas colocando os assuntos em dia,Naty lhe entregou os presentes e enfim já estavam indo embora:

-Bom,tchau,mãe,se cuida

-Vem cá minha filha,esse seu marido é muito rico não é,olha só o carrão que vocês vieram,você hein

-Não mamãe,não tô com ele por causa do dinheiro

-Eu sei filha,mas isso ajuda muito,imagina,agora você vai poder nos pagar

-O que?Pagar o que mamãe

-Todo esse tempo que bancamos você

-Nossa achei que faziam isso porque me amavam,nem sabia que teria que devolver tudo

-Calma filha,uns 20 mil já está de bom tamanho

-20 mil mamãe?Só isso?

-Claro que pra começar,quanto você acha que gastamos com a sua faculdade

-Meu pai gastou,se fosse devolver seria a ele

-Se não me der peço ao seu marido

-Não faria isso,ele não tem porque lhe dar nada,pode deixar que eu te mando o cheque todo o mês até quitar os gastos

-Para de ser boba minha filha,pede pra ele

-Tá muito enganada se acha que ele vai bancar a senhora

-Mal agradecida

-é melhor eu ir

Naty foi até Michel

-Vamos sair daqui,eu não tô me sentindo bem

-O que aconteceu?Vem vamos pro carro

Naty lhe contou o que sua mãe havia lhe dito

-Fica aqui eu vou pegar a mochila e a sua bolsa

-Onde tá a minha filha? -Perguntou Pedro

-No carro seu Pedro,pode ir lá,acho que ela quer se despedir do senhor

-Tchau dona Julieta,a Naty me contou o que a senhora pediu

Julieta não falou nada,ele prosseguiu -Tá aqui um cheque com o valor que a senhora queria,espero que aproveite bem -disse ele saindo

-Espera!Não quero que tenha uma imagem ruim de mim,só pedi uma ajuda pra minha filha

-Não tenho,senhora,se quiser aparecer,fique a vontade,deixei meu endereço com o seu marido

-Não acho que a Naty vá querer me ver por lá

-Não fale assim a sua filha te ama

Michel se despediu de todos e voltou para o carro:

-Tá melhor meu amor?

-Tô,se despediu da minha mãe?

-Sim e dei a ela o valor que ela queria

-Não devia ter feito isso

-Porque?

-Não tem nenhuma obrigação,eu ia dar um jeito de pagar

-Claro que eu tenho,eu sou seu marido

-Ela em vez de se despedir de mim,me desejar sorte,ficar feliz porque vai ter um neto,não veio me pedir dinheiro,parece que isso é tudo o que importa pra ela

-Calma Naty,também não é assim,tenho certeza que ela te ama

-Você viu meu pai?E olha que ele nem é meu pai de verdade,ele se importa comigo,ficou tão feliz porque vai ter um neto,mesmo que não seja de sangue

-Melhor nós irmos né

-Vamos

Já na estrada Michel ligou o rádio:

-Apaga isso tá me azonzando,desliga

-Calma,tá estressada hoje,tá tudo bem?Naty?

-Minha cabeça tá explodindo de novo

-Porque se estressou com a sua mãe,tá tudo bem,quer parar pra comer alguma coisa?

-Não

Duas horas depois eles chegaram.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...