História Amor eterno - Capítulo 67


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amizade, Amor, Original, Romance, Sexo
Exibições 14
Palavras 1.288
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 67 - Cuidado


Fanfic / Fanfiction Amor eterno - Capítulo 67 - Cuidado

Naty desceu e foi direto pro quarto,Michel desocupou o carro e depois foi atrás dela:

-Tá tudo bem meu amor?

Ela não respondeu,ele prosseguiu:

-Quer ficar sozinha?Amor fala comigo

Ele se aproximou dela:

-Tá chorando amor,vem cá -disse ele sentando na cama e a puxando para o seu colo -Não quero que fique assim,se não vou me sentir culpado por ter te levado,ver seus pais

-Não,eu adorei rever eles

-Então porque tá assim?

-Só queria que a minha mãe me amasse,igual todas as mães

-Ela te ama

-Do jeito dela eu sei,mas até a sua mãe,te ama mais do que a minha me ama

-Não fala assim Naty

-Eu vou ser uma mãe bem diferente do que ela foi pra mim,eu juro,se por acaso eu sair e deixar meu filho sozinho por dias,pode me internar em um sanatório porque eu vou é estar louca

Ele riu -Pode deixar,agora para de pensar nisso e vamos comer alguma coisa,quer sair?

-Não,podíamos comer aqui em casa,tem macarrão?

-Tem

-Eu faço

-Como quiser

-Só vou tomar um banho e trocar de roupa

-Melhorou?

-Tô bem

-Eu te amo muito

-Amor,só uma pergunta,porque não disse que era meu chefe?

-Achei que eles podiam não entender

-O que?que saiu com a sua assistente

-E porque não contou a eles do assalto

-Para não preocupar eles,tá bom,então,vou pro banho

Depois do banho,Naty foi preparar o jantar,Michel foi ajudar:

-Posso ajudar em alguma coisa?

-Pode ficar aqui comigo,de companhia

-tá bom

-Há,Michel nunca te perguntei,mas quem era aquela mulher loira que passou a manhã na sua sala,quando a gente não tinha voltado ainda,a uns meses atrás?

-Aquela que você disse que era minha namorada?

-E era?

-Não!Claro que não,ficou com ciúmes?

-Claro que não,imagina

-Sei

-Tá,um pouco,mas vai me dizer quem é ela ou não?

-Sim,posso dizer,ela é minha amiga de infância,Paola o nome dela,fazia 6 anos que eu não a via,ela casou e foi morar na Alemanha,tem um menininho de 5 anos que eu não conheço ainda

-Porque nunca me falou dela?

-Porque por mais que ela seja minha amiga,seis anos distantes acabou afastando a gente,vai acabar acontecendo a mesma coisa com você e sua amiga se ela resolver ficar os 4 anos lá

-Não acho

-A Paola continua sendo minha amiga,mas fica sim diferente a relação

-Vocês já ficaram juntos?

-Não,ela sempre foi uma amiga,como uma irmã

-Você acha mesmo que a minha relação com a Ana vai mudar se ela ficar um tempo longe?

-Acho que sim e duvido que o Eduardo consiga ficar todo esse tempo a esperando,eu o conheço

-E você me esperaria?

-Não

-Não!?

-Não consigo ficar um dia longe de você,quem dera anos

-E então o que faria

-Sei lá,iria com você ou não te deixaria ir,não consigo ficar longe de você

-Mas quando a gente,você sabe,não estávamos mais juntos

-Eu te via todos os dias lá na empresa e nos fim de semanas

-Aí você não me via

-Na verdade via sim,eu parava o carro na frente do seu apartamento e esperava te ver,nem que fosse de longe

-Você fazia isso?

-Desculpa

-Que fofo -disse ela se aproximando dele e lhe dando um selinho

-Eu também não gosto de ficar longe de você

-Não!

Ele a segurou pela cintura e sussurrou em seu ouvido: -Te amo

-Eu também,mas agora me deixar terminar,quer provar?

-Um que delícia -disse ele provando o macarrão

-Agora só terminar o molho,vou pegar o queijo ralado

Naty se esticou para pegar o queijo e sentiu uma tontura que a fez desequilibrar,Michel correu para segurar ela:

-Amor,cuidado,quase caiu,o que foi?

-Só uma tontura

-Vem cá,senta aqui,tá pálida

Ela tentou levantar,mas acabou desmaiando,Michel a segurou:

-Naty,Naty fala comigo

Ele a carregou até a cama e ligou para um médico conhecido seu,depois correu até a cama,ela já estava acordando:

-O que foi?

-Você desmaiou,mas eu já chamei um médico

-Que exagero,eu tô com frio,me alcança o lençol

-Mas tá um calor danado -disse ele a alcançando

Ele sentou ao seu lado e colocou a cabeça dela em seu colo:

-Você tá quente amor,deve tá com febre

-E a comida?

-Deixa a comida,fica quietinha aqui

Não demorou o médico a examinou e depois voltou para sala para conversar com Michel:

-O que ela tem doutor?

-Ela tá com um pouco de febre,mas eu já lhe dei um remédio,a pressão dela também tá baixa

-Mas ela vai ficar bem né?

-Na verdade,eu recomendaria repouso,ela tá com uma gravidez de alto risco devido a anemia e ao stress

-Anemia?

-Sim,no primeiro exame de sangue que pedi a ela

-Ela não me falou nada

-Faz tempo,foi para admissão da empresa

-O que recomenda?

-Bom,ela não deve trabalhar e muito menos se stressar

-Mas eu preciso dela lá

-Mas é melhor precisar por um tempo,do que pra vida toda

-Tá me dizendo que pode acontecer alguma coisa com ela?

-Ela pode perder o bebê ou ter complicações no parto

-Então é isso,ela não deve mais trabalhar?

-Nem fazer nenhum esforço demasiadamente grande e muito repouso e evite qualquer stres,vou receitar algumas vitaminas

-Obrigada doutor

Eles se despediram,Michel foi falar com Naty:

-Oi

-O que ele disse?porque tá com essa cara?

Ele sentou ao seu lado:

-Disse que não deve mais trabalhar,recomendou repouso,não deve se estressar e cuidar da anemia,porque não me falou sobre isso?

-Sei lá,não dei importância,achei que já tivesse curado,mas eu preciso trabalhar,a empresa tá voltando a crescer

-Eu dou conta,não se preocupe,o mais importante é você e o bebê

-Você vai contratar outra assistente?

-Claro que não,você é insubstituível,eu dou um jeito

-Posso te ajudar daqui de casa,traz alguma coisa pra cá e eu te ajudo

-Pode deixar,eu trago sim

-Não preciso ficar na cama o tempo todo não é?

-Não,mas na maioria do tempo sim

-E eu vou fazer o que?

-Descansar eu tô aqui,eu vou cuidar de você,também vou contratar alguém pra cozinhar e cuidar da casa

-E se eu não ficar de repouso?

Ele não respondeu

-Fala!

-Pode perder o bebê ou pior ter complicações no parto

-Eu prometo que vou me cuidar,agora melhora essa cara

-Desculpa é que eu não quero que nada de ruim te aconteça

-Não vai e ele receitou alguma coisa?

-Só umas vitaminas,amanhã eu compro,tá com fome?Eu termino lá

-Não

-Precisa comer Naty

-Fica aqui e vamos dormir,eu tô com sono,eu te amo

-Eu também

Michel ficou com Naty até ela pegar no sono,depois foi pra sala,ligou para Eduardo e lhe contou o que havia acontecido:

-E agora como ela tá?

-Tá dormindo,tá melhor

-Já falou com a Ana?

-Não

-Deixa que eu ligo pra ela e você como tá

-Fiquei muito preocupado e a Naty vai fazer muita falta lá na empresa

-Mas que bom que agora ela tá bem né

-é,graças a Deus,mas vou te deixar dormir,então até amanhã

-Até amanhã

Ele desligou,foi comer alguma coisa e depois foi dormir,Naty acordou no meio da madrugada,ele dorme tão lindamente -pensava ela lhe dando um beijo,ele acordou:

-Desculpa não queria te acordar

-Que forma mais linda de acordar

-Pode voltar a dormir ainda é madrugada

-Então boa noite e vê se dorme também

-Vou tentar

-Vem aqui -disse ele a puxando mais para perto de si

 

Assim que amanheceu Michel acordou,ligou para sua mãe e pediu o número de uma ex empregada,mas não lhe contou nada sobre a noite passada.

Ele tomou e se vestiu,então Naty acordou:

-Bom dia!

-Bom dia minha linda -disse ele a beijando

-Já vai?Não é meio cedo

-Não vou ainda,mas já tô pronto,eu liguei pra Leda,uma senhora que trabalhou lá em casa,ela vai vim cozinhar e cuidar...da casa

-Tem certeza que precisa disso?

-Tenho sim,a senhora não vai fazer nada,vai ficar aí quietinha,tá bom?

-Tá bom

Ele fez café para eles,tomaram juntos na cama enquanto conversavam.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...